Your SlideShare is downloading. ×
Linha do Cuidado em Atenção à Saúde da População LGBT na SMSP
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Linha do Cuidado em Atenção à Saúde da População LGBT na SMSP

656

Published on

Apresentação da Linha de Cuidado em Atenção à Saúde da População LGBT do Município de São Paulo, elaborada a partir da portaria 820/2013 – SMS.G, que instituiu o grupo de trabalho para implantação da …

Apresentação da Linha de Cuidado em Atenção à Saúde da População LGBT do Município de São Paulo, elaborada a partir da portaria 820/2013 – SMS.G, que instituiu o grupo de trabalho para implantação da Política Municipal.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
656
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Linha do cuidado em atenção a saúde da população LGBT na SMSP Portaria 820/2013 – SMS.G
  • 2. Grupo de Trabalho para Implementação da Política de Atenção á Saúde Integral da População LGBT. Portaria 820/2013 – SMS.G Diário Oficial da Cidade de São Paulo, 10 de Maio de 2013. Mirmila Alves Musse Odimar Edmundo Reis Márcia Maria Gomes Massironi Anete Hannud Abdo Celso Ricardo Monteiro Rosana Del Bianco Jaqueline Alves Lopes Sartori Sandra Aparecida dos Santos Stahlhauer Julian Vicente Rodrigues Pamela Roberta Varandas Godoy
  • 3. A Secretaria Municipal de Saúde reconhece a necessidade de atenção á saúde da população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, buscando a adoção de mecanismos gerenciais e de planejamento para a promoção da equidade em saúde.
  • 4. O debate abre uma discussão sobre o acesso, o acolhimento, o diagnóstico, a atenção e, o tratamento na busca por resolubilidade, em meio ás desigualdades que demarcam também o processo saúde-doençacuidado. integralidade equidade universalidade
  • 5. Plano de Trabalho da Secretaria Municipal de Saúde busca responder: •Inibir o uso de silicone por travestis; •A prescrição da hormonioterapia controlada com equipe multiprof. •A organização da assistência ambulatorial á Travestis e Transexuais; •A necessidade de atenção integral LGBT, independente de qual Unidade; •A necessidade de resposta ás comorbidades , no processo saúde-doença •Fluxo bem definido para atenção á saúde das travestis e transsexuais, conforme as suas necessidades e os contextos em que elas atuam •A organização do processo de educação permanente aos profissionais de saúde.
  • 6. Atenção Integral a Saúde da População LGBT Linha de Cuidado Concepção “usuário = pessoa = atenção integral” SAÚDE MENTAL ENDOCRINOLOGIA GINECOLOGISTA •Hormônios – masculino/ feminino •Doenças mentais generalizadas •Mudança de Nome •Usuários de Drogas •Transexuais e Travestis CIRURGIÃO PLÁSTICO •Enxerto e retirada de silicone •Mastectomia •Colocação de próteses •Prevenção das doenças •HIsterectomia •Neovagina HIV •Atenção Especializada UROLOGISTA Atenção Integral PROCTOLOGISTA Atenção Integral
  • 7. Atividades • Treinamento e sensibilização das unidades básicas região central para atendimento e acolhimento a população LGBT qualificada • Reconhecimento e implantação de 2 unidades na região central para hormonioterapia com equipe multi profissional • Treinamento especifico para prescrição da terapia hormonal • Parceria jurídica no processo transexualizador na atenção especializada com o suporte do CRD (Centro de Referencia da Diversidade da SMSP) • Distribuição teste rápido HIV, sífilis, hepatites ás unidades básicas • Inserção da Saúde Mental em treinamentos e atuação na rede • Reforço a equipe multiprofissional incluindo fonoaudiologa • Pactuação como suporte técnico com a rede estadual de atendimento a população LGBT . • Formação de comite técnico na SMSP para consensuar protocolo em hormonioterapia.

×