Voluntariado Educativo
Selo Escola Solidária 2003 2005 2007 2009
Rede de Escolas Solidárias
 
Voluntariado Educativo
O voluntário transforma indignação em  ação, criando espaços efetivos de transformação social. A participação social respo...
Voluntariado Educativo
Japão, março de 2011
Voluntariado Educativo
Voluntariado Educativo São Paulo, março de 2011
Uma pessoa que trabalha por uma causa,  em um projeto social,  aprende sempre :  aprende  a enxergar o outro  aprende   a ...
O voluntariado que acontece na escola busca melhorar a educação que a escola oferece e a qualidade de vida da comunidade. ...
Voluntariado   Educativo   Trabalhos de campo:  pesquisa e diagnóstico,  sem intervenção social,  sem participação da comu...
O Voluntariado Educativo é um espaço de  aprendizagem   mútua  e de busca por uma  educação de qualidade  e deve estar  de...
Japão, março de 2011
Voluntariado Educativo
Artigo 2º “ A educação, dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de  solidariedade...
<ul><li>Aprender a  aprender : competência cognitiva </li></ul><ul><li>Aprender a  fazer : competência produtiva </li></ul...
Voluntariado Educativo
Paulo Freire  e o Voluntariado Educativo
A educação como uma construção social “ Ninguém educa ninguém, como tampouco ninguém  se educa a si mesmo:  as pessoas se ...
Participação responsável do jovem, preparando-o para a sua atuação social e política “ É preciso ensinar aos nossos alunos...
Gestão democrática, projeto pedagógico compartilhado. Um  currículo vivo , construído coletivamente, a partir de uma propo...
Gestão democrática, projeto pedagógico compartilhado
O Voluntariado Educativo acontece  sem   deslocar   a   escola de sua   principal função   –   a de   promover a  aprendiz...
... Uma estratégia de aula para se trabalhar as  competências e habilidades essenciais para  a formação integral do aluno:...
<ul><ul><li>Katia Gonçalves Mori www.facaparte.org.br </li></ul></ul><ul><ul><li>[email_address] </li></ul></ul>
Pontos a considerar...
<ul><ul><li>Direitos do voluntário </li></ul></ul><ul><ul><li>Responsabilidades do Voluntário  </li></ul></ul><ul><ul><li>...
<ul><ul><li>Direitos do voluntário </li></ul></ul><ul><ul><li>  </li></ul></ul><ul><ul><li>Desempenhar uma atividade que o...
<ul><ul><li>  Responsabilidades do voluntário </li></ul></ul><ul><ul><li>  </li></ul></ul><ul><ul><li>Conhecer a instituiç...
<ul><ul><li>  </li></ul></ul><ul><ul><li>  </li></ul></ul><ul><ul><li>TERMO MÚTUO DE RESPONSABILIDADES  ( EXEMPLO)   </li>...
<ul><ul><li>A Lei do Voluntariado define que o serviço voluntário: </li></ul></ul><ul><ul><li>Não gera vínculo empregatíci...
1998
 
ação motivação registro comemoração planejamento diagnóstico convocação motivação reflexão reflexão Metodologia de projeto...
atividade em grupos
Primeira Parte – discussão em grupos Cada grupo recebe uma situação-problema referente ao  Voluntariado Educativo Gestão d...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação Amigos da Escola

634
-1

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
634
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação Amigos da Escola

  1. 1. Voluntariado Educativo
  2. 2. Selo Escola Solidária 2003 2005 2007 2009
  3. 3. Rede de Escolas Solidárias
  4. 5. Voluntariado Educativo
  5. 6. O voluntário transforma indignação em ação, criando espaços efetivos de transformação social. A participação social responsável pelo bem da coletividade se traduz em voluntariado . Voluntariado
  6. 7. Voluntariado Educativo
  7. 8. Japão, março de 2011
  8. 9. Voluntariado Educativo
  9. 10. Voluntariado Educativo São Paulo, março de 2011
  10. 11. Uma pessoa que trabalha por uma causa, em um projeto social, aprende sempre : aprende a enxergar o outro aprende a ser atento à vida aprende a lidar com as diferenças aprende a ser solidário aprende a buscar melhorar uma realidade com a qual ele não concorda Voluntariado
  11. 12. O voluntariado que acontece na escola busca melhorar a educação que a escola oferece e a qualidade de vida da comunidade. As pessoas envolvidas vêm-se como participantes de comunidades de aprendizagem, onde a diversidade (idade, etnia, sexo, classe socioeconomica etc.) é valorizada. Voluntariado e Voluntariado Educativo
  12. 13. Voluntariado Educativo Trabalhos de campo: pesquisa e diagnóstico, sem intervenção social, sem participação da comunidade Iniciativas solidárias assistemáticas Serviço comunitário institucional Quadro de possibilidades do trabalho social na escola: Fonte: Tapia, 2001
  13. 14. O Voluntariado Educativo é um espaço de aprendizagem mútua e de busca por uma educação de qualidade e deve estar de acordo com o projeto pedagógico da escola. Voluntariado Educativo
  14. 15. Japão, março de 2011
  15. 16. Voluntariado Educativo
  16. 17. Artigo 2º “ A educação, dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”. O Voluntariado Educativo e a LDB (Lei 9.394/96)
  17. 18. <ul><li>Aprender a aprender : competência cognitiva </li></ul><ul><li>Aprender a fazer : competência produtiva </li></ul><ul><li>Aprender a ser : competência pessoal </li></ul><ul><li>Aprender a conviver : competência social </li></ul>O Voluntariado Educativo e os 4 Pilares da Educação para o século XXI
  18. 19. Voluntariado Educativo
  19. 20. Paulo Freire e o Voluntariado Educativo
  20. 21. A educação como uma construção social “ Ninguém educa ninguém, como tampouco ninguém se educa a si mesmo: as pessoas se educam em comunhão, mediatizadas pelo mundo.”
  21. 22. Participação responsável do jovem, preparando-o para a sua atuação social e política “ É preciso ensinar aos nossos alunos a não estar mundo de passagem, constatando apenas”.
  22. 23. Gestão democrática, projeto pedagógico compartilhado. Um currículo vivo , construído coletivamente, a partir de uma proposta crítica e reflexiva. Um currículo contextualizado , criativamente elaborado pela comunidade escolar, que possibilite significar os saberes escolares a partir da realidade local.
  23. 24. Gestão democrática, projeto pedagógico compartilhado
  24. 25. O Voluntariado Educativo acontece sem deslocar a escola de sua principal função – a de promover a aprendizagem , de preparar o aluno para a vida e para o mundo do trabalho.
  25. 26. ... Uma estratégia de aula para se trabalhar as competências e habilidades essenciais para a formação integral do aluno: ... Um elemento enriquecedor para o desenvolvimento dos temas transversais e uso da metodologia de projetos . O Voluntariado Educativo pode ser...
  26. 27. <ul><ul><li>Katia Gonçalves Mori www.facaparte.org.br </li></ul></ul><ul><ul><li>[email_address] </li></ul></ul>
  27. 28. Pontos a considerar...
  28. 29. <ul><ul><li>Direitos do voluntário </li></ul></ul><ul><ul><li>Responsabilidades do Voluntário </li></ul></ul><ul><ul><li>Termo mútuo de responsabilidades </li></ul></ul><ul><ul><li>Lei do Voluntariado </li></ul></ul><ul><ul><li>Termo de Adesão </li></ul></ul>
  29. 30. <ul><ul><li>Direitos do voluntário </li></ul></ul><ul><ul><li>  </li></ul></ul><ul><ul><li>Desempenhar uma atividade que o valorize e seja um desafio para ampliar e desenvolver suas próprias competências e habilidades </li></ul></ul><ul><ul><li>Ter a possibilidade de integração como voluntário na instituição na qual presta serviços </li></ul></ul><ul><ul><li>Ser respeitado nos termos acordados </li></ul></ul>
  30. 31. <ul><ul><li> Responsabilidades do voluntário </li></ul></ul><ul><ul><li>  </li></ul></ul><ul><ul><li>Conhecer a instituição e a comunidade onde atua </li></ul></ul><ul><ul><li>Identificar-se com a proposta educacional da escola </li></ul></ul><ul><ul><li>Ser responsável no cumprimento de seus compromissos </li></ul></ul><ul><ul><li>Trabalhar de maneira integrada e harmoniosa com a equipe </li></ul></ul><ul><ul><li>Participar das reuniões e cursos para os quais for convocado </li></ul></ul>
  31. 32. <ul><ul><li>  </li></ul></ul><ul><ul><li>  </li></ul></ul><ul><ul><li>TERMO MÚTUO DE RESPONSABILIDADES ( EXEMPLO) </li></ul></ul><ul><ul><li>  </li></ul></ul><ul><li>O voluntário é aquele que doa seu tempo, trabalho e talento em prol de uma causa em que acredita. Seu trabalho é complementar e essencial, pois contribui para melhorar a qualidade de educação da instituição. Prestar um trabalho voluntário não é uma atitude casual, deve ser realizado com consciência, responsabilidade e comprometimento. </li></ul><ul><ul><li>  </li></ul></ul><ul><ul><li>Portanto, requer algumas condições básicas: </li></ul></ul><ul><ul><li>  </li></ul></ul><ul><ul><li>Identificar-se com o Projeto Político Pedagógico. </li></ul></ul><ul><ul><li>Ter compromisso e responsabilidade com o projeto ao qual participa e com a comunidade escolar. </li></ul></ul><ul><ul><li>Notificar eventuais faltas com antecedência. </li></ul></ul><ul><ul><li>Comunicar seu período de férias com antecedência. </li></ul></ul><ul><ul><li>Participar de reuniões e encontros para os quais for convidado e tiver sua presença confirmada. </li></ul></ul><ul><ul><li>Participar de reuniões de reflexão sobre as atividades desenvolvidas e a desenvolver. </li></ul></ul><ul><ul><li>Trabalhar em harmonia com a comunidade escolar. </li></ul></ul><ul><ul><li>Usar telefones, computadores somente para tarefas ligadas ao trabalho voluntário. </li></ul></ul><ul><ul><li>Não usar o nome da escola para angariar fundos, pedir donativos, obter regalias sem consentimento da direção da escola. </li></ul></ul><ul><ul><li>Apresentar relatório de despesas autorizadas pela coordenação para reembolso, se for acordado o acerto. </li></ul></ul><ul><ul><li>Manter atualizados: endereço, e-mail e telefone. </li></ul></ul><ul><ul><li>Em caso de afastamento ou desligamento, comunicar com antecedência à escola. </li></ul></ul><ul><ul><li>Quando forem usados equipamentos eletrônicos (computador e projetor), certificar-se de que foram adequadamente desligados. </li></ul></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O DESCUMPRIMENTO DOS ACORDOS ACIMA CITADOS PODERÁ RESULTAR NO AFASTAMENTO OU DESLIGAMENTO DO VOLUNTÁRIO. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>As regras possuem um objetivo maior que o de simplesmente ditar condutas, elas nos orientam para atingirmos nossos objetivos, sem desviarmos de nosso caminho. </li></ul><ul><li>  __/ Data/__ </li></ul>
  32. 33. <ul><ul><li>A Lei do Voluntariado define que o serviço voluntário: </li></ul></ul><ul><ul><li>Não gera vínculo empregatício </li></ul></ul><ul><ul><li>Não pode ser exigido em contrapartida de algum benefício </li></ul></ul><ul><ul><li>É exercido em entidade pública ou particular, sem fins lucrativos, com objetivos sociais </li></ul></ul><ul><ul><li>Exige a assinatura do Termo de Adesão </li></ul></ul><ul><ul><li>Lei do Voluntariado </li></ul></ul>Lei nº 9.608 / 1998
  33. 34. 1998
  34. 36. ação motivação registro comemoração planejamento diagnóstico convocação motivação reflexão reflexão Metodologia de projetos de voluntariado na escola
  35. 37. atividade em grupos
  36. 38. Primeira Parte – discussão em grupos Cada grupo recebe uma situação-problema referente ao Voluntariado Educativo Gestão de voluntariado na escola Segunda Parte – apresentação e conclusão Um integrante do grupo apresentará as reflexões discutidas em plenária, no espaço destinado ao seu eixo. Ao concluir as apresentações de um eixo, o outro se iniciará e assim sucessivamente, até que os três eixos sejam contemplados.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×