Conteudos com livros especificos (concurso)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Conteudos com livros especificos (concurso)

on

  • 10,035 views

 

Statistics

Views

Total Views
10,035
Views on SlideShare
10,035
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
74
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Conteudos com livros especificos (concurso) Document Transcript

  • 1. CONTEÚDO DO CONCURSOCONHECIMENTOS GERAIS (PARA TODAS AS DISCIPLINAS)EDUCAÇÃO BRASILEIRA: TEMAS EDUCACIONAIS E PEDAGÓGICOS: Conteúdo- História do Planejamento: Projeto de ensino- OBS: Alguns livros possuempensamento pedagógico aprendizagem e projeto político ligações com os vários temas;brasileiro: teoria da pedagógico. As leis devem ser pesquisadas Autor: VASCONCELLOS, Celso dos no Google;educação, diferentes S. O nosso blog e o blog docorrentes do semestre anterior oferece váriospensamento pedagógico slides e textos com os temas-ébrasileiro. Nº Chamada: 371.3V331p só garimpar.- Projeto político No mais,excelente desempenho PADILHA, R. P. Planejamento dialógico:pedagógico. pois competência vcs têm de Como construir o projeto político- pedagógico da escola. São Paulo: sobra. Cortez; Instituto Paulo Freire, 2002 Cláudia Regina UNEB-Campus II claudiareginasou@yahoo.com.br PERRENOUD, Philippe. Construir as competências desde a escola. Tradução de Bruno Charles Magne. Consultoria, supervisão e revisão técnica de Maria Carmem Silveira Barbosa. Porto Alegre: Artmed, 1999. TOSI, Maria R. Planejamento, programas e projetos. Campinas: Alínea, 2001. p. l58 BECKER, Fernando. Educação e construção do conhecimento. Porto
  • 2. Alegre: Artmed, 2001. COLL, César. et al. O construtivismo na sala de aula. 6 ed. Tradução de Cláudia Schilling. Revisão técnica de Sônia Barreira. São Paulo: Ática, 1999. DEMO, P. Desafios modernos da educação. Petrópolis, RJ: Vozes.2002. ________. Professor do futuro e reconstrução do conhecimento. Petrópolis, RJ: Vozes, 2004. FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997. . _________. Pedagogia do oprimido. 17 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987 LIBÂNEO, J. C. Adeus professor, adeus professora: novas exigências educacionais e profissão docente. São Paulo: Cortez. 2003.- A didática e o Alternativas no ensino de didática-processo de ensino e 5ed/2003. Papirus, 2003(Práticaaprendizagem: Pedagógica) ISBN.organização do processo NºChamada: 371.3ª4665. ed. _didático: planejamento,estratégias e CAMPOS, Maria Cristina da Cunha;metodologias, NIGRO, Rogério Gonçalves. Didática de Ciências. O ensino-avaliação. aprendizagem como investigação.- A sala de aula como São Paulo: FTD, 1999.espaço de aprendizagem
  • 3. e interação.- A didática como MARTINS, Jorge S. O trabalho comfundamento projetos de pesquisas do ensinoepistemológico do fazer fundamental ao ensino médio. 3ª .ed. Campinas: Papirus, 2001.p.docente. 149. LÜCK, Heloisa. Pedagogia Interdisciplinar: Fundamentos Teóricos – Metodológico. 8 ed. Petrópolis, RJ:Vozes, 2000. SOUZA, Clariza P. de (org). Avaliação do rendimento escolar. Campinas: Papirus, 1991. HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Mediação, 1999. LUCKESI, Carlos Cipriano. Avaliação da aprendizagem escolar. 4 ed. São Paulo: Cortez, 1996. MACHADO, N. J. Epistemologia e didática: as concepções de conhecimento e inteligência e a prática docente. São Paulo: Cortez, 1995.
  • 4. FAZENDA, I. Didática einterdisciplinaridade. Campinas:Papirus, 1998.COLL, César. et al. Os conteúdos dareforma: ensino e aprendizagem dosconceitos, procedimentos e atitudes.São Paulo, SP: Artmed, 2000CANDAU, Vera Maria (org). Ensinar eaprender: sujeitos, saberes e pesquisa. 2ed. Rio de Janeiro: DPA, 2002.COLL, César. et al . Rumo à novadidática. Petrópolis. Vozes, 1989.__________________. A didática emquestão. Petrópolis. Vozes, 1985.BORDENAVE, Juan Díaz;PEREIRA, Adair Martins.Estratégias de ensino –aprendizagem. 25 ed. Petrópolis:Vozes, 2004.CAMPOS, Maria Cristina da Cunha;NIGRO, Rogério Gonçalves.Didática de Ciências: o ensino-aprendizagem como investigação.São Paulo: FTD, 1999.
  • 5. - Principais teorias da BOCK, Ana M. Bahia; FURTADO, Odair;aprendizagem: inatismo, TEIXEIRA, Maria de Lourdes T. Psicologias:comportamentalismo,behaviorismo, uma introdução ao estudo deinteracionismo, e psicologia. 10 ed. São Paulo: Saraiva, 1997.cognitivismo.- As bases empíricas,metodológicas e Teorias da aprendizagem para professores/1977.epistemológicas das Autor: BIGGE, Morris L., SP, EDUSP.diversas teorias deaprendizagem. NºChamada: 37015B592t- Contribuições dePiaget, Vygotsky e CAMPOS, Dinah Martins de Souza. Psicologia da aprendizagem. 28ª ed.Wallon para a Petrópolis: Vozes, 1999. COLL, César;psicologia e pedagogia. MARTÍ, Eduard. Aprendizagem e- Teoria das Desenvolvimento: A concepçãointeligências múltiplas genético-cognitiva da aprendizagem. In Coll, Cesar; PALACIOS, Jesús;de Gardner. MARCHESI, Alvaro (Org.).- Psicologia do Desenvolvimento psicológico edesenvolvimento: educação. Psicologia da Educação.aspectos históricos e Vol.2. Porto Alegre: ARTMED, 1996, p.biopsicossociais. 105-121.- Temas CELSO, Antunes. Memória e criatividadecontemporâneos: na educação. DVD. Coleção Mídia ebullying, o papel da Educação. Belo Horizonte: CEDIC.escola, a escolha da COUTINHO, Maria Tereza da Cunha;profissão, transtornos MOREIRA, Mércia. Psicologia daalimentares na educação: um estudo dos processosadolescência, família, psicológicos de desenvolvimento eescolhas sexuais. aprendizagem humanos, voltado para a educação: ênfase na abordagem construtivista. 5ª. ed. Belo Horizonte: Lê, 1992. DANTAS, HELOYSA. Do ato motor ao ato Mental: a gênese da inteligência segundo Wallon. In La Taille, Yves; OLIVEIRA, Mara Kohl de; DANTAS, Heloisa. Piaget, Vigotsky, Wallon. Teorias Psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992. P. 35-46. FALCÃO, Gérson Marinho. Psicologia da
  • 6. aprendizagem. 10ª ed., São Paulo:Ática, 2001.LA ROSA, Jorge. Teoria daaprendizagem social: Albert Bandura.In, LA ROSA, Jorge. (Org.). Psicologia eEducação. O significado do aprender.Porto Alegre: Editora da PUCRS, 2007,p.23-38.MADRUGA, Juan. Aprendizagem peladescoberta frente à aprendizagem pelarecepção: A teoria da aprendizagemverbal significativa. In Coll, Cesar;PALACIOS, Jesús; MARCHESI, Alvaro(Org.). Desenvolvimento psicológico eeducação. Psicologia da Educação.Vol.2. Porto Alegre: ARTMED,1996,p.68-78.MAURI, Teresa. O que faz com que oaluno e a aluna aprendam os conteúdosescolares? In, COLL, César et al. Oconstrutivismo na sala de aula. SãoPaulo: Editora Ática, 1997, p. 79-122.MOREIRA, Marco A.; MASINI, Elcie F.Salzano. Aprendizagem significativa. Ateoria de David Ausubel. São Paulo:Moraes, LTDA, 1982.NUNES, Ana Ignez Belém de Lima;SILVEIRA, Rosemary do Nascimento.Psicologia da aprendizagem:processos, teorias e contextos. Brasília,DF: Liberlivro, 2009.RIES, Bruno Edgar. Condicionamentoperante ou instrumental: B. F. Skinner.IN LA ROSA, Jorge. (Org.). Psicologia eEducação. O significado do aprender.Porto Alegre: Editora da PUCRS, 2007,p.57-70.SANTOS, Bettina Stern dos. Vigotsky e ateoria histórico-cultural. LA ROSA,
  • 7. Jorge. (Org.). Psicologia e Educação. Osignificado do aprender. Porto Alegre:Editora da PUCRS, 2007, p.121-148.SOLÉ, Isabel. Disponibilidade para aaprendizagem e sentido daaprendizagem. In, COLL, César et al. Oconstrutivismo na sala de aula. SãoPaulo: Editora Ática, 1997. P. 29-56.ZANELLA, Liane. Aprendizagem: umaintrodução. IN, LA ROSA, Jorge. (Org.).Psicologia e Educação. O significado doaprender. Porto Alegre: Editora daPUCRS, 2007, p.23-38.MARTINEZ, Albertina Mitjáns.Criatividade no trabalho pedagógico ecriatividade naaprendizagem. Umarelação necessária? In, TACCA, MariaCarmen V.R. (Org.). Aprendizagem etrabalho pedagógico. Campinas, SãoPaulo: Editora Alínea, 2008. P. 69- 94.ONRUBIA, Javier. Ensinar: criar zonas dedesenvolvimento proximal e nelasintervir. In, COLL, César et al. Oconstrutivismo na sala de aula. SãoPaulo: Editora Ática, 1997. P. 123-152.POZO, Juan Ignacio. Aprendizes emestres. A nova cultura daaprendizagem. Porto Alegre: ARTMED,2002.POZO, Juan Ignacio; CRESPO, MiguelÁngel Gómez. A aprendizagem e oensino de ciências. Do conhecimentocotidiano ao conhecimento científico.Porto Alegre: ARTMED, 2009.WEISZ, Telma. O diálogo entre o ensino
  • 8. e aprendizagem. São Paulo: Ática. 1999.VYGOTSKY, L. A Formação Socialda Mente. 4. ed. Martins Fontes. SãoPaulo, 1991._____________. Pensamento eLinguagem. São Paulo: MartinsFontes, 1993.FURTH, Hans G. Piaget na sala deaula. 6 ed. Tradução de Donaldson M.Garschagem. RJ: Forense Universitária,1997.TAILLE, Yves de La; OLIVEIRA, MartaKohl de; DANTAS, Heloysa. Piaget,Vigotsky, Wallon: teorias psicogenéticasem discussão. 12 ed. São Paulo:Summus, 1992CAVALCANTI R.C. (Coord).Saúde sexual e reprodutiva:ensinando a ensinar. São Paulo:Artgraf, s.d. 434p.PNHD- Plano Nacional de DireitosHumanos, 1998-MELO, Sonia Maria de. Educação esexualidade caderno pedagógico.Florianópolis:UDESC, 2002.- RIBEIRO, M. (Org.). Educação Sexual;novas idéias, novas conquistas. Rio deJaneiro: Rosa dos Tempos, 1993.
  • 9. GOMES, Cristiano Mauro Assis.Feuerstein e a construção mediadado conhecimento. Porto Alegre:Artmed, 2002. REGO, Tereza Cristina. Vygotsky: umaperspectiva histórico-cultural daeducação. 9 ed. Petrópolis, RJ: Vozes,2000OLIVEIRA, Z. de. Psicologia daeducação. Cortez. São Paulo, 1990.Psicologia e Pedagogia- 4.ed/1969.Autor: PIAGET, Jean; RJ.NºChamada: 370.15642p 4.edBRINGUIER, J. C. Conversando com JeanPiaget. Difel. Rio de Janeiro, 1978Inteligências Múltiplas: a teoria na
  • 10. prática. Porto Alegre: Arte Médicas, 2000. Autor: GARDNER, Howard TAILLE, Yves de La; OLIVEIRA, Marta Kohl de; DANTAS, Heloysa. Piaget, Vigotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão. 12 ed. São Paulo: Summus, 1992. NºChamada: 370.1523G226 Representação social e educação: temas e enfoques contemporâneos de pesquisa/1999. Autor: FERREIRA, Nilda Tevês; RANGEL, Mary; SP. NºChamada: 370.190981R425 1999 Psicologia do Desenvolvimento- 17. Ed./2002. Autor: BIAGGIO, Ângela Maria Brasil, Petrópolis: Vozes, 2003. NºChamada: 155.7B576p 17.ed- Teorias do currículo: Currículo e docência: tensõesacesso, permanência e contemporâneas interfaces pós-sucesso do aluno na formais/2003. Autor: MACEDO, Roberto Sidnei;escola. SILVA, Gelcivânia Mota; TORRES,- Gestão da Mônica Moreira, FALCÂO, Isolda.Aprendizagem. SALVADOR, EDUNEB.- Planejamento e gestão NºChamada: 375. C976_educacional.- Avaliação LIMA, Licínio C. Organização escolarinstitucional, de e democracia radical. Paulo Freire edesempenho e de a governação democrática da escola pública. São Paulo: Cortez, 2000. 116aprendizagem. p., 23 X 16 cm. (Guia Escolar Cidadã.- O professor: formação Instituto Paulo Freire V. 4.) ISBN 85-e profissão. 249-0735-5- A pesquisa na práticadocente. A dimensão KRASILCHIK, Mirian. Prática do ensino de Biologia. São Paulo: Harbra, 1995ética da profissão.
  • 11. LIMA, Maria Socorro Lucena,PIMENTA, Selma Garrido. Estágio eDocência. São Paulo: Cortez, 2004. 296p. 16 X 23 cm, (Docência em formação.Saberes Pedagógicos.) INSB 85-249-1070-4., PIMENTA, Selma Garrido.Saberespedagógicos e atividade docente. 5 ed.São Paulo: Cortez, 2007PETRAGLIA, Izabel Cristina. EdgarMorin: A educação e a complexidade doser e do saber. 5 ed. Petrópolis, RJ:Vozes, 2001.ZABALA, Antoni (org). Como trabalharconteúdos procedimentais em aula. 2ed. São Paulo: Artmed, 1999.___________________. A práticaeducativa: Como ensinar. PortoAlegre: Artmed, 1998.ZABALZA, Miguel A. Diários deaula: um instrumento de pesquisa edesenvolvimento profissional.Tradução de Ernane Rosa.Consultoria, supervisão e revisãotécnica de Maria da Graça SouzaHorn. Porto Alegre: Artmed, 2004.DALMÁS, Ângelo. Planejamentoparticipativo na escola. 10 ed.Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.
  • 12. TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 3 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003. . COLL, César. et al. Psicologia e currículo: uma aproximação psicopedagógica à elaboração do currículo escolar. 4 ed. Tradução de Claudia Schilling. Revisão técnica de Monique Deheinzelin. São Paulo, SP: Ática, 1999. Porque planejar? Como planejar? Currículo, área, aula 5.ed/1997. Autor: MENEGOLLIA, Maximiliano; SANTANA, Ilza Martins; Petrópolis, 1997. NºChamada: 371.207 M541p 5.ed ANTUNES, Celso. A avaliação da aprendizagem escolar. 3 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2001. 55 p. (Fascículo 11. Na sala de aula.)- Aspectos legais e SAVIANI, D. A nova lei da educação:políticos da organização trajetória, limite e perspectiva. 3 ed. Autores Associados. Campinas, 1997.da educação brasileira.- Políticas educacionais Parâmetros Curriculares nacionais:
  • 13. para a educação básica: ensino médio bases legai/1999;Ensino Médio – Autor: BRASIL, Ministério daDiretrizes Curriculares Educação e do Desporto Secretaria de Educação Fundamental.da Educação Nacional, NºChamada: 373.19B823pParâmetrosCurriculares, currículo e Integração e Interdisciplinaridade noavaliação. ensino brasileiro: efetividade ou- Interdisciplinaridade e ideologia- 3.ed/1993.contextualização no Autor: FAZENDA, Ivani CatarinaEnsino Médio. Ensino Arantes, São Paulo.Médio Integrado: NºChamada: 370.1F287i 3.edfundamentação legal ecurricular. KUENZER, Acácia (org); Ensino Médio: construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. 3 ed. Mato Grosso: Cortez, 2002. BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Biologia: catálogo do Programa Nacional do Livro para o Ensino Médio. PNLEM/ 2007. Brasília: IBEP, 2006. __________________. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília, DF: CNE/ CEB, 1998 .__________________. Orientações Curriculares Estaduais para o Ensino Médio: Área de Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Secretaria da Educação. Salvador, 2005. __________________. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros em ação: análise e perspectivas. Brasília, DF,
  • 14. 2002. .__________________.Ministério da Educação/ Secretaria de Educação Media e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio: Orientações Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília, DF: [2000?] ___________________. Congresso Nacional, Lei n° 9.394/1996: Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF: Congresso Nacional, 1996.- Educação inclusiva: Políticas e práticas na educaçãofundamentos de uma inclusiva-2. ed/2007.escola inclusiva. Autor: GÓES, Maria Cecília Rafael de; LAPLANE, Adriana Lia Frisman;- Estratégias do trabalho Campinas, SP.coletivo para inclusão. NºChamada: 371.9p769 2.ed.- Diferenciaçãocurricular. FREINET, C. A educação do trabalho.- Planejamento São Paulo: Martins Fontes, 1998.inclusivo.- Convenção da ONUsobre direitos daspessoas com BRASIL.Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial.deficiência. Diretrizes Nacionais para Educação- Educação e relações Especial na Educação Básica. 2 ed.étnicoraciais. Brasília, DF, 2002.- Pluralidade cultural.- Educação e trabalho: Desenvolvimento: Trabalho etrabalho como princípio educação/1974.educativo. ECHEVARRIA, José Medina, RJ.
  • 15. - Dimensão NºChamada: 370.19E21depistemológica dotrabalho. Epistemologia e didática: as concepções de conhecimento e- Pedagogia da inteligência e a prática docente-educação profissional. 6.ed/2000.- Educação básica, Autor: MACHADO, Nilson Joseformação profissional e NºChamada: 370.1M149eas transformações doEnsino Médio. NÓS E O ESTATUTO – Estatuto da- Protagonismo juvenil e criança e do adolescente. EGBA.cidadania. 1990.- Legislação LBD: leitura crítica e compreensiva:educacional: principais artigo a artigo- 6ed/2001.marcos regulatórios da CARNEIRO, Moaci Alves; RJ. NºChamada: 344.07C28916. edEducação Básica. Nova LDB: a análise a aplicação: o- A LDB – Lei nº que muda na carreira do professor9.394/1996, gestão do perspectiva do fundo de manutençãopercurso escolar dos e desenvolvimento do ensinoestudantes e fundamental e de valorização doorganização do ensino magistério, A/1997.no Brasil. Autor: AMORIM, Antonio;- O PNE (Lei nº Salvador/BA.10.172/2001) e NºChamada: 344.07ª524 ndiretrizes e metas.- Principais programasde avaliação daEducação Básica:SAEB, ENEM eAVALIE, na Bahia.- Documentosorientadores daSecretaria de Educaçãodo Estado da Bahia:Portaria SEC/BA nº1.128/2010, que instituia ReorganizaçãoCurricular das Escolas
  • 16. da Educação Básica daRede Pública Estadual,Lei Estadual nº6.677/1994, que dispõesobre o estatuto dosservidores públicos civisdo estado da Bahia, dasautarquias e dasfundações públicasestaduais, Lei Estadualnº 8.261/2002, quedispõe sobre o estatutodo magistério públicodo ensino fundamental emédio do estado daBahia e dá outrasprovidências.- O currículo daeducação básica nosistema estadual deeducação.16.2.4-Conhecimentos interdisciplinares:COSTA, Vera Rita de; COSTA, Edson Valério da (org). Biologia: Ensino Médio. Brasília: Ministério da Educação.Secretaria de Educação Básica, 2006. 125p. 17,5 x 23,5 cm. (Coleção explorando o ensino; v. 6.) ISBN 85-98171-17-4.LÜCK, Heloisa. Pedagogia interdisciplinar: fundamentos teóricos – metodológico. 8 ed. Petrópolis, RJ:Vozes, 2000.BIOLOGIA:SADAVA, D. HELLER, H. C. ORIANS, G. H. PURVERS, W. K. & HILLIS, D. M. 2009. Vida: A Ciência da Biologia. Volume I:Célula e Hereditariedade. Porto Alegre: Artmed. 8 ed. 461p.SADAVA, D. HELLER, H. C. ORIANS, G. H. PURVERS, W. K. & HILLIS, D. M. 2009. Vida: A Ciência da Biologia. Volume II:Evolução, Diversidade e Ecologia. Porto Alegre: Artmed. 8 ed. 466 - 877p.SADAVA, D. HELLER, H. C. ORIANS, G. H. PURVERS, W. K. & HILLIS, D. M. 2009. Vida: A Ciência da Biologia. VolumeIII: Plantas e Animais. Porto Alegre: Artmed. 8 ed. 882-1252p.