Your SlideShare is downloading. ×
0
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Métodos ágeis
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Métodos ágeis

1,809

Published on

Introdução aos métodos ágeis, lean e scrum.

Introdução aos métodos ágeis, lean e scrum.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,809
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
77
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Métodos Ágeis Evandro João Agnes evandroagnes@yahoo.com.br
  • 2. AgendaMétodos Ágeis Lean ScrumMudança
  • 3. Prática● Porque meu projeto termina com sucesso?● Porque meu projeto falha?
  • 4. “Agile is not a set ofpractices, but a core set of beliefs and principles” Jim Highsmith
  • 5. Entregar Valor! ROI!
  • 6. Métodos ágeis● Retorno do Investimento● Adaptação● Pessoas● Comunicação● Feedback● Cultura
  • 7. LeanFonte: http://www.strategosinc.com/lean_manufacturing_history.htm
  • 8. Lean● Produção em massa X Lotes de produção● Abordagem bottom-up ● Liderança servidora ● Trabalhadores multifuncionais● Just in time● Eliminar o desperdício
  • 9. Eliminar o desperdício● Estoque● Excesso de produção● Processos extras● Transporte● Movimento● Espera● Defeitos
  • 10. Eliminar o desperdício Desenvolvimento de software● Partially done work● Extra Features● Relearning● Hand-offs● Task Switching● Delays● Bugs
  • 11. Kaizen mudança para melhor● Melhoria contínua● “Hoje melhor do que ontem, amanhã melhor do que hoje!”
  • 12. Visibilidade
  • 13. Kanban
  • 14. Prática
  • 15. Projetos de software● Chaos Report – Standish Group
  • 16. Projetos de software"A experiência de décadas seguindo pesadas práticasprescritivas tornou evidente que: Os detalhes são complexos para as pessoas. Os clientes ou usuários não tem certeza do que eles querem. Eles tem dificuldade de expressar tudo o que querem e pensam. Muitos detalhes do que eles querem só serão revelados durante o desenvolvimento. Na medida em que elas veem o produto sendo construído, elas mudam de ideia. Forças externas (como um produto ou serviço da concorrência) trazem mudanças ou melhorias nos requisitos." * Fonte: Agile and Iterative Development: A Managers Guide - Craig Larman
  • 17. Uso de funcionalidadesStandish Group, 2002
  • 18. Projetos de softwareLonge de um acordo Anarquia Complexo Requisitos Complicado SimplesPerto de um acordo Perto da certeza Tecnologia Longe da certeza Ref. : Strategic Management and Organizational Dynamics by Ralph Stacey, in Agile Software Development With Scrum by Ken Schwaber and Mike Beedle.
  • 19. 8 passos da mudança1 - Crie um senso de urgência;2 - Forme o time que vai liderar amudança;3 - Estabeleça claramente a novavisão e a estratégia;4 - Comunique sempre e de formasimples;5 - Remova as barreiras;6 - Crie vitórias de curto prazo;7 - Não desacelere;8 - Faça a mudança permanecer;Fonte: O coração da mudança -Kotter
  • 20. ScrumJeff Sutherland, PhD Desenvolvimento iterativo e incremental Ken Schwaber SCRUM SCRUM
  • 21. O que é Scrum?● Processo iterativo e incremental para desenvolvimento de qualquer produto e gerenciamento de qualquer trabalho● Provê agilidade necessária para responder rapidamente às mudanças de requisitos● Processo ágil com foco na entrega do maior valor para o negócio no menor tempo● Não são prescritas práticas de engenharia● É mais um framework que uma metodologia
  • 22. Framework?Scrum
  • 23. Framework?ScrumCultura organizacional
  • 24. Manifesto ágilIndivíduos e suasIndivíduos e suas sobre Processos e Processos e interações interações ferramentas ferramentas Software Software sobre Documentação Documentação funcionando funcionando abrangente abrangenteColaboração doColaboração do sobre Negociação de Negociação de cliente cliente contrato contrato Responder às Responder às sobre Seguir um plano Seguir um plano mudanças mudanças Fonte: www.agilemanifesto.org
  • 25. Características Processos: Reunião de planejamento, Retrospectiva, Reunião diária, Planejamento de Release e Sprints, ... Ferramentas: Quadro Kanban, Ferramentas, Post-it, User Stories, Burndown... Pessoas: ScrumMaster, Product Owner, Time, ... Cultura: Time multi-disciplinar, Auto-gerenciamento, Valores, Envolvimento do cliente, Entrega frequente, Liderança- colaboração, Respeito, ...
  • 26. Scrum frameworkPapéis•Product owner•ScrumMaster•Time (Team) Reuniões •Sprint planning •Sprint review •Sprint retrospective •Daily scrum meeting Artefatos •Product backlog •Sprint backlog •Burndown charts
  • 27. Papéis
  • 28. Product Owner● Definir a visão do produto● Gerenciar o retorno do investimento (ROI)● Definir as funcionalidades chave do produto● Priorizar e refinar os requisitos de acordo com o valor para o negócio continuamente● Planejar as entregas (releases)● Garantir que os especialistas de domínio estejam disponíveis para o time
  • 29. Product Owner dentro do táxi!
  • 30. ScrumMaster● Responsável pelo gerenciamento do projeto● Garantir o uso do Scrum● Remover os impedimentos do time● Habilitar a cooperação entre todos os papéis e funções● Funciona como um escudo para o time das interferências externas
  • 31. Time● Geralmente entre 5-9 pessoas● Multidisciplinares● Auto-organizados● Deveriam estar no projeto full time● Mudanças no time somente entre as sprints
  • 32. Auto-organização
  • 33. Estrutura do ScrumFonte: www.mountaingoatsoftware.com/scrum
  • 34. Sprints● O progresso do projeto se dá em uma série de “sprints”● Duração de 2 a 4 semanas● Duração constante: as funcionalidades é que podem variar!● Uma parte do produto é produzida (projetada, codificada, testada, …)● Parte do produto a ser produzida é priorizada pelo negócio (ROI)
  • 35. PráticaFonte: Luiz Claudio Parzianellohttp://parzianello.blogspot.com/2008/08/jogos-estatsticos-lotes-de-produo-x.html
  • 36. Priorização entre projetos Estratégia tradicional: “Tudo é importante, vamos fazer tudo ao mesmo tempo!”Jan Feb Mar Abr Mai Jun Jul Estratégia ágil: “Priorização e foco!” A B CJan Feb Mar Abr Mai Jun Jul Fonte: Henrik Kniberg
  • 37. Cascata x Iterativo e IncrementalRequisitos Projeto Codifição Teste Em vez de fazer tudo de cada disciplina por vez... ...times Scrum fazem um pouco de tudo todo tempo.Fonte: “The New New Product Development Game” by Takeuchiand Nonaka. Harvard Business Review, January 1986.
  • 38. Cascata x Iterativo e Incremental Desenvolvimento em CascataRiscos Redução dos Riscos Desenvolvimento Iterativo Tempo
  • 39. Riscos“Não se preocupe, eu vou pensar em algo...” Indiana Jones
  • 40. Meta da Sprint● Frase curta que deve indicar qual o foco do trabalho durante a sprint● SMART - Specific, Measurable, Achievable, Realistic, Timed ● Específico, Mensurável, Realizável, Realista e Datado
  • 41. Definição do “Pronto”Potencialmente entregável != entregável
  • 42. Itens técnicos, arquitetura... Sempre entregar valor Itens com ROI visível S1 S2 S3 S4 S5 S6
  • 43. Sem mudanças durante a sprint!Mudança
  • 44. Cancelando a sprint antes da sua finalização...● O time sente que não consegue atingir a meta● O Product Owner percebe que fatores externos influenciarão diretamente na meta da sprint● Deve-se iniciar imediatamente o planejamento da próxima sprint
  • 45. ScrumVisão Visão Uma boa visão de produto permanece relativamente constante, ao passo que o caminho para implementação da visão é frequentemente adaptado.
  • 46. Técnicas para Visão● Elevator statement● Product Vision Box● Remember the Future● Project Data Sheet
  • 47. Scrum Visão Visão Lista de desejos priorizados e estimados PO responsável mas todos podem contribuir Mantido e postado visualmente Derivado da Visão do Produto INVEST - Independente, Negociável,Reservas Valiosa, Estimável, Pequena (Small) e Alteração Testável. CancelProductbacklog
  • 48. Scrum Sprint 2-4 semanasMeta da Sprint Reservas Sprint backlog Alteração Cancel Product backlog
  • 49. Planejamento“A elaboração do melhor cronograma,usando as mais capacitadas pessoas e asmelhores ferramentas, também será umatentativa de prever o futuro. Algo que nossaespécie raramente faz bem.” Scott Berkun
  • 50. Cone da IncertezaEstimativas no início dos projetos de software sofrem de uma incerteza altíssima,da ordem de +400% a -75% ou seja um projeto estimado em 1 ano temprobabilidades de ser algo entre 3 meses e 4 anos.
  • 51. A cebola do planejamento
  • 52. A cebola do planejamento
  • 53. Reunião de planejamento● Dividida em 2 partes ● Priorização e estimativa do Product Backlog ● Identificação e estimativa das tarefas - Sprint Backlog● Geralmente tem a seguinte duração:
  • 54. Priorização Vs.Valor Risco
  • 55. Técnicas de Priorização● Kano: composta por entrevistas com os usuários e opiniões dos especialistas● Theme Screening: composta apenas por opiniões dos especialistas baseadas em comparações realizadas com um tema importante● Buy a feature: composta por negociações entre clientes e patrocinadores com o propósito de “comprar” funcionalidades para a próxima versão
  • 56. Planning Poker
  • 57. Praticando Planning Poker 1 2 3 5 8 13200 pág. en. 50 pág. br. 80 pág. br. 998 pág. en.
  • 58. Velocidade● Medida de produtividade do time● Representa a taxa de trabalho que o time conseguiu executar durante a sprint● Serve de guia para o planejamento das sprints e releases
  • 59. Scrum 24 horas Sprint 2-4 semanasMeta da Sprint Reservas Sprint backlog Alteração Cancel Product backlog
  • 60. Reunião diária 1O que você fez ontem? 2O que irá fazer hoje? fazer hoje? 3Possui algum impedimento?
  • 61. Scrum 24 horas Sprint 2-4 semanasMeta da Sprint Reservas Sprint Incremento de produto backlog potencialmente entregável Alteração Cancel Product backlog
  • 62. Review● O time apresenta o que foi trabalhado durante a sprint● Demo do produto● Todos os envolvidos no projeto participam
  • 63. Retrospectiva
  • 64. Retrospectiva● Todo o time discute sobre: O que foi bom O que deve ser deve eliminado eliminadoEsta é apenas O que deve O deveuma das maneiras melhorarde realizar aretrospectiva.
  • 65. Scrum 24 horas Sprint 2-4 semanasMeta da Sprint Reservas Sprint Incremento de produto backlog potencialmente entregável Alteração Cancel Disponíveis Product backlog
  • 66. Scrum 24 horas Sprint 2-4 semanasMeta da Sprint Reservas Sprint Incremento de produto Cancel backlog potencialmente entregável DisponíveisAlteração Product backlog
  • 67. Exemplo de Product backlogItem de backlog EstimativaPermitir ao cliente realizar reservas. 3Permitir ao cliente cancelar suas reservas. 5Permitir ao cliente alterar as datas da reserva. 3Como funcionário do hotel, preciso saber osquartos disponíveis. 8Melhorar tratamento de exceções 8... 30... 50
  • 68. Exemplo de Sprint backlog Tarefas Tarefas Seg Ter Qua Qui Sex Seg Ter Qua Qui SexCodificar interface 8Codificar camada deintegração 16Testar a camada deintegração 8Escrever o help online 12Codificar classe Reserva 8
  • 69. Exemplo de Sprint backlog Tarefas Tarefas Seg Ter Qua Qui Sex Seg Ter Qua Qui SexCodificar interface 8 4Codificar camada deintegração 16 12Testar a camada deintegração 8 16Escrever o help online 12Codificar classe Reserva 8 8Adicionar log de erros 8
  • 70. Exemplo de Sprint backlog Tarefas Tarefas Seg Ter Qua Qui Sex Seg Ter Qua Qui SexCodificar interface 8 4 8Codificar camada deintegração 16 12 10 4Testar a camada deintegração 8 16 16 11 8Escrever o help online 12Codificar classe Reserva 8 8 8 8 8Adicionar log de erros 8 4
  • 71. Acompanhando o andamento do projeto
  • 72. Task Board (Kanban)
  • 73. Times que atingem a meta...
  • 74. Escalando o Scrum
  • 75. Escalando o Scrum
  • 76. Scrum of scrums
  • 77. Material● Parte do material utilizado foi baseado na apresentação disponibilizada por Mike Cohn e pode ser obtida no seguinte endereço:http://www.mountaingoatsoftware.com/scrum-a-presentation Mountain Goat Software, LLC
  • 78. Sala de LeituraScrum Alliancehttp://www.scrumalliance.org/Mountain Goat Softwarehttp://www.mountaingoatsoftware.com/scrum/Implementing Scrumhttp://www.implementingscrum.com/Scrum e XP direto das Trincheirashttp://www.infoq.com/br/minibooks/scrum-xp-from-the-trencheshttp://www.infoq.com/minibooks/scrum-xp-from-the-trenchesPlanning Pokerhttp://www.planningpoker.com/detail.htmlScrum na Globo.com: Derrubando mitoshttp://www.slideshare.net/bardusco/scrum-na-globocom-derrubando-mitos-updated-presentationhttp://blog.caelum.com.br/2008/12/03/falando-em-agile-2008-scrum-na-globocom-derrubando-mitos/
  • 79. Livros● Agile and Iterative Development: A Manager’s Guide - Craig Larman● Agile Project Management with Scrum - Ken Schwaber● Scrum and The Enterprise - Ken Schwaber● Lean Software Development: An Agile Toolkit - Mary Poppendieck, Tom Poppendieck● Agile Retrospectives - Esther Derby e Diana Larsen● O coração da mudança - Kotter● Nosso iceberg está derretendo: mude e seja bem- sucedido em condições adversas - Kotter
  • 80. Dúvidas?
  • 81. A presente obra encontra-se licenciada sob a licençaCreative Commons Atribuição 3.0 Unported. Para visualizaruma cópia da licença, visitehttp://creativecommons.org/licenses/by/3.0/deed.pt_BR

×