A reinvenção do marketing no contexto da economia digital

1,582 views
1,526 views

Published on

Published in: Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,582
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
31
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A reinvenção do marketing no contexto da economia digital

  1. 1. A Reinvenção do Marketing no Contexto da Economia Digital Baseado no artigo de Alzira Marques e Analdo Coelho
  2. 2. O Que veremos hoje ? <ul><li>A Economia Digital (características, mudanças geradas, propulsores, etc). Os Clientes da Economia Digital As Empresas na Economia Digital Os trabalhadores na Economia Digital Conclusão </li></ul>
  3. 3. Reflexão
  4. 4. ECONOMIA DIGITAL
  5. 5. O Conceito de Riqueza Através dos Tempos <ul><li>Antiguidade: </li></ul><ul><li>Riqueza = Terra </li></ul><ul><li>1ª Revolução Industrial: </li></ul><ul><li>Riqueza = Aço </li></ul><ul><li>2ª Revolução Industrial: </li></ul><ul><li>Riqueza = Produção em Massa </li></ul><ul><li>Revolução Digital (hoje): </li></ul><ul><li>Riqueza = Conhecimento </li></ul>
  6. 6. Disseminação do Conhecimento através dos Tempos Sinais 6000 A.C. Escrita 1455 Imprensa (Guntemberg) 1955 Rádio e TV 1990 Internet Revolução Industrial
  7. 7. A Informação com a W.W.W. INFORMAÇÃO QUALQUER PESSOA QUALQUER LUGAR QUALQUER MOMENTO “ Informação é poder e o poder está em todo lado”
  8. 8. Conseqüências da rápida disseminação da Informação 1996 2002 2004 O CICLO DE VIDA DOS PRODUTOS É CADA VEZ MENOR
  9. 9. Conseqüências da rápida disseminação da Informação Grandes lançamentos são rapidamente copiados.
  10. 10. Informação, Globalização, Conversão, Inovação... COMPETÊNCIAS EMPRESARIAIS PESSOAS COMPETENTES IMPACTO DIRETO Velocidade Complexidade Fronteiras Geográficas menores Fronteiras Organizacionais menores Fronteiras Tecnológicas rapidamente transpostas
  11. 11. A Tecnologia de Informação provocou revoluções ... Comunicações Internas Relação entre Clientes e Fornecedores B2B B2C Produtos da Empresa Todos fazem carros, mas eu vendo confiabilidade, conforto, segurança, etc...
  12. 12. A Tecnologia de Informação provocou revoluções ... A Velha Economia : INFORMAÇÕES E BENS ERAM FÍSICOS A Nova Economia: INFORMAÇÕES E BENS SÃO DIGITAIS
  13. 13. A Tecnologia de Informação provocou revoluções ... DAS RELAÇÕES HUMANAS PRÓXIMAS PARA A VIRTUALIZAÇÃO DAS RELAÇÕES
  14. 14. O Centro da Revolução W.W.W.
  15. 15. Quais são os grandes ativos ? DAS PESSOAS : O Conhecimento A Combinação dos Saberes
  16. 16. Quais são os grandes ativos ? DAS EMPRESAS : PESSOAS
  17. 17. Com que capital se trabalha hoje? Capital Intelectual Capital de Relacionamentos Capital da Marca Capital da Informação
  18. 18. E o trabalho? Qual é? Geração e Gestão de Idéias + Compartilhamento e Troca de Conhecimento Trabalhadores Fornecedores Clientes Empresa
  19. 19. A Nova Disciplina GESTÃO DE INFORMAÇÕES E RELACIONAMENTOS ANTES AGORA RIQUEZA CRIADA PELA ENERGIA DISPENDIDA RIQUEZA CRIADA PELA CRIATIVIDADE E HABILIDADE DE GERIR RELAÇÕES
  20. 20. E o Produto? Ainda deve ser produzido? Sim. Mas como o cliente deseja e não mais como a empresa quer... Qualidade Melhor Preços Menores Entrega mais Rápida Serviços Complementares O que o consumidor está demandando Como as empresas estão respondendo Total Quality Management Redução de Custos Supply-Chain Management Pós-Vendas
  21. 21. As obrigações da empresa na era digital 1. Conhecer o Cliente 2. Fazer o que o cliente deseja ou mais que isso Competências para Cumprir com as Obrigações : Flexibilidade Inteligência Rapidez Criatividade
  22. 22. Como conquistar os clientes Medir a Satisfação Saber o que pode ser melhorado Que outros produtos ou serviços podem ser oferecidos Tendências
  23. 23. Como conquistar os clientes Agregar Valor Fazer com que o produto se destaque dos demais produtos concorrentes por meio de algo que lhe agregue algum valor.
  24. 24. O que conquistar dos clientes C O N F I A N Ç A
  25. 25. A evolução da visão da empresa EMPRESA PRODUTO MERCADO Era uma vez . . .
  26. 26. A evolução da visão da empresa EMPRESA PRODUTO SEGMENTO Era uma vez . . . PRODUTO SEGMENTO SEGMENTO
  27. 27. A evolução da visão da empresa EMPRESA PRODUTO A era digital Cliente PRODUTO PRODUTO PRODUTO PRODUTO Cliente Cliente Cliente Cliente
  28. 28. Os 4 novos P´s P P P P Produtos customizados Preços personalizados Promoção focada no cliente-alvo Logística integrada = (+) agilidade e (-) custo
  29. 29. Para a empresa seguir competitiva... Foco NO NEGÓCIO Horizontalizar estruturas Estandardizar Processos Melhorar as relações com Clientes Fornecedores Sociedade Colaboradores
  30. 31. “ No momento em que diferenciais são, mais do que nunca, vantagens competitivas essenciais, ser profissional na era digital não é apenas ter uma dessas vantagens, mas a própria condição de sobrevivência no novo cenário estabelecido.” Maurício Mendes Boavista de Castro Profissional da Era Digital
  31. 32. Como deve ser o Profissional da Era Digital?
  32. 33. Para um maior entendimento do profissional da Era Digital apresentaremos um quadro comparativo das mudanças de características e perfis do profissional da Era Digital e o profissional Tradicional: Profissional da Era Digital Tradicional Era Digital
  33. 34. Profissional da Era Digital -Ambiente Estimulador -Ambiente Tenso -Recompensa -Punição <ul><li>Conexões </li></ul><ul><li>Escalões </li></ul>-Age como Modelo -Dá Ordens -Valoriza a Criatividade -Impõe Disciplina -Capacita -Limita e Define -Objetivo: Mudança -Objetivo: Controle Profissional da Era Digital. Profissional Tradicional.
  34. 35. Fonte: D’ELIA, Maria Elisabete. Profissionalismo: não dá para não ter. São Paulo: Editora Gente. 1997. Profissional da Era Digital -Iniciativa -Cumprir Ordens -Holismo -Mecanicismo <ul><li>Diálogo </li></ul><ul><li>Disciplina Rígida </li></ul>-Pessoal -Impessoal -Múltiplo -Linear -Colaboração -Crítica Profissional da Era Digital. Profissional Tradicional.
  35. 36. Profissional da Era Digital Conforme o quadro, o novo profissional não é formado por um curriculum vitae abarrotado de cursos; é, principalmente, o que consegue equilíbrio entre a inteligência racional e inteligência emocional.
  36. 37. Na Era Digital, a tecnologia avançada elimina, a cada dia, mais empregos, oportunizando novas e diferentes formas de emprego e, para ocupá-los, precisa-se, fundamentalmente, de grandes e variadas formas de habilidades e conhecimentos. Profissional da Era Digital
  37. 38. <ul><li>Domine idiomas e informática </li></ul><ul><li>Trabalhe em equipe </li></ul><ul><li>Saiba formular questões </li></ul><ul><li>Seja afetivo </li></ul><ul><li>Não seja workaholic </li></ul><ul><li>Mantenha atividades paralelas </li></ul><ul><li>Mantenha uma aprendizagem constante </li></ul>Algumas habilidades importantes:
  38. 39. Como ser um Profissional da Era Digital?
  39. 40. Resposta: Sendo responsável pelo seu próprio desenvolvimento.
  40. 41. Através do processo de aprendizagem e mudanças constantes passamos a ter a oportunidade de crescer pessoal e profissionalmente. Profissional da Era Digital
  41. 42. Algumas Ferramentas Importantes para o Profissional da Era Digital <ul><li>Informativos especializados (Ex.: Newsletter , Revistas, etc) </li></ul><ul><li>Internet </li></ul><ul><li>Grupos de Discussão </li></ul><ul><li>e-Learning </li></ul>
  42. 43. Ferramentas Importantes para o Profissional da Era Digital <ul><li>Informativos especializados (Ex.: Newsletter , Revistas, etc) </li></ul>
  43. 44. Ferramentas Importantes para o Profissional da Era Digital <ul><li>Internet (Como fonte de pesquisa) </li></ul>
  44. 45. Ferramentas Importantes para o Profissional da Era Digital <ul><li>Grupos de Discussão </li></ul>
  45. 46. Ferramentas Importantes para o Profissional da Era Digital <ul><li>e-Learning </li></ul>

×