O surgimento do cristianismo

53,061 views

Published on

história
o surgimento do cristianismo

Published in: Education
2 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
53,061
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,929
Actions
Shares
0
Downloads
215
Comments
2
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Após a morte de Jesus, que teria ressuscitado, ele passou a ser chamado de Jesus Cristo )Cristo é messias em grego). As pessoas que passaram a seguir os ensinamentos de Jesus, passaram a ser conhecidos como os primeiros cristãos.
  • Aos poucos as comunidades cristãs foram crescendo
  • IGREJA CRISTÃ – HERANÇA DA ESTRUTURA IMPERIAL ROMANAESTRUTURA HIERÁRQUICADA
  • O surgimento do cristianismo

    1. 1. O SURGIMENTO DO CRISTIANISMO PROF. FABRÍCIO COLOMBO O cristianismo surgi na Judéia, chamada de Palestina pelos romanos. Nesse território viviam os descendentes dos hebreus (judeus) que desde 63 a.C., estava sob domínio romano. Os judeus acreditavam na vinda de um messias (enviado de Deus). Após a morte de Jesus, que teria ressuscitado, ele passou a ser chamado de Jesus Cristo )Cristo é messias em grego). As pessoas que passaram a seguir os ensinamentos de Jesus, passaram a ser conhecidos como os primeiros cristãos.
    2. 2. Gradativamente as ideias do cristãs foram se espalhando, principalmente para o Ocidente, sendo o grande responsável pela propagação do cristianismo, Paulo de Tarso. As comunidades foram se tornando maiores e mais complexas. Surgiram então pessoas especializadas na transmissão dos ensinamentos dos Evangelhos, os sacerdotes. A nova organização das comunidades dos seguidores de Jesus Cristo deu origem a Igreja Cristã. Inicialmente o cristianismo não era bem visto pelas autoridades romanas. Seus seguidores sofreram intensas perseguições e muitos foram condenados à morte nas arenas de Roma. Os motivos eram políticos – os cristão se recusam a aceitar a divindade do imperador romano.
    3. 3. A crise econômica e política levaram muitos romanos a buscar conforto nas explicações religiosas. Entre elas, destacavam-se as fornecidas pelo cristianismo, que pregava que os sofrimentos terrenos seriam recompensados após a morte e principalmente a ideia de que perante Deus todos os homens são iguais.
    4. 4. Após o Edito de Milão de 313, onde Constantino permitiu a liberdade de culto aos cristãos, a nova crença foi aos poucos assumindo funções e privilégios dentro do Estado romano, até que em 380, o imperador Teodósio transformou o cristianismo em religião oficial do Império Romano; e em, 391, proibiu qualquer outra religião dentro do império. IGREJA CRISTÃ – HERANÇA DA ESTRUTURA IMPERIAL ROMANAESTRUTURA HIERÁRQUICADA

    ×