Espelhos planos

5,112 views
5,064 views

Published on

rsgjszt

Published in: Entertainment & Humor, Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
5,112
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
87
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Espelhos planos

  1. 1. Reflexão da Luz Espelhos Planos
  2. 2. 1. Reflexão da Luz: 2. Elementos da Reflexão: RI: raio de luz incidente na superfície S; N: reta normal i: ângulo de incidência RR: raio de luz refletido pela superfície S r: ângulo de reflexão Reflexão é o fenômeno que consiste no fato de a Luz voltar a se propagar no meio de origem, após incidir na superfície de separação desse meio com outro. S RI N i RR r
  3. 3. 3. Leis da Reflexão: 1ª Lei da Reflexão: O raio incidente, a reta normal e o raio refletido são coplanares. 2ª Lei da Reflexão: A medida do ângulo de reflexão é igual à medida do ângulo de incidência. i = r
  4. 4. Observações: <ul><li>As leis da reflexão são válidas para quaisquer tipos de superfícies refletoras, planas ou curvas, pois a reflexão ocorre de maneira localizada em um único ponto. </li></ul><ul><li>As leis da reflexão não dependem da cor da luz, isto é, todas as cores sofrem reflexão exatamente da mesma forma. </li></ul>RI N i RR r
  5. 5. <ul><li>Os ângulos de incidência e de reflexão variam no intervalo que vai de 0º a 90º. </li></ul><ul><li>as leis da reflexão também são obedecidas em superfícies irregulares (Reflexão difusa). </li></ul>Incidência Rasante: N i = r = 90º N Incidência Normal: i = r = 0º
  6. 6. 4. Espelhos planos: <ul><li>é o mais simples e o primeiro dos diversos sistemas ópticos que estudaremos . </li></ul><ul><li>é o único sistema óptico que é sempre ESTIGMÁTICO ( as imagens são perfeitas) . </li></ul><ul><li>são, em geral, representados graficamente da seguinte forma: </li></ul>
  7. 7. 5. Formação de Imagens no Espelho Plano: a) Ponto material: r = i P’ i Obs.: Podemos simplificar essa construção da seguinte forma: b) Corpo Extenso: P d d d d P P’ A A’ B B’ C C’
  8. 8. 6. Características da imagem: <ul><li>Quanto a natureza: </li></ul><ul><li>Quanto a posição: </li></ul>Podemos dizer que a imagem formada por um espelho plano é SIMÉTRICA do objeto em relação ao plano do espelho. A Imagem conjugada por um Espelho Plano é sempre Virtual em relação ao Objeto Real.
  9. 9. <ul><li>Quanto a forma e tamanho: </li></ul>Mesma forma e tamanho do objeto. <ul><li>Quanto a orientação: </li></ul>Direita em relação ao objeto. <ul><li>ENANTIOMORFAS: </li></ul>O objeto e a imagem tem a mesma forma e tamanho mas não se encaixam por simples sobreposição.
  10. 10. FORMAÇÃO DE IMAGEM CORPO EXTENSO Objeto Imagem Reversa
  11. 12. Campo Visual 8. Campo Visual:
  12. 13. Exemplo 01: FGV/2007 A REALIDADE E A IMAGEM O arranha-céu sobe no ar puro lavado pela chuva E desce refletido na poça de lama do pátio. Entre a realidade e a imagem, no chão seco que as separa, Quatro pombas passeiam. (Manuel Bandeira)
  13. 14. 9. Translação de um Espelho Plano:  x + x + D = (x + d) + (x + d) 2x + D = 2x + 2d D = 2d d é o deslocamento do espelho D é o deslocamento da imagem Observação: V i = 2.V E V E é a velocidade do espelho V i é a velocidade da imagem Objeto x Imagem 1 x Objeto x d x + d Imagem 2 D
  14. 15. 10. Rotação de um Espelho Plano:  RR (antes) RR (depois)  = 2.     E (depois) O E (antes)
  15. 16. i' 1 = i’ 2  Número de divisões da circunferência (n) Como 90º é o ângulo  entre os espelhos, teremos:  Número (N) de imagens formadas 11. Associação de espelhos planos: E 1 E 2 O (objeto) E’ 2 i 1 E’ 1 i 2
  16. 18. Observações: <ul><ul><ul><li>Se (360º /  ) é um número par , o objeto pode estar colocado em qualquer posição entre os espelhos. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Se (360º /  ) é um número ímpar , para se obter N imagens o objeto deve estar sobre o plano bissetor do ângulo  . </li></ul></ul></ul>

×