Empreender é um ato heróico
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Empreender é um ato heróico

on

  • 890 views

Este trabalho apresenta novos elementos que cria um novo mode de ver

Este trabalho apresenta novos elementos que cria um novo mode de ver
o que é empreendedorismo no Brasil.

Statistics

Views

Total Views
890
Views on SlideShare
890
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
3
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Empreender é um ato heróico Empreender é um ato heróico Document Transcript

  • Universidade Cruzeiro do Sul Empreender é um ato heróico Etiennie Pimenta RGM 33686-6 Resumo Este trabalho apresenta novos elementos que cria um novo mode de vero que é empreendedorismo no Brasil. Palavras-chave: Artigo científico, heroísmo, herói, jornada, empreender,empreendedorismo. São Paulo 2011
  • Empreender é um ato heróico Muito se fala de empreendedorismo, mas antes de começar a discorrersobre o mesmo, temos que ter em mente o que é realmente. A terminologia empreendedor é originária da palavra entrepreneur emfrancês, que sua tradução literal é empresário e organizador, interpretando asduas palavras podemos destacar palavras que nos remetem as mesmas, eestas nos remetem a vários adjetivos já largamente empregados nos diversosmeios de comunicação de massa. Empreendedorismo é um estudo focado em desenvolver competências ehabilidades relacionadas á criação de uma solução ou projeto para suaempresa ou para empresa de terceiros, onde realiza, executa e/ou encontraoportunidades. Mas também é uma atitude mental que engloba habilidadescomo motivação, capacidade de perceber mudanças a sua volta e agilidade. Para entender melhor o que é o ideal é conhecer mais o foco de estudoque é o empreendedor. Empreendedor é aquele que inicia um negócio com a visão de seaproveitar de uma situação de mercado favorável, com visão além do seutempo atual, com as devidas estratégias, planos de negócios, soluções einovações; mas também é aquele que assume riscos ao adquirir uma empresajá fundada, mas na qual ele tem em mente o que deve ser feito para melhora esabe concretizar objetivos. Podemos designar como heróis contemporâneos, pois muitos passampor todas as etapas da “Jornada do herói”, monomito de Joseph Campbell –estudioso norte-americano de mitologia e religião. Onde ele divide a jornadaem três etapas: Partida/Separação, Iniciação e Retorno. Mas creio ser maisampla outra divisão feita onde temos 12 estágios, que readeqüei paraexemplificar, que são: 1. Mundo Comum – a vida que cerca o empreendedor. 2. O Chamado da Aventura - Um problema se apresenta ao empreendedor: um desafio ou percepção de oportunidade.
  • 3. Reticência do Herói ou Recusa do Chamado - O empreendedor se recusa ou demora a aceitar o desafio ou ter certeza da oportunidade, geralmente porque tem medo. 4. Encontro com o mentor ou Ajuda Sobrenatural - O empreendedor encontra um mentor que o faz aceitar o chamado, o informa e prepara para seu negócio. 5. Cruzamento do Primeiro Portal - O empreendedor abandona o mundo comum para entrar no mundo na qual seu negócio esta inserido. 6. Provações, aliados e inimigos ou A Barriga da Baleia - O empreendedor enfrenta testes, encontra aliados e enfrenta inimigos na forma de burocracias ou falta de experiência do negócio na qual esta criando e desta forma aprende as regras que regem seu negócio. 7. Aproximação - O empreendedor tem êxitos durante as provações 8. Provação difícil ou traumática - A maior crise momento onde passa por alguma dificuldade técnica ou financeira onde tem o desfecho continua com o negócio ou fecha. 9. Recompensa - O empreendedor enfrentou a falência, se sobrepõe ao seu medo e agora ganha uma recompensa, manteve-se aberto (elixir). 10. O Caminho de Volta - O empreendedor tem o reconhecimento do seu negócio, como sendo de sucesso. 11. Ressurreição do Herói - ocorrem mudanças na área que compete seu negócio e novamente ele se vê em continuar com o negócio ou fechar, e tem que usar tudo que foi aprendido. 12. Regresso com o Elixir - O empreendedor estabiliza-se novamente tem o "elixir", e usa seus conhecimentos para ajudar todos que por ventura vierem a lhe procurar. Mas para se tornar este herói contemporâneo de acordo comChiavenato, é necessário ter algumas ou desenvolver algumas características,que são as seguintes: 1. Iniciativa e busca de oportunidade; 2. Perseverança; View slide
  • 3. Comprometimento; 4. Busca de qualidade e eficiência; 5. Coragem para assumir riscos, mas calculados; 6. Fixação de metas objetivas; 7. Busca de informações; 8. Planejamento e monitoração sistemáticos, isto é, detalhamento de planos e controles; 9. Capacidade de persuasão e de estabelecer redes de contatos pessoais; 10. Independência, autonomia e autocontrole. Mas não são só ter ou desenvolver todos estas características quegarante o sucesso, mas sim o equilíbrio entre todas elas. Faz-se necessáriodesenvolver as competências e habilidades de modo a completar-se entre si,não é necessário que seja todas desenvolvidas, mas as que irão realmentefavorecer o seu propósito e fazer com que seu negócio tenha sustentabilidadefinanceira. Se preparar para o mundo empreendedor é muito além do que vemosem livros, palestras, cursos, sites e afins. Devemos ter uma atitude mental, queinclui a capacitação acima citada, organização, motivação, saber identificaroportunidades de negócios ou de novos negócios atrelados ao seu atual eacima de tudo saber executar planos e roteiros definidos. Pois eles são a chavedo sucesso. Em todo o mundo pessoas com perfil empreendedor são as gerados denovos negócios nunca antes imaginados, como podemos citar os novos tiposde negócios, como Facebook e Google, que faturam milhões em publicidade eserviços. Existem outros casos, mas os mais famosos são os dois acimacitados. Temos que perceber também com a alta carga tributária que hojepossuímos no Brasil e sim um ato de coragem abrir um negócio, crescer, seestabelecer e não fechar, pois o mais comum é de empresários novos sedesmotivarem da empresa e fechar a mesma. Isso não faz com que nosso paíscresça e possa estar entre os países economicamente mais ricos do mundo ese manter na mesma por muitas décadas. Enquanto isso não ocorre teremosmias e mais empresários/heróis em nosso país. View slide
  • Referência:BALFOUR, Alastair; HINGSTON, Peter. Como trabalhar em casa no seupróprio negócio. Série Próprio Negócio. São Paulo: Publifolha, 2001.CAMPBELL, Joseph. O poder do mito. 3ª Ed. São Paulo: Palas Athena, 1991.CHIAVENATO, Idalberto. Empreendedorismo. 3ª Ed. São Paulo: EditoraSaraiva, 2009.DOLABELA, Fernando. Oficina do Empreendedor. 6ª Ed. São Paulo: EditoraCultura, 1995.Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (SEBRAE).Acessado: 24 de setembro de 2011. Disponível em:http://www.sebrae.com.br/customizado/estudos-e-pesquisas/temas-estrategicos/empreendedorismoServiço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (SEBRAE).Acessado: 25 de setembro de 2011. Disponível em:http://www.sebrae.com.br/customizado/estudos-e-pesquisas/temas-estrategicos/sobrevivencia