Your SlideShare is downloading. ×
Texto rosa neide para início das aulas 2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Texto rosa neide para início das aulas 2011

2,584
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,584
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. <br />ESTADO DE MATO GROSSO<br />SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO<br />Prezados colegas profissionais da educação, <br />Estamos iniciando um novo ano de trabalho, um novo governo, novas perspectivas e desafios a atingir. Mato Grosso, com seus 3 milhões e 30 mil habitantes espera muito de todos nós.<br />Dos nossos habitantes, 430 mil destes estão nas escolas estaduais, matriculados como estudantes. Juntos a eles há mais de 320 mil pais e 36 mil profissionais para o atendimento a esses estudantes. Vejam que somos mais de 800 mil pessoas envolvidas no processo educativo.<br />Temos a convicção de que a educação só será totalmente de qualidade quando dentro das salas de aulas os nossos alunos disserem “eu aprendi, eu sei, eu interpretei, eu penso assim porque...”. Professores e alunos são autoridades de seu fazer e respondem a um coletivo de intenções, aprovadas e sonhadas pela sociedade.<br />Na construção de uma história da educação com qualidade social há a participação efetiva dos governos federal, estadual e municipal que devem trabalhar de modo articulado e em harmonia, respeitando e apoiando os nossos educadores. <br />Transformar a vida dos estudantes e fazer parte de uma história humana de vitórias é a maior recompensa de um educador. A sociedade aprendendo qual é o papel da escola e da família, cabendo a nós, educadores, responder a este chamamento. Sabemos dos desafios para lidarmos com as crianças, adolescentes, jovens e adultos da nossa contemporaneidade, este se constitui o nosso maior desafio. Vamos receber bem nossos(a) estudantes na escola, transformando conceitos e possibilidades em conhecimentos.<br />Na semana pedagógica a escola deve preparar o seu ano escolar: como receber os alunos, os novos profissionais, como informar aos pais quais são as principais regras da escola e, principalmente, como podemos ensinar bem nossos alunos, levando até eles os conhecimentos necessários, pois o domínio do conhecimento historicamente construído pela humanidade é direito público subjetivo e inerente ao exercício da  "libertação"  humana. <br />Buscaremos na nossa sensibilidade profissional ao que nos legou Paulo Freire: “Ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo”; “Não há vida sem correção, sem retificação”; “Não é no silêncio que os homens se fazem, mas na palavra, no trabalho, na ação-reflexão”... Estas e tantas outras preciosidades nos ajudam a refletir sobre o nosso fazer no início do ano escolar.<br />É fundamental a construção de um ambiente afável para o trabalho pedagógico. Para que isto aconteça é importante a confiança e as informações precisas e para todos. Cabe prepararmos um ambiente favorável para o início do ano escolar. É importante refletir sobre o regimento interno da escola, bem como o seu PDE/PPP para que todos conheçam e discutam os pontos principais. <br />Discutir e planejar, no coletivo, as regras de convivência na escola. Ano Novo é sempre bom refletir: “ Eu sou um intelectual que não tem medo de ser amoroso, eu amo as gentes e amo o mundo. E é porque amo as pessoas e amo o mundo, que eu brigo para que a justiça social se implante antes da caridade”(Paulo Freire). Ser amoroso não nega o papel disciplinador da escola, disciplina para estudar, para se organizar, para cuidar da escola, para se tornar cidadão. Somos semeadores da esperança e das oportunidades para todos e todas!<br />A escola é um lugar de educadores: professor, funcionário, alunos, pais, todos têm papéis definidos. Quando alguém chega ao portão (aluno ou pais de alunos), o recebimento por parte do profissional que ali está já é um ato educativo. No momento do lanche, o ambiente da escola, as plantas, o atendimento e a organização da secretaria, o respeito e a autoridade da equipe gestora... tudo são atos educativos. Todos que nesses espaços atuam têm responsabilidades educativas com seu fazer. A autoridade intelectual e emocional dos profissionais que estão nas salas de aulas é de extrema importância nesse processo. Todos nós, educadores, que nos desdobramos em fazer o milagre pedagógico do ensinar e do aprender, de fazer os nossos alunos a serem cidadãos/ãs filho de trabalhador, podemos ajudar nossos estudantes a sonhar e concretizar uma profissão digna. <br />Portanto, profissionais da educação, abram os braços, acolham a todos, queiram a ele e a ela o que querem para o seu filho... o país será melhor... as aulas serão melhores, o ambiente escolar será melhor, e toda a sociedade mato-grossense e brasileira sairá vitoriosa.<br />Todas as vezes que as dúvidas forem maiores do que as possibilidades de respostas, fiquem à vontade para buscar a Seduc, pois juntos buscaremos resposta e possibilidades para cada vez mais qualificarmos a educação no estado.<br />Um forte abraço a todos e a todas e um 2011 melhor para todos nós, educadores. <br /> Rosa Neide Sandes de Almeida<br /> Secretária de Estado de Educação<br />

×