Paulo

643
-1

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
643
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Paulo

  1. 1. PROJETO B20 METROPOLITANO VIP TRANSPORTES URBANOS
  2. 2. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS OBJETIVO Desenvolver soluções tecnológicas para a implementação da produção competitiva de biocombustíveis e do uso em frota cativa de ônibus urbanos, tendo por objetivo avaliar e demonstrar a viabilidade técnica, econômica e ambiental, e a sustentabilidade do uso de misturas biocombustíveis em substituição ao diesel de petróleo. FINALIDADE Ajustar as diversas variáveis envolvidas na busca da otimização do complexo, visando à sustentabilidade e à reprodutibilidade do processo no intuito de assegurar a inserção efetiva da biomassa como fonte importante na matriz energética nacional, tendo, no segundo momento, o enfoque da operação comercial propriamente dita.
  3. 3. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS FUNDAMENTO Inserção com as diversas áreas da cadeia produtiva agroindustrial – oleaginosas & bioetanol de forma competitiva e com custos reduzidos ENGLOBA Alianças estratégicas de empreendedorismo sustentável com responsabilidade social para implementação da produção consorciada e competitiva de biocombustíveis, álcool e óleos vegetais – in natura ou transesterificados, e a recuperação de óleos e gorduras residuais, para uso em frotas cativas e geração de eletricidade
  4. 4. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS
  5. 5. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS •Cultivo de oleaginosas de espécies diferenciadas •Competitividade na extração e refino de óleo vegetal •Otimização de farelo vegetal de alto valor protéico •Na produção qualificada de biodiesel e glicerina •Ênfase na recuperação de áreas degradadas •Aproveitamento de resíduos e co-geração de eletricidade Gestão Integrada & Inovadora
  6. 6. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS Diretrizes estratégicas •Desenvolvimento Sustentável com Responsabilidade Social e Ambiental •Articulação de ações interinstitucionais visando ao desenvolvimento de pólos regionais e adensamento das cadeias produtivas •Estabelecimento de parcerias para transferência, apropriação e desenvolvimento qualificado de tecnologias •Promoção da Educação Ambiental Continuada para a adoção de práticas e tecnologias que resultem em P+L e Ecoeficiência
  7. 7. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS 8 LOGÍSTICA & DISTRIBUIÇÃO BIOCOMBUSTÍVEL ÓLEO DIESEL BASE DE DISTRIBUIÇÃO TRANSPORTE B100 GARAGEM
  8. 8. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS Pesquisa & Desenvolvimento Teste Misturas – caracterização / análise de estabilidade Análise das Amostras de Combustíveis (diesel, biodiesel e aditivos) Testes em Bancada Dinamométrica Estocagem & Abastecimento Coleta e Etiquetagem de Amostras de Combustíveis: -Mistura Biocombustível -Diesel de petróleo: 1. No tanque de estocagem 2. Na bomba de abastecimento, por lote -Envio das Amostras para Análise
  9. 9. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS Operacionalização do Teste Registro do Recebimento e Tancagem da Mistura Biocombustível e do diesel de petróleo Identificação VEÍCULOS / CHASSIS MOTOR / BOMBA Registro e Amostragem no Abastecimento da Frota de Teste Controle e Anotações da Supervisão do Itinerário e Desempenho Relatórios de Manutenção Preventiva e Corretiva Coleta de Amostras e Análise do Lubrificante Avaliação da Frota em Campo Controle das Emissões Coleta de Dados e Parâmetros Dirigibilidade Satisfação do Usuário e do Pedestre (*) A caracterização físico-química do biocombustível deverá ser realizada por Laboratório credenciado, e terá como resultado final a emissão de Laudo de Caracterização da Mistura Biocombustível.
  10. 10. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS
  11. 11. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS Percurso Total (km) @ SET 07 118.971.306 No de Veículos em Teste 1.907 Percurso médio por Veículo (km) 15.462,82 Consumo Total de Biocombustíveis (litros) 57.531.333 Média de Consumo da Frota em Teste (km/l) 2,12 O CONSUMO ANUAL DA FROTA B100 EQUIVALE À PRODUÇÃO DE UMA PLANTA DE BIODIESEL DE PORTE MÉDIO.
  12. 12. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS 13 TERRA RECURSOS SISTEMAS GERENCIAMENTO SETOR AGRÍCOLA + INDUSTRIAL BIOETANOL BIOGÁS BIOELETRICIDADE BIODIESEL P&D INSERÇÃO COMPETITIVA COM AS DIVERSAS ÁREAS DA CADEIA PRODUTIVA DE OLEAGINOSAS E BIOETANOL INTEGRADA À PRODUÇÃO INDUSTRIAL, EM UM CENÁRIO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL BIOMETANO
  13. 13. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS Caracterização da Frota de Teste Os sistemas de injeção deverão ser avaliados na frota de teste de x veículos, em testes contínuos (TC) e com paradas (TCP) com sistemas de injeção novos e protocolados,distribuídos conforme abaixo: Modelo do Chassis Modelo do Motor Nº de Veículos Teste Contínuo (TC) Nº de Veículos Teste Com Parada (TCP) Combustível Xxx 1 Yyy 1 N1 N3 BIO Xxx 2 Yyy 2 N2 N4 DIESEL C Σ N Σ N
  14. 14. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS Alteração das Emissões (MÉDIA) Mistura Biodiesel ao Óleo Diesel Utilização de Biodiesel de diversas oleaginosas Combustível NOx MP CO VOC SOx B20 + 2,4% - 8,9% - 13,1% - 17,9% - 20% B100 + 13,2% - 55,3% - 42,7% - 63,2% - 100%
  15. 15. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS Comparativo da Opacidade da Frota Monitorada Abastecimento exclusivo com Mistura Biocombustível e Diesel A partir da introdução da Mistura Biocombustível, em 18 de outubro de 2006, mais de 90% da frota responderam pelos melhores índices de redução das emissões aéreas e materiais particulados, enquanto que na frota exclusivamente abastecida com óleo diesel, estes índices correspondiam apenas a 34%. 0,00 10,00 20,00 30,00 40,00 50,00 60,00 70,00 80,00 % da Frota SET 2006 DEZ AGO 2007 0 a 0,3 m - 1 0,3 a 0,6 m - 1 0,6 a 0,9 m - 1 0,9 a 1,2 m - 1 ACIMA DE 1,21 ÓLEO DIESEL MISTURA BIOCOMBUSTÍVEL @ 18 OUT 2006
  16. 16. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS Desempenho da Frota por Tipo de Motor - em SETEMBRO 2007 0 100 200 300 400 500 600 O -500M O -500M (1725/5) 17210E O D 17260E O T 17210 371 U L 400 U PA PL LO 610 37 O 500 M A 2836 O 500 UA 2836 O -500M 1725/3 O -500U 1725/5 O F 1722M /59 O -500U 1726/59 O F1318 O F1417 O F1620 O F1721 O F1721 3 EIXO S O H 1621 VW 91500 D No. BUS 0,00 0,50 1,00 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 Desempenho (km/l) No. BUS Desempenho
  17. 17. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS
  18. 18. PROGRAMA MISTURAS BIOCOMBUSTÍVEIS USO EM FROTAS CATIVAS B100 Tecnologia em Biocombustíveis Fone: 11.2292-0477 www.b100.com.br paulomendes@b100.com.br

×