Pastoral da Juventude
Regional NE 5 da CNBB
CIFA - 1ª Etapa
Santa Inês (MA), 12 a 15 de setembro de 2013.

PROCESSO DE EDU...
CONTEXTUALIZAÇÃO SOBRE
A ETAPA E MINI CURSO
História da PJ: situar-se no tempo;
Identidade e Papel do Assessor: situar-se ...
1 – REALIDADE JUVENIL

CULTURA

SOCIAL

TRANSMISSÃO CULTURAL

INSTITUIÇÕES EM CRISE: ESCOLA, FAMÍLIA, IGREJA
2 – PEDAGOGIA PASTORAL - abordagens
A PJ é uma proposta educativa e evangelizadora

A pedagogia pastoral, na perspectiva d...
2 – PEDAGOGIA PASTORAL - abordagens

A pessoa antes do processo

•Antes de pensar no processo, torna-se necessário pensar
...
2 – PEDAGOGIA PASTORAL - abordagens

Sensibilidade para solidariedade, meio ambiente,
PEDAGOGIA DE VALORES
descobrir como
...
3 – DISCÍPULOS DE EMAÚS

Duas comunidades vacilando na fé,
descrentes,
desanimadas...não percebendo a
presença
de Jesus en...
4. Processo de educação na fé
4. Processo de educação na fé

Etapas
PROCESSO
DE
EDUCAÇÃO
NA FÉ

DESCOBERTA DO GRUPO
DESCOBERTA DA COMUNIDADE
DESCOBERTA ...
4. Processo de educação na fé
DESCOBERTA DO GRUPO

O grupo proporciona ao jovem um ambiente de
segurança e de valorização ...
4. Processo de educação na fé
DESCOBERTA DA COMUNIDADE

Nesta etapa, trabalha-se a eclesiologia: o sentido de
pertença à I...
4. Processo de educação na fé
DESCOBERTA DO PROBLEMA SOCIAL

É momento de esticar mais o círculo. Rompe-se o
círculo da co...
4. Processo de educação na fé
DESCOBERTA DA ORGANIZAÇÃO

Ocorre quando os jovens vão além do seu grupo e
comunidade e ampl...
4. Processo de educação na fé
DESCOBERTA DAS CAUSAS

Agora o jovem já tem condições de dar outro passo
para abrir o horizo...
4. Processo de educação na fé
DESCOBERTA DA MILITÂNCIA

Os jovens nesta etapa se abrem para mais uma
dimensão da vida: a m...
4. Processo de educação na fé
DESCOBERTA DAS ETAPAS PERCORRIDAS

Esta última etapa é a fase da maturidade pedagógica.
Os j...
5. Outros apontamentos
Questões para reflexão:

O nosso encontro com o jovem/grupo deve
proporcionar:
1.Proporcionar a exp...
5. Bibliografia

ALBERICH, E. Catequese evangelizadora: Manual de catequética fundamental. (Adaptação para o Brasil e
Amér...
Fábio de Nazaré

+55 98 9615 3020
fabiodnazare@gmail.com

Facebook

Skype

Twiter




Lc 24:32
E disseram um ao outr...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Cifa 2013

247 views
146 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
247
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cifa 2013

  1. 1. Pastoral da Juventude Regional NE 5 da CNBB CIFA - 1ª Etapa Santa Inês (MA), 12 a 15 de setembro de 2013. PROCESSO DE EDUCAÇÃO NA FÉ Fábio de Nazaré fabiodnazare@gmail.com
  2. 2. CONTEXTUALIZAÇÃO SOBRE A ETAPA E MINI CURSO História da PJ: situar-se no tempo; Identidade e Papel do Assessor: situar-se no serviço Processo de Educação na fé: situar-se na missão; Realidade Juvenil: situar-se na ação
  3. 3. 1 – REALIDADE JUVENIL CULTURA SOCIAL TRANSMISSÃO CULTURAL INSTITUIÇÕES EM CRISE: ESCOLA, FAMÍLIA, IGREJA
  4. 4. 2 – PEDAGOGIA PASTORAL - abordagens A PJ é uma proposta educativa e evangelizadora A pedagogia pastoral, na perspectiva de educação na fé, deve se espelhar no próprio Deus, na relação que ele quis estabelecer com os homens. Objetivo da pedagogia pastoral é a evangelização
  5. 5. 2 – PEDAGOGIA PASTORAL - abordagens A pessoa antes do processo •Antes de pensar no processo, torna-se necessário pensar na pessoa que vai vivenciar o processo pedagógico: seus anseios, sua vid suas buscas, ambiente familiar....
  6. 6. 2 – PEDAGOGIA PASTORAL - abordagens Sensibilidade para solidariedade, meio ambiente, PEDAGOGIA DE VALORES descobrir como Vivem os jovens... Como se dá a relação dos jovens com Deus. PEDAGOGIA PARA COMUNICAÇÃO Não basta apenas descobrir valores, é necessário PEDAGOGIA PARA O para assumir as redeas de suas vidas: Prepará-los COMPROMISSO Discernir, tomar decisões, assumir consequencias. Incluir significa aceitar a pessoa como é. TODA PEDAGOGIA PARA INCLUSÃO UIR PESSOA! Existem muitas formas de exclusão e marginalização.
  7. 7. 3 – DISCÍPULOS DE EMAÚS Duas comunidades vacilando na fé, descrentes, desanimadas...não percebendo a presença de Jesus entre eles. PEDAGOGIA DE JESUS 1. Jesus se aproxima; 2. Caminha junto; 3. Cria um ambiente de fraternidade; 4. Jesus pergunta; 5. Os discípulos falam; 6. Jesus explica-lhes as escrituras; 7. Partilha: não ardia nossos.... Lc 24: 25-26 Então Jesus respondeu-lhes: Mas vocês não estão a ser sensatos! É assim tão difícil para vocês crer em tudo o que os profetas escreveram nas Escrituras?
  8. 8. 4. Processo de educação na fé
  9. 9. 4. Processo de educação na fé Etapas PROCESSO DE EDUCAÇÃO NA FÉ DESCOBERTA DO GRUPO DESCOBERTA DA COMUNIDADE DESCOBERTA DO PROBLEMA SOCIAL DESCOBERTA DA ORGANIZAÇÃO MAIS AMPLA DESCOBERTA DAS CAUSAS ESTRUTURAIS DESCOBERTA DA MILITANCIA DESCOBERTA DAS ETAPAS PERCORRIDAS
  10. 10. 4. Processo de educação na fé DESCOBERTA DO GRUPO O grupo proporciona ao jovem um ambiente de segurança e de valorização pessoal que faz menos dura sua inserção na sociedade e tem como resultado gratificante o fato de estar entre iguais". O grupo serve como ponto entre a família e um mundo que aparece, em muitos aspectos, como ameaçador. • • • Nucleação Iniciação Militância
  11. 11. 4. Processo de educação na fé DESCOBERTA DA COMUNIDADE Nesta etapa, trabalha-se a eclesiologia: o sentido de pertença à Igreja. Precisamos cultivar um sentido-depertença-à-Igreja da mesma maneira que pertencemos a uma família. Faz parte de nossa identidade de cristãos. • A fé supõe uma comunidade; • Comunidade-compromisso
  12. 12. 4. Processo de educação na fé DESCOBERTA DO PROBLEMA SOCIAL É momento de esticar mais o círculo. Rompe-se o círculo da comunidade e descobre-se outro mundo, o mundo que o cerca, menos agradável: a realidade social. • Sensibilidade para solidariedade; • Quem é meu proximo? • Visão crítica.
  13. 13. 4. Processo de educação na fé DESCOBERTA DA ORGANIZAÇÃO Ocorre quando os jovens vão além do seu grupo e comunidade e ampliam sua visão ao constatar que a juventude tem sua própria organização que é mais ampla do que seu grupo de base. Descobrem a "Pastoral da Juventude". Percebem que seu grupo não está isolado. • Jovens como protagonistas; • Jovens como evangelizadores.
  14. 14. 4. Processo de educação na fé DESCOBERTA DAS CAUSAS Agora o jovem já tem condições de dar outro passo para abrir o horizonte da sua visão do mundo. Esta etapa chama a atenção para uma das importantes tarefas da Pastoral da Juventude: a conscientização sobre o mundo em que vivem. Esta, talvez, seja a etapa mais crítica, mais difícil, mais complexa. • Perceber as estruturas; • Opção pelos pobres; • Consciência politica.
  15. 15. 4. Processo de educação na fé DESCOBERTA DA MILITÂNCIA Os jovens nesta etapa se abrem para mais uma dimensão da vida: a militância e o compromisso. É o momento de dizer sim ao chamado do Senhor: "Vem e Segue-me" (Mt 19, 21) e "Vão por todo o mundo, anunciem a Boa Notícia a toda criatura" (Mc 16, 16). • Opção vocacional; • Projeto de vida.
  16. 16. 4. Processo de educação na fé DESCOBERTA DAS ETAPAS PERCORRIDAS Esta última etapa é a fase da maturidade pedagógica. Os jovens e assessores que chegam a esta etapa são mais realistas e menos vanguardistas. Têm capacidade para trabalhar com iniciantes, sem queimar etapas. Sabem distinguir entre a consciênciadesejada e a consciência-possível. • Maturidade pedagógica; • Consciência-desejada e a consciência possível;
  17. 17. 5. Outros apontamentos Questões para reflexão: O nosso encontro com o jovem/grupo deve proporcionar: 1.Proporcionar a experiência de comunidade, de grupo; 2.Provocar o contato com Deus – colocar Deus no centro da vida; 3.Favorecer a comunidade de fé; 4.Que o jovem seja uma incidência fecunda na sociedade – nossa missão.
  18. 18. 5. Bibliografia ALBERICH, E. Catequese evangelizadora: Manual de catequética fundamental. (Adaptação para o Brasil e América Latina: Luiz Alves de Lima). São Paulo: Salesiana, 2004. BORAN, Jorge, C.S.Sp. O futuro tem nome: juventude: sugestões e práticas para trabalhar com jovens. São Paulo: Paulinas, 1994. P. RICCARDO TONELLI. Universidad Pontificia Salesiana (Roma). LA FORMACIÓN DE LOS JÓVENES ASPECTO PEDAGÓGICO. EDUCAR A LOS JÓVENES A LA FE EN UN TIEMPO COMPLEJO PROBLEMAS Y PERSPECTIVAS Aránzazu Aguado. Especialista en ciencias de la Educación Hilário Dick, sj. CAMINHO DA EDUCAÇÃO E AMADURECIMENTO NA FÉ Mística do Processo de Educação na Fé.
  19. 19. Fábio de Nazaré  +55 98 9615 3020 fabiodnazare@gmail.com  Facebook  Skype  Twiter   Lc 24:32 E disseram um ao outro: não ardia em nós o nosso coração quando ele nos falava no caminho e nos explicava as Escrituras?

×