• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
platelmintes parasitas
 

platelmintes parasitas

on

  • 11,765 views

 

Statistics

Views

Total Views
11,765
Views on SlideShare
11,745
Embed Views
20

Actions

Likes
2
Downloads
216
Comments
0

1 Embed 20

http://www.slideshare.net 20

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    platelmintes parasitas platelmintes parasitas Presentation Transcript

    • Platelmintes parasitas Verminoses Humanas
    • Platelmintes Parasitas: Esquistossomose
      • * Schistosoma mansoni – trematódeo – sistema porta-hepático: sistema de veias que conecta intestino, fígado e baço.
      • * Área endêmica no Brasil: Maranhão à Minas Gerais.
      • * Oreinte Médio, África, Antilhas, América do Sul...
      • (Local onde encontram-se os principais focos)
    • Platelmintes Parasitas: Esquistossomose
      • * Ciclo de Vida:
      • Caramujo de água doce: Biomphalaria sp.
      • Humanos – elimina ovos pelas fezes. Em contato com a água, ovos se rompem e liberam larva ciliada ( miracídio ).
    • Platelmintes Parasitas: Esquistossomose
      • Miracídio nada, encontra o caramujo (hospedeiro intermediário), onde completa seu ciclo de vida. Cada miracídio cresce, perde os cílios, transforma-se em esporocisto (saco com células germinativas).
      • Cada uma forma uma cercária (larva com cauda bifurcada).
      • Abandonam o caramujo, podem sobreviver por algumas horas na água.
      • Em contato com humanos penetra pela pele ou mucosas, atinge a corrente sanguínea, até chegar ao sistema porta-hepático. Transformam-se em vermes adultos, que copulam e produzem ovos que serão eliminados nas fezes.
    • Platelmintes Parasitas: Esquistossomose
      • Sintomas:
      • * diarréia;
      • * dores abdominais;
      • * hepatomegalia ( do fígado);
      • * esplenomegalia ( do baço);
      • * cirrose hepática;
      • * obstrução circulação sanguínea, ruptura dos vasos, hemorragia, plasma para cavidade abdominal – barriga-d’água.
      • Profilaxia:
      • * Evitar o contato com a água de locais suspeitos e contaminados com os caramujos portadores das formas larvais;
      • * Evitar o depósito das fezes no solo, pois os ovos podem chegar a água, liberando miracídios. (Saneamento básico).
      Platelmintes Parasitas: Esquistossomose Bionphalaria sp.
    • Fasciolose
      • Fascioloa hepatica
      • Parasita fígado do carneiro, boi e humanos (raro)
      • Monóico
      • Ovos passam para intestino e são liberados nas feses.
      • Na água eclodem – larvas ciliadas (miracídios)
      • HI – caramujo Lymnaea sp (24 horas ou morre).
      • Esporocistos que contém rédias
      • Rédias originam por pedogênese outras larvas – cercárias.
      • Cercárias saem do caramujo e nadam até fixarem-se na vgetação, perdem a cauda e transformam-se em metacercárias protegidas por cistos (resistência).
      • Carneiro ingere os cistos, as larvas perfuram o intestino e atingem o fígado.
    • Platelmintes Parasitas: Teníase
      • Taenia solium
      • Taenia saginata
    • Platelmintes Parasitas:Teníase
      • Costumam viver isoladamente em um hospedeiro. Solitária.
      • Absorvem através da pele do hospedeiro os nutrientes – debilitando-os – pois não possuem sistema digestório. Ventosas.
    • Platelmintes Parasitas:Teníase
      • Ciclo de vida
      • HI: porco ( T. solium ), gado ( T. saginata ).
      • HD: Homem.
      • * Contaminação: ingestão de carne contaminada com larvas ( cisticercos ). Podem viver por anos na musculatura do HI e não evoluir para um verme adulto.
      • * São visíveis a olho nú.
    • Platelmintes Parasitas:Teníase
      • Ciclo de Vida:
        • ovos eliminados pelas fezes humanas.
        • Porco ingere ovos, por engano.
        • Ovos eclodem e formam larvas (Cisticercos), e atravessam as paredes do intestino do porco.
        • Ao comer a carne malcozida e contendo cisticercos, o ser humano se contamina.
        • No intestino do HD, atinge a fase adulta e se fixa nele por meio de ganchos ( T. solium ) e ventosas.
        • Quando a Tênia amadurece sexualmente, os ovos são eliminados com as fezes do indivíduo.
    •  
    • Platelmintes Parasitas:Teníase
      • Sintomas:
        • alterações no apetite (muita fome, falta de apetite);
        • cólicas;
        • náuseas;
        • vômitos;
        • diarréias;
        • cansaço;
        • mal-estar;
        • insônia.
    • Platelmintes Parasitas:Teníase
      • Profilaxia:
        • evitar carne mal-passada;
        • Saneamento básico;
        • * Tênias e esquistossomos são vermes digenéticos – completam o ciclo de vida em dois hospedeiros (larva HI e adulto HD).
    • Platelmintes Parasitas: Cisticercose
      • Ingestão dos ovos de Taenia solium, na água contaminada, verduras ou frutas.
      • ovos transformam-se em larvas (cisticercos), que podem migrar para o cérebro ou globo ocular.
      • Sintomas: semelhantes à epilepsia; cegueira.
      • Humanos: hospedeiro intermediário, abriga as larvas.
      • Profilaxia: água tratado, higiene de verduras e frutas.