Aula 05

2,159 views
2,050 views

Published on

Published in: Technology, Business
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,159
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
69
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 05

  1. 1. ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 05 Prof. Cleuber Fernandes Mestre em Ciência da Computação - UnB Cleubermf@yahoo.com.br http://br.groups.yahoo.com/group/ES-2008 ________________________________________________________________________ Prof. M.Sc. Cleuber Fernandes 1
  2. 2. Especificação Preliminar do Projeto 1. O projeto deve ser desenvolvido por equipes de 4 a 6 pessoas, com papéis e responsabilidades bem definidas. 2. O tema de cada projeto fica a escolha de cada equipe. 3. Deve ser utilizado o Plano de Iteração Preliminar para orientar a execução da fase de Concepção do Projeto conjuntamente com o Caso de Desenvolvimento para saber quem deve produzir o que e quando. 3. Devem ser utilizados os modelos e templates dos artefatos a serem produzidos, bem como ferramentas case gratuitas, como ArgoUML, DbDesign. ________________________________________________________________________ Prof. M.Sc. Cleuber Fernandes 2
  3. 3. LISTA DE EXERCÍCIOS 1. Um dos objetivos da especificação de requisitos de um sistema é que usuários e desenvolvedores tenham a mesma visão do problema a ser resolvido. 2. Relacione a segunda coluna com a primeira, com relação às fases clássicas do desenvolvimento de software: 1 - Estágio no qual o modelo de análise ( ) Levantamento de Requisitos. terá de ser adaptado de tal modo que possa servir como base para implementação no ambiente alvo. 2 - Tem por objetivo construir modelos que ( ) Análise. determinam qual é o problema para o qual estamos tentando conceber uma solução de software. 3 - Entrada em produção do sistema. ( ) Projeto. 4 - Tem por objetivo propiciar que usuários e ( ) Implementação. desenvolvedores tenham a mesma compreensão do problema a ser resolvido. 5 - A codificação do sistema é efetivamente ( ) Testes. executada. 6 - Consiste na verificação do software. ( ) Implantação. 3. Nas alternativas abaixo, marque “Dquot; para as disciplinas do RUP e “Fquot; para as fases do RUP: ( ) Iniciação. ( ) Modelagem de Negócios. ( ) Requisitos. ( ) Análise e Design. ( ) Elaboração. ( ) Implementação. ( ) Construção. ( ) Teste. ( ) Implantação. ( ) Ambiente Gerenciamento de Projeto. ( ) Gerenciamento de Configuração e Mudança. ( ) Transição. ________________________________________________________________________ Prof. M.Sc. Cleuber Fernandes 3
  4. 4. 4. Relacione a segunda coluna com a primeira, com relação aos objetivos das fases do RUP: 1 – Iniciação (Concepção). ( ) Tratar todos os riscos significativos do ponto de vista da arquitetura do projeto. 2 - Elaboração. ( ) Treinamento de usuários e equipe de manutenção. ( ) Estabelecer o escopo do software do projeto e as condições 3 - Construção. limite, incluindo uma visão operacional, critérios de aceitação e o que deve ou não estar no produto. 4 - Transição. ( ) Concluir a análise, o projeto, o desenvolvimento e o teste de todas as funcionalidades necessárias.. 5. Relacione a segunda coluna com a primeira, com relação aos marcos das fases do RUP: 1 – Iniciação (Concepção). ( ) Capacidade Operacional Inicial. 2 - Elaboração. ( ) Objetivos do Ciclo de Vida. 3 - Construção. ( ) Release do Produto. 4 - Transição. ( ) Arquitetura do Ciclo de Vida. 6. Marque V ou F nas questões abaixo: a. ( ) Para alcançar uma maior produtividade, no Processo Unificado (PU) os requisitos menos arriscados são implementados antes dos requisitos mais arriscados. b. ( ) Durante a Análise procura-se estabelecer uma solução para o problema a ser resolvido. c. ( ) Requisito pode ser definido como uma condição ou uma capacidade com a qual o sistema deverá estar em conformidade, e ele pode mudar durante o processo de desenvolvimento de um SW. d. ( ) Um artefato pode ser um dos seguintes elementos: um documento, um modelo, o código de uma classe. e. ( ) Em um ciclo de desenvolvimento de SW típico do PU, para um projeto de tamanho médio, a maior parte do esforço e programação concentram-se na fase de elaboração. f. ( ) Uma passagem pelas quatro fases do RUP produz uma geração do software. g. ( ) Um caso de uso representa quem faz o que (interage) com o sistema, preocupando-se com o comportamento interno do sistema. h. ( ) Um cenário é a descrição de uma das maneiras pelas quais um caso de uso pode ser realizado. ________________________________________________________________________ Prof. M.Sc. Cleuber Fernandes 4
  5. 5. i. ( ) Um ator representa qualquer coisa que interage com o sistema, como por exemplo, uma pessoa, um sistema ou um dispositivo de hardware. j. ( ) Um ator pode se relacionar com apenas um caso de uso. k. ( ) O relacionamento de inclusão indica que um caso de uso terá seu procedimento copiado num local especificado em outro caso de uso, identificado como base. Enquanto que a extensão é um procedimento executado apenas opcionalmente. l. ( ) Decomposição Funcional consiste da divisão de um problema em pequenas partes isoladas, ou seja, é a mesma coisa que um caso de uso. m. ( ) A arquitetura do RUP é composta por duas dimensões, uma estática representada pelas disciplinas e outra dinâmica representada pelas fases do ciclo de vida de desenvolvimento. n. ( ) Dentre as disciplinas do RUP, nenhuma é considerada guarda-chuva. o. ( ) O RUP adota um modelo de processo iterativo e incremental. Sendo que em cada iteração é utilizado o modelo clássico em cascata. Contudo, o modelo prototipagem não é usado no RUP. p. ( ) No RUP, cada disciplina possui definição de um fluxo de trabalho, uma visão geral da atividade e uma visão geral de artefatos. q. ( ) O RUP define papéis e responsabilidades para executar as atividades e produzir os artefatos. Cada papel é responsável por apenas uma disciplina, a fim de evitar sobrecarga de trabalho e, conseqüentemente, prejudicar a qualidade dos artefatos produzidos. r. ( ) O RUP foi desenvolvido de forma parametrizável, características esta que permite sua adaptação a diferentes tipos de projetos. No entanto, por ser um processo de desenvolvimento extenso e complexo, não é recomendado para construção de software pequenos e convencionais. 7. Marque V ou F nas questões abaixo: a. ( ) A principal causa de problemas no desenvolvimento de software é a identificação e especificação de requisitos de baixa qualidade. b. ( ) Requisitos são todas as necessidades informadas pelo usuário que passam a compor o escopo do produto. Os requisitos funcionais estão relacionados com as respostas do sistema a entradas específicas e o comportamento em determinadas situações. c. ( ) Requisitos não funcionais estão ligados a restrições, como “o sistema deve autenticar usuários”. d. ( ) Requisitos funcionais podem ser escritos em diferentes níveis de abstração, sendo que o modelo de casos de uso representa apenas requisitos de usuário. e. ( ) A fragilidade da descrição de requisitos por meio de linguagem natural pode ser elimina pela Especificação de Casos de Uso, que inclusive não permite mais a ocorrência de imprecisão na especificação e a conseqüente interpretação ambígua dos requisitos. ________________________________________________________________________ Prof. M.Sc. Cleuber Fernandes 5
  6. 6. f. ( ) Requisitos não funcionais não entram em conflito com os funcionais, uma vez que estes estão relacionados com as funções do sistemas e aqueles com as restrições. g. ( ) Os requisitos de domínio estão voltados principalmente à descrição das regras de negócio. h. ( ) É recomendado o uso do modelo de casos de uso como um contrato entre o cliente e equipe de desenvolvimento, uma vez que nele estão representados os requisitos funcionais e não funcionais correspondentes e as fronteiras do sistema. 8. Relacione a segunda coluna com a primeira: A - Velocidade ( ) Porcentagem de eventos que causam falhas B - Facilidade de uso ( ) Porcentagem de recursos dependentes de SO/Hardware C - Confiabilidade ( ) Tempo médio para falhar D - Robustez ( ) Tempo de atualização da tela E - Portabilidade ( ) Tempo de treinamento ________________________________________________________________________ Prof. M.Sc. Cleuber Fernandes 6
  7. 7. ________________________________________________________________________ Prof. M.Sc. Cleuber Fernandes 7

×