• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
U N I X
 

U N I X

on

  • 3,542 views

 

Statistics

Views

Total Views
3,542
Views on SlideShare
3,530
Embed Views
12

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

2 Embeds 12

http://www.slideshare.net 10
http://www.linkedin.com 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    U N I X U N I X Presentation Transcript

    • Fabrício Figueiredo Leão José Martin Celso Junior
    • Cronologia Unix
      • 1965, um consórcio de empresas como a AT&T, GE e MIT, iniciam um projeto de um Sistema Operacional chamado Multics para atender seus anseios
      • 1969, a AT&T retira-se por razões de que os objetivos de cada uma não seria alcançada
      • Kenneth Thompson, programador, usando um computador PDP-7, reescreve o Multics em linguagem de montagem ( assembly ) batizando-o de Unics e rebatizado para UNIX
      • Criou também a linguagem de programação B sendo mais tarde substituída para a Linguagem C por seu colega Dennis Ritchie
      • 1973, Ken e Dennis, com a liguagem C, reescreveram o Unix para um computador PDP-11. Esta linguagem foi responsável pela rápida difusão do Unix
    • Cronologia do Unix Ken Thompson e Dennis Ritchie em um computador PDP-11 Ken Thompson Dennis Ritchie
    • Cronologia Unix
      • 1977, a AT&T começou a fornecer o Unix para instituições comerciais.
      • Peter Weiner, cientista, consegue licença para transportar e comercializar o Unix para o computador 8/32 em ambiente de automação de escritório.
      • O Unix sai das máquinas PDP da DEC para outros computadores, mostrando relativa facilidade de migração graças ao uso da linguagem C.
      • No período de 1977 a 1983 a AT&T acrescentou vários melhoramentos ao sistema passando a chamar-se System III e posteriormente System V para o novo Unix comercial
      • Hoje, POSIX e outros sistemas operativos derivados do Unix, como: BSD (FreeBSD, OpenBSD e NetBSD), Solaris (anteriormente SunOS), IRIX, AIX, HP-UX, Tru64, Linux (nas várias versões) e até mesmo o Mac OS X (baseado no Kernel Mach BSD-Darwin) encontram-se rodando em celulares a supercomputadores; em relógios de pulso a sistemas de grande porte.
      • No Brasil, face à várias recusas de licenciamento pela AT&T, usou-se a versão 7 do Unix como referência.
    • Cronologia Unix
      • Em 1983 o NCE/UFRJ oferecia cursos para as indústrias onde as características dos sistemas Unix e a documentação foram analisadas.
      • Em 1984, cria-se a ADI e 1986 a API com o intuito de regularização da licença junto a AT&T que cancelou unilateralmente as negociações.
      • Empresas como a EDISA e COBRA investiram no desenvolvimento de seus sistemas IX (EDIX E SOX, respectivamente).
      • Em 1985, o NCE/UFRJ disponibilizava seu sistema operacional PLURIX para as empresas nacionais interessadas.
      • A empresa COBRA juntamente com o CTI mostraram-se também dispostos a licenciar o seu sistema SOX.
      Computador Cobra
    • Características
      • Modularidade
      • - Permite ao usuário adicionar ou remover partes para adaptá-lo às suas necessidades;
      • Interativo
      • - O usuário requisita os comandos e obtém os resultados de sua execução através do terminal;
      • Multitarefa
      • - Executa uma ou mais tarefas ou processos simultaneamente através de escalonamento;
      • Multiusuário
      • - Permite que vários usuários o utilizem simultaneamente através de terminais;
    • Características
      • Portabilidade
      • - Possibilita que softwares operem em máquinas diferentes. Há dois tipos de portabilidade: Do Sistema Operacional e dos Aplicativos ;
      • Gerência de Prioridades
      • - Gerencia a manipulação pelos usuários evitando que um interfira com outros. Possui dois tipos de usuários: Root (Superusuário) e o Usuário comum (direitos limitados);
      • Arquivos de Dispositivo
      • - Singular no Unix e seus derivados. Quase todos os dispositivos tem seu acesso através das chamadas de sistema: Open, read, write e close;
      • Suporte Nativo a Redes com TCP/IP
      • - Tem suporte nativo a redes TCP/IP e não depende de uma camada intermediária. Via modem, a internet tem velocidade 10% maior.
    • Como Funciona (kernel)
      • O sistema Unix consiste basicamente de duas partes:
      • Kernel e Programas de Sistemas
      • Kernel
      • - É o núcleo do sistema operacional. Parte que relaciona-se diretamente com o hardware e que executa num espaço de memória privilegiado. Agenda processos; gerencia a memória; controla o acesso a arquivos e a dispositivos de hardware por meio de controladores de dispositivos: drivers e interrupções.
      • - O acesso ao Kernel é feito por chamadas de sistema, que são funções fornecidas pelo kernel; essas funções são disponibilizadas para as aplicações por biblioteca de sistema C (libc).
    • Organização do Kernel do Unix
    • Como Funciona (Programa de Sistema)
      • Programas de Sistema
      • - São aplicações que executam em espaços de memória não privilegiados e que fazem a interface entre o usuário e o kernel.
      • - Consistem principalmente de :
        • Conjunto de bibliotecas C (libc)
        • Shell - É um ambiente que permite que o usuário digite comandos;
        • Programas utilitário diversos – São programas usados para manipular arquivos, controlar processos, etc.;
        • Ambiente gráfico (GUI – graphics user interface) – Eventualmente utiliza-se um ambiente gráfico para facilitar a interação do usuário com o sistema.
      • No Unix, o espaço de memória utilizado pelo kernel é denominado espaço do kernel ou supervisor ( kernel space ).
    • Como Funciona
      • A área de memória para outros programas chama-se espaço do usuário ( user space )
      • Essa separação dos espaços é um mecanismo de proteção que impede que programas comuns interfiram com o Sistema Operacional.
      A Estrutura dos Sistemas UNIX
    • Como Funciona (Sinais)
      • O Unix trabalha por meio de sinais. Um sinal é uma notificação assíncrona entre um processo e outro, pelo SO.
      • Sinais podem ser iniciados por programas: usuários ou administradores.
      • Todo sinal tem um número (valor) atrelado ao mesmo como por exemplo: SIGNT-2, SIGKILL-9, etc.
      • Existem diferença entre os tipos de sinais, dependendo do SO
    • Como Funciona (Sinais)
        • Os sinais podem ser manipulaos de três maneiras: Default – faz o que o SO acha que deve fazer; Ignore – ignora a interrupção; Signal handler – o desenvolvedor provê uma função de callback para manipular o sinal.
        • O signal system call registra a função de callback que será executada quando o processo receber a interrupção.
        • Nem todos os sinais podem ser manipulados (SIGKILL e SIGSTOP por exemplo).
    • Aplicações
      • Devido sua flexibilidade e versatilidade, a execução de pacotes de aplicações em um ambiente integrado e amigável, oferece apoio e recursos às diversas atividades empresariais.
      • Recursos natos como TCP/IP facilitam a comunicação e integração, mesmo em sistemas operacionais distintos, facilitando o compartilhamento de recursos e transferência de informações entre usuários remotos.
      • Serviços como: arquivamento eletrônico de informações, processador de documentos, agenda e calendário, calculadora e correio eletrônico também fazem parte desse contexto.
      • Dentre a aplicações, destacam-se: Geradores gráficos; Planilhas Eletrônicas; Processadores de Textos; Geradores de Aplicações; Banco de Dados e Linguagens de 4ª geração
    • Microsoft e o Unix (Xenix)
      • Aqui vamos assustar muita gente, muitos associam a Microsoft só ao Windows mas até ela já teve seu Unix que se chamava Xenix, posteriormente esse foi vendido para a SCO mas ainda sim serviu de base para o desenvolvimento do MS-DOS, aliás o MS-DOS embora conceitualmente seja muito diferente do Unix estruturalmente possui várias semelhanças, como redirecionamento de dispositivos de I/O, pipes "|", estruturas de arquivos e alguns comandos.
    • UNIX
      • Nestes 42 anos de existência, muitas versões do Unix foram lançadas. Estas versões são conhecidas por "flavors" (ou sabores) e estão disponíveis para diversos tipos de processadores.
      • Entre os principais produtos comerciais disponíveis no mercado, vale destacar o Solaris, da Sun Microsystems; HP-UX, da Hewlett Packard; AIX, da IBM e Tru64 Unix, da Compaq.
      • O Unix possui uma sólida fundação, adquirida ao longo dos anos, baseada em confiabilidade, escalabilidade e segurança.
      • O Unix e seus sabores lideram mercados, como: servidores Internet, gateways de rede, servidores de banco de dados e servidores de aplicações.
    • U N I X Fabrício Figueiredo Leão José Martin Celso Junior FIM