Banco RabobankInternationalBrasil S.A.<br />
Após anos de crescimento, fatores como menor investimento em canaviais e problemas climáticos devem reduzir a produção em ...
Projeção da UNICA indica necessidade de 1.0 bi de tons de cana de açúcar a ser processada em 2020, em sua maior parte devi...
BNDES e Bancos Comerciais continuam sendo os principais financiadores do setor<br />Fonte: Rabobank<br />Mercado de Etanol...
Principal financiador de recursos de longo prazo em BRL (reais)
Linhas de financiamento extremamente atrativas (preço competitivo)
Processo de aprovação dos projetos pode ser longo
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Gustavo oubinha financiamento

560 views
505 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
560
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
42
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gustavo oubinha financiamento

  1. 1. Banco RabobankInternationalBrasil S.A.<br />
  2. 2. Após anos de crescimento, fatores como menor investimento em canaviais e problemas climáticos devem reduzir a produção em 2011/12<br />Falta de produto e aumento da demanda devem manter preços em patamares elevados<br />Queda na produção e crescimento da demanda tem resultado em elevados preços de etanol<br />Produção de Cana de Açúcar no Brasil<br />Preços de Etanol<br />Mercado de Etanol <br />Demanda por etanol deve continuar forte<br />Menor produção de cana de açúcar (investimentos e produtividade)<br />Direcionamento do mix para a produção de açúcar resultou em déficit de etanol e necessidade de importação do produto<br />Conversão da frota de veículos leves para flex deve continuar impulsionando demanda (atualmente ~50%)<br />Preço do hidratado é determinado pela relação do preço da gasolina (fator 70%) <br />Desenvolvimento do mercado de importação continua incerto e dependente de políticas nos mercados chaves (EUA, Europa e Japão)<br />Projeção Frota Brasileira de Veículos Leves<br />Fonte: Bloomberg<br />Fonte: Datagro, UNICA, Rabobank (2011)<br />Fonte: UNICA, Datagro, EstimativaRabobank<br />[Milhões toneladas]<br />+45%<br />-10%<br />Centro Sul<br />Nordeste<br />617<br />603<br />566<br />557<br />493<br />426<br />387<br />386<br />359<br />321<br />307<br />293<br />258<br />11/12F<br />03/04<br />05/06<br />09/10<br />07/08<br />01/02<br />99/00<br />[R$/litro]<br />[Milhões unidades]<br />Gasolina<br />Etanol<br />Flex<br />Hidratado<br />Anidro<br />40<br />38<br />37<br />35<br />34<br />32<br />31<br />29<br />28<br />26<br />25<br />1/1/12<br />1/1/10<br />1/1/08<br />1/1/06<br />1/1/04<br />1/1/02<br />1/1/00<br />2019F<br />2017F<br />2015F<br />2013F<br />2011<br />2009<br />
  3. 3. Projeção da UNICA indica necessidade de 1.0 bi de tons de cana de açúcar a ser processada em 2020, em sua maior parte devidoàdemanda por etanol<br />Melhora nas margens deve resultar na retomada, aos poucos, dos projetos no setor<br />Projetos Greenfield de Açúcar e Etanol<br />Alavancagem das Principais Empresas do Setor*<br />Mercado de Etanol<br />Empresas devem retomar projetos nos próximos anos<br />Apesar das melhores margens as empresas continuam alavancadas em termos absolutos (R$/tonelada moída)<br />Reflexo de safras passadas com fatores como excesso de oferta, baixos preços e crise internacional prejudicando as empresas<br />Redução significativa de usinas entrando em operação nos últimos anos devidoàmenor disponibilidade de crédito no mercado (restrição de termos e condições dos bancos)<br />Entretanto, após 3 safras consecutivas de melhores preços e margens, empresas começam a novamente pensar em expansão e investimentos emgreenfields<br />Única estima necessidade de 1.0 bi de toneladas para atender a demanda na safra 2020<br />Projeção de Produção de Cana de Açúcar no Centro-Sul<br />Nota (*): Amostra de 35 clientes do banco responsáveis por 60% da moagem total da região Centro-Sul<br />Fonte: Rabobank<br />Fonte: UNICA, Estimativa Rabobank<br />Fonte: UNICA<br />[unidades]<br />11/12F<br />10/11<br />09/10<br />08/09<br />07/08<br />06/07<br />05/06<br />[Milhões toneladas]<br />Dívida/EBITDA<br />Dívida/tonelada<br />1.038<br />Açúcar<br />Etanol<br />829<br />617<br />1,6x<br />1,5x<br />10/11<br />09/10<br />08/09<br />07/08<br />06/07<br />05/06<br />2020/21F<br />2015/16F<br />2010/11<br />
  4. 4. BNDES e Bancos Comerciais continuam sendo os principais financiadores do setor<br />Fonte: Rabobank<br />Mercado de Etanol<br />Principais Financiadores do Setor<br />BNDES<br /><ul><li>Maior financiador do setor com forte experiência, inclusive em projetosgreenfield
  5. 5. Principal financiador de recursos de longo prazo em BRL (reais)
  6. 6. Linhas de financiamento extremamente atrativas (preço competitivo)
  7. 7. Processo de aprovação dos projetos pode ser longo
  8. 8. Pode demandar a participação de bancos repassadores
  9. 9. Exige elevado percentual de garantia real (130%)</li></ul>Bancos Comerciais<br /><ul><li>Bancos nacionais têm forte atuação no setor
  10. 10. Bancos internacionais têm atuação mais limitada em função da volatilidade do mercado/setor
  11. 11. Ágeis no processo de aprovação, porém com limitação de prazo
  12. 12. Linhas de financiamento são normalmente trade-relatedpara reduzir custo de captação
  13. 13. Permitem estruturação de garantias diferenciadas
  14. 14. A combinação de banco público e privado costuma ser eficiente</li></ul>Organismos Multilaterais<br /><ul><li>Experiência limitada, com atuação pontual em alguns projetos.
  15. 15. Recursos em USD (dólares)
  16. 16. Longo processo de aprovação
  17. 17. Eventualmente podem participar dos projetos com participação acionária além de dívida</li></li></ul><li>Mercado de Etanol<br />Principais dificuldades na estruturação do financiamento<br />1<br />Estrutura de Capital<br /><ul><li>Relação de dívida/capital mínima aceitável (60/40)
  18. 18. Possibilidade de capitalização via aporte de terceiros e/ou consolidação</li></ul>Garantias<br /><ul><li>Necessidade de ativos reais para atrair financiadores em projetos greenfield, em função de falta de histórico de desempenho operacional
  19. 19. É difícil viabilizar estrutura de projectfinance para esse tipo de projeto</li></ul>Prazo de Financiamento / Precificação<br /><ul><li>Instituições públicas conseguem viabilizar recursos de longo prazo, mas bancos comerciais têm dificuldade de financiar com prazos acima de 5-7 anos
  20. 20. Ainda assim, bancos comerciais são atuantes no setor e buscam recursos trade related para redução de custo, mas o etanol ainda não tem mercado exportador</li></ul>Falta de Experiência dos Novos Investidores no Setor de Açúcar e Álcool<br /><ul><li>Projetos tendem a ser mais carosàmedida que os novos investidores procuram sistema turnkey(pronto para operar) para minimizar risco de execução e conclusão do projeto
  21. 21. Ausência de experiência agrícola, o que é fundamental para a obtenção de melhores margens operacionais
  22. 22. Necessidade de otimizar relação de cana própria em relaçãoàcana de fornecedores para evitar excessiva dependência de terceiros</li></ul>2<br />3<br />4<br />Fonte: Rabobank<br />
  23. 23. Mercado de Etanol<br />Alternativa de financiamento via Project Finance e Mercado de Capitais<br />Mercado de Capitais Local<br />Mercado de Capitais Internacional<br />Debêntures<br />Securitização<br />Bonds<br />Prazos<br />5 e 7 anos<br />7 e 10 anos<br />Preços<br />Mercado demandará um prêmio de acordo com os riscos do projeto<br />Principais Investidores Institucionais brasileiros demandam rating mínimo A, o que pode ser um obstáculo<br />Rating<br />Mercado internacional é mais flexível, demandando ratingmínimo de B. Bons sponsors e características gerais do projeto determinarão o rating<br />Ausência de fluxo de caixa no período inicial do projeto é certamente um ponto de preocupação. Um possível mitigante é a utilização dereserve account na qual seriam depositados valores referentes aos juros do período de execução do projeto<br />Fluxo de caixa<br />Contratos com bons offtakers geralmente entram na relação de garantias, mas também podem ser alvo de securitização do fluxo futuro de recebimentos (recebíveis a performar), como uma forma complementar de captação de recursos.<br />Offtakers<br />Principais dificuldades<br />Restrições de rating e prazos<br />Ausência de fluxo de caixa no período de execução do projeto<br />
  24. 24. Obrigado<br />Banco RabobankInternationalBrasil S.A.<br />Corporate&StructuredFinance<br />Endereço<br />Av.das Nações Unidas, 12.995 - 7º andar<br />São Paulo - SP<br />Brasil<br />Gustavo Oubinha<br />Managing Director<br />Banco RabobankInternationalBrasil S.A.<br /> +55 11 5503-7079<br /> Gustavo.Oubinha@rabobank.com<br />

×