• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content

Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Like this presentation? Why not share!

Slides sobre planejamento

on

  • 46,220 views

 

Statistics

Views

Total Views
46,220
Views on SlideShare
46,146
Embed Views
74

Actions

Likes
87
Downloads
0
Comments
19

4 Embeds 74

http://ricardo.rmstec.info 47
http://biodocentesuneb.blogspot.com 19
http://biodocentesuneb.blogspot.com.br 5
http://manoelcruzsj.wordpress.com 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

110 of 19 previous next Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…

110 of 19 previous next

Post Comment
Edit your comment
  • Apresentar os conte ú dos abordados na aula.
  • Objetivos da aula.
  • Apresentar o primeiro assunto da aula.
  • Relacionar a necessidade do planemento de vida com a escola que tamb é m necessita pensar o que quer fazer? aonde quer chegar ? que caminho vai escolher para chegar ao seu destino desejado? Que ideal de aluno quer formar?
  • Portanto, planejar é uma atividade que est á dentro da educa ç ão, visto que esta tem como caracter í sticas b á sicas: evitar a improvisa ç ão, prever o futuro, estabelecer caminhos que possam nortear mais apropriadamente a execu ç ão do processo educativo, prever o acompanhamento e a avalia ç ão da pr ó pria a ç ão, pois planejar e avaliar são a ç ões relacionadas.
  • Portanto o planejmanto escolar nvolve uma tomada de decisão, um posicionamento claro do que quer desenvolver e de como quer desenvolver, inclusive frente ao que est á posto nas propostas oficiais. È necess á rio conhecer quais são as diretrizes do pa í s, do estado para a educa ç ão para que a escola possa se possicionar frente a estas pol í ticas educacionais.
  • Explicar que o processo de planejamento segue uma seq ü ência dos documentos macros at é o fazer em sala de aula devendo ter sempre o mesmo referencial te ó rico e a mesma linha pedag ó gica.
  • - Todo o planejamento possui teoria e pr á tica, e este não é neutro, pois h á um objetivo a alcan ç ar e uma realidade a transformar, assim, o ato de planejar exige uma tomada de decisão. - O planejamento é um processo a ser constru í do, e esta caracter í stica parece ser a mais importante, pois planejar não é algo estanque, mas uma a ç ão cont í nua e globalizante.
  • Todo planejamento tem que ter um car á ter pol í tico-social, isto é , necessita se preocupar em responder à s questões “ o que ” , “ quem ” , “ quando ” , “ onde ” , “ para que ” , “ para quem ” , “ como ” , e tamb é m “ quanto ” planejar dessa forma; segundo Gandin (1993, p. 55), “ a preocupa ç ão central do planejamento é definir fins, buscar, conhecer visões globalizantes e de efic á cia ” .
  • Insira um mapa do seu pa í s.
  • objetivos (o que pretendemos alcan ç ar) conte ú do (referente à á rea do conhecimento) metodologia (o que faremos para alcan ç ar os objetivos propostos) avalia ç ão (momento de reflexão de todo o processo) recursos (materiais f í sicos e humanos dos quais vamos precisar)
  • Falar do exemplo do plano de aula, dada a sua importância no processo escolar. O exemplo contempla uma aula onde o conte ú do a ser desenvolvido não é necessariamente cartogr á fico mas exemplifica bem como este recurso pode ser explorado pelo professor, de uma forma simples para desenvolver esta percep ç ão espacial. È uma aula tamb é m que se inicia trazendo uma questionamento como motiva ç ão para que o aluno pesquise e possa responder a questão colocada. Portanto j á reflete um posicionamento diferente do professor, pois não é aquele que vai falar tudo, ou que sabe tudo mas aquele que estimula seus alunos a buscarem amplia ç ão do conhecimento.
  • Nos objetivos tamb é m fica claro a preocupa ç ão do professor em possibilitar ao aluno ser construtor de mapas e não apenas interpretador ou leitor.
  • Nos objetivos tamb é m fica claro a preocupa ç ão do professor em possibilitar ao aluno ser construtor de mapas e não apenas interpretador ou leitor.
  • É importante que o professor ao pensar numa aula pense nos recursos que tem dispon í vel e de f á cil acesso pois para desenvolver uma aula interessante não precisar necessariamente dispor de recursos tecnol ó gicos de ultima gera ç ão. É exatamente a media ç ão que o professor faz com este recursos que pode fazê-lo interessante ou não. É importante sim que ele domine os conceitos que serão trabalhados para que possa pensar em como utilizar os recursos dispon í veis na escola de forma a motivar os alunos a participarem e interagirem com o objeto de conhecimento a ser explorado. Neste caso para que o professor possa utilizar e desenvolver uma atividade cartogr á fica é necess á rio que ele conhe ç a o tema tenha consciência do que poss í vel solicitar como resposta do aluno de acordo com sua faixa et á ria e o seu contexto social.
  • É importante que o professor ao pensar numa aula pense nos recursos que tem dispon í vel e de f á cil acesso pois para desenvolver uma aula interessante não precisar necessariamente dispor de recursos tecnol ó gicos de ultima gera ç ão. É exatamente a media ç ão que o professor faz com este recursos que pode fazê-lo interessante ou não. É importante sim que ele domine os conceitos que serão trabalhados para que possa pensar em como utilizar os recursos dispon í veis na escola de forma a motivar os alunos a participarem e interagirem com o objeto de conhecimento a ser explorado. Neste caso para que o professor possa utilizar e desenvolver uma atividade cartogr á fica é necess á rio que ele conhe ç a o tema tenha consciência do que poss í vel solicitar como resposta do aluno de acordo com sua faixa et á ria e o seu contexto social.
  • É importante que o professor ao pensar numa aula pense nos recursos que tem dispon í vel e de f á cil acesso pois para desenvolver uma aula interessante não precisar necessariamente dispor de recursos tecnol ó gicos de ultima gera ç ão. É exatamente a media ç ão que o professor faz com este recursos que pode fazê-lo interessante ou não. É importante sim que ele domine os conceitos que serão trabalhados para que possa pensar em como utilizar os recursos dispon í veis na escola de forma a motivar os alunos a participarem e interagirem com o objeto de conhecimento a ser explorado. Neste caso para que o professor possa utilizar e desenvolver uma atividade cartogr á fica é necess á rio que ele conhe ç a o tema tenha consciência do que poss í vel solicitar como resposta do aluno de acordo com sua faixa et á ria e o seu contexto social.
  • Os alunos deverão investigar a procedência dos produtos pesquisados sobre a carteira e iniciar a investiga ç ão sobre sua procedência (cidade, Estado, pa í s) organizando-os numa tabela;
  • Com a participa ç ão dos alunos, criar o t í tulo e uma legenda comum a toda a classe (definir a simbologia adequada); De posse dos dados organizados e da legenda definida, os alunos deverão criar seus mapas qualitativos a partir do levantamento feito pelo grupo e s ó depois registrar a leitura e a interpreta ç ão que o grupo fez do mapa. Far á muito mais sentido para o aluno desenvolver o procedimento de interpreta ç ão e leitura de mapas partindo de um mapa representado por ele do que simplesmente partir para leitura de mapas e gr á ficos prontos.
  • Outra angustia do professor é o processo avaliativo. Numa atividade como esta permite que o professor possa observar os alunos de forma mais atenta pois eles estarão desenvolvendo uma atividade que não depende da sua presen ç a para sua execu ç ão é necess á rio que professor crie o h á bito do registro ele vai poder ter uma percep ç ão bem maior do aluno e de suas necessidades do que simplesmente com o resultado de uma avalia ç ão escrita. È sempre mais interessante para o aluno quando ele percebe um envolvimento de outros professores numa atividade, principalmente para que ele exercite a percep ç ão de diferentes pontos de vista.
  • Sem tempo
  • 1. Defini ç ão do problema e/ou das inten ç ões educativas – Projetos bem sucedidos, de forma geral, são definidos a partir do problema a ser resolvido e da clareza com que se define a solu ç ão do problema. O mais importante é definir com clareza o objetivo do projeto. Uma vez decidida a realiza ç ão de um projeto, deve-se discutir exaustivamente como o problema pode ser resolvido e as caracter í sticas do resultado final que definem o objetivo, ou objetivos, do projeto, Quanto mais se postergam essas discussões e defini ç ões, mais dif í cil se torna a implementa ç ão do projeto. 2. Envolvimento da equipe – Quanto mais o projeto representa um desafio para a equipe envolvida, sejam as equipes de alunos, ou mesmo de educadores respons á veis pelo seu desenvolvimento, maior é a probabilidade de que venha a ter sucesso. Projetos bem-sucedidos criam nas equipes e nas pessoas participantes uma sensa ç ão de propriedade: “ Este é nosso projeto, o problema que temos de resolver ” . 3. Planejamento – Projetos bem – sucedidos são muito bem planejados. Uma vez que estabelecidos os planos, no entanto, a equipe tem grande liberdade para execut á -los. A probabilidade de o projeto ter sucesso aumenta se, durante sua implementa ç ão, houver um cronograma bem elaborado de providências e resultados, a partir do qual os participantes possam controlar o bom andamento dos trabalhos em dire ç ão ao objetivo estabelecido. Outro fator que contribui para o sucesso de um projeto é procurar prever futuros problemas em sua implanta ç ão e se preparar com antecedência para resolvê-los, caso eles realmente aconte ç am, Alguns projetos necessitam de recursos financeiros para sua implementa ç ão: nesse caso, é preciso haver um bom planejamento de custos, levando em conta quanto vai gastar e de onde sa í ra a verba. A existência de um coordenador é tamb é m uma providência necess á ria para que um projeto seja bem desenvolvido e atinja o objetivo definido.

Slides sobre planejamento Slides sobre planejamento Presentation Transcript

  • Planejamento de Ensino Grupo Pedagogic Revisão:Cláudia Regina Souza
  • Planejamento do ensino O planejamento do ensino é o planejamento das atividades das áreas do conhecimento ou das disciplinas. É também chamado planejamento didático. Este planejamento consta de três modalidades:
    • Plano de curso ou Proposta Curricular - É a previsão de todas as atividades escolares em uma área de estudo ou componente curricular, durante o período letivo,correspondente a uma série(se for o plano de curso )ou todas as séries( se for a proposta curricular).
  • Planejamento do ensino
    • Plano de aula ( diário ou semanal)– é a previsão mais precisa possível quanto o conteúdo ou atividades didáticas que ativem o processo ensino-aprendizagem capaz de possibilitar ao aluno alcançar objetivos previamente estabelecidos.
    • Plano de unidade- representa uma forma de organização de programa, articulada a uma técnica de ensino para um determinado período.
    • Caberá ao professor, para bem efetuar o seu planejamento de ensino saber:
    • A quem ensinar
    • Relacionado com o tipo de aluno a que visa o ensino
    • Por que ensinar
    • Relacionado com os objetivos da educação e da escola
    Planejamento do ensino
  • Planejamento do ensino
    • O que ensinar
    • Relacionado com o curso, a modalidade e o conteúdo a ser desenvolvido
    • Como ensinar
    • Relacionado os recursos didáticos que o professor tem que utilizar para alcançar os objetivos que se propõe
    • Como avaliar a aprendizagem.
    • Refere-se á maneira de obter dados a respeito da aprendizagem dos educandos e como avaliá-los
  • Objetivos do planejamento de ensino
    • Alguns dos objetivos do planejamento de ensino :
    • Precisar as metas que se deseja alcançar;
    • Dar visão global e detalhada do ensino a ser levado a efeito;
    • Prever experiências de aprendizagem a partir das
    • experiências anteriores dos alunos;
    • Propor trabalhos adequados ao tempo disponível;
  • Execução do Planejamento
    • Após a determinação de metas, objetivos e planejamento, vem a execução, constando de pré- requisitos, motivação, apresentação do conteúdo e elaboração.
    • Pré- requisito - figura como elemento indispensável para o planejamento de ensino
    • Motivação - é o trabalho de predispor os educandos para os trabalhos escolares
  • Execução do Planejamento
    • Apresentação do conteúdo - é o momento inicial da realização de uma tarefa didática varia de acordo coma metodologia utilizada. E pode ser realizada de várias maneiras.
    • Elaboração do conteúdo - consiste em os educandos trabalharem com o assunto apresentado. Nessa fase, realizam-se pesquisas, discussões, debates, exercícios, resumos etc.
  • Elementos fundamentais na elaboração do conteúdo:
    • Linguagem didática;
    • Material didático;
    • Métodos e técnicas de ensino;
    • Direção de classe e disciplina.
  • Avaliação
    • A avaliação é o momento importante do planejamento, porque é o que permite saber o que foi efetivamente ensinado e aprendido , propiciando a verificação das virtudes e falhas do processo, afim de melhorá-lo.
  • Objetivos do planejamento de ensino
    • Ajustar o ensino ás reais possibilidades dos alunos;
    • propiciar seqüências progressivas de aprendizagem;
    • Possibilitar o acompanhamento mais eficiente dos estudos dos alunos;
    • Promover, sempre que possível, integração das diversas áreas do estudo.
  • Tema Planejamento de Ensino Etapas do Planejamento Curricular Conteúdo
  • OBJETIVOS ESPECÍFICOS
    • Discutir o planejamento com uma ação política que orienta toda prática;
    • Descrever e analisar as etapas do planejamento curricular analisando a estrutura e funcionalidade de cada uma;
    Cont...
    • Conhecer a proposta dos Parâ-metros Curriculares Nacionais e sua implicação no ensino;
    • Orientar os professores-estagiários sobre a elaboração do Plano da IV unidade .
  • ETAPAS DO PLANEJAMENTO CURRICULAR
  • INTERAGINDO...
    • Qual a importância do planejamento para a prática docente?
  • PLANEJAMENTO ESCOLAR O que se planeja no Planejamento Escolar?
  • As atividades de ensino e de aprendizagem , fortemente deter-minadas por uma intencionalidade educativa envolvendo objetivos, valores, atitudes, conteúdos, modos de agir...
  • PARA LIBÂNEO... O planejamento escolar é o planejamento global da escola, envolvendo o processo de reflexão, de decisões sobre a organização, o funcionamento e a proposta pedagógica da instituição.
  • ESTRUTURA DOS PROCESSO DE PLANEJAMENTO EDUCACIONAL
    • Plano Nacional (Leis / Parâmetros)
    • Plano Escolar (Projeto Político)
    • Proposta Curricular Plano de Curso/Unidade Cronograma
    • Plano Semanal/Aula
  • IMPORTANTES CARACTERÍSTICAS DO PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO
    • Não é neutro;
    • Tem um caráter processual.
    ?
  • PERGUNTAS IMPORTANTES AO REALIZAR UM PLANEJAMENTO O QUE? QUEM? QUANDO? ONDE? PARA QUE? PARA QUEM? COMO? QUANTO?
  • ESTRUTURA DO PLANEJAMENTO PEDÁGOGICO Conteúdo Que temas serão abordados? competências Para quê abordar esse tema? Objetivos Que competências serão desenvolvidas?
  • Avaliação Quando/como/para quê analisaremos a eficiên-cia e eficácia do que foi trabalhado? Recursos Quais os materiais físicos e humanos que vamos precisar? Metodologia Como faremos para alcançar os objetivos propostos?
    • Disciplina: Geografia Série:
    • Professor:
    Assunto Distribuição espacial das indústrias brasileira Proposta didática Confecção e leitura de mapa temático Situação-problema De onde vem o que usamos no nosso dia-a-dia? Tempo 2 a 4 aulas
    • Identificar as diferentes origens dos principais produtos consumidos pelos alunos no cotidiano;
    Objetivos
    • Produzir mapas que expressem as origens dos produtos pesquisados, criando título e legenda qualitativa utilizando o mapa-base (divisão político-administrativa;
    • Fazer uma leitura e interpretação do mapa obtido relacionando ao assunto da aula;
    Objetivos
    • Rótulos e embalagens de produtos consumidos pelos alunos.
    Recursos
    • Um mapa do Brasil (com escala apropriada para ser usada por todo o grupo) sendo um mapa para cada grupo e um para toda a classe.
    • Material para a construção de legendas e para sua aplicação (canetas, giz de cera, régua).
    • Organizar os alunos em grupos, sendo que cada grupo deverá ter seu mapa-base;
    • Investigar a procedência dos produtos pesquisados organizando-os numa tabela;
    Desenvolvimento: Sequencia didática
    • Criar o título e uma legenda comum a toda a classe (definir a simbologia adequada);
    • Registrar, no mapa-base do seu grupo, as localidades de origem dos produtos pesquisados;
    • Elaborar um texto a partir dos procedimentos de leitura e interpretação do mapa produzido pelo grupo, comparando-o com os textos dos outros grupos.
  • Fonte: Listagem de 10 produtos de cada gênero consumido pela turma, segundo informações das embalagens ORIGEM DOS PRODUTOS CONSUMIDOS 0 500 km
    • Avaliar criteriosamente a participação de cada aluno e do grupo em todas as etapas da atividade.
    Avaliação Possibilidades interdisciplinares
    • Ciências: avaliar a qualidade dos alimentos consumidos, o padrão alimentar dos alunos e temas correlatos.
    • História: história dos hábitos alimentares, mudanças observadas e suas causas.
  • INTERAGINDO...
    • Que eixo temático vocês poderiam sugerir para desenvolvimento do Plano de Curso e da da IV unidade?
  • O QUE SÃO CONTEÚDOS CONCEITUAIS , PROCEDIMENTAIS E ATITUDINAIS ?
  • CONTEÚDOS CONCEITUAIS São os conteúdos que permitem que os alunos aprendam conceitos, informações e estabeleça relações com outros conceitos.
  • VERBOS QUE PODEM EXPRESSAR OS CONTEÚDOS CONCEITUAIS:substantivar
    • Reconhecer
    • Comparar
    • Classificar
    • Explicar
    • Descrever
    • Relacionar
    • Situar
    • Distinguir
    • Identificar
  • CONTEÚDOS PROCEDIMENTAIS São conteúdos que tem como objetivo ensinar a fazer , através da realizações de ações e exercícios de reflexão sobre a própria atividade e de aplicação em contextos diferenciados.
  • VERBOS QUE PODEM EXPRESSAR CONTEÚDOS PROCEDIMENTAIS:substantivar
    • Manejar
    • Confeccionar
    • Construir
    • Elaborar
    • Executar
    • Compor
    • Ampliar
    • Simular
  • CONTEÚDOS ATITUDINAIS São os valores , normas e atitudes , que permeiam as atividades desenvolvidas, através das vivências e reflexões realizadas . ? ? ? ?
  • VERBOS QUE PODEM EXPRESSAM OS CONTEÚDOS ATITUDINAIS:substantivar
    • Comportar-se
    • Respeitar
    • Tolerar
    • Valorizar
    • Sentir
    • Interessar-se
    • Apreciar
    • Praticar
    • Sensibilizar
  • REFERÊNCIAS
    • AMORIM, Ana Paula. Metodologia do Trabalho Científico. Salvador: FTC EaD, 2005.
    • ANTUNES, Celso. Manual de Técnicas de Dinâmicas de Grupo, de Sensibilização e de Ludopedagogia . 13ª edição, Petrópolis, Vozes 1998.
    • BRASIL. MEC. Parâmetro Curriculares Nacionais de Geografia para o Ensino Fundamental 3º e 4º Ciclos . Brasília: MEC/SEF, 1997.
    • COSTA, Gisele das C. Pesquisa e Prática Pedagógica I. Salvador: FTC EaD, 2005.
    • GANDIN, Danilo. Planejamento como prática educativa . São Paulo: Loyola, 1993.
    • LAKATOS, Eva Maria; MARCONE, Marina de A. Fundamentos de Metodologia Científica . São Paulo: Atlas, 2003.
    • SOUSA, Olenêva Sanches. Pesquisa e Prática Pedagógica II. Salvador: FTC EaD, 2005.
    • ZABALA, Antoni (Org.) Como trabalhar os conteúdos procedimentais em sala de aula . Porto Alegre: Artes Médicas, 1999.
    • SITES
    • http://www.novaescola.com.br
    • “ Eu prefiro ser uma metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”.
    Raul Seixas Metamorfose