Conceitos em Patologia - Juarez Quaresma
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Conceitos em Patologia - Juarez Quaresma

on

  • 9,393 views

 

Statistics

Views

Total Views
9,393
Views on SlideShare
9,393
Embed Views
0

Actions

Likes
3
Downloads
193
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

CC Attribution License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Conceitos em Patologia - Juarez Quaresma Presentation Transcript

  • 1. CONCEITOS EM PATOLOGIA Prof. Dr. Juarez A. S. Quaresma CENTRO UNIVERSITÁRIO DO PARÁ CURSO DE MEDICINA
  • 2. INTRODUÇÃO À PATOLOGIA
    • Conceito de patologia
      • Pathos – sofrimento
      • Logos – estudo
    • Divisão da patologia
      • Patologia geral
      • Patologia sistêmica ou especial
  • 3. ASPECTOS CONSTITUINTES DAS DOENÇAS
    • Etiologia
    • Patogenia
    • Alterações morfológicas
    • Desordens funcionais
    • Manifestações clínicas
  • 4. PATOLOGIA CELULAR
  • 5. CICLO CELULAR NORMAL
    • Regulado por mecanismos complexos integrados onde participam fatores internos e externos
    • População global celular = mitoses X apoptose
    • Ciclo celular = vários eventos entre a duplicação do DNA e divisão celular
  • 6. Ciclo Celular – Pontos estratégicos
    • Chechpoints (parada do ciclo)
    • Fatores que inibem o complexo CDK-ciclina – p21 X Fatores que controlam a divisão celular – Fatores de crescimento
    • Atuam por mecanismos:
      • Autócrinos
      • Parácrino
      • Endócrino
  • 7.  
  • 8. Crescimento Celular
    • Ligação de um FC a seu receptor
    • Ativação do receptor de FC
    • Transmissão de sinal ao núcleo através de mensageiros secundários
    • Ativação de fatores reguladores do DNA – duplicação do DNA e divisão celular (genes myc, jun e fos)
  • 9.  
  • 10. CÉLULA NORMAL
    • Homeostasia
    • Agentes lesivos
    • Resposta celular
      • Adaptativa
      • Lesão
    Agente agressor X Defesa = Adaptação ou Lesão
  • 11. CÉLULA NORMAL (Homeostasia) ADAPTAÇÃO LESÃO CELULAR Morte Celular Estresse Aumento da demanda Estímulo nocivo
  • 12. TIPOS DE LESÃO
    • Adaptação celular
    • Reversível
    • Irreversível
        • Necrose
        • Apoptose
    • Alterações subcelulares
    • Acúmulos intracelulares
    • Calcificação patológica
  • 13. ADAPTAÇÃO CELULAR
    • Alteração do volume celular
      • Hipertrofia
      • Hipotrofia
    • Alteração da taxa de divisão celular
      • Hiperplasia
      • Hipoplasia
    • Alteração da diferenciação
      • Metaplasia
    • Alteração do crescimento e diferenciação celular
      • Neoplasia
  • 14. HIPOTROFIA
    • Redução quantitativa dos componentes estruturais e das funções celulares com diminuição do volume das células e dos órgãos atingidos
    • Mecanismo: redução do anabolismo celular
    • Tipos: fisiológicas e patológicas
    • Fisiológicas – Ex: sensibilidade
    • Patológicas: inanição, desuso, compressão, obstrução vascular, substâncias tóxicas, hormonal, inervação
  • 15. HIPOTROFIA Normal D. Alzheimer
  • 16. HIPOTROFIA
  • 17. HIPERTROFIA
    • Aumento quantitativo dos constituintes e das funções celulares com aumento volumétrico das células e dos órgãos atingidos
    • Podem ser fisiológicos e patológicos
    • Fisiológicos: útero na gravidez
    • Patológicos: hipertrofia miocárdica (hipertensão e estenose valvar), hipertrofia de musculatura esquelética (atletas), hipertrofia de musculatura lisa de órgãos ocos (bexiga – hipertrofia prostática), hipertrofia de neurônios do plexo mioentérico na estenose intestinal.
    • Conseqüências: Reversível, levar a lesão celular
  • 18. HIPERTROFIA MIOCÁRDICA
  • 19. HIPERTROFIA DO MIOCÁRDIO Normal Hipertrofia
  • 20. HIPOPLASIA
    • Diminuição da população celular de um tecido, órgão ou parte do corpo
    • Causas; embriogênese (hipoplasia pulmonar, renal, etc.)
    • Podem ser Fisiológicas e patológicas
    • Fisiológicas: involução do timo e das gônadas no climatério
    • Patológicas: hipoplasia da medula óssea por agentes tóxicos ou infecções (AIDS, febre amarela, etc.)
    • Conseqüências: reversíveis, salvo as congênitas
  • 21. HIPERPLASIA
    • Aumento do número de células de um órgão ou parte deles por aumento da taxa de replicação celular
    • Podem ser Fisiológicos e Patológicos
    • Fisiológicos: compensadores (nefrectomia), secundários a estímulo hormonal (útero na gravidez, mama na lactação)
    • Patológicos: estimulação hormonal – estrógeno com hiperplasia endometrial. TSH- hiperplasia tireoidiana
  • 22.  
  • 23. METAPLASIA
    • Mudança de um tipo de célula adulta e madura em outro da mesma linhagem
    • Tipos:
      • Transformação de epitélio pavimentoso não ceratinizado em epitélio ceratinizado
      • Transformação de epitélio glandular endocervical em epitélio escamoso
      • Transformação de epitélio foveolar gástrico em epitélio instestinal
  • 24. METAPLASIA
  • 25. DISPLASIA
    • Condição adquirida caracterizada por alterações do crescimento e da diferenciação celular
    • Exemplos: displasias epiteliais (ocorrem com graus variados de aumento da proliferação celular com distúrbio de maturação e atipias)
    • Nem sempre progridem para câncer
    • Mais freqüentemente originam-se de epitélios metaplásicos
  • 26. CARCINOMA IN SITU
  • 27.  
  • 28. LESÕES E CONDIÇÕES PRÉ CANCEROSAS
    • Condições patológicas associadas a maior risco de câncer
      • Displasia do colo uterino, mucosa gástrica, epitélio brônquico,
  • 29. FIM