Dreamlab

1,205
-1

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,205
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Dreamlab

  1. 1. E-COMMERCEMODELOS DE NEGÓCIO BOAS PRÁTICASFACTORES DE SUCESSO JOÃO MIGUEL LOPES ESTGA 2012
  2. 2. E-COMMERCENegócio desenvolvidoatravés de meioselectrónicosAssenta nas variáveis decompra, venda etransferênciaEnvolve serviços,produtos, informação
  3. 3. 01. estatísticas
  4. 4. a s st ic a tí e st 1.0
  5. 5. a s st ic a tí e st 1.0
  6. 6. 02. modelo de negócio
  7. 7. E-Commerce = Negócios01. COMO VAMOS GANHAR DINHEIRO?02. EXISTEM CLIENTES PARA OS NOSSOS PRODUTOS?03. O NEGÓCIO É ECONOMICAMENTE VIÁVEL?
  8. 8. 02. modelo de negócio IDEIA Inicio do processo Estimulo criativo Consequência do empreendedorismo ESTRATÉGIA CENTRAL Relação com a missão e visão do negócio Estratégia de produto, serviço, preço, … Elementos de diferenciação no mercado Define a abordagem para criar valor
  9. 9. 02. modelo de negócio RECURSOS ESTRATÉGICOS Aspectos únicos do produto/serviço que ajudam a criar um nicho de mercado distinto? O nosso negócio detém algum processo ou activo exclusivo difícil de copiar? ALIANÇAS ESTRATÉGICAS Permite o acesso a recursos humanos especializados Permite alavancar o negócio, evitando um investimento inicial avultado
  10. 10. 02. modelo de negócio INTERFACE COM O CLIENTE A forma como se entrega valor ao cliente MODELOS DE NEGÓCIOS ONLINE NÃO SÃO CÓPIA MODELOS DE NEGÓCIOS OFFLINE
  11. 11. 03. modelos de e-commerce
  12. 12. 03. modelos de e-commerce Preço Publicidade Produtos/stocks administração marketing Promoções Logística Mercados Trocas e Social Media devoluções SEM / SEO Relações Pós-Venda Segmentação Atendimento Gestão de Venda E-COMMERCE Plataformas CRM tecnológico Compra comercial Segurança Pagamento Integração ERP Gestão de Certificação produtos Hosting Prospecção Help Desk
  13. 13. 03. modelos de e-commerce BUSINESS TO CONSUMER (B2C) Negócio directo com o consumidor final
  14. 14. 03. modelos de e-commerce BUSINESS TO BUSINESS (B2B) Negócios entre empresas.
  15. 15. 03. modelos de e-commerce CONSUMER TO CONSUMER (C2C) Um intermediário permite a transacção entre dois consumidores finais
  16. 16. 03. modelos de e-commerce CONSUMER TO BUSINESS (C2B) O Utilizador vende um produto/serviço a uma empresa
  17. 17. 03. modelos de e-commerce BUSINESS TO EMPLOYEE (B2E) Pouco utilizado, permite às empresas trabalhar em regime de intranet para gestão de processos SFA (sales force automation) Mobile Technology
  18. 18. 07. e-consumer
  19. 19. 07. e-consumer NOVA GERAÇÃO DE CONSUMIDORES QUE COMPRA ONLINE Vive num mundo hiper- conectado (sem tempo) Mais atento Mais informado Mais envolvido
  20. 20. 07. e-consumer Consumidor que vai para além da COMPRA É exigente e força a criação de produtos Quer relacionar-se com a marca (reclamar, conversar, elogiar) Quer comparar preços, produtos, vantagens
  21. 21. 07. e-consumer Não considera apenas o preço decisivo .a promessa .o conteúdo .a expectativa que a marca oferece .a experiência Pesquisa em comunidade as melhores ofertas online
  22. 22. 07. e-consumer 90 Gosta de transparência 68 Comenta as marcas nas 45 redes e posta opiniões (40% dos utilizadores) 23 0 Compra, essencialmente, com cartão de créditoRecommendations from people knownConsumer opinions posted onlineBrand websites Sabe mais acerca doEmails signed up forSearch engine results ads produto que a própriaOnline video adsOnline banner ads marca
  23. 23. adesão mercado04. ao e-commerce
  24. 24. 04. adesão mercado ao e-commerce PONTO DE VISTA DO CONSUMIDOR FINAL Mais alternativas de escolha Mais produtos Procura global Redução de preços Mais informação e detalhada Comparação de produtos e valores Aconselhamento justo
  25. 25. 04. adesão mercado ao e-commerce PONTO DE VISTA DO CONSUMIDOR FINAL Comodidade na compra e recepção dos produtos Evita as deslocações e as dificuldades associadas Evita constrangimentos com o factor tempo Acessibilidade – em qualquer lugar, a qualquer momento acesso à compra
  26. 26. 04. adesão mercado ao e-commerce
  27. 27. 04. adesão mercado ao e-commerce PONTO DE VISTA DAS EMPRESAS Factores culturais (mercado em crescimento) Custo do processo de venda mais reduzido Ciclo de compra reduzido Facilidade no fornecimento de informação Mercado de dimensão global
  28. 28. 04. adesão mercado ao e-commerce PONTO DE VISTA DAS EMPRESAS Reduzido custo da tecnologia Possibilidade de impactar consumidores em qualquer lugar Redução custo de recursos humanos Espaço ilimitado para produtos nas prateleiras
  29. 29. dificuldades de integração05. e-commerce nas empresas
  30. 30. 05. barreiras ao e-commerce Aversão à mudança Ausência de estratégia para digital online Ausência de RH especializados para o marketing digital Desconhecimento técnico Percepção de elevado investimento e dificuldade em rentabilizá-lo Conflitos de interesses – bypass da cadeia de distribuição Dificuldades ao nível da logística
  31. 31. estratégias para06. empresas e-commerce
  32. 32. 06. estratégias de e-commerce Mix de produtos atractivos e com vantagens especificas para o target Logística eficiente para que os clientes possam ter confiança nos prazos de entrega dos produtos Divulgação eficiente da loja e dos produtos Incentivos à partilha de conteúdo Possibilidade de comentários aos produtos Promoções constantes
  33. 33. 06. estratégias de e-commerce Plataformas de fácil navegação Processo de compra simples e claro As políticas (de compra, privacidade, condições de pagamento e de entrega) devem ser claras O serviço de apoio ao cliente deve ser eficiente Considerar diversas opções de pagamento (cartões de crédito, referência MB, Paypal, transferência) Dinâmica de comunicação
  34. 34. 09. e-commerce plataformas
  35. 35. 09. e-commerce plataformas PLATAFORMA BASE TECNOLÓGIA DO NEGÓCIO meio para atingir o fimPLATAFORMABASE TECNOLÓGIA DO NEGÓCIOmeio para atingir o fim
  36. 36. 09. e-commerce plataformas LAYOUT Atractivo, fácil navegação Imagens ampliadas de produtos Imagens de pormenores, vídeo, áudio MÚLTIPLAS CATEGORIAS Utilizador procura de acordo com as suas necessidades Facilitar a localização do produto através de diferentes categorias Importante dar todos os caminhos ao utilizador
  37. 37. 09. e-commerce plataformas PRODUTOS AGRUPADOS (Up-Selling / Cross-Selling) Oferecer produtos com base em mix (Portátil + rato + mala) Oferecer sugestões que combinam (camisa, combina com calça ou gravata) POTENCIAR ATRIBUTOS Produtos têm características diferentes que podem ser usadas para comparação Carro: ano, cor, tipo de motor, velocidade máxima, acabamentos
  38. 38. 09. e-commerce plataformas PAGAMENTO / ENTREGA Máximo de ofertas do serviço Quanto menos passos melhor Dar incentivos na entrega do produto Mecanismos para trocas e devoluções Seguros de transporte SEO Facilidade máxima para resultados orgânicos Personalização de URLS Meta information (description e keywords)
  39. 39. 09. e-commerce plataformas SOCIAL TOOLS Avaliação/ranking de produtos Comentários / opiniões Partilha de informação CONTACTO Facilitar canal de contacto Reclamações, duvidas, questões frequentes Formulários, skype, messenger, telefone, mail
  40. 40. 09. e-commerce plataformas INTEGRAÇÃO COM OUTRAS PLATAFORMAS Capacidade para estabelecer ligação a CRM, ERP SEGURANÇA / HOST Certificados de segurança Volume de acessos VS desempenho MONITORIZAÇÃO Relatórios de vendas, perfis de utilizador, ...
  41. 41. 08. tendências e-commerce
  42. 42. 08. tendências e-commerce SOCIAL COMMERCE venda social Usa diferentes plataformas (redes sociais, lojas on-line) para a promover vendas A venda é baseada em recomendações e informações dadas pela comunidade Não basta ter uma loja on-line é necessário criar relações com os utilizadores
  43. 43. 08. tendências e-commerce SOCIAL COMMERCE asos Reúne uma série de modelos de negócios (desde clube de compras até uma área onde os utilizadores podem criar looks com os produtos à venda). Os utilizadores podem votar naquilo que mais gostam e partilhar informações sobre as peças disponíveis no site.
  44. 44. 08. tendências e-commerce Mobile Commerce Crescimento do acesso à rede via mobile Crescimento das vendas de equipamentos smartphones Crescimento da oferta de APPs e redução dos custos de desenvolvimento Integração de várias tecnologias no Time is Money modelo de negócio (geolocalização,sociedade just in time realidade aumentada)
  45. 45. 08. tendências e-commerce Realidade Aumentada Novas experiências no processo de compra Experimentar o produto virtualmente (penteado, roupa) Vitrines Virtuais QR Codes
  46. 46. 08. tendências e-commerce Web Semântica & E-commerce Produtos apresentados em vídeos, com classificação por preço, lojas Mais informação disponível para o utilizador Procura mais rápida e específica Database com oferta de acordo com as preferências do utilizador Interfaces segmentados por variáveis dadas pelo utilizador
  47. 47. 08. tendências e-commerce Geolocalização Sell Oferta de serviços com base em proximidade (desconto no restaurante) Votação/ranking por parte da rede Foursquare
  48. 48. 08. tendências e-commerce Online Outlets Escoar stocks de colecções passadas Venda de produto com pequeno defeito (o que não me interessa pode interessar a outro)
  49. 49. 08. tendências e-commerce T-Commerce TV digital vai permitir: .Seleccionar conteúdo .Votar conteúdo .Comprar conteúdo .Sugerir conteúdo
  50. 50. joaomiguel@dreamlab.pt Obrigrado joaomiguellJoão Miguel Lopes twitter.com/joaomiguelopes digital marketing strategy facebook.com/joaomiguelopes
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×