Adoração - Aula 01 - Culto e Adoração
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Adoração - Aula 01 - Culto e Adoração

on

  • 8,858 views

Aula 1 - 3º Trimestre

Aula 1 - 3º Trimestre

Statistics

Views

Total Views
8,858
Views on SlideShare
8,848
Embed Views
10

Actions

Likes
4
Downloads
320
Comments
3

1 Embed 10

http://www.slideshare.net 10

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Adoração - Aula 01 - Culto e Adoração Adoração - Aula 01 - Culto e Adoração Presentation Transcript

  • EBD São Paulo, 12 de Julho de 2009. Aula 01 Jovens O CULTO E A ADORAÇÃO a Texto Biblico Versiculo Chave FL. 3. 1-3 Sl. 34. 3
  • Índice & São Paulo, 12 de Julho de 2009. Objetivos Aula 01 Indice •Introdução O que é adoração? •Ponto I Que tipo de Culto Deus deseja? •Ponto II Conhecendo Estilos de Culto. •Ponto III Contextualizar o Culto à Cultura. Sim ou Não? •Conclusão Objetivos - Definir adoração; - Conhecer Estilos de Culto; - Discutir a contextualização do culto à cultura; - Entender qual o culto que Deus almeja
  • Introdução São Paulo, 12 de Julho de 2009. O que é Adoração. Aula 01 - Qualquer tentativa de definir adoração é falha. O significado da Adoração é algo muito relativo ao Adorador e em geral a descrição e a experiência são mais fáceis do que uma definição verbal. - Adoração na Bíblia está relacionada a entrega, a serviço e a reverencia (como veremos melhor na próxima aula). - “Worship” palavra inglesa correspondente a adoração, significa “valor reconhecido”. Adorar significaria assim, reconhecer o valor de Deus para o adorador. - “A resposta de celebração a tudo que Deus tem feito, está fazendo e promete fazer”. Adorar – 1) Render culto a divindade; 2) Venerar; 3) Amar exageradamente.
  • Ponto I São Paulo, 12 de Julho de 2009. Que tipo de culto Deus Deseja Aula 01 - O que significa cultuar? - Qual o objetivo de um culto: Adoração, evangelismo ou aprendizado? - Tudo o que acontece nos cultos é o ato de cultuar? Culto – 1) Pratica de adoração a uma divindade; 2) Pratica religiosa; 3) Veneração; Amor fervoroso. - Seguindo uma tendência lógica o culto e a adoração são de fato uma coisa só, com função de fazer com que cada pessoa encontre Deus de forma real e pessoal e possa adora-lo. - Porém qualquer culto falhará se não tivermos o cuidado de analisar o que Deus espera de nós enquanto cristãos.
  • Cont. São Paulo, 12 de Julho de 2009. Que tipo de culto Deus Deseja Aula 01 João 4.23 – Os verdadeiros Adoradores; Fil.3.3 – Adoração oferecida no Espírito; - Ambos os textos estão contrastando a adoração verdadeira com o culto judaico/samaritano; - Ambos demonstram que os que querem adorar a Deus devem ter uma vida reta guardada do pecado; - O culto, mesmo que os ritos externos estejam completos, é falsa adoração se o adorador não o fizer por meio do espírito e em verdade; - Somente Deus e o adorador conhecem a motivação dos atos exteriores; O culto falha se o adorador não é verdadeiro;
  • Cont. São Paulo, 12 de Julho de 2009. Que tipo de culto Deus Deseja Aula 01 - A maneira que uma igreja adora, reflete sua teologia e o comprometimento de cada individuo; - A teologia inicial deve ser que o principal alvo do homem é adorar e alegrar-se em Deus (Ef. 1.12); A adoração falha se o culto concentra-se no homem e não em Deus; - Deus é perfeito em santidade (Mt. 5.48); - O criador e juiz do universo (Tg 4.12); - Os seres viventes constantemente dignificam a Deus (Ap. 4.9); A adoração falha se o culto não incentiva a reconhecer a dignidade de Deus e de Jesus Cristo, o cordeiro.
  • Cont. São Paulo, 12 de Julho de 2009. Que tipo de culto Deus Deseja Aula 01 O culto que Deus espera é aquele que: 1. É oferecido em santidade. 2. É concentrado e voltado para Ele. 3. Reconhece a sua dignidade de Deus. - Apesar de o AT ter uma definição clara e escrita de como devia ser a adoração, o novo testamento não traz em si nenhuma regra de adoração, estilo ou liturgia de culto. Observamos apenas em alguns trechos, como era o culto dos irmãos primitivos: adoravam através da oração (At.2.42); do canto (Cl.3.16); da leitura, pregação e ensino (I Tm.4.13); das ofertas (I Cor. 16.2); celebrando a ceia (I Cor. 11. 17 a 34) - Destas praticas destacamos cinco pontos:
  • Cont. São Paulo, 12 de Julho de 2009. Que tipo de culto Deus Deseja Aula 01 1. O propósito era adorar e glorificar a Deus, celebrando a dignidade de Deus revelada em Jesus; 2. O centro de tudo era Jesus – os cantos, a pregação, o ensino, a ceia relembrando seu sofrimento; 3. O Espírito Santo (parakletos) era quem inspirava cada uma das praticas nos primeiros cultos da nossa era; 4. Como resultado a igreja era edificada – a igreja de Jerusalém perseverava na doutrina e comunhão; os crentes de Éfeso falavam entre si com salmos, cânticos e hinos; 5. A igreja envolvia-se em todas estas praticas e o povo era admoestado a adorar a Deus.
  • Ponto II São Paulo, 12 de Julho de 2009. Conhecendo Estilos de Culto Aula 01 - Iremos destacar 05 tipos de estilo (liturgia) de culto para entendermos como a adoração é diversificada entre os cristãos. - Não é o objetivo identificar o estilo que é correto ou errado. “O silêncio do Novo Testamento sugere que devemos ser cuidadosos antes de descartar ou criticar negativamente o estilo de culto de outra pessoa”. Paul Basden Litúrgico – Tradicional – Avivado – Louvor&Adoração – Facilitador A divisão / catalogação está baseado no importante estudo de Paul Basden sobre estilos de adoração e cultos, e que foi publicado e amplamente discutido em dois livros: “Estilos de Louvor” Ed. Mundo Cristão e “Adoração ou Show” Editora Vida.
  • Cont. São Paulo, 12 de Julho de 2009. Conhecendo Estilos de Culto Aula 01 Culto Litúrgico Extremamente formal e tradicional, possui raízes na igreja primitiva e na igreja medieval – muito parecido com o culto católico romano; O clima reflete um equilíbrio entre contemplação e majestade. Estilo atuante mas com os dias contados. Exemplo de Igrejas – Anglicana; Armeniana; Metodistas; Episcopais Características – Musica: Organista dirige a igreja em musicas tradicionais; Sermão: Pastor segue um lecionário, são mais intelectuais e pouco emotivas; Sacramentos – Ceia é realizada semanalmente e batismos com menos freqüência; Outros Elementos: a igreja recita diversas confissões coletivas e orações durante o culto;
  • Cont. São Paulo, 12 de Julho de 2009. Conhecendo Estilos de Culto Aula 01 Culto Tradicional Menos formal que o litúrgico, segue uma ordem planejada e estruturada. Originou-se do litúrgico após o avivamento chamado das fronteiras, originado nos EUA na região dos montes apalaches. Exemplo de Igrejas – Batistas; Presbiterianas; Congregacional; Características – Musica: Hinos sacros, cantados por corais e solistas, acompanhados por piano; Sermão: Expositivo, temático, mais de cunho racional que emocional com apelo ao final para não- crentes; Sacramentos – Ceia é realizada mensalmente ou trimestralmente dependendo da tradição; Outros Elementos: formal, organizado e bem planejado, os cultos geralmente giram em torno de um tema pré-definido.
  • Cont. São Paulo, 12 de Julho de 2009. Conhecendo Estilos de Culto Aula 01 Culto Avivado Informais, geralmente planejado e estruturados, possuem exuberância, entusiasmo, pregação agressiva, e bastante foco no pecador. Exemplo de Igrejas – Assembléia; Renascer; OBPC; Características – Musica: Canto congregacional de musicas contemporâneas, grupos graduais, uso de PB e instrumentos variados. A musica em geral é o “aquecimento para o sermão; Sermão: Momento principal do culto, com característica evangelista Ordenanças – Ceia tem pouco importância é celebrada apenas 3 a 4 vezes ao ano¹, batismos freqüentes; ¹ Igrejas Americanas, principalmente. No Brasil, a ceia tem mais importância para as igrejas que optam pelo culto avivado e é realizada mensalmente.
  • Cont. São Paulo, 12 de Julho de 2009. Conhecendo Estilos de Culto Aula 01 Culto Louvor&Adoração Um culto vivo, informal, com muito som e atos exteriores desinibidos. Com tendências mais carismáticas, este estilo nasceu baseado no culto “negro”. Exemplo de Igrejas – Batistas; Com. Da Graça; Quadrangular; Características – Musica: Cânticos baseados em trechos bíblicos, de fácil assimilação, liderados por grupos de louvor e acompanhados por bandas; Sermão: Geralmente práticos, aplicando a necessidade da vida moderna, caminhando pelo terreno da auto-ajuda; Ordenanças – Ceia é realizada mensalmente, batismos com bastante freqüência; Outros Elementos: Geralmente os cultos seguem uma ordem temática. Diferem-se entre carismáticos (Universal, Mundial, Graça) e não-carismáticos (exemplos acima);
  • Cont. São Paulo, 12 de Julho de 2009. Conhecendo Estilos de Culto Aula 01 Culto Facilitador Culto de pré-evangelismo, direcionado a comunicar o evangelho as pessoas perdidas. Conhecidos (mais nos EUA) pelos incriveis sucessos das igrejas de Willow Creek (Chicago) de Bill Hybels igreja de Saddleback Valey (Califórnia) de Rick Warren. Exemplo de Igrejas – Alguma igrejas Batistas ICP; Características – Musica: Geralmente um único cântico contemporâneo texto bíblico musicado, seguem a linha de uma apresentação teatral; Sermão: Com apresentações elaboradas de peças teatrais, ajudam o pastor a introduzir conceitos do evangelho; Ordenanças – Nada de batismos ou ceia durante cultos facilitadores Outros Elementos: Em geral utiliza linguagem sem jargões cristãos. Durante a semana e em horários específicos possuem cultos “para os crentes” geralmente estilo louvor e adoração;
  • Ponto III São Paulo, 12 de Julho de 2009. Contextualizar o Culto? Aula 01 Contextualizar é inserir no culto elementos que combinem e satisfaçam com características de uma sociedade ou grupo especifico. Ex. Inserir instrumentos como “tambores” na música em uma igreja situada no nordeste. Ou permitir que membros e lideres assistam o culto e ministrem com roupas informais (camisetas, calças e bermudas) porque a igreja está localizada em uma praia. Discussão em Grupo - Nossos cultos são contextualizados ou padronizados? - É melhor cultos padronizados ou customizados a realidade? - Que exemplos de contextualização você poderia dar e que tipo de reação isto gerou nas pessoas – positiva ou negativa.