ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS: FORMAS DE GOVERNANÇA E  POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO Silvio A. F. Cario Universidade Federal d...
1. Características dos APLs. <ul><li>Mão-de-obra especializada gerada pelo ambiente industrial </li></ul><ul><li>Capacidad...
1. Características dos APLs. <ul><li>Diversidade de atividades e agentes econômicos, políticos e sociais </li></ul><ul><li...
1. Características dos APLs. <ul><li>Confiança e promoção da cooperação interempresarial </li></ul><ul><li>Divisão do trab...
2. Governança das relações econômicas <ul><li>Forma de coordenar, de gerir, de monitorar, de controlar , enfim de organiza...
2. Governança das relações econômicas <ul><li>Importância das instituições na governança dos APLs </li></ul><ul><li>“ ...e...
2. Governança das relações econômicas <ul><li>Tipos de governança....Markusen (1995) </li></ul><ul><li>1. Distritos Indust...
2. Governança das relações econômicas  Tipos de Governança -  HUMPHREY; SCHMITZ (2000). Tipos Determinantes Relações com o...
3. Políticas de Desenvolvimento <ul><li>A política  não pode ser passível de padronização  diante de distintos arranjos. <...
3. Políticas de Desenvolvimento Política de Desenvolvimento Industrial  deve considerar as espaços produtivos localizados ...
3. Políticas de Desenvolvimento Políticas de desenvolvimento para  fomentar e dinamizar APLs: a)  Conscientização da impor...
3. Políticas de Desenvolvimento Políticas de desenvolvimento para  fomentar e dinamizar APLs : b) Busca de  parceiros que ...
3. Políticas de Desenvolvimento Políticas de desenvolvimento para  fomentar e dinamizar APLs: c)  Construção de entendimen...
3. Políticas de Desenvolvimento Políticas de desenvolvimento para  fomentar e dinamizar APLs :   d)  Construção de condiçõ...
3. Políticas de Desenvolvimento e)  Articulação  entre as esferas do  sistema de produção e do sistema de conhecimento.  S...
4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL 1. Trajetória e Desenho institucional: Planos de desenvolvimento gover...
4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL 2. Órgãos com ações pró APL: Conceito, Identificação, e Políticas Dese...
4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL 3. Identificação, Atividades e Localização dos APLs Estabelecimento de...
4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL 4. Levantamento das políticas desenvolvidas pelos órgãos governamentai...
4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL <ul><li>5. Avaliação das políticas e ações desenvolvidas – respostas: ...
4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL 6. Estratégia para desenvolvimento de APLS   Definição de uma estratég...
4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL <ul><li>7. Considerar o  formato e o estágio de desenvolvimento  de ca...
Muito Obrigado ! Silvio A. F. Cario Programa de Pós-Graduação em Economia e Administração Universidade Federal de Santa Ca...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Arranjos Produtivos Locais - Silvio Cairo

711

Published on

Published in: News & Politics
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
711
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
20
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Arranjos Produtivos Locais - Silvio Cairo

  1. 1. ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS: FORMAS DE GOVERNANÇA E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO Silvio A. F. Cario Universidade Federal de Santa Catarina
  2. 2. 1. Características dos APLs. <ul><li>Mão-de-obra especializada gerada pelo ambiente industrial </li></ul><ul><li>Capacidade de empresas discernirem tendências </li></ul><ul><li>Percepção de possibilidades tecnológicas e operacionais </li></ul><ul><li>Aquisição de componentes, serviços e máquinas </li></ul><ul><li>Realização de experiências a custos baixos </li></ul><ul><li>Inovações difundidas de forma rápida </li></ul>
  3. 3. 1. Características dos APLs. <ul><li>Diversidade de atividades e agentes econômicos, políticos e sociais </li></ul><ul><li>Dimensão territorial e vínculos cooperativos existentes </li></ul><ul><li>Importância associada ao conhecimento tácito </li></ul><ul><li>Processos de inovação e aprendizados interativos </li></ul><ul><li>Contextos históricos e culturais e recursos relacionais dos agentes </li></ul><ul><li>Vínculo de um setor econômico com às atividades da cadeia de produção </li></ul>
  4. 4. 1. Características dos APLs. <ul><li>Confiança e promoção da cooperação interempresarial </li></ul><ul><li>Divisão do trabalho e complementariedade produtiva </li></ul><ul><li>Instituições de apoio e relações cooperativas </li></ul><ul><li>Eficiência coletiva diante do quadro competitivo atual </li></ul><ul><li>Economias internas e externas incidentais e intencionais </li></ul><ul><li>Formas de governança inerentes às relações entre atores </li></ul>
  5. 5. 2. Governança das relações econômicas <ul><li>Forma de coordenar, de gerir, de monitorar, de controlar , enfim de organizar as relações entre seus participantes. </li></ul><ul><li>Define hierarquias, estabelece lideranças , determina o comando, firmam os níveis de articulações entre empresas. </li></ul><ul><li>Trata-se de várias formas de gestão das atividades , com uma ou várias empresas e instituições comandando as relações entre empresas </li></ul>
  6. 6. 2. Governança das relações econômicas <ul><li>Importância das instituições na governança dos APLs </li></ul><ul><li>“ ...entender quais atores – ou instituições – têm o poder de afetar o desenvolvimento de tais sistemas”. (Storper e Harrison (1991: 408) </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Grandes firmas, associações, sindicatos, mercado + confiança, cultura, tradição, valores sociais, etc..... governam e atuam regulando interações, ordenando e coordenando vínculos produtivos. </li></ul>
  7. 7. 2. Governança das relações econômicas <ul><li>Tipos de governança....Markusen (1995) </li></ul><ul><li>1. Distritos Industriais - pequenas empresas são apenas uma forma de sistema de coordenação. Ex.: distritos industriais italianos </li></ul><ul><li>2. Industrias Centro-Radiais -firmas chave atuam como eixo, congregando fornecedores Ex.: rede de fornecedores da Fiat </li></ul><ul><li>3. Plataforma Satélite - estrutura econômica é dominada por investimentos de grandes firmas. Ex.: Zona Franca de Manaus </li></ul><ul><li>4. Ancorado pelo Estado - agência ou empresa estatal que funciona como âncora do desenvolvimento. Ex.: fornecedores da Petrobrás </li></ul>
  8. 8. 2. Governança das relações econômicas Tipos de Governança - HUMPHREY; SCHMITZ (2000). Tipos Determinantes Relações com o mercado O comprador e o produtor não colaboram entre si na definição do produto . Ou o produto é padrão, ou o produtor define sem levar em conta as preferências do cliente. Redes A cooperação entre os pares se dá mais ou menos igual. O produtor e o comprador definem conjuntamente o produto. Quase- hierárquica Alto grau de controle do comprador sobre o produtor . O comprador define o produto. O comprador tende a perder desempenho caso os produtores não estejam à altura. Hierárquica Compradores têm propriedade direta nas operações . O comprador define o produto. Favorece o controle direto do processo de produção.
  9. 9. 3. Políticas de Desenvolvimento <ul><li>A política não pode ser passível de padronização diante de distintos arranjos. </li></ul><ul><li>Diferentes institucionalidades e conceitos de APLs levam a elaboração de diferentes programas de ação. </li></ul><ul><li>Aproveitamento das capacitações e especificidades locais torna-se requerimento indispensável. </li></ul><ul><li>Ênfase na construção do conhecimento em prol de processos inovativos. </li></ul><ul><li>Desenvolvimento produtivo territorial deve considerar os determinantes sistêmicos nacionais e mundiais. </li></ul>
  10. 10. 3. Políticas de Desenvolvimento Política de Desenvolvimento Industrial deve considerar as espaços produtivos localizados uma vez que: “ (...) possuem características que permitem alçá-los a condição de vetores de desenvolvimento ”, uma vez que tais sistemas ou arranjos constituem “ núcleos de desenvolvimento setorial-regional ” (SUZIGAN et alii, 2003, p.12).
  11. 11. 3. Políticas de Desenvolvimento Políticas de desenvolvimento para fomentar e dinamizar APLs: a) Conscientização da importância da ação sistêmica voltada para a cooperação que enseje tanto a competitividade empresarial quanto a capacitação social. Realização de seminários e a divulgação de experiências bem-sucedidas são instrumentos importantes.  
  12. 12. 3. Políticas de Desenvolvimento Políticas de desenvolvimento para fomentar e dinamizar APLs : b) Busca de parceiros que possam complementar os arranjos verticalmente , ao longo da cadeia de valor, e horizontalmente , em cooperação com outros arranjos na mesma localização ou em outras regiões. Atração de fornecedores de insumos e de equipamentos e construção de infraestrutura – energia, transporte – de atendimento amplo.  
  13. 13. 3. Políticas de Desenvolvimento Políticas de desenvolvimento para fomentar e dinamizar APLs: c) Construção de entendimento comum e confiança mútua , o que pode ser facilitado em arranjos onde existe a ancoragem em empresas maiores ou em clientes e fornecedores. Fomento através de programas específicos de crédito, financiamento, capacitação empresarial, dentre outros;  
  14. 14. 3. Políticas de Desenvolvimento Políticas de desenvolvimento para fomentar e dinamizar APLs :   d) Construção de condições para atendimento de demandas que complementam recursos Infraestrutura que disponibilize métodos de produção mais atualizados (sistemas CAD) e de contratação compartilhada de serviços ( design, marketing, software , comércio internacional e consultoria em engenharia da produção).  
  15. 15. 3. Políticas de Desenvolvimento e) Articulação entre as esferas do sistema de produção e do sistema de conhecimento. Sistemas de produção - estrutura produtiva composta pela divisão do trabalho, tamanho e número de empresas, tecnologias empregadas e produtos fabricados, etc. Sistemas de conhecimento - estruturas e dinâmicas de aprendizagem tecnológica, técnica e organizacional,infra-estruturas de tecnologia, conhecimento e de treinamento, etc.  
  16. 16. 4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL 1. Trajetória e Desenho institucional: Planos de desenvolvimento governamentais - estaduais e regionais - diretrizes, estratégias e ações. Órgãos – Secretarias, Departamentos e Câmaras - encarregados de promoção do desenvolvimento regional . Organizações associativas da sociedade- associações classes, fóruns de discussão – do desenvolvimento regional. Existência de elementos institucionais – cultura associativa – desenvolvida historicamente.
  17. 17. 4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL 2. Órgãos com ações pró APL: Conceito, Identificação, e Políticas Desenvolvidas: Organizações, natureza, áreas de atuação e formas de participação no apoio aos APLs. Caracterização do conceito de APL nos órgãos que utilizam este referencial – restrito ou amplo. Critérios utilizados na identificação dos APLs – no. de empresas e trabalhadores, especialização produtiva, etc. Políticas de desenvolvimento – diretrizes, ações empreendidas e resultados alcançados.  
  18. 18. 4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL 3. Identificação, Atividades e Localização dos APLs Estabelecimento de critérios de classificação e avaliação da natureza produtiva – critérios quantitativos e qualitativos Propósito : Avaliar a estrutura produtiva, a dinâmica competitiva e as externalidades, pois criam diferentes demandas para a ação política.  
  19. 19. 4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL 4. Levantamento das políticas desenvolvidas pelos órgãos governamentais e não-governamentais: Entrevista com técnicos das instituições em geral promovedoras de políticas de desenvolvimento para APL. Avaliação das políticas – programas executados, recursos para implementação, resultados alcançados e quadro de deficiência e potencialidades
  20. 20. 4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL <ul><li>5. Avaliação das políticas e ações desenvolvidas – respostas: </li></ul><ul><li>Ações institucionais são conjuntas ou isoladas? </li></ul><ul><li>Órgãos possuem autonomia na formulação e execução das política? </li></ul><ul><li>Os tipos e os formatos das políticas são adequados? </li></ul><ul><li>As regiões e atividades produtivas afetadas pelas políticas em suas dimensões possibilitam uma visualização conjunta? </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  21. 21. 4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL 6. Estratégia para desenvolvimento de APLS   Definição de uma estratégia estadual de estímulo aos APLs – articulada com plano e áreas de atuação do governo – secretarias. Formulação e implementação de estratégia estadual de política para APLs no contexto de uma Rede de APLs Acompanhamento e avaliação do desempenho dos APLs em termos econômico, sociais e institucionais.
  22. 22. 4. Caminhos para Política de Desenvolvimento em APL <ul><li>7. Considerar o formato e o estágio de desenvolvimento de cada APL: </li></ul><ul><li>Absorvedores de mão-de-obra </li></ul><ul><li>Intensivo em conhecimento </li></ul><ul><li>Geradores de renda local, </li></ul><ul><li>Competitivo em segmentos exportadores, </li></ul><ul><li>Geradores de renda local </li></ul><ul><li>Complementação de cadeias produtivas regionais </li></ul><ul><li>Presentes em regiões economicamente deprimidas </li></ul>
  23. 23. Muito Obrigado ! Silvio A. F. Cario Programa de Pós-Graduação em Economia e Administração Universidade Federal de Santa Catarina [email_address]
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×