6 Luciana EBBS BSB set2011 definitivo

1,139 views
1,052 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,139
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
302
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

6 Luciana EBBS BSB set2011 definitivo

  1. 1. EBBS RIO DE JANEIROA CONSTRUCAO DE UMA PROPOSTA SETEMBRO DE 2011
  2. 2. Objetivo Geral:Contribuir para a construção de uma política pública municipal voltada para cuidadoscom a Primeira Infância para garantir sua vida, seu ambiente psicossocial e suaqualificação como cidadão brasileiro.
  3. 3. Características do município do Rio de Janeiro - RJPopulação IDH6.161.047 0,832Outros dados da rede de saúde:• População 0-6 anos – 565.414• CMS – 20• PS – 46• Policlínicas – 15• PSF–591 equipes / 416 completas (23,02%)• EACS – 45 equipes• 44 CRAS• 10 CREAS• 109.006 alunos na Educação Infantil (creche + pré-escola) NV com > 7 consultas PN > 65,96% Mortalidade Materna: 63,4 / 100 mil Nascidos Vivos Coeficiente de Mortalidade Infantil 13,5 / 1000 Nascidos Vivos
  4. 4. OBJETIVOS CENTRAIS DO GOVERNO•Melhorar a qualidade dos serviços públicos prestados no município.•Proteger e recuperar o espaço público e os ativos naturais da nossa cidade.•Garantir maior igualdade de oportunidades para os jovens e as criançascariocas.•Estabelecer as condições necessárias para o crescimento econômicosustentável.•Promover o desenvolvimento de setores estratégicos para a economia carioca.•Tornar o Rio uma cidade mais integrada do ponto de vista urbanístico e cultural.•Reduzir os atuais níveis de pobreza e indigência da cidade.•Posicionar o Rio como importante centro político e cultural no cenáriointernacional.
  5. 5. • PRINCÍPIOS DE ATUAÇÃO DO GOVERNO • Colocar o cotidiano das pessoas como tema prioritário de governo. • Assegurar uma gestão profissional de toda máquina municipal. • Estabelecer uma perfeita integração entre as políticas públicas municipais, estaduais e federais. • Garantir que os serviços públicos prestados pela Prefeitura tenham o mesmo padrão de qualidade em todas as regiões da cidade. • Potencializar a capacidade de investimento da Prefeitura através de parcerias com o setor privado e outras esferas de governo.
  6. 6. Metas de INFRAESTRUTURA URBANA Promover a construção de 50 mil novas unidades de habitação de interesse social na cidade, através de parcerias; Reduzir em pelo menos 3,5% as áreas ocupadas por favelas na cidade, (ref.: 2008);Metas da SAÚDE Reduzir em pelo menos 20% o número deReduzir a taxa de mortalidade infantil em pontos críticos de enchentes na cidade, (ref.: 2008).11%,(ref.: 2008); Metas da ASSISTÊNCIA SOCIALReduzir a taxa de mortalidade materna em Reduzir em 15% a população carioca abaixo da19%, linha de indigência, (ref.: 2007);(ref.: 2007); Aumentar para 95% a cobertura do Programa Bolsa Família, (ref.: 2008).Reduzir em 20% o tempo de espera nasemergências dos quatro grandes hospitais Metas da EDUCAÇÃOpúblicos municipais, (ref.: 2009); Criar 30.000 novas vagas em creches públicasAumentar em 10 vezes a cobertura do Saúde ou conveniadas;da Família, (ref.: 2008); Criar 10.000 novas vagas em pré-escolas públicas; Garantir que pelo menos 95% das crianças com 7 anos de idade estejam alfabetizadas. até o final de 2012
  7. 7. .Rio de JaneiroSituacao:1. Multiplicidade de políticas e fragmentação de ações de cuidado materno-infantil. Potencialidades 1. Aumento da cobertura de saúde da família 2. Programa Primeira Infância Carioca 3. Sinergia nas linhas de cuidado voltados para a criança. 4. Promoção de protagonismo infanto-juvernil. 5. Promoção de paternidade responsável. 6. Intensa atuacao da Gerencia da Crianca, do Adolescente e da Mulher 7. Superintendencia de Promocao da Saude com inumeras acoes intersetoriais 8. Portaria de criacao do Grupo Executivo Local em agosto de 2011
  8. 8. Cartografia de Ações em desenvolvimento no municipio do Rio de Janeiro Implementar e monitorar Atenção Integral à Saúde da Criança (GSC) •Caderneta de Saúde •Crescimento e Desenvolvimento •PSE /EDI / Dentescola •Asma e rinite/ PRODIAP/ AIDPI •Unidos pela CuraPromoção, Proteção •Alimentacao saudavele Apoio ao Aleitamento Atenção ao Recém-Materno (GSC) Nascido (GSC) •Método Canguru•Rede Amamenta Brasil •Capacitação da equipe em•Iniciativa Hospital Amigo da reanimação neonatalCriança • Cegonha carioca•Rede Brasileira de Bancos de •Acolhimento mae-bebeLeite Humano Brasileirinhos •Triagem neonatal•Proteção Legal ao Aleitamento saudáveis • Follow up do RN de riscoMaterno •Adote um neto•Campanhas Prevenção de acidentes, maus tratos e Investigação do violência na infância Óbito Infantil (comitês VS)
  9. 9. Equipe EBBS RIOApoiador municipalArticulador regionalArticuladores locais
  10. 10. Articuladores locaisAuxiliar na construção de espaços de troca entre os profissionais;Incentivar a criação de grupos de discussão e reflexão das situaçõesvivenciadas pelas equipes da ESF que estimulem as soluções coletivas;Auxiliar no fortalecimento do vínculo entre a ESF e a comunidade;Auxiliar na construção de estratégias de atuação inovadoras e criativasjunto à comunidade;Auxiliar na elaboração de uma rede de apoio social que inclua ONGs,creches, cursos profissionalizantes, associações de moradores, entreoutros, que sirva de apoio ao encaminhamento das situações-problema;
  11. 11. Brasileirinhos Saudáveis – Ações em desenvolvimento No Municipio do Rio de Janeiro Pesquisa “ Conhecimentos, Qualificacao das ESF envolvidas atitudes e praticas sobre no piloto:Atuacao intersetorial: desenvolvimento infantil em cinco equipes de saude da familia no -Ambientes saudaveis- nos Espacos de - manejo da caderneta da municipio do Rio de Janeiro”Desenvolvimento Infantil crianca(EDI) atraves da avaliacao --avaliacao do desenvolvimentodas criancas submetidas -- estabelecimento de fluxos deao ASQ que possuem processo trabalhoalteracao no - quando a mulher querdesenvolvimento engravidar-Articulacao com o PSE – - a mulher gravidareconhecimento de - quando o bebe chega nasituacoes de risco e comunidade Brasileirinhos -Visita domiciliarqualificacao para o saudáveis -Crianca com atraso demanuseio da caderneta da desenvolvimento nacrianca creche-Rodas de conversa comos pais nas creches Foruns de atuacao: Valorizacao da- Rede Integracao em territorio Paternidade Apoio as equipes: “quem piloto cuida do cuidador” - Reunioes com o Gel regional Valorizacao dae futuramente com o GEL municipal Infancia
  12. 12. Desafios:-Ativacao do GEL municipal-Manutencao continua da acao intersetorial-Comunicacao permanente entre os diversossetores da SMSDC para nao superposicao deacoes, garantindo a integracao e otimizacao dasacoes-Incorporacao da EBBS como politica de saudemunicipal
  13. 13. Proxima etapa:• Sensibilizacao para outras areas de planejamento• Comunidade da Rocinha – 25 equipes de saude da familia – 100.000 habitantes
  14. 14. Alguns resultados esperados da interação das açõesde saúde com a EBBS:• Mudança da mentalidade dos atores que trabalham neste projetoestratégico;• Capacitação e qualificação dos cuidadores de redes sociais dentro e foradas famílias;• Construção de referências tecnológicas/assistenciais para as equipes deAtenção à Saúde Primária• Aumentar a taxa de gravidez desejada/planejada;• Valorizacao da participacao do pai;• Ampliação de iniciativas intersetoriais nos âmbitos da mulher e dacriança;• Diminuição da mortalidade infantil (principalmente no componenteneonatal).
  15. 15. OBRIGADA !!!

×