Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
O paradoxo das redes sociais
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

O paradoxo das redes sociais

  • 272 views
Published

 

Published in Technology , Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
272
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
5
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. O paradoxo das redes sociais http://www.mundodomarketing.com.br/7,14843,o-paradoxo-das-redes-sociais.htm Ao mesmo tempo em que apresenta oportunidades incríveis para as empresas conhecerem melhor seus clientes e consumidores, escancara de vez toda e qualquer iniciativa interna de esconder os seus erros e trapalhadas Por Mario Faria, do Mundo do Marketing | 09/07/2010 pauta@mundodomarketing.com.br FAUSTO: Quem és pois? MEFISTÓFELES: Quem eu sou? Parte da força, que, empenhada no mal, o bem promove. Extraído do livro Fausto de Johann Goethe As redes sociais digitais promoveram uma das maiores revoluções na forma como o ser humano se relaciona, interage e se comunica. Através do uso da tecnologia, as limitações de tempo e espaço deixaram de existir. No passado, se uma pessoa quisesse interagir com outra, as duas precisam estar em uma mesma localização geográfica e presentes ali ao mesmo tempo. Estas barreiras caíram e provocaram o que se vê hoje em dia. É por isto o sucesso fabuloso que tem tido o Facebook, Orkut, Twitter, Ning, YouTube, dentre outros. Para os profissionais de marketing, abre-se uma gama de novas possibilidades pelas quais as empresas podem analisar as opiniões de seus clientes,e participar ativamente interagindo com seus consumidores. Porém quando estes mesmos profissionais percebem que o controle da comunicação não está mais em suas mãos, principalmente quando uma verdade inconveniente lhes é apresentada às claras, sentem-se reféns deste novo mundo. É fato que enxergam um potencial gigantesco a ser explorado, porém tem agora seus clientes como auditores ininterruptos de seus passos e atividades. Pequenos deslizes e erros cometidos pelas empresas podem se tornar um transtorno e uma dor de cabeça sem fim. Em uma época de total exposição, no qual o mercado demanda por sustentabilidade, transparência, qualidade, preço justo, diferenciação e customização, as redes sociais estão sendo utilizadas pelos consumidores para elogiar as empresas e marcas. E também para cobrar das mesmas uma posição mais contundente quanto às suas estratégias e ações. As redes sociais digitais abriram para as empresas uma nova oportunidade de saber o que ocorre realmente com seus produtos e serviços quando utilizados. Esta total transparência também faz com que as áreas de marketing e relacionamento com clientes estejam totalmente despidas de suas capas protetoras corporativas. Volta e meia me questionam se a situação que vivenciamos hoje como as redes sociais iria melhorar. Minha resposta tem sido que, com o tempo, sim, porém ainda iria piorar muito, pois as empresas e seus colaboradores ainda não sabem lidar com segurança neste novo mundo. O que fazer ao lidar com este conflito de interesses, neste canal poderoso, porém onde a comunicação deixou de ser unidirecional? Infelizmente, ainda não existe um manual já escrito e aceito como um dogma. As regras das redes sociais estão sendo escritas com base nos erros e acertos já feitos até hoje, e como toda e qualquer novidade, existe um período de aprendizado e adaptação de seu uso. Acredito que apesar dos riscos existentes, os benefícios são muito maiores. É fato que o consumidor descobriu que tem um megafone virtual em sua posse, e seu descontentamento pode ser expresso mais forte e rapidamente, atingindo um público a cada dia maior. E depois, por este ser um caminho sem volta, tais como foram o SAC, email e web site corporativo, onde
  • 2. quase toda empresa atual tem isto presente no seu dia a dia. Ao mesmo tempo em que apresenta oportunidades incríveis para as empresas conhecerem melhor seus clientes e consumidores, escancara de vez toda e qualquer iniciativa interna de esconder os seus erros e trapalhadas, sem deixar de fora os impactos legais que certamente podem ocorrer. E acima de tudo, redes sociais exigem investimentos constantes de tempo, pessoas e tecnologia, recursos escassos nos dias de hoje. Sua empresa está realmente preparada para dialogar com seus clientes? * Mario Faria é professor de Marketing e Estratégia da Business School São Paulo (BSP) e sócio da área de consultoria da IBM Brasil.