0
Professora
Ana Cristina Albuquerque
As análises físico-químicas mais comumente utilizadas no tratamento
de água são:

•cor;                                 •t...
As análises microbiológicas tem o objetivo de certificar que a
  água está isenta de microorganismos causadores de doenças...
Os métodos utilizados nas
análises microbiológicas
são:

•Determinação para
coliforme (reagente
colilert – meio de cultura...
1. PRÉ-SEDIMENTADOR
•Compartimento com a
função de receber toda
água que chega da
captação.
•Durante um tempo de
contato n...
2. FLOCULADOR
•Compartimento provido de
agitadores    lentos,   que
efetuam       a     mistura
homogênea do Sulfato de
Al...
3. DECANTADOR
•A principal função é a de
receber todos os flocos
oriundos do floculador.
•Seu fundo tem a forma
cônica    ...
4. Filtros
•Unidade Composta por
fundo falso, camada de
seixos, areia e carvão
mineral.
•Nesta      unidade    são
removid...
5. Reservatórios
•A água que sai dos filtros
vai para um reservatório
de contato onde ocorre a
desinfecção e a correção
do...
• Cada ETA possui um laboratório que processa análises
  e exames físico-químicos e bacteriológicos destinados
  à avaliaç...
Acabou? Já?! É só isso?!
Bom final de semana!!!
Estação de tratamento de água
Estação de tratamento de água
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Estação de tratamento de água

9,632

Published on

Material criado pela Professora Ana Albuquerque, sobre Estação de Tratamento de água, para seus alunos do Colégio Espaço aberto

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
9,632
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
471
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Estação de tratamento de água"

  1. 1. Professora Ana Cristina Albuquerque
  2. 2. As análises físico-químicas mais comumente utilizadas no tratamento de água são: •cor; •turbidez; •pH; •sabor e odor; •determinação da concentração de •determinação de OD Cloro e Flúor total (fluoretos) (Oxigênio Dissolvido); dissolvidos (para efetuar correções); •determinação da concentração de •determinação da DBO metais: Alumínio, Ferro, Manganês, (Demanda Bioquímica de Oxigênio); Cromo Hexavalente; •concentração de Nitrogênio; •determinação da DQO (Demanda Química de Oxigênio); •dureza (concentração de •determinação da concentração de carbonatos de cálcio e magnésio); Trihalometanos.
  3. 3. As análises microbiológicas tem o objetivo de certificar que a água está isenta de microorganismos causadores de doenças. Como o intestino humano é habitado por vários outros microorganismos não patogênicos de vários gêneros e espécies, identifica-se o Grupo Coliforme, que indica a presença de microorganismos patogênicos na água de abastecimento. O Grupo Coliforme é divido em três subgrupos, que indicam a contaminação fecal da água de abastecimento: • Coliforme totais (CT); • Coliforme fecais (CF); • Estreptococos Fecais (EF).
  4. 4. Os métodos utilizados nas análises microbiológicas são: •Determinação para coliforme (reagente colilert – meio de cultura); •Determinação de toxina Cianobacterias – Microcistina; •Contagem de bactérias heterotróficas.
  5. 5. 1. PRÉ-SEDIMENTADOR •Compartimento com a função de receber toda água que chega da captação. •Durante um tempo de contato neste compartimento de 10 minutos, as partículas de maior granulometria sedimentam. •Na saída do pré- sedimentador é adicionado Sulfato de Alumínio, cuja finalidade é de promover, juntamente com a alcalinidade e uma agitação enérgica, a coagulação.
  6. 6. 2. FLOCULADOR •Compartimento provido de agitadores lentos, que efetuam a mistura homogênea do Sulfato de Alumínio com a água e suas impurezas. • Como o sulfato de alumínio é poroso e gelatinoso, as impurezas entram em seus poros, aumentando seu tamanho e tornando-o mais pesado que a água. •Antes de chegar ao floculador é dosado cloro gás para oxidação da matéria orgânica.
  7. 7. 3. DECANTADOR •A principal função é a de receber todos os flocos oriundos do floculador. •Seu fundo tem a forma cônica que facilita a remoção do lodo, que é realizada com descargas intermitentes. •Este processo é conhecido pelo nome de decantação acelerada com placas planas lamelares, e a ETA possui 4 unidades.
  8. 8. 4. Filtros •Unidade Composta por fundo falso, camada de seixos, areia e carvão mineral. •Nesta unidade são removidos turbidez remanescente e um percentual em torno de 80 % de bactérias. •Estes filtros são do tipo rápido por gravidade de leito misto, aonde a água entra por cima e sai por baixo limpa.
  9. 9. 5. Reservatórios •A água que sai dos filtros vai para um reservatório de contato onde ocorre a desinfecção e a correção do pH da água. Há ainda adição de fluossilicato de sódio para prevenção de cáries. •Neste sistema são tratados 210L/s. •Reservatórios com capacidade para 4 800 000 Litros.
  10. 10. • Cada ETA possui um laboratório que processa análises e exames físico-químicos e bacteriológicos destinados à avaliação da qualidade da água desde o manancial até o sistema de distribuição. Além disso, existe um laboratório central que faz a aferição de todos os sistemas e também realiza exames especiais como: identificação de resíduos de pesticidas, metais pesados e plâncton. Esses exames são feitos na água bruta, durante o tratamento e em pontos da rede de distribuição, de acordo com o que estabelece a legislação em vigor.
  11. 11. Acabou? Já?! É só isso?!
  12. 12. Bom final de semana!!!
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×