Março de 2012Desemprego aumenta pelo segundo        mês consecutivo
Março de 2012• Relativa estabilidade da ocupação (0,2%) = 4 mil pessoas• Variação positiva da PEA (0,9%) = 18 mil pessoas•...
DesempregoAumento na taxa de desemprego total  fevereiro = 7,0% da PEA   março = 7,6% da PEAElevação na taxa de desemprego...
Taxas de desemprego na RMPA -- Janeiro/11-Março/12(%)  10,0      8,0      6,0      4,0                  7,6            6,5...
OCUPAÇÃOCom pequena variação positiva de 0,2%, o contingente deocupados foi estimado em 1.921 mil pessoas em março.Comport...
Posição na ocupaçãoAssalariados                                                                           22 mil      Seto...
RENDIMENTOS• O rendimento médio        real em fevereiro registrou  redução para os ocupados (-1,0%) e para os  assalariad...
• A massa de rendimentos reais em fevereiro  apresentou redução para os ocupados (-1,9%) e  para os assalariados (-1,5%). ...
COMPORTAMENTO EM 12 MESES• Crescimento da ocupação (2,2%) = 42 mil pessoas• Crescimento da PEA (2,5%) = 50 mil pessoas• El...
DESEMPREGO• A taxa de desemprego total apresentou  elevação nos últimos doze meses:• Março 2011        7,4% da PEA• Março ...
Ocupação (12 meses)O incremento de 42 mil ocupados (2,2%) deveu-se ao seguintecomportamento do nível ocupacional por setor...
Posição na ocupação (12 meses)Assalariados                                                                                ...
Variação anual do nível de ocupação, na RMPA -- Março/11-Março/12(%)  6,0  5,0                               4,4        4,...
Rendimentos  Redução para o total de ocupados e para os  assalariados, e elevação para os autônomos,  entre fevereiro de 2...
• Nesse     mesmo    período, as   massas    de  rendimentos reais dos ocupados e dos  assalariados apresentaram queda de ...
Rendimento Médio Real dos Ocupados                        Regiões Metropolitanas e Distrito Federal                       ...
MERCADO                 CONJUNTURA                           TENDÊNCIA   DETRABALHO                   (Mês)               ...
PED - ANO 21, Nº 03
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

PED - ANO 21, Nº 03

767 views
726 views

Published on

O Informe PED (Pesquisa de Emprego e Desemprego) é uma publicação mensal com informações e análises sobre o Mercado de Trabalho na Região Metropolitana de Porto Alegre, destacando-se o desemprego, o nível de ocupação e de rendimento. Os dados da Pesquisa compõem uma série, com início em junho de 1992. A pesquisa PED-RMPA é executada pela FEE, em convênio com FGTAS / SINE-RS / SEADE / DIEESE e apoio financeiro do MTE/FAT

Published in: News & Politics
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
767
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
260
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

PED - ANO 21, Nº 03

  1. 1. Março de 2012Desemprego aumenta pelo segundo mês consecutivo
  2. 2. Março de 2012• Relativa estabilidade da ocupação (0,2%) = 4 mil pessoas• Variação positiva da PEA (0,9%) = 18 mil pessoas• Aumento do desemprego (9,7%) = 14 mil pessoas• Obs: População Economicamente Ativa (PEA) = ocupados + desempregados
  3. 3. DesempregoAumento na taxa de desemprego total fevereiro = 7,0% da PEA março = 7,6% da PEAElevação na taxa de desemprego aberto fevereiro = 6,0% da PEA março = 6,6% da PEATaxa de desemprego oculto A amostra não comportou desagregação para essa categoria.• fevereiro = 144 mil desempregados• março = 158 mil desempregados
  4. 4. Taxas de desemprego na RMPA -- Janeiro/11-Março/12(%) 10,0 8,0 6,0 4,0 7,6 6,5 7,0 2,0 0,0 Jan. Fev. Mar. Abr. Maio Jun. Jul. Ago. Set. Out. Nov. Dez. Desemprego Total em 2012 Desemprego Total em 2011FONTE: PED-RMPA – Convênio FEE, FGTAS, PMPA, SEADE, DIEESE e apoio MTE/FATNOTA: A taxa de desemprego total é composta pela soma das taxas de desemprego aberto e oculto.
  5. 5. OCUPAÇÃOCom pequena variação positiva de 0,2%, o contingente deocupados foi estimado em 1.921 mil pessoas em março.Comportamento setorial:Indústria de transformação 6 mil 1,7%Construção civil -5 mil -4,3%Comércio Estável EstávelServiços 3 mil 0,3%Serviços domésticos -3 mil -2,9% Nota: O contingente total de ocupados inclui outros setores.
  6. 6. Posição na ocupaçãoAssalariados 22 mil Setor Público 8 mil Setor Privado 14 mil Com carteira 21 mil Sem carteira -7 milAutônomos -23 milEmpregados domésticos -3 milDemais Posições 8 milNota: O total de assalariados inclui indivíduos que não informaram os segmento em que trabalham.
  7. 7. RENDIMENTOS• O rendimento médio real em fevereiro registrou redução para os ocupados (-1,0%) e para os assalariados (-1,3%), e crescimento para os autônomos (3,0%). Valor ∆%• Ocupados R$ 1.439 -1,0• Assalariados R$ 1.419 -1,3• Autônomos R$ 1.319 3,0
  8. 8. • A massa de rendimentos reais em fevereiro apresentou redução para os ocupados (-1,9%) e para os assalariados (-1,5%). O comportamento da massa de rendimentos dos ocupados deveu-se à retração do rendimento médio real e, em menor medida, do nível ocupacional. No caso dos assalariados, a diminuição da massa salarial foi causada pela queda do salário médio real, pois o nível de emprego ficou relativamente estável.
  9. 9. COMPORTAMENTO EM 12 MESES• Crescimento da ocupação (2,2%) = 42 mil pessoas• Crescimento da PEA (2,5%) = 50 mil pessoas• Elevação do desemprego (5,3%) = 8 mil pessoas
  10. 10. DESEMPREGO• A taxa de desemprego total apresentou elevação nos últimos doze meses:• Março 2011 7,4% da PEA• Março 2012 7,6% da PEA
  11. 11. Ocupação (12 meses)O incremento de 42 mil ocupados (2,2%) deveu-se ao seguintecomportamento do nível ocupacional por setor de atividadeeconômica:Indústria de transformação 31 mil 9,6%Construção civil -9 mil -7,5%Comércio 9 mil 3,0%Serviços 13 mil 1,3%Serviços domésticos Estável Estável Nota: A variação do número total de ocupados inclui outros setores.
  12. 12. Posição na ocupação (12 meses)Assalariados 51 mil Setor Público -2 mil Setor Privado 53 mil Com carteira 60 mil Sem carteira -7 milAutônomos -28 milEmpregados domésticos EstávelDemais Posições 19 mil Nota: A variação do total de assalariados inclui os indivíduos que não informaram o segmento em que trabalham.
  13. 13. Variação anual do nível de ocupação, na RMPA -- Março/11-Março/12(%) 6,0 5,0 4,4 4,5 4,0 4,0 3,6 3,4 3,2 3,0 3,0 2,8 2,5 2,0 0,9 1,0 1,0 0,7 0,3 0,0 M ar./11 A br./11 M aio /11 Jun./11 Jul./11 A go ./11 Set./11 Out./11 No v./11 Dez./11 Jan./12 Fev./12 M ar./12 FONTE: Convênio PED-RMPA – FEE, FGTAS, PMPA, SEADE, DIEESE e apoio MTE/FAT.
  14. 14. Rendimentos Redução para o total de ocupados e para os assalariados, e elevação para os autônomos, entre fevereiro de 2011 e fevereiro de 2012: ∆%• Ocupados -2,2• Assalariados -3,2• Autônomos 8,4
  15. 15. • Nesse mesmo período, as massas de rendimentos reais dos ocupados e dos assalariados apresentaram queda de 1,4% e de 1,0% respectivamente, sendo que para os dois grupos tal comportamento deveu-se, exclusivamente, ao decréscimo dos rendimentos médios.
  16. 16. Rendimento Médio Real dos Ocupados Regiões Metropolitanas e Distrito Federal Fevereiro de 2012Em reais de fevereiro de 2012 2254,13 1581,951458,76 1441,04 1439,03 1076,6 1028,89 987,08 Total Belo Horizonte Distrito Federal ortaleza Porto Alegre F Recife Salvador São PauloVariação mensal (Fev-12/Jan-12) 0,9 -2,7 1,4 1,6 -1,0 1,5 -0,5 2,2Variação anual (Fev-12/Fev-11) 0,0 -3,0 5,3 6,6 -2,3 7,0 -8,8 0,2 Fonte: Convênio SEADE-DIEESE, MTE/FAT e convênios regionais.
  17. 17. MERCADO CONJUNTURA TENDÊNCIA DETRABALHO (Mês) (12 meses) • Ocupação: relativa estabilidade • Ocupação: crescimento • Taxa de desemprego: aumento • Taxa de desemprego: aumento RMPA • Rendimentos (fevereiro): redução • Rendimentos (fevereiro): redução • Massa de Rendimentos • Massa de Rendimentos (fevereiro): redução (fevereiro): redução • Ocupação: crescimento • Ocupação: variação negativa • Taxa de desemprego: redução • Taxa de desemprego: aumentoMETROPOLI- • Rendimentos (fevereiro): estabilidade TANO • Rendimentos (fevereiro): aumento • Massa de rendimentos • Massa de Rendimentos (fevereiro): crescimento (fevereiro): relativa estabilidade

×