Aula I Pós em Comunicação da Ufes

5,173 views
5,174 views

Published on

Trata-se de o primeiro de uma série de aulas sobre Trabalho Imaterial, Mídias e Sociedade, ministradas no curso de Especialização em Comunicação Estratégica e gestão de Imagem, da UFES.

Published in: Technology
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,173
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3,072
Actions
Shares
0
Downloads
141
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula I Pós em Comunicação da Ufes

  1. 1. SOCIEDADE TECNOLÓGICA E SISTEMAS PRODUTIVOS Prof. Fábio Malini Depto. Comunicação Social – UFES Pesquisador Associado – LABTEC/UFRJ
  2. 2. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini DOIS TEMPOS HISTÓRICOS
  3. 3. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini DUAS FORMAS DE VIVER O MUNDO
  4. 4. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini O PRIMEIRO
  5. 5. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini TEMPOS MODERNOS
  6. 6. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini <ul><li>Taylorismo/disciplina </li></ul><ul><li>“ homem racional”. </li></ul><ul><li>trabalho abstrato </li></ul><ul><li>Povo </li></ul><ul><li>Imperialismo </li></ul><ul><li>Poder Soberano </li></ul><ul><li>O “eu cartesiano” </li></ul><ul><li>identidade (raça e território) binária. </li></ul><ul><li>docilização do corpo. </li></ul><ul><li>massificação. </li></ul><ul><li>indústria e maquinismo. </li></ul><ul><li>padronização. </li></ul>MEIOS COMUNICAÇÃO MASSA INDIVÍDUO ESTADO- NAÇÃO INDÚSTRIA MODERNO
  7. 7. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini O diagrama da modernização: o arbóreo
  8. 8. DOIS TEMPOS HISTÓRICOS O FORDISMO
  9. 9. CONSUMO
  10. 10. Liga graças ao autômato ( repetição ) Padronizado: Bem de massa Só pode ser consumido individualmente: individuação Ciclo de consumo lento
  11. 11. PRODUÇÃO
  12. 12. Trabalho programado: acessório vivo da máquina Valor material é predominante: era do hardware ( Tudo que é pesado, é melhor ) Produz-se primeiro; vende-se depois.
  13. 13. CULTURA
  14. 14. novo cômodo: é preciso desligá-lo Não admite personalização: cada um é um modelo Transporte no espaço: maior mobilidade no espaço Objeto de disciplina: o código do trânsito Plano da resistência: contra- (cultura, capital, etc...)
  15. 15. a modernização acabou! Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  16. 16. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini O SUJEITO POLÍTICO SE TRANSFORMOU dentro de um processo de trabalho cada vez mais cooperativo e intelectual Implicado em uma nova temporalidade: unificação e dispersão O espaço é das inter-relações contínuas
  17. 17. hoje Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  18. 20. PÓS-MODERNIZAÇÃO interação com um sistema lógico (interfaces, os códigos e os agentes): economia da informação É ativado graças ao cognitivo ( invenção): “é meu companheiro” Customização O ciclo do consumo é veloz e quase instantâneo Representa a emergência das multidões inteligentes ou da inteligência coletiva Valor dos serviços é predominante: do software, do fitness ( Tudo que é leve, é melhor ) entre outras coisas, é telefone.
  19. 21. INOVAÇÕES prosumidores estéticas Lógicas (computacionais) midiáticas eletrônicas Logísticas / telecomunicações tecnológicas
  20. 22. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini VALOR ?
  21. 23. conhecimentos incorporados a processos, ambientes e produtos Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  22. 24. PRODUÇÃO Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  23. 25. CONHECIMENTO POR MEIO DE CONHECIMENTOS Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  24. 26. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini CONHECIMENTO está no produto
  25. 27. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini mas também está separado dele
  26. 28. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini É um bem não concorrencial
  27. 29. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini inventado
  28. 30. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini imitado
  29. 31. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini recombinado
  30. 32. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini copiado
  31. 33. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini Independente de ser patenteado © ?
  32. 34. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini Se reduzir a difusão do conhecimento, a empresa acaba não oportunizando os rendimentos provenientes da socialização desse conhecimento
  33. 35. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini O custo de produção de conhecimento é inversamente proporcional ao grau de difusão livre do conhecimento ou diretamente proporcional ao grau do valor das mercadorias.
  34. 36. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini Conhecimentos são indivisíveis e não rivais
  35. 37. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini A valorização não se dá no tempo da repetição (objetivo), mas no tempo da criação
  36. 38. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini Muda o trabalho
  37. 39. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini Trabalho imaterial
  38. 40. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini É tratamento da informação Reaprender a informação (as tendências do mercado) e fazê-la circular (construir um mercado). Ex: a lógica da venda de tintas Inovações inseridas na mercadoria: resultado de um processo de criação que envolve tanto o produtor quanto o consumidor. Virtualização geral da sociedade
  39. 42. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini É produção de relações - uma relação com o cliente: é uma construção e um processo social de concepção por demanda. - Se materializa dentro e através da comunicação. Mobilização afetos - Um trabalho de interface: Codificar o vai e decodificar o vem só poderá ser uma atividade de um subjetivação que carrega consigo um híbrido de homem e máquina.
  40. 43. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini consumo
  41. 44. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini O paradigma deve ser o de PÚBLICO
  42. 45. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini Dupla função
  43. 46. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini É elemento constitutivo do bem (obra) É recepção por meio da qual o produto encontra um lugar na vida (logo integrado na comunicação social) É ato criativo. É parte integrante do produto A FÁBRICA NÃO É O CENTRO. SÃO AS REDES DOS TERRITÓRIOS. A FÁBRICA É O ELO.
  44. 47. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini ORGANIZAÇÃO DE REDE SOCIAL
  45. 48. REDE CENTRALIZADA DE PRODUÇÃO Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  46. 49. REDE DESCENTRALIZADA DE PRODUÇÃO Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  47. 50. REDE DISTRIBUÍDA DE PRODUÇÃO REDES AUTÔNOMAS Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini A C B
  48. 51. A PRODUÇÃO DAS BORDAS É A GRANDE NOVIDADE CONTEMPORÂNEA Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  49. 52. RIQUEZA Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  50. 53. SENTIDO Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  51. 54. EXEMPLOS
  52. 55. 2000: 440,000 2002: 346,300 2003: 314,000 2004: 307,000 2001: 399,700 2005: 307,000 Source: Folha de São Paulo Newspaper Circulação de Jornais
  53. 56. REDES COLABORATIVAS NA INTERNET Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  54. 66. TEM ATÉ UMA TEORIA Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  55. 67. TEORIA DA CAUDA LONGA LONG TAIL Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  56. 69. A pobreza precisa ser extensa a um conceito que a tome como incapacidade de produzir a própria vida. Porque, no cenário contemporânea, a pobreza é o avesso da liberdade (de criar, de se expressar, de produzir em comum, de constituir mercados, de se associar, de se deslocar etc). E sendo avesso da liberdade, a pobreza significa a limitação da produção do comum – a linguagem, a cultura, o pensamento, as idéias, o conhecimento, a ciência etc. Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini
  57. 70. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini Negri, Antonio; Hardt, Michael. Império . Rio de Janeiro: Record, 2001, p.301 Cocco, Giuseppe. Trabalho e Cidadania: produção e direitos na era da globalização . São Paulo: Cortez editora, 2000, p.62) Cocco, Giuseppe; Silva, Gerardo; Galvão, Alexander. Capitalismo Cognitivo – trabalho, redes e inovação . Rio de Janeiro: DP&A, 2003 Negri, Antonio. A propósito da ontologia social, trabalho material, imaterial e biopolítica . Cinco Lições sobre o Império . Rio de Janeiro: DP&A, 2003, p.92-3 Negri, Antonio; Lazzarato, Maurizio. Trabalho Imaterial . Rio de Janeiro: DPA, 2001, p.20-1 Gorz, André. Trabalho sem medida. Entrevista com André Goro por Thomas Schaffroth. Revista Global. n.1. Rio de Janeiro: uma publicação da Universidade Nômade, outubro-novembro de 2003, pp. 35-38
  58. 71. OBRIGADO!!!!! [email_address] (27) 3335-2603 Sobre o Capitalismo Cognitivo - Prof. Fábio Malini

×