Your SlideShare is downloading. ×
0
Sexualidade
Sexualidade
Sexualidade
Sexualidade
Sexualidade
Sexualidade
Sexualidade
Sexualidade
Sexualidade
Sexualidade
Sexualidade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Sexualidade

4,231

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,231
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
77
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Doenças sexualmente transmissíveis <ul><li>Trabalho realizado por: </li></ul><ul><li>Ângela calisto nº 4 </li></ul><ul><li>Daniel Inácio nº 6 </li></ul><ul><li>Estefânio Fernandes nº11 </li></ul><ul><li>Miguel Quintino nº 20 </li></ul>
  • 2. Introdução <ul><li>são doenças provocadas por bactérias, fungos e vírus e que se transmitem por contacto sexual íntimo, quando um dos parceiros se encontra infectado. Existem várias destas doenças, também conhecidas por doenças venéreas …  </li></ul>
  • 3. O que são doenças sexualmente transmissíveis E como é se transmitem? São doenças provocadas por bactérias, fungos e vírus o que se transmite por contacto sexual intimo, quando uns dos parceiros esta infectado. existem várias destas doenças também conhecidas por doenças venéreas.
  • 4. Tipos de doenças ? DOENÇAS TRANMISSÃO SINTOMAS EFEITO NOME (VÍRUS/BACTÉRIA) SIDA Esperma, Sangue (infectado). anemia; alterações imunitárias. infecções generalizadas, morte. VHI. GONORREIA contacto sexual, Roupa interior e toalhas. Inflamação do colo do útero, transtornos menstruais. H: esterilidade M: inflamação da pélvis. Neisseria gonorrhoeae (bactéria). SIFILIS contacto sexual. Úlceras genitais, mucosas na pele. Lesões no sistema circulatório. Treponema pallidum  (bactéria) HEPATITE B sangue, esperma secreção vaginal. Hepatite, cirrose Lesões hepáticas. Graves problemas no fígado, e pode causar a morte. Vários tipos de vírus
  • 5. Como prevenir ? <ul><li>É importante afirmar que nem todas as doenças causadas pelas DST esta presente nesta apresentação, que é o caso da : Uretrite, Herpes genital, candidiase, tricomoniase, pedículose púbica. É recomendado o uso do preservativo, ter uma relação estável com apenas um parceiro, nunca emprestar roupas intimas, ir ao médico com frequência, não partilhar agulhas e ou outros objectos cortantes porque algumas das DST são transmitidas pelo sangue contaminado. Estas são algumas das formas de prevenção das DST. </li></ul>
  • 6. Número de pessoas infectadas em Portugal? De acordo com o «Relatório sobre a Epidemia Mundial do HIV/SIDA - 2008», elaborado pelo Programa Conjunto das Nações Unidas para a doença (ONUSIDA) , o número estimado de pessoas infectadas em 2007 com o vírus da imunodeficiência humana em território nacional era de 34.000, sendo que as estimativas mais baixas apontam para 20.000 e as mais altas para 63.000. Em 2001, as estimativas da ONUSIDA para adultos e crianças falavam em 29.000 infectados em Portugal. O melhor cenário apontava para 18.000 e o pior para cerca de 51.000. O mesmo relatório adianta também que o número de mortes de adultos e crianças portuguesas no ano passado devido à doença foi inferior a 500.
  • 7. As DST na adolescência? Os adolescentes são os mais afectados devido ao seu comportamento de risco. A imaturidade em busca da maturidade faz com que os adolescentes comecem a praticar relações sexuais mais cedo e sem protecção, acabando na maioria dos casos infectados pelas DST.
  • 8. IMAGENS Visto que as imagens relacionadas com o tema eram muito chocantes o grupo decidiu que não as punha na apresentação.
  • 9. Conclusão Ao realizar este trabalho ficamos a saber mais sobre as Doenças sexualmente transmissíveis e do seu perigo para a sociedade no geral. aprendemos muito com este trabalho pois aprendemos como nos podemos proteger. Gostamos de realizar este trabalho porque é um tema que desperta curiosidade.
  • 10. Bibliografia <ul><li>www.dst.com </li></ul><ul><li>www.adolescencia.com </li></ul><ul><li>www.doençastranmissiveis.com </li></ul><ul><li>www.sexualidades.com </li></ul>
  • 11. Ficha técnica Texto : Ângela Calisto, Miguel Quintino.; Edição de texto : Daniel Inácio, Estefânio Fernandes; Música : sax & guitar version- Heal the world, No woman no cry. Pesquisa : Ângela, Daniel, Estefânio e Miguel.

×