Orientações sobre boas e más práticas de trabalhos acadêmicos: do plágio à normalização: Módulo 1: Más práticas!: o plágio, falsificação e fabricação de dados
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Orientações sobre boas e más práticas de trabalhos acadêmicos: do plágio à normalização: Módulo 1: Más práticas!: o plágio, falsificação e fabricação de dados

on

  • 131 views

A oficina: Orientações sobre boas e más práticas de trabalhos acadêmicos: do plágio à normalização foi elaborada com o propósito de orientações para disciplina de Catalogação ...

A oficina: Orientações sobre boas e más práticas de trabalhos acadêmicos: do plágio à normalização foi elaborada com o propósito de orientações para disciplina de Catalogação

Possui um conjunto de 5 módulos, estes slides referem-se ao Módulo 1: Más práticas!: o plágio, falsificação e fabricação de dados

Outros módulos:
Módulo 2: Onde buscar informação?

Módulo 3: Norma 10520:2002 de citações

Módulo 4: Referências 6023:2002

Módulo 5: Principais tópicos de um trabalho acadêmico 14724:2011


Statistics

Views

Total Views
131
Views on SlideShare
131
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Orientações sobre boas e más práticas de trabalhos acadêmicos: do plágio à normalização: Módulo 1: Más práticas!: o plágio, falsificação e fabricação de dados Orientações sobre boas e más práticas de trabalhos acadêmicos: do plágio à normalização: Módulo 1: Más práticas!: o plágio, falsificação e fabricação de dados Presentation Transcript

    • ORIENTAÇÕES SOBRE BOAS E MÁS PRÁTICAS DE TRABALHOSACADÊMICOS: DO PLÁGIO À NORMALIZAÇÃO Ana Paula Grisoto Felipe Augusto Arakaki Drª Rachel C. Vesu Alves Marília, 2014
    • Programação • Módulo 1: Más práticas!: o plágio, falsificação e fabricação de dados • Módulo 2: Onde buscar informação? • Módulo 3: Norma 10520:2002 de citações • Módulo 4: Referências 6023:2002 • Módulo 5: Principais tópicos de um trabalho acadêmico 14724:2011
    • MÁS PRÁTICAS! o plágio, a falsificação e a fabricação de dados Módulo 1 Felipe Augusto Arakaki Ana Paula Grisoto Drª Rachel C. Vesu Alves Marília, 2014
    • Plágio? O que é? Módulo 1
    • • O plágio, ou a utilização de ideias ou formulações verbais, orais ou escritas de outrem sem dar-lhe por elas, expressa e claramente, o devido crédito, de modo a gerar razoavelmente a percepção de que sejam ideias ou formulações de autoria própria. (FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO, 2012, p. 24, grifo do autor). Módulo 1
    • Formas de plágio • a) Plágio direto (word by word): cópia literal. • b) Plágio indireto (paraphrase): interpretação de um texto original sem indicação da fonte. • c) Plágio de fontes: quando um trabalho é feito com a reprodução de citações de outros trabalhos. • d) Plágio consentido (conluio): apresentação de trabalhos feitos por colegas ou comprados. • e) Autoplágio: quando o estudante entrega o mesmo trabalho para disciplinas diferentes, sem informar que o conteúdo já foi apresentado anteriormente. KROKOSCZ, 2013 Módulo 1
    • Módulo 1 Caso Chalita • No mestrado de ciências sociais • Objetivo: Discutir a questão do poder, comparando “O Príncipe”, de Nicolau Maquiavel (1469-1527), com o “Discurso da Servidão Voluntária”, de Étienne de La Boétie (1530-1563), e analisar as “relações de poder entre o príncipe e o povo” • Trecho: “Se pudéssemos sintetizar dois pensamentos, um de Maquiavel e outro de La Boétie, poderíamos afirmar: primeiro conheçamos a realidade, e, depois, ousemos construir e perseguir a utopia. Esta é a virtude do homem, seu desafio.” • No mestrado de direito • Objetivo: Discutir a questão do poder, analisando “O Príncipe”, de Maquiavel, e o “Discurso da Servidão Voluntária”, de La Boétie, “no que tange às relações de poder entre o governante e o povo”. • Trecho: “Se pudéssemos sintetizar dois pensamentos, um de Maquiavel e outro de La Boétie, poderíamos afirmar: primeiro conheçamos a realidade e, depois, ousemos construir e perseguir a utopia. Esta é a virtude do homem, seu desafio.” AZEVEDO, 2012
    • Leia sobre o caso Chalita na matéria da Folha MACHADO, Uirá. Chalita fez autoplágio para obter mestrado. Folha de S. Paulo, São Paulo, 12 fev. 2012. Poder. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/25452-chalita-fez-autoplagio- para-obter-mestrado.shtml>. Acesso em: 12 abr. 2014. Módulo 1 Outro caso de plágio: ADUSP. Denúncia de plágio contra grupo de pesquisa da reitora. São Paulo, 2011. Disponível em: <http://www.adusp.org.br/index.php/carreira- docente/897-denuncia-de-plagio-contra-grupo-de-pesquisa-da-reitora>. Acesso em: 12 abr. 2014. Resultado: Professor da USP principal autor do artigo foi destituído do cargo e a pesquisadora coautora do texto que também foi continuação de sua tese teve o título cassado
    • Como detectar o plágio? Módulo 1
    • Algumas possibilidades Denúncia do leitor ou do próprio autor plagiado; Módulo 1 Os professores já leram muito material a respeito do assunto; Existem ferramentas que fazem uma varredura na Web, e detecta de onde foram extraídas as informações utilizadas.
    • Módulo 1 Turnitin • Atualmente a UNESP paga uma ferramenta que auxilia detectar possíveis plágios em trabalhos acadêmicos. • Turnitin ajuda os professores a detectar citações incorretas ou potencial plágio nos trabalhos dos alunos, verificando-os nos mais precisos bancos de dados de textos do mundo. (TURNITIN, 2014, não paginado). Maiores informações: http://www.marilia.unesp.br/#!/biblioteca http://turnitin.com/pt_br/ Dica de leitura: KUGLER, Henrique. Alerta aos acadêmicos desonestos. UOL, Ciência hoje, 06 set. 2012. Disponível em: <http://cienciahoje.uol.com.br/blogues/bussola/2012/09/alerta-aos-academicos- desonestos/view>. Acesso em: 12 abr. 2014.
    • Módulo 1 Falsificação de dados • A falsificação, ou apresentação de dados, procedimentos ou resultados de pesquisa de maneira relevantemente modificada, imprecisa ou incompleta, a ponto de poder interferir na avaliação do peso científico que realmente conferem às conclusões que deles se extraem. (FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO, 2012, p. 24, grifo do autor).
    • Módulo 1 A fabricação de dados • A fabricação, ou afirmação de que foram obtidos ou conduzidos dados, procedimentos ou resultados que realmente não o foram. (FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO, 2012, p. 24, grifo do autor).
    • Como evitar o Plágio? Módulo 1
    • Referências • AZEVEDO, Reinaldo. Blog: Chalita e o discurso do plágio voluntário. São Paulo: Veja, 2012. Disponível em: <http://biblioteca.fecap.br/wp- content/uploads/2013/10/Plagio_Ponderacoes.pdf>. Acesso em: 12 abr. 2014. • FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Código de boas práticas científicas. São Paulo, 2012. • KROKOSCZ, Marcelo. Ponderações e dicas para se evitar o plágio. São Paulo: FECAP, 2013. Disponível em: <http://biblioteca.fecap.br/wp- content/uploads/2013/10/Plagio_Ponderacoes.pdf>. Acesso em: 12 abr. 2014. • TURNITIN. Previne o Plágio. Envolve os Alunos. 2014. Disponível em: <http://turnitin.com/pt_br/>. Acesso em: 12 abr. 2014. Módulo 1