Your SlideShare is downloading. ×
0
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIALDiagnósticos e Projetos para o Desenvolvimento da ...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL          coca
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL                              Abrangência         ...
USINA DE IDEIAS – SHRBS REGIÃO                                                                                UVA E VINHO ...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E      DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL  ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA CADEIA ENOGASTRONOM...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E      DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL            ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA CADEIA EN...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL(ENO)GASTRONOMIAA região é pioneira na oferta do e...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E      DESENVOLVIMENTO TERRITORIALALIMENTAÇÃO FORA DO LARComer fora de casa já repr...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL    Considerando que a (eno)gastronomia faz parte ...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL                                             Matri...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E      DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL                                           Matriz...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E      DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL CARTA COCAP - As reivindicações históricas da (E...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIALPolíticas de reconhecimento das profissões da cade...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL  Monitoramento:  • Investir em pesquisas: Raio X ...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL                     IDEIA PROJETOS          Produ...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL                   USINAS                Formulaçã...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E      DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL               Projetos de trabalho propostos pel...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E      DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL                          EDUCAÇÃO PARA O GOSTOAt...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E      DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL                Projetos de trabalho propostos pe...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E      DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL         IDENTIDADE ENOGASTRONÔMICA TERRITORIALAt...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL           Principais ganhos com PROJETO COCAP   I...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL          “Gastronomia é comer olhando pro céu”.  ...
SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E     DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL                          OBRIGADA!    Expert Usin...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Márcia Ferronato e Paula Nora - Diagnósticos e Projetos para o Desenvolvimento da Cadeia da Enogastronomia (01/02)

426

Published on

As autoras, Márcia Ferronato e Paula Nora, apresentam o trabalho "Diagnósticos e Projetos para o Desenvolvimento da Cadeia da Enogastronomia", dentro do Seminário Internacional Capital Social e Desenvolvimento Territorial.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
426
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Márcia Ferronato e Paula Nora - Diagnósticos e Projetos para o Desenvolvimento da Cadeia da Enogastronomia (01/02)"

  1. 1. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIALDiagnósticos e Projetos para o Desenvolvimento da Cadeia da Enogastronomia Expertos Cocap Marcia Ferronato e Paula Nora Usina e Laboratório - SHRBS Região Uva e Vinho
  2. 2. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL coca
  3. 3. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL Abrangência Nesta fase o projeto atuou em 06 Municípios: Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Garibaldi, Flores da Cunha, Farroupilha e Monte Belo do Sul Maior oferta de empreendimentos gastronômicos; Território com a maior produção de uva e vinho; Existência de estabelecimento de ensino e entidades de apoio a cadeia; Proximidade geográfica dos municipio participantes; Forte influencia da imigração italiana, gerando uma identidade regional; Região pioneira na oferta do enoturismo e enogastronomia.
  4. 4. USINA DE IDEIAS – SHRBS REGIÃO UVA E VINHO SHRBS UCS/ICIF ABE SINTRAT APROBE UR LO ASS. CAMINH SENAI OS DE FARIA LEMOS ATUASE SENAC RRA ACTORES TERRITORIALES DE LA SEBRAE CADENA ENOGASTRONOMICA BENTO CONVEN TION REDE CAXIAS MÁXIM DO SUL O SABOR CONVEN TION 6PREFEITURAS/SE COMTU C R BENTOTURISM O IFRS – COMTU BENTO E R CAXIAS CAXIAS COMTU R IBRAVIN FARROU PILHA COMTU FSI R FLORES COMVER FISUL S CONSUL FISAR – ADO SEDE HONOR RS/BRAS ÁRIO FACULD FACULD IL ITALIAN ADE ADE EMATER O CENECIS ANGLOA TA MERICA NO
  5. 5. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA CADEIA ENOGASTRONOMIA Plano de Formação ADTs (I fase em 2010 e II fase em 2011 com presença de docentese experts da Região do Vêneto – Itália); Diagnóstico da Competitividade Cadeias (documento preliminar); Análise de Contexto das Cadeias (documento preliminar); Plano de melhoria Logística das Cadeias (documento preliminar); Indicadores de Medição de Capital Social das cadeias (documento preliminar); Aplicação de questionário (com base de amostra restrita, intencional); Termo de Adesão Atores; Termo de Parceria para Cessão de Espaço e apoio do SHRBS Região Uva e Vinho; Termo de Parceria das Usinas de Ideias (entidade master, Governo RS., Fondazione diVenezia e CCIRS); Matriz de avaliação dos Agentes - ADTs ; Registro de Atores e ADTs.
  6. 6. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA CADEIA ENOGASTRONOMIA Plano de Negócio da Usina de Ideias (exercício prático da formação ADT em 2010); Plano de Ação Usina de Ideias e Laboratório (exercício prático da formação ADT em2010 – após análise, serviu de base para os documentos elaborados pelo Prof. Volpesobre as Usinas e os Laboratórios); Projetos de Trabalho ou Ideias Projetos - dois por cadeia. (construídos com os atorese ADTs desde a formação 2010 e tema das Usinas em 2011-2012); Fechamento do questionário, amostra e aplicação de pesquisa sobre Capital Social eCooperação entre os Agentes com suporte do Governo do Estado do RS/FEE e EquipeEconômica do Governo do RS; Elaboração de Carta Proposta Projeto COCAP – Seminário Internacional; Organização do Seminário na região Uva e Vinho juntamente com a cadeia do vinho, emnovembro, para socializar os resultados projeto e pesquisa e encerramento do projetoCOCAP.
  7. 7. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL(ENO)GASTRONOMIAA região é pioneira na oferta do enoturismo e consequentemente daenogastronomia no Brasil.O cenário e o momento Brasil são propícios para a evolução daenogastronomia, a região detém um grande potencial a ser desenvolvidonesta cadeia, principalmente em parceria com a cadeia do vinho eagricultura familiar.
  8. 8. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIALALIMENTAÇÃO FORA DO LARComer fora de casa já representa 1/3 do total de gastos das famílias brasileirascom alimentos, de acordo com a edição 2008/2009 da Pesquisa de OrçamentosFamiliares (POF), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística(IBGE).
  9. 9. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL Considerando que a (eno)gastronomia faz parte da identidade desteterritório em estudo e integra o segmento de enoturismo com vivenciasnos restaurantes, vinícolas, eventos, degustações, harmonizações, etc,onde é possível experimentar os atributos de uma região diferenciada ecom apelo gastronômico que constitui um dos principais fatores deconsumo para a comunidade local e de motivação para os visitantes.Segue na busca da valorização da cultura e identidade gastronômica, dacompetitividade e da coesão social.
  10. 10. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL Matriz SWOTAMEAÇAS OPORTUNIDADES Falta de oferta de mão-de-obra Região pioneira na oferta do enoturismo e Aquecimento dos setores da indústria enogastronomia no Brasil Baixo nível de escolaridade, refletindo na Aumento do fluxo turístico na regiãocapacitação e na qualidade Certificações de origem de produtos na Região Cultura empresarial que o governo tem que fazer Movimento de valorização da enogastronomia etudo dos profissionais Legislação engessada para o setor de serviços, Numero de entidades de ensino com oferta paraprincipalmente a trabalhista o setor Alta Carga tributária Intercâmbios com regiões enogastronômicas do Pouca visibilidade dos municípios envolvidos no mundocenário nacional Qualificação de recursos humanos Pré-conceito do consumidor em relação aos Aproveitamento de produtos e matérias primasprodutos nacionais locais Descontinuidade de iniciativas institucionais no setor Identificar as boas pratica do setor Recursos mínimos para a promoção Cooperação entre setores e entidades
  11. 11. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL Matriz SWOTPONTOS FRACOS PONTOS FORTES Alta rotatividade dos profissionais do setor Atratividade pelo apelo à identidade regional (forte Mão de obra pouco qualificada ligação com o enoturismo) Pouca inovação nas empresas Integração das entidades e empresas do setor Oferta de cardápio similar enogastronômico, vitivinícola e turístico dos Baixa auto-estima do empresário e do profissional do municípios envolvidos no projetosetor Disseminação de conhecimento e troca de Pouco comprometimento/entendimento por parte experiênciasdos empresários e profissionais do setor Programas eficazes, das entidades da cadeia e Sobreposição de trabalhos parceiros, na qualificação técnica e gerencial. Baixa adesão a programas de capacitação Projetos e eventos com visibilidade e inovadores Falta de estratégias de promoção Identificação regional das entidades e da cadeia. Fortalecimento da cultura de trabalho em parceria Possibilidade de ações de promoção diferenciadas
  12. 12. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL CARTA COCAP - As reivindicações históricas da (Eno)Gastronomia na Região Uva e Vinho – Serra Gaúcha Políticas públicas que combatam a burocracia na implantação e/ou na gestão daempresa; Redução da carga tributária com vistas a tornar o setor mais competitivo; Revisão/adequação da Legislação Trabalhista (CLT), por ser pouco adequada àflexibilidade de horários e dias de atividade que caracterizam o setor. Programas de Qualificação para empresários e trabalhadores: • Incentivo a realização de mesa de debates entre entidades de classe e educacionais e Governo, criando uma oferta mais atrativa e adequada à realidade do setor; • Fomento a Programas de Qualificação continuada aos empresários; • Fomento e subsidio a Programas de Qualificação Profissional continuada para trabalhadores.
  13. 13. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIALPolíticas de reconhecimento das profissões da cadeia: Ex. Garçom, Cozinheiro eoutros.Apoio e fomento a ações que combatam os problemas da rotatividade epenosidade do trabalho, da instabilidade dos lucros, das relações com osconcorrentes e fornecedores e da baixa autoestima.Fomento a programas e/ou projetos entre as cadeias da vitivinicultura egastronomia.Promover a gastronomia, a enogastronomia, o enoturismo pela importância nodesenvolvimento territorial e na geração de emprego e renda para a região.
  14. 14. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL Monitoramento: • Investir em pesquisas: Raio X da gastronomia da região. Projeto elaborado pela Usina e em fase de ajustes e captação de recurso. • Criar um sistema para medir o impacto da gastronomia/ turismo sobre o PIB e em outros possíveis indicadores. Fomentar a coleta e socialização de dados e informações produzidas sobre o setor. Ex. documentários, artigos, etc. Investir no Projeto Identidade Gastronômica Territorial, conforme ideia projeto elaborada e encaminhada pela usina SHRBS junto ao projeto Cocap, com objetivo de construir uma marca. Fomento a programas de certificações que venham a valorizar e preservar a identidade territorial gastronômica.
  15. 15. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL IDEIA PROJETOS Produzido pelos Atores e ADTs da Usina
  16. 16. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL USINAS Formulação de LABORATÓRIOS Ideias Consolidação de Projetos CAPACITAÇÃO
  17. 17. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL Projetos de trabalho propostos pela cadeia:1. EDUCAÇÃO PARA O GOSTOQualificar o setor com base no conceito de experiência única, valorizando aidentidade local, equipes, empresários e clientes, através de cursos, oficinas epalestras.Público:Empresários e equipes dos empreendimentos.Situação:Ação contínua.Recurso em 2012 - convênio SHRBS e SETUR.
  18. 18. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL EDUCAÇÃO PARA O GOSTOAtividades Previstas: 8 cursos. Ex: Atendimento, Gestão Financeira; Técnicas de Cozinha; Relações Interpessoais;Cozinheiro; Sommelier Básico; Garçom/Garçonete. 12 oficinas. Ex: Harmonização pratos e bebidas; Elaboração e Design de Cardápios; Decoraçãode Bufês, Flores Comestíveis, Chás e Infusões; Aproveitamento e Armazenamento de Alimentos;Degustação de Vinhos. 6 palestras: "A Enogastronomia na Região Uva e Vinho”. = aproximadamente: 73 turmas – 1.000 pessoasResultados Esperados: Qualificação dos serviços; Valorização da enogastronomia; Aumento da oferta e do consumo da enogastronomia local; Satisfação dos consumidores.
  19. 19. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL Projetos de trabalho propostos pela cadeia:2.IDENTIDADE ENOGASTRONÔMICA TERRITORIALConhecer e divulgar os produtos locais (agroalimentares), através delevantamento de informações e elaboração de Catálogo/ Menu onde seintensifique a relação com restaurantes, além da venda direta ao consumidor.Público:Empresários e equipes dos empreendimentos;Agroindústrias, agricultura familiar, vinícolas.Situação:Em análise, para captação de recursos.Encaminhado ao GT de Gastronomia do RS.
  20. 20. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL IDENTIDADE ENOGASTRONÔMICA TERRITORIALAtividades Previstas: Pesquisa primária, levantamento de dados sobre os produtos agroalimentares doterritório; Pesquisa secundária; Impressão do catálogo / menu de produtos agroalimentares e empreendimentosgastronômicos ; Socialização do conhecimento, por meio eletrônico.Resultados Esperados: Elaboração de um catálogo com produtos, informações coletadas e envolvidos; Fomento ao marketing territorial com a promoção e comercialização advinda dosdados levantados; Associação de valor agregado, fomento a marca local; Estímulo ao desenvolvimento sustentável e a competitividade da cadeiaenogastronômica; Estímulo à geração de negócios em rede.
  21. 21. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL Principais ganhos com PROJETO COCAP Integração/cooperação; Estímulo à busca de dados e informações; Relacionamento com parceiros/atores; Aumento da coesão cadeias Vinho e Enogastronomia; Pesquisa realizada; Material produzido; Aprendizagem – o caso Vêneto; Redirecionamento do planejamento.
  22. 22. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL “Gastronomia é comer olhando pro céu”. Millôr Fernandes com o tema Prazer de Comer
  23. 23. SEMINÁRIO INTERNACIONAL CAPITAL SOCIAL E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL OBRIGADA! Expert Usina de Ideias e Laboratório de Projetos Cadeia da Enogastronomia - Rio Grande do Sul/Brasil Marcia Ferronato e Paula Nora marciatur@sindiregiao.com.br / paulanora@me.com
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×