Your SlideShare is downloading. ×
Jose raimundo pereira
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Jose raimundo pereira

1,709
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,709
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 11ª Hart Energy Conference“O Brasil como País-Chave no Mundo da Energia” “O futuro da disponibilidade de óleo diesel no Brasil e as conseqüências na implementação do PROCONVE P-7” José Raimundo Brandão Pereira Gerente Executivo Marketing e Comercialização - Abastecimento
  • 2. DISCLAIMERFORWARD-LOOKING STATEMENTS:DISCLAIMERThe presentation may contain forward-looking statements aboutfuture events within the meaning of Section 27A of the SecuritiesAct of 1933, as amended, and Section 21E of the Securities We undertake no obligation to publicly update orExchange Act of 1934, as amended, that are not based on historical revise any forward-looking statements, whether as afacts and are not assurances of future results. Such forward- result of new information or future events or for anylooking statements merely reflect the Company’s current views and other reason. Figures for 2011 on are estimates orestimates of future economic circumstances, industry conditions, targets.company performance and financial results. Such terms as"anticipate", "believe", "expect", "forecast", "intend", "plan","project", "seek", "should", along with similar or analogous All forward-looking statements are expressly qualifiedexpressions, are used to identify such forward-looking statements. in their entirety by this cautionary statement, and youReaders are cautioned that these statements are only projections should not place reliance on any forward-lookingand may differ materially from actual future results or events. statement contained in this presentation.Readers are referred to the documents filed by the Company withthe SEC, specifically the Company’s most recent Annual Report onForm 20-F, which identify important risk factors that could cause NON-SEC COMPLIANT OIL AND GAS RESERVES:actual results to differ from those contained in the forward-looking CAUTIONARY STATEMENT FOR US INVESTORSstatements, including, among other things, risks relating to generaleconomic and business conditions, including crude oil and other We present certain data in this presentation, such ascommodity prices, refining margins and prevailing exchange rates, oil and gas resources, that we are not permitted touncertainties inherent in making estimates of our oil and gas present in documents filed with the United Statesreserves including recently discovered oil and gas reserves, Securities and Exchange Commission (SEC) underinternational and Brazilian political, economic and social new Subpart 1200 to Regulation S-K because suchdevelopments, receipt of governmental approvals and licenses and terms do not qualify as proved, probable or possibleour ability to obtain financing. reserves under Rule 4-10(a) of Regulation S-X.
  • 3. AVISO Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia sobre condições futuras da economia, além do setor de atuação, do desempenho e dos resultados financeiros da Aviso aos Investidores Norte-Americanos: Companhia, dentre outros. Os termos “antecipa", A SEC somente permite que as "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", companhias de óleo e gás incluam em seus "projeta", "objetiva", "deverá", bem como outros relatórios arquivados reservas provadas que termos similares, visam a identificar tais a Companhia tenha comprovado por produção previsões, as quais, evidentemente, envolvem ou testes de formação conclusivos que sejam riscos e incertezas previstos ou não pela viáveis econômica e legalmente nas Companhia e, conseqüentemente, não são condições econômicas e operacionais garantias de resultados futuros da Companhia. vigentes. Utilizamos alguns termos nesta Portanto, os resultados futuros das operações da apresentação, tais como descobertas, que as Companhia podem diferir das atuais expectativas, orientações da SEC nos proíbem de usar em e o leitor não deve se basear exclusivamente nas nossos relatórios arquivados. informações aqui contidas. A Companhia não se obriga a atualizar as apresentações e previsões à luz de novas informações ou de seus desdobramentos futuros. Os valores informados para 2011 em diante são estimativas ou metas.
  • 4. PRINCIPAIS MARCOS DO MERCADO DE DIESEL (desde Acordo - out/08 - até atual - set/11)Migração para S-500: mar/11: Migração 102 dez/10: 11 polos envolvidos Migração 401 municípios (SP) 8 estados envolvidos abr/10: out/10: municípios (MA e PI) Migração 14 Migração 56 972 municípios migrados municípios municípios (MA e PI) (ES e AL) jan/10: Fev/10: Migração 395 Migração 4 municípios (SP, RJ, municípios MG, ES e PR) (MA)Oferta de S-50: jan/11: Regiões Metrop. Rio, 11 polos envolvidos mai/09: jan/10: B.Santista, Campinas e P. Alegre, BH, Salvador e S.J.Campos (ônibus) 9 estados envolvidos Belém, Fortaleza e ago/09: Curitiba Região Metrop. S.Paulo jan/09: (ônibus) 131 municípios envolvidos Rio e S.Paulo Recife (todos) (ônibus) (ônibus)
  • 5. DIESEL S-50SITUAÇÃO ATUAL (jan até set/11) Importação 11 pólos de venda Toda a frota (Belém, Fortaleza e 92 mil m³/mês 245 mil m³/mês Recife) (38%) 102 mil m³/mês (42%) + Produção + SUPRIMENTO DISTRIBUIÇÃO 153 mil m³/mês Frotas de (62%) ônibus (Rio, S.Paulo, Curitiba, P.Alegre, Logística utilizada: BH, Salvador, B.Santista, Campinas e S.J.Campos) Cabotagem (46%) (Belém, Fortaleza, Ipojuca, Madre de Deus e R.Grande) 143 mil m³/mês (58%) Dutoviário (52%) REPLAN – 89mil REDUC – 35mil (Caxias, Betim, Paulínia, S.J.Campos, Barueri) REVAP – 22mil Cabotagem + Rodoviário (2%) REGAP – 7mil (Araucária) As ações realizadas por todos os envolvidos permitiram o êxito alcançado e nos habilitaram para os desafios das próximas etapas
  • 6. DIESEL S-50SITUAÇÃO FUTURA (2012) MERCADO CADEIA DE SUPRIMENTO 2011 2012 2012 Toda a frota das Toda a frota das regiões metropolitanas regiões metropolitanas Petrobras 14 pólos de de Belém, Fortaleza e de Belém, Fortaleza e venda Recife Recife (serão adicionados 3 polos em relação aos 11 atuais) + + Frotas cativas de Frotas cativas de Distribuidoras ônibus em regiões ônibus em regiões específicas específicas 49 bases + 3,0 MM m³/ano Nova frota P7 e L6 em todo o território Revenda nacional 3000 postos de serviço 5,5 MM m³/ano Desafio crescente do papel de cada agente na cadeia
  • 7. VISÃO FUTURAEVOLUÇÃO DO MERCADO DE DIESEL 2010 S-50 6% 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 S-500 28% S 50 66% S 10 S-1800AUTOMOTIVO S 500 2020 S 1800AUTOMOTIVO TFM NÃO (Térmico, Ferroviário, Mineração) S-500 40% 60% S-10
  • 8. INTEGRAÇÃOANP-PETROBRAS-DISTRIBUIDORAS-REVENDAS Alinhamento entre Processo de Construção da órgão regulador, Plano de Ação e Implementação dos proposta de Petrobras e Implementação solução Desafios Distribuidoras - ANP – Plano de Abastecimento de Diesel BTE - Reuniões mensais Petrobras-Sindicom Fóruns de - Fóruns locais com clientes discussão e - Palestras regionais disseminação Desde 2009:  20 reuniões da ANP  33 reuniões Petrobras-Sindicom  30 fóruns regionais com clientes  3 Workshops com clientes  Atendimento ao crescente mercado de Diesel Próximos de Baixo Teor de Enxofre  Adequação da estrutura e dos procedimentos Desafios para o Diesel S-10  Consolidação da comercialização do ARLA 32

×