Apresentação metropolitana - aula 04

83
-1

Published on

Apresentar conceitos sobre Hardware e Software ;
-> Apresentar conceitos sobre Sistema Computacional;
-> Introduzir os parâmetros de funcionamento do sistema
computacional;
-> Introduzir alguns conceitos sobre Concorrência;

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
83
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação metropolitana - aula 04

  1. 1. Objetivos:-> Apresentar conceitos sobre Hardware e Software ;-> Apresentar conceitos sobre Sistema Computacional;-> Introduzir os parâmetros de funcionamento do sistemacomputacional;-> Introduzir alguns conceitos sobre Concorrência;
  2. 2. Sumário: Hardware Software-Processador; -Tradutor;-Memória principal e secundária ; -Interpretador;-Memória Cache; -Linker;-Dispositivos de I/O; -Loader;-Barramento ; -Depurador;-Pipeline; -Interpretador de comandos;
  3. 3. -> Sistema Computacional È um conjunto de circuito eletrônicos interligados formado por processadores, memória, barramento, dispositivos de entrada e saída entre outros recursos;
  4. 4. Processador
  5. 5. Unidade Lógica Unidade de Controle Aritmética Registradores
  6. 6. Endereço = MAR 0 Instrução ou dado (Memory Address Register) 1 Conteúdo= MBR 2 (Memory Buffer Register)Memória Principal 2^16 - 1 Célula = 8 bits Memória principal com 64 Kbytes
  7. 7. Operação de leitura Operação de gravação1. A UCP armazena no MAR o 1. A UCP armazena no MAR o endereço da célula a ser lida; endereço da célula que será2. A UCP gera um sinal de controle gravada; para a memória principal, 2. A UCP armazena no MBR a indicando que uma operação de informação que deverá ser leitura deve ser realizada; gravada;3. O conteúdo da(s) célula(s), 3. A UCP gera um sinal de controle identificada(s) pelo endereço p/ a memória principal, indicando contido no MAR, é transferido que uma operação de gravação para o MBR; deve ser realizada;4. O conteúdo do MBR é transferido 4. A informação contida no MBR é para um registrador da UCP. transferida p/ a célula de memória endereçada pelo MAR. Fonte: Francis Berenger Machado
  8. 8. -> Memória Cache-É uma memória volátil de alta velocidade, porém compequena capacidade de armazenamento;-Cache Hit – Dados existentes na memória cache;-Cache Miss – Dados inexistentes na memória cache;
  9. 9. -> Dispositivos de Entrada e Saída-São utilizados para permitir comunicação entre o sistemacomputacional e o mundo externo;-- São divididos em duas categorias: --Usados como memória secundária; --Usados como interface homem-máquina.
  10. 10. -> Barramento ou bus-É um meio físico de comunicação entre as unidadesfuncionais de um sistema computacional .-Em geral possuem linha de controle e linha de dados.- São classificados em três tipos: - Barramento Processador-Memória; - Barramento de E/S; - Barramento de backplane;
  11. 11. -> Pipeline-É uma técnica que permite ao processador executar múltiplasinstruções paralelamente em estágios diferentes;-- “Linha de montagem”;
  12. 12. -> Tradutor-É um utilitário que realiza a conversão de toda arepresentação simbólica das instruções traduzindo-as para ocódigo de máquina.-- Gera um “módulo-objeto”.-Tiposde tradutores-- Montador (Assembler);--Compilador;
  13. 13. -> Interpretador-É considerado um tradutor que não gera módulo objeto;-Traduz cada instrução e as executa imediatamente;-> Linker (Editor de ligação)-É o utilitário responsável por gerar, a partir de um ou maismódulos-objeto, um único programa executável.-Suas funções básicas são resolver todas as referênciassimbólicas existentes entre os módulos e reservar memóriapara a execução do programa.
  14. 14. -> Loader-É o utilitário responsável por carregar na memóriaprincipal um programa a ser executado.-Load Absoluto (Endereço de memória inicial + tamanhodo módulo);-Load relocável (O programa pode ser locado emqualquer posição de memória)
  15. 15. -> Depurador- É um utilitário que permite ao usuário acompanhar todaa execução de um programa a fim de detectar erros emsua lógica.
  16. 16. -> Interpretador de Comandos- Permite que o usuário se comunique com o sistemaatravés de comandos simples ou mesmo comandoscompostos.

×