AE Rio 2011 - Togaf e Archimate

2,006 views
1,878 views

Published on

Abresentação feita no AE Rio 2011 por Pedro Miguel Sousa da AITEC brasik

Published in: Business, Technology, Sports
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,006
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
267
Actions
Shares
0
Downloads
118
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

AE Rio 2011 - Togaf e Archimate

  1. 1. TOGAF & ARCHIMATEComo automatizar as vistasarquiteturais14 Abril de 2011
  2. 2. 1. Importância de Arquitetar 1. Introdução 2. Por que TOGAF & Archimate 3. Dificuldades 4. Quickstart mês 5. Resultados num ano 2
  3. 3. Como obter resultados comTOGAF & Archimate em anos? 3
  4. 4. 2. Por que TOGAF & Archimate 1. Introdução 2. Por que TOGAF & Archimate 3. Dificuldades 4. Quickstart mês 5. Resultados num ano 4
  5. 5. Por que TOGAF & Archimate? Por que TOGAF? 5
  6. 6. Por que TOGAF & Archimate? 300 organizações 6
  7. 7. Por que TOGAF & Archimate? 8 anos 7
  8. 8. Por que TOGAF & Archimate? Melhores práticas 8
  9. 9. Por que TOGAF & Archimate? Método confiável e comprovado 9
  10. 10. Por que TOGAF & Archimate? Porquê reinventar a roda? 29-04-2011 10
  11. 11. Por que TOGAF & Archimate? Open standard 11
  12. 12. Por que TOGAF & Archimate? Vendor neutral 12
  13. 13. Por que TOGAF & Archimate? Acessível a todos 13
  14. 14. Por que TOGAF & Archimate? Por que Archimate? 14
  15. 15. Por que TOGAF & Archimate? Comunicação 15
  16. 16. Por que TOGAF & Archimate? Organização 16
  17. 17. Por que TOGAF & Archimate? AE? 17
  18. 18. Por que TOGAF & Archimate? UML? 18
  19. 19. Por que TOGAF & Archimate? Global 19
  20. 20. Por que TOGAF & Archimate? Envolvimento 20
  21. 21. Por que TOGAF & Archimate? Instrumento Integração horizontal Princípios Métodos Modelos 21
  22. 22. Por que TOGAF & Archimate? Estrutura Organizacional Processos de Negócio Sistemas Informacionais Infra-estrutura 22
  23. 23. Por que TOGAF & Archimate? 23
  24. 24. Por que TOGAF & Archimate? Por que TOGAF & Archimate? 24
  25. 25. Por que TOGAF & Archimate? • Metodologia de trabalho • Abordagem para: – Desenho – Planejamento – Implementação – Governança Arquitetura Empresarial 25
  26. 26. Por que TOGAF & Archimate? • Linguagem gráfica • Semântica Formal • Técnicas para visualização e análise da arquitetura empresarial direccionado aos vários stakeholders 26
  27. 27. Por que TOGAF & Archimate? Processo Linguagem 27
  28. 28. 3. Dificuldades 1. Introdução 2. Por que TOGAF & Archimate 3. Dificuldades 4. Quickstart mês 5. Resultados num ano 28
  29. 29. Dificuldades Por onde começar? 29
  30. 30. Dificuldades Resistência à mudança 30
  31. 31. Dificuldades Resultados rápidos 31
  32. 32. Dificuldades Capacitação para a modelagem 32
  33. 33. Dificuldades Manutenção dos diagramas 33
  34. 34. Dificuldades 34
  35. 35. Dificuldades 300 Horas 35
  36. 36. Dificuldades 1000 Horas 36
  37. 37. Dificuldades 4000 Horas 37
  38. 38. Dificuldades 500 dias 38
  39. 39. Dificuldades > 2 anos 39
  40. 40. Dificuldades E quando terminar? 40
  41. 41. Dificuldades CAPTURA DA INFORMAÇÃO CRIAÇÃO DE MAPAS ATUALIZAÇÃO VERSIONAMENTO COMUNICAÇÃO EFICAZ 41
  42. 42. Dificuldades Como gerir isto? 42
  43. 43. 4. Quickstart 1. Introdução 2. Por que TOGAF & Archimate 3. Dificuldades 4. Quickstart mês 5. Resultados num ano 43
  44. 44. Quickstart Metodologia AE 44
  45. 45. Quickstart meses 45
  46. 46. Quickstart Levantamento das perguntas estruturantes do negócio 46
  47. 47. Quickstart Que aplicações fornecem informações necessárias para a concretização dos processos de negócio? Que documentação é trocada entre os atores responsáveis de um determinado processo de negócio? 47
  48. 48. Quickstart Identificação de conceitos Processo Processo Actor Aplicação Aplicação Actor Documento Documento Informação Informação Informação 48
  49. 49. Quickstart I NEED A REPORT OF EACH ONE OF YOU ABOUT OUR CRM. CRM? APPLICATION OR SYSTEM? PLATFORM? STRATEGY ? 49
  50. 50. Quickstart Definição do significado O que é? Aplicação Uma aplicação representa um software executável, cujo conjunto de funcionalidades gere Conceito informação própria para satisfazer uma determinada missão.  Solução  Componente Dependências  Interface de Aplicação  Serviço de Aplicação  Plataforma Instanciação a exemplos práticos  Aplicação CRM Exemplos  Aplicações de calendarização de pessoal  Aplicações de edição e apresentação de documentos 50
  51. 51. Quickstart Identificação do relacionamento entre os conceitos 51
  52. 52. Processo Actor Processo ActorAplicação Aplicação Documento Documento InformaçãoInformação Informação 52
  53. 53. Quickstart Definição de um metamodelo 53
  54. 54. Quickstart Área de Processo de Produto Stakeholder Negócio Negócio Aplicação Componente Função Interface Aplicacional Banco de Tipo de Tecnologia Servidor Dados Tecnologia 54
  55. 55. Quickstart Criação de arquivos para introdução de informação 55
  56. 56. Quickstart Área de Processo de Produto Stakeholder Negócio Negócio Aplicação Componente Função Interface Aplicacional Banco de Tipo de Tecnologia Servidor Dados Tecnologia 56
  57. 57. Quickstart Introdução da informação numa base de conhecimento 57
  58. 58. Processo Actor Processo Actor Base de ConhecimentoAplicação Aplicação Documento Documento InformaçãoInformação Informação 58
  59. 59. Quickstart 59
  60. 60. Quickstart• Levantamento das perguntas• Identificação e significado dos conceitos• Identificão dos relacionamentos• Definição metamodelo• Estruturação dos arquivos para importação 60
  61. 61. Quickstart Poucos meses 61
  62. 62. Quickstart Vistas Arquiteturais? 62
  63. 63. 5. Automatização 1. Introdução 2. Por que TOGAF & Archimate 3. Dificuldades 4. Quickstart mês 5. Resultados num ano 63
  64. 64. mêsResultados num ano 29-04-2011 64
  65. 65. mêsResultados num ano Vistas Arquiteturais 29-04-2011 65
  66. 66. mêsResultados num ano Simples 29-04-2011 66
  67. 67. mêsResultados num ano Objetivas 29-04-2011 67
  68. 68. mêsResultados num ano Acessível 29-04-2011 68
  69. 69. mêsResultados num ano 29-04-2011 69
  70. 70. mêsResultados num ano Rápido 29-04-2011 70
  71. 71. mêsResultados num ano 29-04-2011 71
  72. 72. mêsResultados num ano Padronizados 29-04-2011 72
  73. 73. mêsResultados num ano Automática 29-04-2011 73
  74. 74. mêsResultados num ano segundos 29-04-2011 74
  75. 75. mêsResultados num ano 29-04-2011 75
  76. 76. mêsResultados num ano Business Processe s Informational Entities Faturação Gerir Cliente Client e Fatura Promoção Com posed By Serv ice Com poses ATLYS Read dados NGIN Read dados WLI/ALDSP ATLYS Read dados clientes pós pagos cliente pré pago faturaç ão agregados Atlys ATLYS Fornecer dados faturação ATLYS Read dados ATLYS Read dados SGP Read promoções faturaç ão ativaç ão SGP Read promoções de cliente Consuming Applications Projects VIVO 360 Novo Front Office 29-04-2011 76
  77. 77. mêsResultados num ano 29-04-2011 77
  78. 78. mêsResultados num ano filtros 29-04-2011 78
  79. 79. mêsResultados num ano 29-04-2011 79
  80. 80. mêsResultados num ano relatórios 29-04-2011 80
  81. 81. mêsResultados num ano 29-04-2011 81
  82. 82. mêsResultados num ano 29-04-2011 82
  83. 83. mêsResultados num ano 29-04-2011 83
  84. 84. mêsResultados num ano AS-IS TO-BE Versionamento? 29-04-2011 84
  85. 85. mêsResultados num ano Data de início Data de fim 29-04-2011 85
  86. 86. mêsResultados num ano 29-04-2011 86
  87. 87. mêsResultados num ano Capacidades analíticas 29-04-2011 87
  88. 88. mêsResultados num ano 29-04-2011 88
  89. 89. mêsResultados num ano 29-04-2011 89
  90. 90. mêsResultados num ano Facilidade de utilização Agilidade Adaptabilidade 29-04-2011 90
  91. 91. mêsResultados num ano 29-04-2011 91
  92. 92. mêsResultados num ano 29-04-2011 92
  93. 93. mêsResultados num ano Visões Arquiteturais Navegação temporal Relatórios Office Análises Quantitativas e Qualitativas Integração com fontes de informação 29-04-2011 93
  94. 94. mêsResultados num ano• Levantamento das perguntas• Identificação e significado dos conceitos• Identificação dos relacionamentos• Definição metamodelo• Estruturação dos arquivos para importação 29-04-2011 94
  95. 95. mêsResultados num ano 29-04-2011 95
  96. 96. mêsResultados num ano Independente de Framework Independente da fase de maturidade 29-04-2011 96
  97. 97. Dúvidas? 29-04-2011 97
  98. 98. Contato Mais informações, notícias e eventos na área: Site do produto: www.aitecdobrasil.com.br/eams Grupo Linkedin: Governança de TI e Arquitetura Empresarial Twitter: @eaforumbrArquitetura Empresarial Dezembro 2010 98 98

×