Comunicação Digital - ABRP

1,106 views
1,071 views

Published on

Apresentação realizada no 10º Encontro ABRP – Comunicação Digital, realizado em setembro/09, na FECAP

Published in: Business, Technology

Comunicação Digital - ABRP

  1. 1. Encontro ABRP Comunicação Digital Setembro 2009 Eduardo Vasques
  2. 2. Viver em sociedade Possuir vínculos diversos, com diversas pessoas: família amigos escola trabalho religião espaços públicos etc.
  3. 3. Com o avanço da tecnologia, o que acontecia apenas de forma presencial ganha novos formatos e características. O foco continua nos vínculos, a tecnologia apenas os torna mais fáceis e mais ricos. (e não substituem os vínculos off-line!)
  4. 4. Redes sociais Redes sociais offline online 10 contatos ativos por pessoa
  5. 5. Mas o que são, exatamente, esses “vínculos”?
  6. 6. Trocas de informações, comunicação, compartilhamento, colaboração, participação, relacionamento... Encontros de pessoas com interesses comuns e complementares Papel da tecnologia: agenciar e potencializar esses encontros
  7. 7. Weak Ties Demais contatos, motivados pelas mais diversas razões e interesses. A internet potencializa a formação destes laços fracos. Vale observar que estamos, o tempo todo, falando da comunicação entre pessoas.
  8. 8. Essas redes (e clusters) podem ter formatos e assuntos variados. Assim como as pessoas, as ferramentas estão sempre em constante mutação. Independente da tecnologia, as pessoas sempre terão a necessidade de se comunicar.
  9. 9. É importante lembrar que essas redes não são terra de ninguém. Pertencem a seus usuários e eles estão de olho em tudo o que acontece nelas! Possuem características e códigos de conduta próprios.
  10. 10. Alguns exemplos
  11. 11. Comunicação Webmails também são redes instantânea sociais
  12. 12. Redes de Redes de relacionamento conteúdo
  13. 13. Fotos e Vídeos imagens
  14. 14. Notícias e Música bookmarks
  15. 15. Conteúdo Outras colaborativo redes
  16. 16. Marcas Nas redes
  17. 17. Pessoas buscam, em geral, a manutenção de seus contatos. Empresas buscam vender mais, direta ou indiretamente.
  18. 18. Vale lembrar que, independente da plataforma, comunicação corporativa envolve: Identidade Imagem Reputação Percepção dos diversos públicos quanto a Credibilidade empresa Todos os aspectos e “Acúmulo” de O que ela é vs. o que conceitos relacionados percepção positiva diz ser a uma marca Proteção à marca e Manutenção da imagem da instituição comunicação transparente Redes sociais = Reputação
  19. 19. Cases Mídias sociais
  20. 20. http://www.crisdias.com/2009/05/13/dias-de-livina/
  21. 21. Extra.com: ação promocional assumida, ninguém se sente enganado.
  22. 22. Monitoramento, relacionamento, satisfação.
  23. 23. Monitoramento, relacionamento, satisfação.
  24. 24. Mensagem auto-explicativa e relevante: ação não é “suporte”, é auto-suficiente.
  25. 25. Agregadores: conteúdo das redes, apresentados de novas maneiras...
  26. 26. Conteúdo, transparência, relacionamento real-time.
  27. 27. Para algumas marcas, a presença nas redes substitui até a necessidade de um site.
  28. 28. http://twitter.com/GOLinvest
  29. 29. E as Agências
  30. 30. Pesquisa Abracom • Os entrevistados dizem que as agências na qual trabalham oferecem aos clientes sobretudo desenvolvimento e produção de conteúdo de blogs, além do monitoramento de redes sociais; • 45% dos entrevistados pensam que as redes sociais são essenciais para traçar planos e rotas para os clientes; • Entretanto, os entrevistados demonstram dedicar pouco tempo do trabalho diário em redes sociais e 21% dizem que não gastam tempo nessa atividade; • 84% conhecem redes sociais como Orkut, Youtube, Myspace e Facebook, mas há ainda uma grande diferença entre conhecer e utilizar estas redes; • 62% dos entrevistados atribuem ao cliente o maior problema de lidar com a rede – “falta entendimento, investimento e valorização das redes sociais como meio”; • Daqueles que possuem blogs (34% dos entrevistados): 64% são jovens de até 30 anos, 62% freqüentam redes sociais, mas somente 17% usa a rede para divulgar ações parar clientes; • Os entrevistados vêem a importância das redes sociais para campanha, assessoria de imprensa, comunicação interna, planejamento e estratégia e gerenciamento de crise.
  31. 31. Na rede...
  32. 32. Não existe uma solução mágica. Nem uma resposta pronta. Tudo depende, basicamente, de algumas premissas que precisam ser pensadas: • Que postura a empresa quer/deve assumir? • Que mensagens e com quem devemos falar? • Em que frentes podemos/devemos atuar diretamente? • Que objetivos devemos buscar no curto, médio e longo prazo? • Quão disposta está a organização a se expor neste universo?
  33. 33. Dúvidas?
  34. 34. evasques@tv1.com.br evasques@gmail.com @evasques http://perolasdasassessorias.wordpress.com Obrigado!

×