Android
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Android

  • 347 views
Uploaded on

Trabalho sobre o sistema operativo movel da google, Android. ...

Trabalho sobre o sistema operativo movel da google, Android.
Historia, características, personalização

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
347
On Slideshare
347
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
14
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Trabalho realizado por: Ivo Ribeiro Fábio Eliseu Bruno Tavares GRSIP1013B UFCD:Introdução aos sistemas operativos Professor:Pedro Rocha 1
  • 2. Índice Introdução aos sistemas operativos-Android 2 1- Introdução 3 2- O que é o Android? 4 3- Como entrou no mercado? 6 4- Versões do Sistema Operativo 8 5- Vantagens 31 6- Desvantagens 37 7- Aplicações Android 40 8- Widgets Android 55 9- Máquina Dalvik e ART 66 10- Hardware 71 11- Desenvolvimento de 79 aplicações 12- Customização 85 13- Acesso root 91 14- Instalação de nova ROM 101 15- Conclusão 107
  • 3. Introdução Introdução aos sistemas operativos-Android 3 Neste trabalho vamos abordar a criação e o desenvolvimento deste sistema operativo no mercado. Ao longo do trabalho vamos especificar também as características mais técnicas e os pormenores de algumas das versões disponíveis e de algum hardware que funciona com este sistema operativo. Para terminar vamos focar-nos na personalização de dispositivos Android.
  • 4. O que é o Android? Introdução aos sistemas operativos-Android 4 -> O Android é um sistema operativo, baseado no Linux, concebido para dispositivos móveis, como smartphones, tablets, netbook’s etc. Ou seja, é considerado um sistema Linux móvel, embora a sua estrutura desenvolvida seja externa ao Linux. Foi desenvolvido pela Android Inc., uma pequena empresa que foi comprada em 2005 pela Google Inc. ->O Android faz parte da Open Handset Alliance, um conjunto de várias empresas, que têm como objectivo desenvolver padrões abertos para dispositivos móveis.
  • 5. O que é o Android? Introdução aos sistemas operativos-Android 5 -> O número de funcionalidades de um dispositivo que contenha este sistema operativo é quase ilimitado, sendo que existe uma grande comunidade de programadores que desenvolvem aplicações para Android. Estas aplicações podem ser directamente descarregadas do Android Market (que pertence à Google) para o nosso dispositivo em questão, ou através de sites que não abrangem exclusivamente aplicações Android.
  • 6. Como entrou no mercado? Introdução aos sistemas operativos-Android 6 -> O Android foi desenvolvido pela Android Inc., sendo posteriormente trabalhado pela Open Handset Alliance, mas é de destacar que a Google foi a principal responsável pela gerência de todos os produtos Android. -> Tudo começou em 2005, ano em que a Google Inc. comprou a Android Inc., uma pequena empresa fundada por Andy Rubin, Rich Miner, Nick Sears e Chris White. Posteriormente, estas 4 individualidades foram trabalhar, obviamente para a Google, de forma a melhorarem cada vez mais o seu projecto, ou seja, desenvolverem este sistema operativo móvel, baseado em Linux. A equipa que desenvolveu este projecto era liderada por Rubin.
  • 7. Como entrou no mercado? Introdução aos sistemas operativos-Android 7 -> O Android, desde 2008, que é “open source”, dado que a Google publicou o seu código-fonte, no âmbito da Apache License. ->O 1º smartphone a ser comercializado com o sistema operativo Android, foi o T-Mobile G1, lançado a 23 de Setembro de 2008, sendo fabricado pela HTC. Em Portugal, o 1º Android chegou ao mercado a 6 de Julho de 2009, sendo o HTC Magic. Na altura, era apenas comercializado pela operadora TMN, mas mais tarde, a Vodafone também entrou em campo.
  • 8. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 8 Android 1.0 - Astro O Android 1.0 foi a primeira versão comercial do sistema operativo Android, lançada a 23 de Setembro de 2008, juntamente com o primeiro smartphone Android, o T-Mobile G1.
  • 9. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 9 Características: • Aplicação Android Market, onde pudemos realizar downloads e actualizarmos outras aplicações; • Navegador Web que possui suporte total a páginas em HTML e XHTML, onde múltiplas páginas podem ser mostradas em janelas (“cards”); • Suporta câmara, apenas nesta versão, faltava ter opção de alterar a resolução da câmara.
  • 10. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 10 Android 1.1 - Bender Em 9 de Fevereiro de 2009, o Android 1.1 foi lançado, sendo que foi uma actualização do Android 1.0.
  • 11. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 11 Características: • Adiciona comentários e mais detalhes quando fazemos uma pesquisa no Google Maps; • Suporta opção de guardar anexos de mensagens;
  • 12. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 12 Android 1.5 – Cupcake Em 30 de Abril de 2009, o Android 1.5 foi lançado, com base no kernel Linux 2.6.27. Esta versão foi a primeira a usar, oficialmente, um nome baseado numa sobremesa, sendo que daqui em diante, todas as versões iriam usar este tema.
  • 13. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 13 Características: • Suporte ao teclado QWERTY; • Gravação de vídeos, com função de upload para o Youtube; • Widgets; • Envio de fotos directamente para o Picasa; • Performance melhorada da Interface de aplicações; • Suporte ao Bluetooth A2DP, utilizado em rádios de automóveis; • Função Copy/Paste no Navegador Web.
  • 14. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 14 Android 1.6 – Donut Em 15 de Setembro de 2009, o Android 1.6, apelidado de Donut, foi lançado, baseado no Linux kernel 2.6.29.
  • 15. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 15 Características: • Pesquisa em todas as áreas do dispositivo (e-mail, mensagens SMS, lista de contactos, favoritos do navegador Web e aplicações); • Aplicação Android Market melhorada, tornando a navegação mais fácil; • Indicador do uso da bateria; • Melhoria na Câmara, com a integração entre o modo Fotografar, Filmar e Galeria.
  • 16. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 16 Android 2.0/2.1 – Éclair Em 26 de Outubro de 2009, o Android 2.0 foi lançado, também baseado no Linux kernel 2.6.29. Posteriormente, no dia 3 de Dezembro de 2009, foi lançada a actualização, Android 2.0.1. Em 11 de Janeiro de 2010, foi lançado o Android 2.1, sendo que todas elas, se apelidaram de Éclair.
  • 17. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 17 Características: • Suporte a novos hardwares, permitindo o desenvolvimento de smartphones com mais capacidade de memória, resoluções de ecrã e processadores mais rápidos; • Suporte a e-mail Exchange; • Suporte a papéis de parede animados; • Nova versão do Google Maps; • Suporte a HTML 5; • Zoom Digital; • Rápido acesso a funções entre os Contactos, como chamadas, SMS’s e e-mails; • Melhorias no Navegador Web; • Suporte a Bluetooth 2.1; • Gerador de bateria (apenas o Android 2.1, possui esta nova funcionalidade).
  • 18. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 18 Android 2.2 – Froyo Em 20 de Maio de 2010, o Android 2.2 (Froyo, proveniente da abreviatura de Frozen Yogurt) foi lançado, baseado no Linux kernel 2.6.32. Para esta versão, existiram 3 actualizações, Android 2.2.1 (18 de Junho de 2010), Android 2.2.2 (22 de Junho de 2010) e Android 2.2.3 (21 de Novembro de 2010). A versão 2.2 do Android apresentou mudanças importantes na Plataforma, principalmente no desempenho dos dispositivos.
  • 19. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 19 Características: • Melhoria na velocidade do processamento; • Suporte ao Adobe Flash 10.1; • Instalação de Aplicações no SD Card (Cartão de Memória); • Tethering e Hotspot Móvel; • Update Automático de aplicações; • Sincronização PC/Android; • Gerador de Tarefas.
  • 20. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 20 Android 2.3 – Gingerbread Em 6 de Dezembro de 2010, o Android 2.3 (Gingerbread) foi lançado, baseado no Linux kernel 2.6.35, sendo que posteriormente foram lançadas mais 5 actualizações desta versão. Junto com esta versão, a Google lançou a nova versão do smartphone Nexus, em parceria com a Samsung.
  • 21. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 21 Características: • Melhorias na Interface Gráfica do utilizador; • Melhorias no teclado, tornando-o mais rápido; • Melhorias no consumo de energia da bateria; • Mais facilidade para acedermos ao Gerador de Tarefas; • Suporte ao protocolo SIP, para chamadas, via Internet; • Melhorias no Gerador de Downloads.
  • 22. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 22 Android 3.0/3.1/3.2 – Honeycomb Em 22 de Fevereiro de 2011, foi lançado o Android 3.0. O Honeycomb foi a primeira versão para Tablets, baseada no Linux kernel 2.6.36. O primeiro tablet com esta versão, o Motorola Xoom, foi lançado em 24 de Fevereiro de 2011.
  • 23. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 23 Características: • Layout totalmente adaptado para Tablets; • Suporte a Navegação 3D, com design mais interactivo; • Google Maps 5, com visualizações em 3D; • Acesso ao Google eBooks; • Melhorias significativas na Navegação Web, incluindo navegação privada e sincronização de bookmarks.
  • 24. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 24 Android 4.0 – Ice Cream Sandwich O Android 4.0 (Ice Cream Sandwich), baseado no Linux kernel 3.0.1, foi lançado em 19 de Outubro de 2011. Com um design ainda mais elegante, o Ice Cream Sandwich, possui muitas características que devem agradar aos utilizadores mais exigentes, com melhorias significativas.
  • 25. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 25 Características: • Disponível para Tablets e Smartphones; • Notificações mais elegantes e com mais informações; • Podemos ter acesso às notificações, sem desbloquear o dispositivo; • Suporte ao Reconhecimento Facial, para desbloqueio do dispositivo; • Melhorias na Galeria de Imagens; • Novo visual da lista de contactos; • Android Beam: compartilha ficheiros com outro dispositivo; • Edição de imagens com efeitos em tempo real; • Fotos panorâmicas, com o movimento do aparelho.
  • 26. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 26 Android 4.1/4.2/4.3 – Jelly Bean Em 27 de Junho de 2012, a Google anunciou o Android 4.1 (Jelly Bean), baseado no Linux kernel 3.0.31. A versão Jelly Bean era uma atualização incremental com o principal objetivo de melhorar a funcionalidade e desempenho da interface do utilizador. O Tablet Nexus 7 foi lançado em 13 de Julho de 2012 e foi o primeiro dispositivo a utilizar o Jelly Bean. Posteriormente, a Google estava para lançar o Android 4.2 (Jelly Bean) num evento em Nova York em 29 de outubro de 2012, mas o evento foi cancelado devido ao furacão Sandy. Em vez de remarcar o evento ao vivo, a Google anunciou a nova versão através da imprensa, sob o slogan "Um novo sabor de Jelly Bean". Os primeiros dispositivos a utilizarem o Android 4.2 foram os LG 's Nexus 4 e Samsung 's Nexus 10, que foram lançados em 13 de Novembro de 2012. No dia 24 de Julho de 2013 foi anunciado oficialmente pela Google a atualização do Android 4.3 (Jelly Bean) para a linha Nexus.
  • 27. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 27 Características: • Renovação da Barra de Notificações; • Pesquisas no Navegador Web (Google) podem ser feitas por voz; • Aparecimento do “Google Now”; • Melhorias na velocidade da interface do utilizador; • Melhorias na suavidade da interface do utilizador.
  • 28. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 28 Android 4.4 – KitKat O Android 4.4 (KitKat) é o sucessor do Android 4.3 (Jelly Bean) e a mais recente versão do sistema operativo Android. Após um recente acordo com a Nestlé, o novo sistema Android tem o nome de um dos doces mais famosos da marca. Este acordo prevê ainda campanhas de marketing em conjunto, com vales-brindes de aparelhos Nexus 7 e de algum conteúdo na Play Store. Foi anunciado em Outubro de 2013 e foi posteriormente lançado em dispositivos em Novembro do mesmo ano.
  • 29. Versões do Sistema Operativo Introdução aos sistemas operativos-Android 29 Características: • Melhor gestão de memória; • Melhorias no “Google Now”; • “Hangouts App” renovada; • Integração com a “Cloud Storage”; • Printing; • Sensores integrados; • Sistema de Legendas; • Lock Screen Art.
  • 30. Porque é que as versões Android têm nomes de doces? Introdução aos sistemas operativos-Android 30 Bem, na verdade a explicação exata permanece um mistério. A empresa não gosta de tocar no assunto, nem mesmo os funcionários falam de qualquer coisa a respeito deste assunto. Muitos dizem que teve origem numa brincadeira interna que posteriormente se tornou pública. Para além disso, é importante referir que as 2 primeiras versões têm origem em nomes de robôs (Astro Boy e Bender) e não nomes de doces. Outra curiosidade é que todos os nomes das versões vêm em ordem alfabética: Astro, Bender, Cupcake, Donut, Éclair, Froyo, Gingerbread, Honeycomb, Ice Cream Sandwich, Jelly Bean e KitKat. Enquanto não se sabe, e provavelmente não iremos saber, podemos ir listando as possibilidades e ir ficando com água da boca!
  • 31. Vantagens Introdução aos sistemas operativos-Android 31 -> Customização: -> Sistema operativo com código aberto; -> Sistema operativo e plataforma de desenvolvimento com código aberto; -> Funciona em centenas de aparelhos eletrónicos;
  • 32. Vantagens Introdução aos sistemas operativos-Android 32 -> Customização: -> O sistema operacional Android possuí ícones pequenos que podem ser organizados de acordo com a vontade de cada utilizador; -> Permite fundo de tela animado e alguns Widgets já na tela principal, na própria tela de bloqueio;
  • 33. Vantagens Introdução aos sistemas operativos-Android 33 -> Aplicações: -> Android Market e a Google Play Store disponibilizam aplicações de acordo com os interesses e exigências dos consumidores; -> Aplicações grátis;
  • 34. Vantagens Introdução aos sistemas operativos-Android 34 -> Hardware: -> Usado em dispositivos feitos por diferentes fabricantes; -> O consumidor pode escolher o seu telemóvel e operadora;
  • 35. Vantagens Introdução aos sistemas operativos-Android 35 -> Segurança: -> Como é desenvolvido a partir do Linux, as aplicações de Android são separadas umas das outras e têm diferentes configurações de permissões, assim o utilizador sabe da “ameaça” que a aplicação pode ser ao instalá- la;
  • 36. Vantagens Introdução aos sistemas operativos-Android 36 -> Custo: -> Dada a sua diversidade e à concorrência presente no mercado, as operadoras móveis oferecem produtos com preços bastante mais baixos;
  • 37. Desvantagens Introdução aos sistemas operativos-Android 37 ->Aplicações ->Aplicações pagas mais caras que em outras lojas; ->Muitas aplicações maliciosas na Google Play Store; ->Aplicações funcionam para alguns aparelhos e para outros não;
  • 38. Desvantagens Introdução aos sistemas operativos-Android 38 ->Hardware: -> Difícil especificar ou generalizar a velocidade e funcionalidade do sistema operativo; ->Algum hardware com falhas de atualização do sistema operativo;
  • 39. Desvantagens Introdução aos sistemas operativos-Android 39 ->Sistema operativo: ->Devido a ser uma plataforma com o código aberto, torna-se por vezes bastante vulnerável; ->Para atualização do Android é preciso contar com o aviso das próprias empresas que disponibilizam os smartphones;
  • 40. Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 40 -> Uma aplicação é um programa que tem por objetivo ajudar o sistema operativo e por consequente o utilizador a desempenhar uma tarefa específica, geralmente ligada ao processamento de dados. -> Estes são programas de alto nível, porque ao contrário dos programas de baixo nível como os Sistemas Operativos, estes não interagem diretamente com o hardware da máquina.
  • 41. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 41 ->Dropbox: Serviço de armazenamento baseado em Cloud. Este serviço oferece, por exemplo, a possibilidade de termos a nossa informação acessível e sincronizada, em vários dispositivos.
  • 42. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 42 ->TMN Drive: É uma aplicação de navegação para smartphones, com acesso a milhares de pontos de interesse e mapas de Portugal gratuitos.
  • 43. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 43 ->Titanium Backup: Esta aplicação permite backups muito completos das aplicações e dos seus dados.
  • 44. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 44 ->ES File Explorer: É um gestor de ficheiros bastante completo, que disponibiliza um conjunto de funcionalidades bastante úteis.
  • 45. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 45 ->Aviate: Esta aplicação cria uma homescreen inteligente, que ordena as aplicações para que estas ofereçam a melhor informação a cada momento.
  • 46. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 46 ->Geekbench 3: Uma das aplicações mais populares para testes de performance, permite avaliar em separado cada core do dispositivo, mas também o CPU num todo.
  • 47. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 47 ->AirDroid 2: É uma aplicação gratuita que permite aos utilizadores que possuem um dispositivo Android controlar os mesmos em qualquer lugar, através de um browser.
  • 48. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 48 ->SwiftKey: Esta aplicação permite prever a próxima palavra enquanto os utilizadores escrevem através do recurso a inteligência artificial. Foi a aplicação paga mais descarregada de 2012.
  • 49. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 49 ->Teamviwer: Com esta ferramenta podemos aceder remotamente a qualquer máquina e “comandar” a mesma.
  • 50. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 50 ->Clean Master: Ferramenta de limpeza e otimização para smartphones Android.
  • 51. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 51 ->Kingsoft Office: Um editor de documentos para android desenvolvido pela empresa chinesa Kingsoft. Para muitos um clone quase perfeito do Microsoft Office.
  • 52. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 52 ->Malwarebytes: Software anti-malware.
  • 53. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 53 ->Battery Doctor: Aplicação para gestão eficiente de bateria nos smartphones Android.
  • 54. Exemplos Aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 54 ->Keeppass2Android: Aplicação que armazena passwords de forma eficiente e segura.
  • 55. Widgets Android Introdução aos sistemas operativos-Android 55 ->Os Widgets são pequenos programas ou áreas, que podem ser animadas ou não, presentes na tela principal do dispositivo. Em alguns casos apresentam informações ou acesso a recursos do aparelho. ->A maior parte dos smartphones vem com Widgets instalados, especificamente criados pelos fabricantes tais como: pesquisa no Google; calendário; e-mails
  • 56. Widgets Android Introdução aos sistemas operativos-Android 56 ->É comum também encontrar pacotes de aplicações e Widgets, ou seja, quando faz o download de um aplicação automaticamente é instalado o respetivo Widget. ->De seguida vamos ver alguns exemplos de Widgets populares.
  • 57. Exemplos Widgets Android Introdução aos sistemas operativos-Android 57 ->Beautiful Widgets: Um dos mais conhecidos Widgets meteorológicos do mundo. Bastante personalizável.
  • 58. Exemplos Widgets Android Introdução aos sistemas operativos-Android 58 ->Circle Launcher: Caso tenha muitos Widgets no seu ecrã principal, esta aplicação permite que organize várias aplicações num icone só. Existe em versão gratuita e paga.
  • 59. Exemplos Widgets Android Introdução aos sistemas operativos-Android 59 ->Shazam: É uma ferramenta que reconhece o nome de músicas através do microfone do seu telemóvel.
  • 60. Exemplos Widgets Android Introdução aos sistemas operativos-Android 60 ->Audio Manager: Widget grátis que oferece utilizador controlo total sobre as saídas de som do dispositivo: alarme, alertas, toque de chamada, sistema, voz.
  • 61. Exemplos Widgets Android Introdução aos sistemas operativos-Android 61 ->Twiter: Widget da rede social que permite aos seus utilizadores trocarem mensagens instantâneas.
  • 62. Exemplos Widgets Android Introdução aos sistemas operativos-Android 62 ->Evernote: É uma aplicação que permite tirar notas de variadas formas tais como: voz, imagem e texto.
  • 63. Exemplos Widgets Android Introdução aos sistemas operativos-Android 63 ->Instituto de Meteorologia de Portugal: Permite aos utilizadores consultarem o estado do tempo em regiões específicas do país.
  • 64. Exemplos Widgets Android Introdução aos sistemas operativos-Android 64 ->PSNLs Widget de futebol em direto: Resultados e novidades do mundo do futebol em tempo real.
  • 65. Exemplos Widgets Android Introdução aos sistemas operativos-Android 65 ->Facebook: Widget da aplicação social que permite aos utilizadores publicar conteúdo nos perfis e trocar mensagens instantâneas.
  • 66. Máquina Virtual Dalvik Introdução aos sistemas operativos-Android 66 -> A Máquina Virtual Dalvik é uma máquina virtual baseada em registadores, projetada e escrita por Dan Bornstein e alguns engenheiros da Google como parte da plataforma Android para telefones e smartphones. -> É concebida para requerer pouca memória e desenhada para que possam ocorrer na máquina virtual múltiplos processos ao mesmo tempo. O gerenciamento de memória, o isolamentos de processos e o suporte threading fica ma cargo do CPU.
  • 67. Máquina Virtual Dalvik Introdução aos sistemas operativos-Android 67 -> Ao contrário da Máquina Virtual Java, esta não opera em código bytecode, transforma antes os arquivos .class compilados por uma MVJ em arquivos .dex através da ferramenta dx, incluída no android SDK. Este tipo de ficheiro reduz o tamanho do arquivo e é desenhado para otimizar o compartilhamento de dados.
  • 68. Máquina Virtual Dalvik Introdução aos sistemas operativos-Android 68 ->Hierarquia da compilação e interpretação de ficheiros.
  • 69. ART Introdução aos sistemas operativos-Android 69 -> O ART permite uma compilação Ahead-of-Time, que significa que o bytecode é pré-compilado em linguagem máquina no momento da sua instalação, isto explica o porquê das aplicações que são instaladas sobre o funcionamento deste runtime levarem mais tempo a instalar e menos a executar. -> A versão Android Kikkat 4.4 oferece aos utilizadores a possibilidade des optarem por um dos dois ambientes
  • 70. ART Introdução aos sistemas operativos-Android 70 -> A substituição da Dalvik pelo Art na próxima versão Android 4.5 é bastante provável, dadas as vantagens a nível de eficiência do mesmo. Estima-se que através da exploração de todos os recursos do Android Runtime, será possível construir um sistema operacional numa arquitetura de 64 bits.
  • 71. Hardware - Smartphones Introdução aos sistemas operativos-Android 71 -> O plataforma Android é hoje a mais bem- sucedida no que diz respeito ao mercado dos smartphones. A relação qualidade/preço e as diversas funcionalidades oferecidas explicam sua a evolução. -> De seguida vamos ver alguns exemplos dos melhores smartphones comercializados em Portugal no ano de 2013.
  • 72. Exemplos Smartphones Android Introdução aos sistemas operativos-Android 72 Nexus 5. Primeiro smartphone com o sistema operativo Android Kitkat 4.4. Características Técnicas: ->Sistema Operativo: Android 4.4 KitKat ->CPU: Quad-Core Cortex- A15 2.3 Ghz Krait 400 Display: 4.95” 1920x1080 pixeis Full HD ->RAM: 2 GB ->Câmara: -Frontal: 1.2 Mpx -Traseira: 8 Mpx ->Memória armazenamento: 16/32GB
  • 73. Exemplos Smartphones Android Introdução aos sistemas operativos-Android 73 Galaxy Note 3. Chegou às 10 milhões de unidades vendidas no inicio de Dezembro de 2013. Características Técnicas: ->Sistema Operativo: Android 4.3 Jelly Bean ->CPU: Quad-Core Qualcomm Snapdragon 800 2.3 Ghz ->Display: Full HD Super AMOLED; 1920x1080 pixeis; 5.7 poelgadas ->RAM: 3 GB ->Câmara: -Frontal: 2 Mpx -Traseira: 13 Mpx
  • 74. Introdução aos sistemas operativos-Android 74 LG G2. Topo de gama, primeiro na série G, ilustra a aposta cada vez maior dos fabricantes na ideia de não haver botões nos smartphones. Características técnicas: ->Sistema Operativo: Android 4.4 KitKat ->CPU: Quad-Core Qualcomm Snapdragon 800 2.26 Ghz ->Display: Full HD IPS; 5.2 polegadas; 1920x1080 pixeis; ->RAM: 2 GB LPDDR3 800MHz ->Câmara: -Frontal: 2.1 Mpx -Traseira: 13 Mpx Exemplos Smartphones Android
  • 75. Hardware - Tablets Introdução aos sistemas operativos-Android 75 -> Como não podia deixar de ser, a implementação deste sistema operativo num mercado tão abrangente como o das tablets emergiu em produtos acessíveis e de bastante sucesso. -> Nos próximos tablets vamos ver exemplos de alguns dos tablets com mais sucesso no mercado português no ano de 2013.
  • 76. Introdução aos sistemas operativos-Android 76 Google Nexus 7. É mais fino, mais leve e mais fácil de usar do que o seu homólogo anterior. Características técnicas: ->Processador: NVIDIA tegra 3 quad-core ->Memória RAM: 1GB ->Dimensão Ecrã: 7 polegadas ->Sistema Operativo: Android 4.2 Jelly Bean ->Placa Gráfica: GeForce ULP GPU ->Câmara: 1.2 Mp Exemplos Tablets Android
  • 77. Introdução aos sistemas operativos-Android 77 Samsung Galaxy Tab 3. Desenhado para ser usado com apenas uma mão, permite uma utilização excecional para todos. Caracteristicas técnicas: ->Processador: 1.5 GHz Dual Core ->Memória RAM: 1.5GB ->Sistema Operativo: Android 4.3 Jelly Bean ->Dimensão Ecrã: 8 polegadas 1280x800 pixeis ->Câmara: 3.15 Mp Exemplos Tablets Android
  • 78. Introdução aos sistemas operativos-Android 78 Asus Transforme Pad Infinity TF700. Ideal para reprodução de conteúdos multimédia, este equipamento tem um design fantástico e é um dos que tem melhor performance e qualidade na apresentação de conteúdos. Especificações técnicas: Caracteristicas técnicas: ->Processador: NVIDIA Tegra quad-core 1.6 GHz ->Memória RAM: 1GB ->Sistema Operativo: Android 4.0 Ice Cream Sandwich ->Dimensão Ecrã: 10.1 polegadas ->Câmara: 2 Mp Exemplos Tablets Android
  • 79. Desenvolvimento de aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 79 O sistema operativo Android dá vida a milhões de dispositivos em mais de 190 países espalhados pelo mundo. É a maior plataforma móvel instalada em aparelhos no mundo e continua a evoluir todos os dias. Por consequente, este sistema operativo oferece uma plataforma de classe mundial para a criação de aplicações e jogos para utilizadores Android, desde que exista uma mercado aberto preparado para os distribuir.
  • 80. Desenvolvimento de aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 80 Google Play é o mercado de topo para vender e distribuir estes produtos. Quando se publica uma aplicação na Google Play chega-se ao patamar mais alto na plataforma desenvolvimento Android. Como mercado aberto o Google Play deixa os seus desenvolvedores no controlo da forma como vendem os seus produtos, podem publicar quando quiserem, com a frequência que quiserem e para os clientes que quiserem.
  • 81. Desenvolvimento de aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 81 Android SDK ->Esta ferramenta grátis disponibilizada pela Google para os desenvolvedores de aplicações Android oferece todas as ferramentas necessárias para construir, testar, corrigir erros em aplicações para Android.
  • 82. Desenvolvimento de aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 82 Android SDK ->Para todos aqueles que são novos nesta plataforma recomenda-se a utilização deste kit de desenvolvimento disponível para download no site oficial da empresa Android: http://developer.android.com/sdk/index.html
  • 83. Desenvolvimento de aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 83 ADK ->Android Developer Tools, em português, Ferramentas de Desenvolvedor para Android, contem tudo o que é necessário para começar a desenvolver aplicações, ainda inclui uma versão do Eclipse IDE com a ferramenta ADT construída de fábrica.
  • 84. Desenvolvimento de aplicações Android Introdução aos sistemas operativos-Android 84 ADK ->Aqui fica um resumo dos passos necessários para criar uma aplicação Android: -Fazer o download e instalar o Android SDK -Fazer o download e instalar a última versão do Android Developer Tools (ADT)
  • 85. Customização Introdução aos sistemas operativos-Android 85 Uma das principais características do sistema operativo Android é a sua capacidade de customização, sendo este um dos fatores principais para a sua grande popularidade. Existem milhares de maneiras para personalizar o Android, indo de simples modificações, como a alteração do wallpaper até a substituição completa do ambiente gráfico e modificações extensas ao funcionamento interno do sistema.
  • 86. Modificação do Launcher padrão Introdução aos sistemas operativos-Android 86 ->Esta modificação permite alterar drasticamente o interface gráfico do android, existem centenas de launchers, pagos e gratuitos, disponíveis para download na loja de aplicações PlayStore. ->Esta é uma das modificações mais comuns, sendo que algumas conseguem ate copiar com alguma exactidão interfaces utilizados noutros sistemas operativos como iOS e Windows Phone.
  • 87. Modificação do Launcher padrão 87 ->Normalmente adicionam funções que o laucher padrão não apresenta, como maior customização e o uso de temas. Existem também lauchers dedicados a tornar o sistema mais rápido, removendo recursos para se tornarem mais leves, apesar de terem menos opções são uma boa solução para dispositivos mais desactualizados.
  • 88. Exemplos Launcher padrão 88 Nova Launcher
  • 89. Exemplos Launcher padrão 89 Apex Launcher
  • 90. Exemplos Launcher padrão 90 Spb Shell (3d) http://www.youtube.com/watch?v=hVU84J1ShSQ
  • 91. Acesso Root o que é? 91 Também chamado de Super Administrador, permite o acesso a raiz do seu Android, por outras palavras é ter acesso a todas as configurações que vem bloqueado de fabrica. Os sistemas operacionais modernos, herança de sistemas Unix da década de 1970, tem níveis de permissões para acessos controlados, que impedem que pessoas não autorizadas modifiquem ou apague os ficheiros que constituem o sistema operacional.
  • 92. Vantagens do acesso root 92 ->A grande duvida para os utilizadores que ouvem falar em “Root” é entender porque isso é importante. ->Muitas aplicações presentes na PlayStore apenas mostram o seu total potencial quando o acesso root lhes é permitido. Um aplicativo “não” conversa diretamente com o Linux, mas sim com a Dalvik que repassa as instruções para o Linux para ativar alguma função de hardware do dispositivo. ->Aplicações que requerem acesso root possuem funções estendidas que não podem ser satisfeitas pela maquina Dalvik, de modo que é necessário fazer as requisições diretamente ao Linux, sobrepondo-se a Dali.
  • 93. Vantagens do acesso root 93 ->A vantagem esta em usar toda a flexibilidade dos sistemas linux, conseguindo um maior controle sobre o dispositivo e seu comportamento. ->Com um Android roteada podemos mudar imensos aspetos de configurações impostas pelo fabricante, é possível alterar o clock de funcionamento do CPU e também adicionar ou modificar diferentes esquemas de gerenciamento de memoria, com isto é possível baixar os níveis de consumo de bateria aumentando no entanto o performance geral do dispositivo.
  • 94. Vantagens do acesso root 94 Ultimas atualizações ->Este é um dos principais motivos para fazer root, com as constantes atualizações do Android é frequente ter-se um dispositivo com uma versão Android mais atrasada no qual o fabricante do dispositivo já abandonou o suporte de atualizações. ->Mas sendo a comunidade Android tao versátil é possível conseguir versões mais atualizadas para os nossos dispositivos desenvolvidas por programadores independentes. Isto permite dar uma nova vida a dispositivos antigos.
  • 95. Vantagens do acesso root 95 Ultimas atualizações ->Removendo skins impostas pelos fabricantes. Os fabricantes de dispositivos normalmente modificam o skin padrão do Android, isto é, fazem alterações ao ambiente gráfico padrão do Android, isto nem sempre é bem aceite pelos utilizadores. Temos o exemplo do “Sense” da HTC e o “Touchwiz “da Samsung. ->Existem varias desvantagens nisso, para alem de atrasarem as atualizações podem também tornar o dispositivo mais lento e menos seguro.
  • 96. Desvantagens do acesso root 96 ->Uma das desvantagens de se ter root tem mais a ver com o utilizador descuidado que pode apagar ou modificar coisas que não deve e com isto tornar o sistema inoperável. ->Outra das desvantagens é que fica aberta a porta a que aplicativos maliciosos instalem rootkits ou abram brechas no sistema propositadamente tornando o Android vulnerável a ataques. ->No entanto cada aplicativo que requisite acesso root ao sistema é avisado por um aplicativo, de nome SuperSu, que faz o gerenciamento da autorização, a semelhança do que acontece nos sistemas Linux, sendo que todas as autorizações possam ser revogadas quando achar necessário.
  • 97. Como fazer ROOT do aparelho? Introdução aos sistemas operativos-Android 97 -> Os passos para realizar este procedimento requer que o sistema operacional do seu computador esteja a reconhecer o telemóvel no qual queremos realizar o root, para isso o dispositivo deve estar conectado ao computador e devem estar instaladas todas as drivers disponíveis, estas podem normalmente ser transferidas do site do fabricante do dispositivo.
  • 98. Como fazer root do aparelho? Introdução aos sistemas operativos-Android 98 -> 1º passo No seu dispositivo android deveremos activar a opção “Depuração USB” nas opções de desenvolvedores. Este é um passo essencial. Nas versões 2.0 ate a 2.3 devemos aceder a “Aplicativos>Desenvolvimento” e marcar a caixa Depuração USB, também por garantia devemos marcar a caixa “Fontes Desconhecidas” no menu “Aplicativos” ->Para dispositivos até a versão 2.3 a maneira mais fácil para adquirir o root é usando o SuperOneClick, basta conectar o dispositivo ao computador, correr o aplicativo e de seguida carregar no botão “ROOT”. Todo o processo apartir daqui é automático. Pode demorar de 5 a 10minutos, no final o dispositivo ira reiniciar. Se o processo terminar o dispositivo nao reiniciar, desconecte o cabo USB e reinicie manualmente.
  • 99. Como fazer root do aparelho? Introdução aos sistemas operativos-Android 99 -> Assim que reiniciar devemos aceder ao lista de aplicativos na qual devera aparecer uma nova aplicação com o ícone do Android com um olho a pirata. Este é o Superuser, o aplicativo responsável por gerenciar que tem ou não acesso aos recursos de superutilizador ou root. -> Após a instalação do root, a primeira coisa a se fazer é abrir o aplicativo do Google Play e verificar se o aplicativo de Superuser possui atualização, faça se tiver. Depois abra o aplicativo entre configurações e atualize o binário “su”.
  • 100. Como fazer root do aparelho? Introdução aos sistemas operativos-Android 100 E para as versões mais recentes do Android? A cada nova versão lançada pelo Google o processo de root fica mais difícil, no entanto existem geralmente soluções para quase todos os dispositivos. Uma pesquisa no Google de acordo com o dispositivo normalmente leva a uma solução.
  • 101. Instalação de uma nova ROM Introdução aos sistemas operativos-Android 101 ->Para podermos instalar uma versão do Android já previamente alterada (ROM) necessitamos primeiramente de ter acesso root, depois disto devemos passar ao passo de alteração de Recovery original para que permita esta função, normalmente a recovery que vem por defeito apenas permite limpar as definições pessoais do sistema, com a instalação de uma recovery modificada ficamos com acesso para efetuar todo o tipo de alterações a nossa rom com total segurança sem que isso mete em risco o funcionamento do nosso dispositivo.
  • 102. Instalação de uma nova ROM Introdução aos sistemas operativos-Android 102 ->Primeiramente vamos ter de encontrar uma versão da recovery apropriada para o nosso dispositivo, um pesquisa rápida no google normalmente leva no caminho certo. A recovery deve ter extenção “.img” A versão mais utilizada é a CMW (ClockWorkMod) ->O método mais comum de substituição da recovery que vem por defeito é através da instalação de um terminal semelhante ao encontrado no Linux. Para o efeito vamos usar o Terminal Emulator que pode ser transferido da PlayStore. Tal como o terminal no linux devemos primeiramente pedir acesso administrador “comando su” e de seguida correr o comando: flash_image recovery/local_de_destino/recovery.img
  • 103. Instalação de uma nova ROM Introdução aos sistemas operativos-Android 103 ->O próximo passo será fazer boot pela recovery, alguns dispositivos apresentam o menu “Reboot to Recovery” no menu desligar, outros no entanto não tem esta opção, temos então duas alternativas, ou conhecer a combinação de teclas a carregar quando se liga o dispositivo (normalmente ligar o dispositivo e manter pressionado o volume + e o botão desligar) ou então fazer a transferência da aplicação Quick Boot da PlayStore.
  • 104. Instalação de uma nova ROM Introdução aos sistemas operativos-Android 104 ->Depois de aceder-mos a recovery podemos agora “flashar” a nossa nova ROM, esta já deve ter sido previamente transferida para o cartão de memoria do dispositivo. As ROMs podem ser encontradas em diversos sitos, sendo o mais popular o www.xda-developers.com. A escolha da ROMs depende do gosto de cada um, sendo que algumas modificações incidem mais sobre a parte visual e outras mais sobre o performance geral do dispositivo. ->1º passo será efectuar os “3 Wipes”, “wipe data/factory reset”, “wipe cache partition” e entrar no menu “advanced” e fazer “wipe dalvik cache”. Ter em atenção que este procedimento irá apagar todo o conteúdo presente no seu dispositivo.
  • 105. Instalação de uma nova ROM Introdução aos sistemas operativos-Android 105 ->2º passo, entrar no menu “install zip from sdcard”, e depois entrar em “choose zip from sdcard”, agora deveremos seleccionar o ficheiro da ROM previamente transferida, esta deve ter uma extensão “.zip”, a ROM vai começar a ser instalada no dispositivo.
  • 106. Instalação de uma nova ROM Introdução aos sistemas operativos-Android 106 -> 3º e ultimo passo, assim que for apresentada a mensagem “Instalation Complete” podemos proceder ao reinicio do dispositivo, para isso voltamos ao menu anterior e carregamos em “Reboot system now”. -> O dispositivo ira reiniciar e entrar já com a nova rom instalada, normalmente o primeiro boot demora mais que o normal, estão a ser aplicados todos os scripts a ROM e a fazer as ultimas configurações para que possa iniciar.
  • 107. Conclusão Introdução aos sistemas operativos-Android 107 Após a realização deste trabalho constatamos que é notável o domínio desta plataforma no mercado móvel, o projecto Android e as empresas que o constituem estão em constante ascensão e evolução quer a nível tecnológico quer a nível económico. Portanto o céu é o limite para este sistema operativo que se apresenta cada vez mais como uma solução para as inovações tecnológicas que se avizinham.
  • 108. Bibliografia Introdução aos sistemas operativos-Android 108 http://www.tecnoinfobrasil.com/2011/11/como-surgiu-o-android.html http://web.esad.ipleiria.pt/PDMIII/3080403/index_1.html http://mob-core.com/pt/articles/410-istorija-android.html http://www.mestreandroid.com.br/versoes-android-conhecendo-cada-uma-delas/ http://www.tecmundo.com.br/android/14493-android-4-0-ice-cream-sandwich- lancamento-oficial.htm