Desenvolvimento e qualidade de software utilizando metodos Ageis
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Desenvolvimento e qualidade de software utilizando metodos Ageis

on

  • 1,177 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,177
Views on SlideShare
1,174
Embed Views
3

Actions

Likes
0
Downloads
29
Comments
0

1 Embed 3

http://www.linkedin.com 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Desenvolvimento e qualidade de software utilizando metodos Ageis Desenvolvimento e qualidade de software utilizando metodos Ageis Presentation Transcript

    • Gerência de Configuração de SoftwareeQualidade de Software
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
      São Paulo IPT, 28 de Abril de 2011
    • Agenda
      Introdução
      Objetivo
      Referências Bibliográficas
      Premissas e Restrições
      Gerência de Configuração de Software
      Hipóteses
      Recapitulando o estudo de caso
      Modelo de Processo
      Arquitetura de Software
      Plano de Gerência de Configuração
      Infraestrutura de Gerência de Configuração
      Qualidade de Software
      Hipóteses
      Modelo de Processo
      Plano de Garantia da Qualidade
      28 de Abril de 2011
      2
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Objetivo
      Proposta para um plano de Gerência de Configuração do Processo de Software.
      Proposta para um plano de Garantia da Qualidade.
      3
      28 de Abril de 2011
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Referências Bibliográficas
      [SWEBOK2004] IEEE SWEBOK 2004, IEEE Guide to the Software Engineering Body of Knowledge 2004 Version.
      [IEEE12207] IEEE/EIA 12207.0TM-1996, IEEEStandard for Information Technology Software Life Cycle Processes.
      [IEEE828-2005] IEEE Std 828­­TM-2005, IEEE Standard for Software Configuration Management Plans.
      [IEEE730-2002] IEEE Std 730TM-2002, IEEE Standard for Software Quality Assurance Plans.
      [IEEE610-1990] IEEE Std 610.12TM-1990, IEEE Standard Glossary of Software Engineering Terminology.
      [Whi02] White, B.A. Software Configuration Management Strategies and Rational ClearCase. Addison-Wesley 2000.
      [Fai09] Fairley, R.E. Managing And Leading Software Projects. Wiley-IEEE Computer Society Press 2009.
      [Bec99] Beck , K.. Extreme Programming Explained. Addison-Wesley 1999.
      [App04] Appleton, B.. AgileConfiguration Management Environments. Chicago SPIN, 2004.
      [Has02] Hass, A.M.J. Configuration Management PrinciplesandPractice. Addison-Wesley 2000.
      [Ast03] Astels, D. Test-Driven Development: A Practical Guide. Prentice Hall PTR 2003.
      [Lew04] Lewis, W. E. Software Testing and Continuous Quality Improvement2 edition. 2004.
      [PMBOK2004] Project Management Body Of knowledge. Project Management Institute 2004.
      [ISO] International Organization for Standardization- Séries 9000 e 14000, 9001:2000, 12207, 15504,
      4
      28 de Abril de 2011
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Premissas e Restrições
      Consultoria de TI   E & F Systems Tecnologia da Informação está contratada para a implementação do Sistema GMS GinoManagmentSystem, (denominação, conforme apresentação do Grupo G3); bem como a prestação de serviços de suporte e manutenção pós- implantação, incluindo Qualidade de software.A Empresa RestaturantesDaGino não é da Área de Tecnologia da Informação e portanto não tem “expertise” técnico nesta área;A Gestão de Qualidade, conforme contrato estabelecido entre as partes vai prestar serviços de controle de qualidade e garantia de qualidade exclusivamente para o projeto de implementação e manutenção do GMS, estando fora os processos organizacionais da Empresa.Os trabalhos apresentados pelos grupos anteriores foram adaptados e parcialmente incorporados ao planejamento da E & F Systems TI.
      5
      28 de Abril de 2011
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Premissas e Restrições
      O Desenvolvimento será local e na E & F Systems, conforme definições do Planejamento do projeto. Este trabalho foi baseado em alguns aspectos de apresentações anteriores (não em todos).
      O contrato entre a E & F Systems e RestaturantesDaGino está assinado pela Direção das Empresas e é composto de documento de Termo de Confidencialidade de informações e Acordo de nível de Serviços estabelecido entre as partes.
      A Empresa Restaurantes DaGino está ciente da metodologia de Desenvolvimento e Homologação de Softwares, Gestão de projetos da E & F fundamentadas nas recomendações da IEEE SWEBOK 2004e ] IEEE/EIA 12207.0TM-1996
      Não é escopo desse trabalho apresentar e detalhar metodologias ou métodos Ágeis e Qualidade em termos organizacionais.
      28 de Abril de 2011
      6
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Restrições
      Custo do projeto:
      Para a implementação e fases de suporte e manutenção o orçamento não deverá ultrapassar o valor definido em reunião da Direção das Empresas DaGino e E & F Systems.
      28 de Abril de 2011
      7
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza, Eurípede, Alan
    • Gerência de Configuração do Software
      Estudo de caso: Restaurante DaGino
    • Hipóteses
      Modelo de processo de software.
      Arquitetura de Software.
      9
      28 de Abril de 2011
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • HipótesesModelo de processo de software
      10
      28 de Abril de 2011
      Extreme Programming
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Recapitulando o estudo de caso
      11
      28 de Abril de 2011
      Application Server
      Pocket PC
      Display de Pedidos
      Terminal de Cozinha
      Reservar mesa
      Fechar mesa
      Pedir prato
      Pedidos prontos
       
      RECEPÇÃO
      COZINHA
      SALÃO
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • HipótesesArquitetura de Software
      12
      28 de Abril de 2011
      Sistema DaGino
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • É um time ágil (XP). Composto por:
      1 Líder;
      2 Desenvolvedores Plenos;
      4 Desenvolvedores Juniores;
      !!!!!Todos são desenvolvedores!!!!!
      28 de Abril de 2011
      13
      HipótesesO time de desenvolvimento do sistema DaGino
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Software Configuration Management PlanO que é?
      28 de Abril de 2011
      14
      É um documento que define as estratégias para o controle de alterações no software.
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • No escopo da 12207
      28 de Abril de 2011
      15
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • O que há no plano?
      Definição dos itens da configuração;
      Versionamento desses itens ao longo do tempo;
      Ferramentas para controle das versões dos itens de configuração;
      Ferramentas para controle das requisições de alterações nos itens da configuração;
      ...enfim, controle da MUDANÇA.
      28 de Abril de 2011
      16
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Por que eu preciso disso?
      Porque o software muda (evolui);
      Porque o time muda (as pessoas vão e vem);
      Porque a empresa muda (estratégia, processo);
      Porque até você muda (se você estiver aprendendo, então você também evolui);
      28 de Abril de 2011
      17
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Aplicando para o DaGinoIdentificando os ICS
      Item de Configuração de Software (ICS): conjunto de software que é designado para GC e tratado como uma entidade única no PGC (IEEE610-1990).
      Exemplos típicos: planos, especificações, documentação de design, material de teste, ferramentas de software, código fonte (.java, .c, .html e etc) e executáveis (.class, .jar, .exe, .so e etc), bibliotecas (.h, .jar, e etc), dados e dicionário de dados, documentação para instalação, manutenção e operação e uso do software (SWEBOK2004).
      28 de Abril de 2011
      18
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Aplicando para o DaGinoIdentificando os ICS
      28 de Abril de 2011
      19
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Aplicando para o DaGinoIdentificando os ICS
      28 de Abril de 2011
      20
      UserStories: requisitos do sistema;
      Achitectural Spike: System Metaphor, ou arquitetura do sistema;
      Release Plan: plano de liberação, contendo quais UserStories estarão presentes no trabalho a ser realizado na iteração seguinte;
      AcceptanceTests: testes de aceitação;
      Small Releases: versões finalizadas e aprovadas pelo cliente. São compostas por um ou mais dos módulos presentes na arquitetura do sistema;
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza, Eurípedes, Alan
    • O objetivo deste documento é descrever quais ICs devem ser armazenados e versionados, bem como estabelecer as regras para alteração desses itens. O documento é destinado aos desenvolvedores, cliente e demais pessoas diretamente envolvida no desenvolvimento do Software DaGino para o Restaurante DaGino.
      28 de Abril de 2011
      21
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      Introdução: Propósito
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • a) O projeto a que este documento se refere é software para automação das atividades de reserva de mesa, pedido de pratos, controle de receitas de pagamento do restaurante DaGino.
      b) Os seguintes itens de configuração fazem parte desse projeto: UserStories, System Metaphor, Software releases e etc;
      c) Os seguintes sistemas de apoio constam do plano e das atividades realizadas no processo de desenvolvimento: JUnit, Subversion, Redmine e etc;
      d)Este plano relaciona-se com o PGCH na medida que funcionalidade do sistema de software dependem de características específicas disponíveis e controladas pelas diversas versões do hardware. Sempre que esse for o caso, o PGCH deverá ser citado, e uma relação entre o IC do PGCH e de sua contraparte no PGCS devem ser claramente relacionadas.
      e) O grau de formalidade deste plano será limitado ao permitido pelo paradigma ágil, e o controle de alteração não envolverá nenhum tipo de autorização senão aqueles já previstos no processo de desenvolvimento XP.
      f) Nenhuma limitação.
      g) Nenhuma questão adicional;
      28 de Abril de 2011
      22
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      Introdução: Escopo
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • IC: Item de Configuração.
      ICS: Item de Configuração de Software.
      PGCS: Plano de Gestão de Configuração de Software.
      Pocket PC: Computador de mão, utilizado na solução de software a que se refere este documento;
      PVRT: Plano de Validação de Resultados de Testes;
      EF: Especificação Funcional;
      ...
      28 de Abril de 2011
      23
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      Introdução: Glossário
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • [SWEBOK2004] IEEE SWEBOK 2004, IEEE Guide to the Software Engineering Body of Knowledge 2004 Version.
      [IEEE12207] IEEE/EIA 12207.0TM-1996, IEEEStandard for Information Technology Software Life Cycle Processes.
      [IEEE828-2005] IEEE Std 828­­TM-2005, IEEE Standard for Software Configuration Management Plans.
      [IEEE730-2002] IEEE Std 730TM-2002, IEEE Standard for Software Quality Assurance Plans.
      [IEEE610-1990] IEEE Std 610.12TM-1990, IEEE Standard Glossary of Software Engineering Terminology.

      28 de Abril de 2011
      24
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      Introdução: Referências
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • 28 de Abril de 2011
      25
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Gestão: Organização
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Papeis
      28 de Abril de 2011
      26
      Desenvolvimento
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Gestão: Organização | Papeis - Desenvolvimento
      Cliente
      • Solicita novos requisitos (UserStories)
      • Aprova o resultado das iterações
      • Desenvolvem requisitos
      • Aprova novos requisitos (UserStories)
      Desenvolvedores
      Gerente do Projeto
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Papeis
      28 de Abril de 2011
      27
      Manutenção
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Gestão: Organização | Papeis - Manutenção
      Cliente
      • Reporta falhas no software
      • Aprova o resultado das iterações
      Desenvolvedores
      • Desenvolvem correções para as falhas
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva

    • 28 de Abril de 2011
      28
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      Responsabilidades
      Unidade
      GCS Gestão: Responsabilidades
      Cliente
      • Aprova o resultado das iterações. A Baseline é estabelecida após aprovação da Iteração 0
      • Decide prioridade das UserStories e ChangeRequests
      • Aprova novos requisitos (UserStories):
      • Somente alterações funcionais na Baseline passam por aprovação
      Desenvolvedores
      Gerente do Projeto
      • Estima esforço para cada UserStorye ChangeRequest;
      • Implementa as UserStories e Changerequests
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • O time de desenvolvimento é ágil (XP) e PGCS deve ser leve o suficiente para permitir que o time continue sendo (ágil).As principais características do time estão listadas abaixo e devem ser usadas como restrição a aplicação do PGCS:
      Projetos ágeis dependem de: um bom diálogo com o usuário, entrega da execução, código testado a cada duas a doze semanas e frequente feedback sobre a qualidade de requisitos e projeto.
      28 de Abril de 2011
      29
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Gestão: Políticas, diretrizes e procedimentos
      [Has02]
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Os seguintes termos e conceitos no PGCS devem ser considerados com base nas restrições definidas aqui:
      Controle de Alteração, começa no primeiro dia de projeto para o time ágil, e é baseado na comunicação com o usuários e clientes. Com isso os requisitos são extraídos ou na forma de novas funcionalidades ou na forma de changerequests de funcionalidades já desenvolvidas. O time estima o esforço e o cliente estima a prioridade de cada solicitação para a próxima iteração; Esse processo é dinâmico, constante e é o equivalente ágil para o CCB.
      Autorização para Alteração. O time tem autorização automática para alterar o código em duas situações:
      Implementar novas características (ex. UserStories), já aprovadas;
      Refactoring para melhorar a simplicidade do código (leitura e manunteção);
      Identificação, armazenamento, integração e build. Releases e marcos importantes dos builds são facilitados pelo recurso “tag” da ferramenta de controle de versão; O desenvolvedor executa testes unitários, realizam builds privados do sistema e executa SmokeTests antes de realizar commits de seu ambiente privado para o repositório de desenvolvimento do time. Builds de integração devem passar nos testes de regressão e serem reconstruídos do zero antes de serem submetidos aos testes de aceitação (funcional).
      28 de Abril de 2011
      30
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Gestão: Políticas, diretrizes e procedimentos | Termos e efeitos
      [Has02]
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva

    • 28 de Abril de 2011
      31
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Gestão: Gestão do processo de GCS
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • 28 de Abril de 2011
      32
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      BASELINE
       
       
       
      COMPOSIÇÃO
      GCS Atividades: Identificação da Configuração| Composição da Baseline
      MÓDULO RECEPÇÃO
      MÓDULO COZINHA
      MÓDULO ESTOQUE
      MÓDULO CAIXA
       
       
       
       
       
       
       
      ...
      userstories
      release plans
      codes
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • 28 de Abril de 2011
      33
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Atividades: Identificação da Configuração | Evolução da Mudança
      [App04]
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • 28 de Abril de 2011
      34
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Atividades: Nomeando Cis | Sistema para identificação
      MMNN é um número composto da seguinte maneira:
      MM : runningnumber
      NN : número da iteração
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • 28 de Abril de 2011
      35
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Atividades: Nomeando Cis | Sistema para identificação | Ticket Eletrônico
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • 28 de Abril de 2011
      36
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Atividades: Nomeando Cis | Sistema para identificação | Ticket Eletrônico
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva

    • 28 de Abril de 2011
      37
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Atividades: Aquisição dos itens de configuração
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • 28 de Abril de 2011
      38
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Atividades: Controle da configuração
      Autorização para desenvolvedores fazerem alterações precisam ser instantâneas:
      Uma vez que o desenvolvedor tenha sido definido, ele não deveria ter que esperar para começar a fazer check out de itens do repositório;
      Se um bug quebra o build ou um teste de requisito falha, o desenvolvimento deve ser capaz de realizar o reparo sem ter que aguardar qualquer período de tempo para receber “Autorização”;
      Nenhuma permissão adicional é requerida para o refactoring;
      [App04]
      É necessário autorização da gerência de projeto na definição de quais UserStories serão produzidas ao longo do projeto;
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Atendimento através das ferramentas de apoio e infra-estrutura para GCS:
      Sistema de Controle de Versão, através de Check-in documentado. Ex.:
      Ferramenta para gestão através de Tickets Eletrônicos, através da geração automática de relatórios de quantidades de falhas registradas para um IC, tempo gasto para a correção das falhas, tempo gasto no desenvolvimento de UserStories e etc;
      28 de Abril de 2011
      39
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Atividades: Estado da configuração | Relatórios
      User ID.........: fagnerls.
      Issue ID........: 2885.
      Description..: Messagem de erro ao excluir usuário.
      Solution.......: Corrigido nome da tabela no select principal.
      Comments....: atualização replicada para o teste unitário.
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Deverá ser atendido em face do Plano de Garantia da Qualidade;
      A revisão será feita com base nas UserStories armazenadas no sistema de controle por tickets, e cada não conformidade deve ser registrada no ticket relativo a UserStory avaliada, sendo que seu status deve ser alterado para refletir sua nova condição para que a equipe de desenvolvimento possa atuar;
      28 de Abril de 2011
      40
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Atividades: Revisão da configuração
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva

    • 28 de Abril de 2011
      41
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Atividades: Interface de Controle
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva

    • 28 de Abril de 2011
      42
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Atividades: Controle de Subcontrato
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva

    • 28 de Abril de 2011
      43
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Atividades: Gerenciamento de Entrega
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva

    • 28 de Abril de 2011
      44
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Agendamentos: .
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva

    • 28 de Abril de 2011
      45
      Aplicando para o DaGinoPlano de Gestão de Configuração de Software
      GCS Manutenção do Plano: .
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • O que mais poderia fazer parte do Plano?
      o conjunto de software em execução nesses equipamentos, como SO, plataformas de execução (VM), plugins, firmwares e etc:
      Pocket PC;
      Servidor de aplicação;
      Workstation;
      28 de Abril de 2011
      46
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Qualidade de Software
      Estudo de caso: Restaurante DaGino
    • O que é qualidade ?
      Qualidade é estar em conformidade com os requisitos dos clientes
      Qualidade é antecipar e satisfazer os desejos dos clientes
      Segundo a atual norma brasileira sobre o assunto (NBR ISO 8402), qualidade é:
      A totalidade das características de uma entidade
      que lhe confere a capacidade de satisfazer
      às necessidades explícitas e implícitas.
      28 de Abril de 2011
      48
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Qualidade Segundo os “Gurus
      Crosby
      Conformidade com as especificações
      “Fazer certo da primeira vez”
      O gerenciamento da qualidade deve ser feito desde o início
      Evitar defeitos e diminuir o retrabalho
      Juran
      “Adequaçãoaouso”
      As expectativas dos clientes são atendidas ou até excedidas
      Qualidade obrigatória: o produto faz o que devia fazer
      Qualidade atrativa: o produto oferece algo que o cliente nem imaginava, mas que ele gostou
      Weinberg
      “Valor paraalgumapessoa”
      Deming
      “Qualidade é orgulho da manufatura”
      85% do custo da qualidade é um problema de gerenciamento
      28 de Abril de 2011
      49
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • TQM (Total Quality Management), amplamente usado nas organizações
      Kan (2002)
      28 de Abril de 2011
      50
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Complexidade na definição
      28 de Abril de 2011
      51
      "Criar um conjunto de atividades que irão ajudar a garantir que cada produto de trabalho da engenharia de software exiba alta qualidade"; (PRESSMAN, 2005, p. 193)
      "Realizar atividades de segurança da qualidade em cada projeto de software";(PRESSMAN, 2005, p. 193)
      "Usar métricas para desenvolver estratégias para a melhoria de processo de software e, como conseqüência, a qualidade no produto final"; (PRESSMAN, 2005, p. 193)
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Os Fatores da Qualidade de McCall
      28 de Abril de 2011
      52
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Qualidade de Software segundo a ISO 9126-1
      Funcionalidade(Satisfação das Necessidades): É a capacidade do produto de software de prover funcionalidades que irão satisfazer as necessidades quando o software está em uso dentro das condições especificadas.
      Confiabilidade(Imunidade a Falhas): É a capacidade do produto de software de manter um nível especificado de performance quando o software está em uso dentro das condições especificadas.
      Usabilidade(Facilidade de Uso): É a capacidade do produto de software de ser entendido, aprendido, usado e atrativo quando o software está em uso dentro das condições especificadas.
      Eficiência(Rápido e "Enxuto"): É a capacidade do produto de software de prover performance apropriada, relativa ao conjunto de recursos usados quando o software está em uso dentro das condições especificadas.
      Manutenibilidade(Facilidade de Manutenção): É a capacidade do produto de software de ser mudado. Modificações incluem correções, melhorias ou adaptações do software de mudar em um ambiente, e em requisitos e especificações funcionais.
      Portabilidade(Uso em outros Ambientes): É a capacidade do produto de software de ser transferido de um ambiente para outro.
      28 de Abril de 2011
      53
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Outras normas da série ISO 9126
      ISO/IEC 9126-2 - Métricas Externas: Podem ser aplicadas para um produto não executável durante os estágios de desenvolvimento. Medem a qualidade de produtos intermediários e predizem a qualidade do produto final.
      ISO/IEC 9126-3 - Métricas Internas: Utilizadas para medir a qualidade do software através do comportamento do sistema ou de parte dele. Só podem ser usadas durante a fase de testes do ciclo de vida e durante a operação do sistema.
      ISO/IEC 9126-4 - Métricas da Qualidade do Uso: medem se o produto atende ou não as necessidades dos usuários, fazendo-os atingir seus objetivos com efetividade, produtividade, segurança e satisfação. Só podem ser usadas no ambiente real ou em uma aproximação do ambiente real.
      28 de Abril de 2011
      54
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • A Qualidade segundo o PMBOK
      28 de Abril de 2011
      55
      [PMBOK2004]
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • CMMI 1.2
      Produtividade
      Foco
      Nível
      Áreas de Processos
      Qualidade
      Melhoria
      5 Em
      Inovação e Implantação Organizacional
      Contínua do
      Otimização
      Análise e Prevenção de Defeitos
      Processo
      4 Gerenciado
      Gerenciamento Quantitativo do Projeto
      Gerência
      Quantitativam.
      Performance do Processo Organizacional
      Quantitativa
      Desenvolvimento de Requisitos
      Solução Técnica
      Integração de Produtos
      Verificação
      Validação
      Padronização
      3 Definido
      Foco no Processo Organizacional
      do Processo
      Definição do Processo Organizacional
      Treinamento Organizacional
      Gerência Integrada de Projeto
      Gerência de Riscos
      Análise e Tomada de Decisão
      Gerência de Requisitos
      Planejamento de Projeto
      Monitoramento e Controle de Projeto
      Gerência
      Gerência de Acordos com Fornecedores
      Básica de
      2 Gerenciado
      Medição e Análise
      Projetos
      Garantia da Qualidade do Processo e do Produto
      Gerência de Configuração
      Risco
      Retrabalho
      1 Inicial
      14/04/2007
      © 2007
    • Qualidade do Processo e do Produto
      Qualidade do produto está ligada às características do resultado do processo, geralmente especificadas naforma de requisitos
      Requisitos de negócio, de usuário, funcionais, não-funcionais,técnicos
      Qualidade do processo está ligada à forma como o produto é feito
      Monitoramento da execução, uso adequado dos artefatos e
      ferramentas, seqüência das tarefas
      28 de Abril de 2011
      57
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Diferenças entre Garantia da Qualidade e Controle da Qualidade
      28 de Abril de 2011
      58
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Qualidade de Software - SWEBOK
      SWEBOK(Software Engineering Body of Knowledge) versão 2004
      28 de Abril de 2011
      59
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Técnicas de Gestão de qualidade de Software
      Técnicasestáticas,
      Analíticas
      Dinâmicas
      28 de Abril de 2011
      60
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Métricas – Qualidade de software
      Estatistica ( Análise Pareto, gráficos
      Gráfico de dispersão, distribuição normal)
      Testes estatísticos (binomial)
      Análise de Tendência
      Modelos de confiabilidade
      28 de Abril de 2011
      61
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Âmbito da ISO12207
      62
      [ISO12207-95 p.17]
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Processos de gestão da qualidade de Software (SQM)
      Garantia da qualidade
      Verificação
      Validação
      Revisão
      Auditoria
      28 de Abril de 2011
      63
      [IEEE12207.0-96]
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • PADRÃO IEEE Std 730-2002
      O objetivo desta norma é fornecer uniformes, os requisitos mínimos aceitáveis ​​para a preparação econteúdo dos planos de software de qualidade.Ao considerar a adopção desta norma, as entidades reguladoras devem estar cientes de que a aplicação específica destepadrão já pode ser coberta por um ou mais documentos ou IEEE padrões ANSI relativos à qualidadegarantia, as definições, ou outros assuntos.
      28 de Abril de 2011
      64
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Custo da Qualidade de Software
      custo de qualidade de software proposto por Bartié (2002)
      a) Custo da Detecção de Defeitos:
      Revisões de requisitos; modelagem, planos de testes, inspeções
      Custo da Prevenção de Defeitos
      Definição de Metodologias;
      - Treinamentos;
      - Ferramentas de apoio ao processo de desenvolvimento;
      - Definição de Políticas;
      - Procedimentos;
      Custo da Não-Conformidade:
      Re-reviões;
      - Re-testes;
      - Correções de código-fonte e documentação muito constantes;
      28 de Abril de 2011
      65
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Gestão da qualidade de processo de software
      Gestão da qualidade de software se aplica a todas perspectivas de processos de software, produtos e recursos. Define processos, os responsáveis ​​pelo processo, e osrequisitos para os processos, as medições dacanais de processo as saídas e feedback.
      28 de Abril de 2011
      66
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza, Eurípedes, Alan
    • Hipóteses
      Modelo de processo de software para o
      estudo de casoRestaurantesDaGino
      Foco: Gerência da qualidade do software.
      67
      28 de Abril de 2011
      • modelo de processo.
      • a aplicação de um plano de garantia da qualidade – garantia do produto e do processo – para o estudo de caso.
      Justificativas.
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • 28 de Abril de 2011
      68
      Projeto DaGino - XP e Qualidade
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Qualidade: modelos ágeis
      A aferição da qualidade do produto está totalmente atrelada a inspeção do processo.No caso do XP, podemos considerar que a programação pareada como um forma de inspeção e isto associado a outras práticas tais como uso de TDD (Desenvolvido orientado a Testes) podem dar a qualidade ao produto.
      28 de Abril de 2011
      69
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • TDD – Test Driven Development
      28 de Abril de 2011
      70
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • TDD
      ● DesenhoSimplificado e Evolucionário
      ● Refatoração
      ● Feedback Constante
      ● Suíte de Testes (Regressão)
      ● Documentação Para Programadores
      28 de Abril de 2011
      71
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Artigo XP e CMM - Mark Paulk
      28 de Abril de 2011
      72
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Responsabilidades da equipe de garantia
      Interargir com Equipedo projeto
      Rever planos e artefatos
      Facilitar reuniões e revisões
      Auditar atividades e artefatos do projeto
      Coletar, analisar e reportar dados de medição
      Trabalhar com o grupo de processos para assegurar
      que os processos são úteis e utilizáveis
      14/04/2007
      © 2007
    • Composto por:
      Coordenador de Garantia de Qualidade;
      1 Analista de Controle de Qualidade;
      Reporte externo ao Gerente de Qualidade da Consultoria
      28 de Abril de 2011
      74
      Hipóteses Projeto GMS DaGinoO Equipe de garantia de Qualidade para o projeto
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Justificativas
      As características do projeto requerem uma equipe dinâmica, uma vez que o projeto em grande parte será na sede da Consultoria.
      Projeto considerado de médio porte, conforme documentação anterior.
      Comunicação
      Simplicidade
      Feedback constante
      [ISO12207-95, Anexos A e B]
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • PLANO DE GARANTIA DE QUALIDADE DE SOFTWARE Std 730-2002
      1) Finalidade2) documentos de referência3) Gestão4) Documentação5) As normas, práticas, convenções e métricas6) Software opiniões8) o relatório de problemas e ações corretivas9) Ferramentas, técnicas e metodologias10) controle de mídia11) controle de fornecedores12) A recolha Records, manutenção e conservação13 Formação)14 A gestão de riscos)15 Glossário)16) SQAP processo de mudança e história
      28 de Abril de 2011
      76
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Glóssário
      28 de Abril de 2011
      77
      CMMi Capability Maturity Model Integrated COTS Commercial Off-the-shelf Software Plano PDCA Plan, Do, Check, Act SQA Garantia da Qualidade de Software SQM Gestãoda Qualidade de Software TQM Gestãoda Qualidade Total V & V Verificaçãoe Validação
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Considerações Finais
      Qualidade não deve ser só inspecionada, mas embutida!
      Antes de questionar o custo da qualidade, questione o custo da falta de qualidade
      Lembre-se que a qualidade é um dos 4 principais compromissosdo projeto
      As ferramentas devem ser as aliadas da qualidade nosprocessos
      Pessoas + Processos + Ferramentas = Sucesso
      28 de Abril de 2011
      78
      Estudo de Caso - Restaurante DaGino
      Fagner Souza e Eurípedes Silva
    • Obrigado ;)
      Fagner Souza e Eurípedes