Your SlideShare is downloading. ×
O ponto de partida é o texto
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

O ponto de partida é o texto

829
views

Published on

Aula sobre leitura, sentido, texto, intertextualidade e marcas linguísticas a partir do poema Retrato, de Cecília Meireles e da música A Lista, de Oswaldo Montenegro.

Aula sobre leitura, sentido, texto, intertextualidade e marcas linguísticas a partir do poema Retrato, de Cecília Meireles e da música A Lista, de Oswaldo Montenegro.

Published in: Education

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
829
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Leituras Possíveis entre“Retrato” e “A Lista”Marcas linguísticasInterpretações a partir do texto
  • 2. Eu não tinha este rosto de hoje,assim calmo, assim triste, assim magro,nem estes olhos tão vazios,nem o lábio amargo.Eu não tinha estas mãos sem força,tão paradas e frias e mortas;eu não tinha este coraçãoque nem se mostra.Eu não dei por esta mudança,tão simples, tão certa, tão fácil:- Em que espelho ficou perdidaa minha face?
  • 3. Eu não tinha este rosto de hoje,assim calmo, assim triste,assim magro,nem estes olhos tão vazios,nem o lábio amargo.Eu não tinha estas mãos sem força,tão paradas e frias e mortas;eu não tinha este coraçãoque nem se mostra.
  • 4. Eu tinha aquele rosto de outroratão irrequieto, tão alegretão cheio,tinha os olhos tão expressivoso lábio tão doce.Eu tinha aquelas mãos fortestão dinâmicas e quentes e vivas;Eu tinha outro coraçãoQue se manifestava.
  • 5. Significados que remetem aopresente (explícitos) - estáticosSignificados que remetem aopassado (implícitos) - dinâmicosEu não tinha este rosto de hoje,assim calmo, assim triste,assim magro,nem estes olhos tão vazios,nem o lábio amargo.Eu tinha aquele rosto de outroratão irrequieto, tão alegretão cheio,tinha os olhos tão expressivoso lábio tão doce.Eu não tinha estas mãos sem força,tão paradas e frias e mortas;eu não tinha este coraçãoque nem se mostra.Eu tinha aquelas mãos fortestão dinâmicas e quentes e vivas;Eu tinha outro coraçãoQue se manifestava.
  • 6. Eu não dei por esta mudançaIndica a perplexidade diante do contraste entreo que era e o que veio a ser.
  • 7. Amarração do tema pelo questionamento:-Em que espelho ficou perdida minha face?
  • 8. Decepção diante da consciênciasúbita e inevitável doenvelhecimento
  • 9.  Físico: “magro”, “frias”, “sem força” Psíquico: “triste”, “amargo”, “que nemse mostra”
  • 10.  Desgaste material das coisas com o fluxoinexorável do tempo Desgaste psíquico do ser humano com opassar do tempo PS: Admitir que o texto permite váriasleituras não implica que qualquerinterpretação seja correta
  • 11. A lista – Oswaldo MontenegroFaça uma lista de grandes amigosQuem você mais via há dez anos atrásQuantos você ainda vê todo diaQuantos você já não encontra mais...Faça uma lista dos sonhos que tinhaQuantos você desistiu de sonhar!Quantos amores jurados pra sempreQuantos você conseguiu preservar...Onde você ainda se reconheceNa foto passada ou no espelho de agora?Hoje é do jeito que achou que seriaQuantos amigos você jogou fora?
  • 12. Quantos mistérios que você sondavaQuantos você conseguiu entender?Quantos segredos que você guardavaHoje são bobos ninguém quer saber?Quantas mentiras você condenava?Quantas você teve que cometer?Quantos defeitos sanados com o tempoEram o melhor que havia em você?Quantas canções que você não cantavaHoje assobia pra sobreviver?Quantas pessoas que você amavaHoje acredita que amam você?
  • 13. E o que ficou disso tudo?1) Há alguma relação entre a música do OswaldoMontenegro e o poema Retrato? Qual?Explique trazendo trechos dessa relação.2)Responda às perguntas da canção A Lista emforma de texto reflexivo, com no mínimo 3parágrafos. Escolha as perguntas que de algummodo têm alguma relação com sua vida.

×