Your SlideShare is downloading. ×
Todos resumos
Todos resumos
Todos resumos
Todos resumos
Todos resumos
Todos resumos
Todos resumos
Todos resumos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Todos resumos

74

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
74
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Guerra de Secessão O que foi: foi um conflito entre o Norte e o Sul dos EUA para determinar o destino do país. Norte: recebia muitos imigrantes que se tornou mão de obra para as indústrias que vinham se expandindo. Logo os investimentos se transformaram em uma grande industrialização que resultaram em um enorme crescimento econômico da região. O poder recebido pela burguesia industrial se converteu em representatividade politica e disputa por interesses. Sul: se desenvolvia no sistema tradicional de produção baseada em grandes propriedades e com mão de obra escrava. Disputa: os interesses da burguesia industrial do norte entraram em choque com os interesses da aristocracia agraria da região sul do país, gerando grandes tensões politicas. Houve uma fragmentação do país, já que 15 de 24 estados ainda praticavam a escravidão como forma legal. No dia 12 de abril de 1861, as forças armadas atacaram o Fort Sumter, posto militar dos estados do norte. Seria o estopim para o inicio efetivo da guerra. Foi chamada de guerra de secessão porque 11 estados do sul entraram em conflito armado com o norte. Defendiam: os sulistas defendiam interesses aristocráticos, latifundiários e escravistas (baseavam-se na economia da região). Os nortistas já desenvolvidos tinham certa capacidade industrial e não precisavam de mão de obra escrava para seu crescimento econômico. Essa disputa seria de grande importância para decidir valores econômicos do país.
  • 2. Final: em 28 de junho de 1865 quando as tropas do sul assinaram a rendição. Com isso, a força da região norte já desenvolvida foi mostrada, e o país teve a abolição total da escravidão e passaram a seguir os interesses econômicos da região dos nortistas, o que permitiu um enorme crescimento tecnológico e econômico e criou condições necessárias para que o pais assumisse uma posição de destaque na 1 Guerra mundial. http://www.infoescola.com/historia/guerra-de-secessao/
  • 3. Nafta O que é:O Nafta (North AmericaFree Trade Agreement), ou Tratado Norte-Americano de Livre Comércio, foi criado em 1993 e teve início a partir de um acordo estabelecido entre três países da América do Norte: Estados Unidos, México e Canadá. A partir desse acordo foi implantado o livre comércio entre as nações integrantes. Um dos principais motivos da criação desse bloco econômico foi fazer frente à União Europeia, tendo em vista que essa tem alcançado um grande êxito no cenário mundial. Desnível econômico entre eles: EUA é a maior economia mundial. O Canadá apesar de desenvolvido, ainda depende muito dos EUA em sua economia. E o México é considerado uma economia emergente, foi convidado para o Nafta, por seus habitantes consumirem muitos produtos do Canadá e dos EUA, além de ter uma grande jazida de petróleo e mão de obra barata. Empresas foram introduzidas no México na tentativa de diminuir a entrada ilegal de imigrantes para os EUA (funcionou). O Chile foi convidado para fazer parte do tratado em 1994 Resultado: o fluxo de mercadorias no Nafta cresceu cerca de 150% na ultima década, fazendo com que o México elevasse seu crescimento econômico e conseguisse uma posição entre as 15 maiores economias do planeta. Os EUA ainda pretende expandir o Nafta para um Megabloco entre países que possuem uma economia forte em relação a países subdesenvolvidos.
  • 4. Empresas Maquiladoras Maquiladoras são empresas que importam peças e componentes de suas matrizes estrangeiras para que os produtos sejam manufaturados (montados) - em geral, por trabalhadores que ganham um salário inferior ao daqueles que trabalham nas matrizes - para depois exportar o produto final para o país de origem da empresa ou para outros países em que o produto seja competitivo. Expansão dos EUA: A primeira e a segunda Guerra Mundial consolidaram a hegemonia econômica e militar dos EUA, que foi o grande fornecedor de recursos financeiros de produtos para váriospaíses da Europa Ocidental.
  • 5. Guerra Fria: Inicio: Após a Segunda Guerra Mundial (1945). O que foi: é a designação atribuída ao período histórico de disputas estratégicas e conflitos indiretos entre os EUA e a União Soviética, disputando a hegemonia politica, econômica e militar do mundo.A União Soviética buscava a implantação do socialismo em outros países para expandir a igualdade social baseado na economia planificada – Partido Comunista – e falta de democracia. Os EUA defendia o Capitalismo baseado na economia de mercado, sistema democrático e propriedade privada. O que aconteceu: Essa bipolarização gerava tensão permanente entre os dois países. O que alimentou uma poderosa indústria bélica, em ambos os países, inclusive de arsenais nucleares. Final: A queda do muro de Berlim (ato simbólico que decretou o encerramento de décadas de disputas econômicas, ideológicas e militares entre os blocos capitalistas e socialistas) e com a reunificação da Alemanha, o clima de tensão foi amenizado pondo uma nova ordem à força bélica e econômica.
  • 6. Porque o nome Guerra Fria? É chamada de “Fria” porque não houve nenhum combate físico embora todos temessem o combate entre as duas potências (EUA e União Soviética) com armamentos nucleares.
  • 7. Doutrina Bush Foi uma estratégia de segurança adotada pelos EUA na qual defendiam o direito de sua defesa de maneira preventiva e antecipada. Por trás disso estava o interesse dos EUA em ampliar sua presença no centro sul asiático. Guerra do Iraque Os EUA acreditava que o Iraque apresentava um risco à segurança mundial, pois eles desenvolviam armas de destruição em massa. E que Saddan mantinha contato com ligações terroristas. Com a pressão internacional, o Iraque permitiu a entrada dos inspetores da ONU para averiguação, os quais não encontraram nenhuma arma de destruição em massa. Apesar disso, em 2003 os EUA lideraram uma ofensiva militar contra o Iraque. Com a guerra e a ocupação do Iraque, a ação preventiva – do governo Bush – passou por cima da ONU e da própria OTAN. Os norte americanos usaram seu poderio militar para favorecerem empresas nacionais do setor petrolífero e ampliar sua influencia no Oriente Médio.
  • 8. Ataque às torres Gêmeas O ataque às torres gêmeas em 2001 foi principalmente por ser um símbolo do poder norte americano além de ter milhares de pessoas nele. Foi atacada por Osama Bin Ladem pela rede Al-Qaeda (rede de terroristas do Afeganistão).

×