APAS 2010 - Palestra de Hugo Bethlem em 12/05

629 views
580 views

Published on

Confira o conteúdo apresentado por Hugo Bethlem no dia 12/05 na APAS 2010

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
629
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
24
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

APAS 2010 - Palestra de Hugo Bethlem em 12/05

  1. 1. Inovação no varejo NÃO EXISTE FÓRMULA SECRETA
  2. 2. INOVAÇÃO NO VAREJO FAZ SENTIDO COM AUDIÇÃO OLFATO PALADAR TATO VISÃO
  3. 3. QUANDO BEM UTILIZADOS, SENTIDOS AJUDAM A ENTENDER O CONSUMIDOR O QUE PENSA COMO SE COMPORTA O QUE ASPIRA PARA SUA VIDA
  4. 4. INOVAÇÕES QUE FAZEM SENTIDO
  5. 5. AUDIÇÃO
  6. 6. ESCUTA Caixa de sugestões ou a ouvidoria não basta Necessária muita pesquisa
  7. 7. PESQUISA DE MERCADO E INTELIGÊNCIA COMPETITIVA Avalia satisfação nas lojas Mede saúde e imagem das marcas Acompanha desempenho em relação à concorrência 240 mil entrevistas nos PDV 64 mil entrevistas pessoais 1.700 discussões em grupo 303 mil pesquisas quantitativas
  8. 8. ESTAR SEMPRE 1 OU 2 ANOS À FRENTE É Investir em identificação de tendências Fazer previsões, sem fazer futurologia Saber o que consumidor ainda nem sabe que vai querer
  9. 9. JORNADA DE INOVAÇÃO 10 países europeus Mapeamento de comportamentos de vanguarda Antecipação de cenários futuros
  10. 10. CICLO ANUAL DE MESAS REDONDAS Palestras e debates sobre o negócio Institutos de pesquisa, formadores de opinião e empresas especializadas em diferentes perfis
  11. 11. MUDANÇAS DE BRANDING A PARTIR DE PESQUISAS BARATEIRO VIROU COMPRE BEM MARCA ASSOCIADA A BAIXA QUALIDADE Remetia a atributos muito básicos: Preço e promoção Imagem do cliente era “povão” Imagem da loja era “de periferia e desorganizada”
  12. 12. MUDANÇAS DE BRANDING A PARTIR DE PESQUISAS Compre Bem vai virar Extra Supermercados UNIÃO DO MELHOR Do super Do hiper: perto de casa + compacto + variedade de produtos e marcas (exceto itens preço acessível + de bazar) + aparência (organização, beleza e atendimento atencioso higiene) + promoções (cobrir qualquer oferta)
  13. 13. SUSTENTABILIDADE Nasce da escuta constante Aquisição da consciência sobre consumo junto com público Adoção do ponto de vista do consumidor
  14. 14. LOJAS VERDES Construção sustentável e ênfase em produtos orgânicos e de pequenos produtores 2008 Primeira Loja Verde em Indaiatuba (SP), com certificações LEED e USGBC 2009 Segunda Loja Verde, na Vila Clementino, em São Paulo (SP) HOJE Implementadas cerca de 30 lojas com conceitos verdes mais de 50 técnicas de construção sustentável nas lojas 2010 Primeiro Centro de Distribuição Verde, em Brasília (DF)
  15. 15. CARAS DO BRASIL Canal de comercialização para pequenos produtores de manejo sustentável Incentivo ao comércio ético e solidário geração de renda, respeito ao meio ambiente e inclusão social Lançado em 2002 Implementado em 52 lojas 58 fornecedores cadastrados 175 produtos ativos
  16. 16. OLFATO
  17. 17. PERCEPÇÃO À DISTÂNCIA DAS PARTICULARIDADES DE CADA MERCADO Hard Discount Stores Sucesso na Europa Não funciona no Brasil Consumidor não quer ser lembrado do baixo poder aquisitivo Aspira realizar sonhos, mesmo às custas de muitas parcelas
  18. 18. SEMANA POPULAR Estudo antropológico executivos por 1 semana na casa de consumidores classe C Diferentes hábitos de compra São Paulo Rio de Janeiro Compra apressada, disciplina Compra despojada, informal Maior formalidade, compra ritualizada Maior permissividade Ida ao supermercado é planejada Mercado como passagem, parte com antecedência e é uma forma de lazer do cotidiano Atividade do final de semana Idas nos dias de semana Menos frequência ao supermecado Maior frequência ao supermecado
  19. 19. DESCOBRIMOS O QUE IMPORTA PARA A MULHER DE CLASSE POPULAR Equilíbrio entre preço e qualidade Render o orçamento curto Aspira a fartura Levar “agrados” do supermercado – ex: produtos de beleza Variedade de marcas e produtos Relacionamento cordial
  20. 20. PALADAR
  21. 21. NADA É IMPLEMENTADO SEM UM PROJETO PILOTO Degustação do novo produto ou serviço para o consumidor Sentir na prática se a inovação funciona Pesquisas periódicas para mensuração de retorno
  22. 22. INICIATIVAS PIONEIRAS PASSARAM PELA FASE PILOTO 1 9 6 5 1 9 7 1 1 9 7 9 1 9 6 9 1 9 8 4 1 9 8 5 1 9 7 1
  23. 23. INICIATIVAS PIONEIRAS PASSARAM PELA FASE PILOTO 1 9 8 7 2 0 0 4 2 0 0 6 1 9 9 5 2 0 0 6 2 0 0 2
  24. 24. VISÃO
  25. 25. Criação de formas Foco da visão de conversar com estratégica não consumidor em está na tecnologia constante evolução e sim em: 92% já comprou pela web Facilitar 73% utiliza celular Simplificar 35 milhões têm conta no Orkut no Brasil Servir 75 milhões de usuários de Twitter no mundo
  26. 26. APLICATIVO IPHONE TORCIDA EXTRA
  27. 27. MOBILE SITE: acesso de qualquer celular WEBSITE: Ôla interativa Games Widget
  28. 28. INVESTIMENTOS EQUILIBRADOS HIGH TECH Novas tecnologias que facilitam a compra não presencial HIGH TOUCH Experiência agradável de compra presencial dentro das lojas
  29. 29. EVOLUÇÃO DAS FERRAMENTAS Personal Shop Compra através de coleta de dados Integra Cartão MAIS e PA Delivery •Histórico de consumo simplifica experiência de compra •Consumidor pode acionar entrega a domicílio
  30. 30. ESTRATÉGIAS PARA AUMENTAR FREQÜÊNCIA DE CONSUMO Peixaria Pão de Açúcar
  31. 31. ATACAREJO Canal de oportunidades com foco no transformador Atendimento diferenciado Geração de crédito Novos canais de relacionamento Mercado de refeições fora de casa 57 milhões de refeições por dia Crescimento anual médio de 15% 2012 - brasileiro fará duas refeições fora de casa por dia Fonte: ECD Consultoria
  32. 32. TATO
  33. 33. DIA-A-DIA DAS LOJAS TATO AJUDA NA TOMADA DE DECISÕES Descontinuar marca, um produto ou serviço Criar algo novo a partir do que já está implementado
  34. 34. NÃO EXISTE “deu certo” ou “não deu certo” Existe adequação de um formato ao consumidor em um determinado momento 2004 Ainda não era o m o m ento par a B ar ate ir o vir ar Ex tr a S upe r m e r c ado s
  35. 35. Processo de CRIAÇÃO é linear, porém CIRCULAR Necessidade Start Insight Pesquisa Piloto
  36. 36. CANAIS DE ATENDIMENTO OFF-LINE E ON-LINE CASA DO CLIENTE Evolução do ombudsman 700 mil contatos por ano PÃO DE AÇÚCAR NO TWITTER Canal para troca de idéias, promoções e feedbacks
  37. 37. NÃO HÁ MESMO FÓRMULA SECRETA... ...MAS HÁ O SEXTO SENTIDO Percepção aguçada em meio dinâmico e sensorial como o varejo
  38. 38. SE MUNDO DEPENDESSE SÓ DE OUVIR, NÃO EVOLUIRIA
  39. 39. INOVAÇÃO É IDÉIA +ADERÊNCIA DEPENDE DE: Análise profunda do consumidor Atenção às mudanças de comportamento Busca por estar sempre à frente
  40. 40. SINCRONIA DOS SENTIDOS NOSSA EQUIPE + CONSUMIDOR Não existem perfis totalmente diferentes, existem momentos de vida e de consumo diferentes
  41. 41. INOVAÇÕES, ATRAVÉS DOS SENTIDOS, FAZEM TODO SENTIDO Hugo Bethlem – Vice Presidente Executivo hugo.bethlem@grupopaodeacucar.com.br

×