EBD
                         São Paulo, 02 de Agosto de 2009.


                                Aula 03
         Jovens

 ...
Índice &                                                    São Paulo, 02 de Agosto de 2009.



           Objetivos
     ...
Introdução                                  São Paulo, 02 de Agosto de 2009.



       Adoração x Amor
                   ...
Cont.                                      São Paulo, 02 de Agosto de 2009.



       Adoração x Amor
                    ...
Ponto I                                     São Paulo, 02 de Agosto de 2009.



       Amor de Todo Coração
              ...
Cont.                                         São Paulo, 02 de Agosto de 2009.



       Amor de Todo Coração
            ...
Cont.                                      São Paulo, 02 de Agosto de 2009.



       Amor de Todo Coração
               ...
Cont.                                         São Paulo, 02 de Agosto de 2009.



         Amor de Todo Coração
          ...
Ponto II                                      São Paulo, 02 de Agosto de 2009.



       Amor com Toda a Mente
           ...
Cont.                                     São Paulo, 02 de Agosto de 2009.



       Amor com Toda a Mente
               ...
Ponto III                                      São Paulo, 02 de Agosto de 2009.



       Amor com Toda Força
            ...
Conclusão                                    São Paulo, 02 de Agosto de 2009.


                                          ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Adoração - Aula 3 - A Essencia da Adoração

5,501 views

Published on

Published in: Spiritual
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,501
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
197
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Adoração - Aula 3 - A Essencia da Adoração

  1. 1. EBD São Paulo, 02 de Agosto de 2009. Aula 03 Jovens A Essência da Adoração a Texto Biblico Versiculo Chave Mc. 12.28-31 Mc. 12.30
  2. 2. Índice & São Paulo, 02 de Agosto de 2009. Objetivos Aula 03 Indice •Introdução Adoração x Amor •Ponto I Amor de Todo Coração •Ponto II Amor com Toda a Mente •Ponto III Amor com Toda Força •Conclusão Resumo e Exercícios Objetivos Entender: - Que a verdadeira adoração envolve, corpo, mente, alma e coração. - Que a verdadeira adoração envolve amor integral. - Que a verdadeira adoração requer esforço.
  3. 3. Introdução São Paulo, 02 de Agosto de 2009. Adoração x Amor Aula 03 - Nas mais variadas formas de culto, haverá um sine qua non na adoração? - O que você acha que seria esta condição imprescindível? O AMOR - Dt. 6. 4,5 – O primeiro mandamento era um amor sem limites. - Mc.12.30 – Jesus ressaltou séculos depois que um dos maiores mandamentos da lei era amar a Deus sem limites. - Uma adoração que não expresse ou não aumente o nosso amor por Deus sempre será falha. - A essência da adoração é o AMOR.
  4. 4. Cont. São Paulo, 02 de Agosto de 2009. Adoração x Amor Aula 03 - Amar nossos familiares e amigos é mais fácil de se entender ou expressar. Porém, como amar um Deus que ninguém jamais viu? Como ter intimidade e amizade, sendo nós pecadores, e sendo Deus espírito e santo? É sobre isto que discutiremos na aula de hoje!
  5. 5. Ponto I São Paulo, 02 de Agosto de 2009. Amor de Todo Coração Aula 03 - Para um hebreu o coração (Lēb) era o centro da vida espiritual e intelectual. A alma (nepes) era o centro dos sentimentos e vontades.Porém tudo isto emanava do coração. O coração representava o homem interior como um todo. Alegria Compreensão Emoção Intelecto Pesar Conhecimento Tranqüilidade Raciocínio Ansiedade Lembranças
  6. 6. Cont. São Paulo, 02 de Agosto de 2009. Amor de Todo Coração Aula 03 - Deus desejava que o homem o amasse de todo o coração: com o seu intelecto e as suas emoções. emoções Evidentemente para amar a Deus, precisamos: 1) Crer que Ele se revelou através das palavras por Ele inspiradas. 2) Crer que esta revelação não é apenas através de conceitos comunicáveis por linguagem humana, mas inclui: a) Os atos de Deus que evidenciam seu amor para aqueles que ignoram e negligenciam o profundo interesse que Ele tem; b) A convicção que Ele cria em nossos corações; Isto tudo resulta no reconhecimento do testemunho do Espírito, “que testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”. Rm. 8.16
  7. 7. Cont. São Paulo, 02 de Agosto de 2009. Amor de Todo Coração Aula 03 - Enquanto Deus se revela a nós no intimo do nosso coração através da palavra lida, pelo reconhecimento de sua ação no mundo e pela comunicação do seu espírito que habita em nós, nossa resposta de adoração aprofunda mais nosso amor. Nós adoramos o que conhecemos! (Jo. 4.21) “Uma História de Amor” - O amor é um sentimento aprendido e que progride com o tempo. O adorador talvez à principio tenha a adoração com um sentimento de obrigação, mas a medida que o conhecimento de Deus aumenta, o amor se amplifica até que de todo o coração se concentre na beleza de Deus. “Ó Deus tu és o meu Deus forte, eu te busco ansiosamente; a minha alma tem sede de ti” Sl. 63.1
  8. 8. Cont. São Paulo, 02 de Agosto de 2009. Amor de Todo Coração Aula 03 - Deus deseja se relacionar conosco. O evangelho não é apenas uma posição doutrinaria, mas é um relacionamento com Deus. “Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada”. Jo. 14.23 “Nós o amamos porque Ele nos amou primeiro”. I Jo 4.19 “Cada individuo dá seu coração àquilo que considera de máxima importância, e esta lealdade determina a direção e o conteúdo da sua vida”. Robert E. Coleman – Songs of Heaven. - Só devemos estar satisfeitos com a nossa adoração se esta expressa o nosso amor verdadeiro por Deus. - Certamente nosso amor nunca será um amor perfeito a altura do amor de Deus - quando Jesus pergunta a Pedro “Me amas mais que a estes?” ele estava se referindo ao amor agapos (amor sacrificial) em contraste com o amor da resposta de Pedro philõ (amor de amizade) - mas o nosso amor dever ser total.
  9. 9. Ponto II São Paulo, 02 de Agosto de 2009. Amor com Toda a Mente Aula 03 - O primeiro mandamento vai além de amor de todo coração e alma. Ele fala de um amor com o exercício da mente (dianoia) que é a capacidade de pensar e refletir religiosamente. - A Adoração deve ocupar a mente, envolver a meditação e a consciência do homem. Deve incluir e excluir valores que agradem a Deus. Sl. 19.14 - Um professor seminarista disse o seguinte: há dois elementos que motivam as pessoas a participarem de um culto: 1) Satisfação em se apresentarem diante de Deus (como quem bate o ponto na fábrica); 2) Satisfação do tipo “o culto me faz bem” (sentimento de culpa afastada pelo alivio) - Será que vamos a presença de Deus por medo de Deus ou por amor a Deus?
  10. 10. Cont. São Paulo, 02 de Agosto de 2009. Amor com Toda a Mente Aula 03 - Amar a Deus com entendimento é um desafio constante: Devemos buscar conhecer a Deus; Receber o seu amor que é derramado pelo seu espírito em nossos corações; Compreender que amados, perdoados e queridos por Deus - Isto tudo permitirá que a nossa adoração seja cada vez mais perfeita diante de Deus e sejamos achados como verdadeiros adoradores.
  11. 11. Ponto III São Paulo, 02 de Agosto de 2009. Amor com Toda Força Aula 03 - O mandamento também fala sobre amor com toda força (ischuos) que fala do corpo físico desenvolver sua capacidade e força de ação. - Força comunica gastar as energias físicas em atos de amor. - Mc. 10. 18-20 vemos a história do jovem rico: ele fazia tudo o que os mandamento mandavam, mas não conseguia consagrar a sua força a Deus – as riquezas aqui podem simbolizar a força utilizada para satisfazer unicamente as necessidades do corpo físico. - A adoração exige sacrifício e renuncia. Jesus diz em Lc. 14.26 que “se alguém vem a mim, aborreça a seu pai...” Frase das mais conhecidas, porém sua pratica das mais raras. - Em II Co 2.12-17, Paulo coloca em contexto a sua vida e de seus companheiros missionários como “um cheiro suave” em referencia ao cheiro do incenso queimado na adoração. O sacrifício do corpo físico em contraste com o ritual de adoração.
  12. 12. Conclusão São Paulo, 02 de Agosto de 2009. Aula 03 - A adoração sem amor pode até impressionar nosso próximo, porém não agradará a Deus. A essência da adoração é o amor que é prioritário no primeiro mandamento. - Ainda que a vontade, razão, mente e alma se refiram a aspectos separados de um individuo, elas são expressões de um todo. Não somos incumbidos a amar a Deus com partes especificas da nossa personalidade, mas com todo o nosso ser. - É importante observar que a palavra chave do primeiro mandamento é “todo”: com todo o coração, com toda a alma, com todo todo entendimento. - Ai está o verdadeiro desafio de alegrar a Deus através da nossa adoração.

×