Design e Ensino: o Caso da Escola de Design Unisinos  PARODE, Fabio REYES, Paulo 1° ENCONTRO DA REDE LATINA DE DESIGN – 24...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  objetivo  recuperando algumas referências históricas no  campo do en...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  BAUHAUS ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 3
o  modelo industrial ingl ês  pedagogia associada à industria, qualificando todo o sistema produtivo a influência de ingle...
a  ascenção da Alemanha  como pais industrializado e  em busca de identidade própria,  abrindo-se ao estilo industrial - a...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  metas da Bauhaus síntese estética   integração de todas as artes  pe...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  FASES DA BAUHAUS 1919-1933 Fase 1  Gropius Fase 2  Hannes Meyer Fase...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  FASE 1  GROPIUS com a  ideia de construção Gropius  passa a desenvol...
Gropius dizia:  “ o pretencioso muro entre artistas e artesãos, cairá”. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISIN...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  FASE 1  GROPIUS  metodologias de  valorização da experiência criativ...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  FASE 2  HANNES MEYER  ideais mais  socialistas  e  populares   opõe-...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  FASE 2  HANNES MEYER  Design entre a criação e técnica +  TÉCNICO  -...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  FASE 3  MIES VAN DER ROHE  BAUHAUS passa a ter um  foco na Arquitetu...
ULM Hochschule für Gestaltun Escola Superior da Forma  1955-1968 DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  14 ...
fase de fundação o ensino se caracterizava pela  continuidade da tradição da Bauhaus  design voltado para a indústria inte...
incluiu-se  novas disciplinas científicas  no currículo  estreita relação entre  configuração, ciência e tecnologia  acima...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  prática do ensino  passou a ser  altamente formalizada organizada em...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 18 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  CONTEXTO DE IMPLANTAÇÃO <ul><li>UNISINOS </li></ul><ul><li>Plano de ...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  COMPETÊNCIA TEÓRICA UNISINOS Programa de Cooperação POLI.DESIGN  Con...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  DIRETRIZ UNIVERSIDADE SOCIEDADE INTEGRAÇÃO 21 ESCOLA DE DESIGN UNISI...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  POSICIONAMENTO - ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 22 ESCOLA DE DESIGN UNISI...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  23 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  24 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS sociedade universidade pesquisa graduaç...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  CIRCUITO DO CONHECIMENTO CONTÍNUO PESQUISADORES CONSULTORES PROFESSS...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  ESCOLA DE DESIGN UNISINOS UNIVERSIDADE SOCIEDADE MESTRADO ESPECIALIZ...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  PESQUISA E P ÓS-GRADUAÇÃO 3 APLICADA pesquisa aplicada aplica os con...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  CR í TICA ao MODELO por DISCIPLINAS 3° SEM 2° SEM 1° SEM desenho his...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  MODELO SISTÊMICO por PROGRAMAS DE APRENDIZAGEM 3° SEM 2° SEM 1° SEM ...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  alinhamento horizontal alinhamento vertical   tema  articulador empr...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  CONCEPÇÃO DE DESIGN FASE INDUSTRIAL foco: sistema de produção MATERI...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  CONCEPÇÃO DE DESIGN FASE PÓS-INDUSTRIAL foco: sistema de consumo IMA...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  CONCEPÇÃO DE DESIGN FASE PÓS-INDUSTRIAL foco: sistema de consumo IMA...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  CONCEPÇÃO DE DESIGN DESIGN ESTRATÉGICO CULTURA DE PROJETO C META PRO...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  CONCEPÇÃO DE DESIGN DESIGN ESTRATÉGICO CULTURA DE PROJETO <ul><li>PR...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  C EDU transdisciplinar fundamento sistêmico design center arte+funci...
DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS  OBRIGADO [email_address] [email_address] 37 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Rede Latina - Parode, Reyes

884 views
812 views

Published on

Artigo de Fabio Parode e Paulo Reyes para Rede Latina.

Published in: Technology, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
884
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Rede Latina - Parode, Reyes

  1. 1. Design e Ensino: o Caso da Escola de Design Unisinos PARODE, Fabio REYES, Paulo 1° ENCONTRO DA REDE LATINA DE DESIGN – 24, 25, 26 DE JUNHO ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  2. 2. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS objetivo recuperando algumas referências históricas no campo do ensino do design como BAUHAUS E ULM busca-se apresentar a experiência de ensino de design, utilizando como mote as metodologias aplicadas no contexto da ESCOLA DE DESIGN UNISINOS a fim de identificar pontos de contato e de disjunção 2 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  3. 3. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS BAUHAUS ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 3
  4. 4. o modelo industrial ingl ês pedagogia associada à industria, qualificando todo o sistema produtivo a influência de ingleses críticos da cultura e do trabalho: John Ruskin e William Morris , ambos contrários à submissão do trabalho humano à máquina: seus ideais foram fundamentais ao movimento de estilo Arts and Crafts. antecedentes históricos da Bauhaus: DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 4
  5. 5. a ascenção da Alemanha como pais industrializado e em busca de identidade própria, abrindo-se ao estilo industrial - ao novo – em oposição à Inglaterra influência de ideais revolucionários do inicio do séc. XX estética do construtivismo a associação do Werkbund, pretendia reconciliar ‘ Arte e máquina’ antecedentes históricos da Bauhaus: DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 5
  6. 6. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS metas da Bauhaus síntese estética integração de todas as artes pela arquitetura síntese social estandardização, atendendo as necessidades do maior número de pessoas ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 6
  7. 7. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS FASES DA BAUHAUS 1919-1933 Fase 1 Gropius Fase 2 Hannes Meyer Fase 3 Mies van der Rohe ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 7
  8. 8. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS FASE 1 GROPIUS com a ideia de construção Gropius passa a desenvolver a ideia de um todo em um : integração das artes arquitetura, artes plásticas, pintura, tudo contribuindo com a construção de um novo Ser , de uma nova sociedade ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 8
  9. 9. Gropius dizia: “ o pretencioso muro entre artistas e artesãos, cairá”. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS ARTE + TÉCNICA mestre da forma mestre artesão FASE 1 GROPIUS _ MODELO 9 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  10. 10. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS FASE 1 GROPIUS metodologias de valorização da experiência criativa identificando no artesanato uma forma de qualificação do indivíduo Johannes Itten mentor intelectual dessas metodologias que valorizavam a expressão individual participação fundamental de Kandinsky e Paul Klee 10 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  11. 11. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS FASE 2 HANNES MEYER ideais mais socialistas e populares opõe-se a todo o luxo a dimensão artística como mero instrumento de soluções funcionais BAUHAUS abre-se à perspectiva do De Stijl 11 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  12. 12. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS FASE 2 HANNES MEYER Design entre a criação e técnica + TÉCNICO - ARTÍSTICO 12 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  13. 13. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS FASE 3 MIES VAN DER ROHE BAUHAUS passa a ter um foco na Arquitetura Valorização das Belas Artes objeto arquitetônico é considerado como OBRA de ARTE no espaço 13 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  14. 14. ULM Hochschule für Gestaltun Escola Superior da Forma 1955-1968 DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 14 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  15. 15. fase de fundação o ensino se caracterizava pela continuidade da tradição da Bauhaus design voltado para a indústria interesse na arte era puramente instrumental DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS FASE 1 MAX BILL _ 1953 - 1956 15 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  16. 16. incluiu-se novas disciplinas científicas no currículo estreita relação entre configuração, ciência e tecnologia acima de uma noção de arte supremacia do pensamento cartesiano DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS FASE 2 TOMÁS MALDONADO _ 1956 - 1968 16 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  17. 17. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS prática do ensino passou a ser altamente formalizada organizada em institutos autônomos , a Ulm desenvolvia projetos para clientes da indústria “ sem pesquisa, sem verba” a Ulm não era mais vista como uma Instituição de Pesquisa e Desenvolvimento o que gerou a ruptura das subven ç ões do governo. 17 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  18. 18. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 18 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  19. 19. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS CONTEXTO DE IMPLANTAÇÃO <ul><li>UNISINOS </li></ul><ul><li>Plano de Desenvolvimento Institucional - PDI </li></ul><ul><li>definição das estratégias </li></ul><ul><li>integração regional </li></ul><ul><li>induzir ou fortalecer os arranjos produtivos regionais </li></ul><ul><li>consolidar um centro de competências , capaz de levar </li></ul><ul><li>a Universidade a oferecer, paralela e sinergicamente, </li></ul><ul><li>atividades de formação e de serviços de consultoria </li></ul><ul><li>nos diversos setores de aplicação do DESIGN </li></ul>19 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  20. 20. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS COMPETÊNCIA TEÓRICA UNISINOS Programa de Cooperação POLI.DESIGN Consorzio del Politecnico di Milano Politécnico de Milão 20 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  21. 21. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS DIRETRIZ UNIVERSIDADE SOCIEDADE INTEGRAÇÃO 21 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  22. 22. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS POSICIONAMENTO - ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 22 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS INTERNACIONALIZAÇ ÃO Parceria com Poli.Design, Consorzio del Politecnico di Milano INOVAÇ ÃO O modo de introduzir criatividade e cultura de projeto como motor de inovaç ão na sociedade e na empresa. Uma empresa de consultoria empresarial Uma organizaç ão local que opera para as empresas do RS. Design como criaç ão art í stica e estilismo (styling). INTEGRAÇ ÃO Um sistema de pesquisa e de formaç ã o universit á ria permanente. Uma universidade. POSICIONAMENTO ESCOLA POSICIONAMENTOS TRADICIONAIS POSICIONAMENTOS TRADICIONAIS Design estrat é gico que guia a inovaç ão do sistema-produto. Um centro internacional que poderia ser localizado em qualquer lugar no mundo.
  23. 23. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 23 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  24. 24. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS 24 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS sociedade universidade pesquisa graduação design center consultores pesquisadores e mestrandos professores e alunos comunidade de conhecimento agentes empresa
  25. 25. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS CIRCUITO DO CONHECIMENTO CONTÍNUO PESQUISADORES CONSULTORES PROFESSSORES ALUNOS abstração concretização aprendizagem ação nível experimental nível aplicado nível concreto nível abstrato 25 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  26. 26. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS ESCOLA DE DESIGN UNISINOS UNIVERSIDADE SOCIEDADE MESTRADO ESPECIALIZAÇÃO GRADUAÇÃO EMPRESAS COMUNIDADES CIDADES INTEGRAÇÃO <ul><li>COM A SOCIEDADE </li></ul><ul><li>ENTRE OS DIFERENTES N ÍVEIS DE ENSINO </li></ul>26 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  27. 27. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS PESQUISA E P ÓS-GRADUAÇÃO 3 APLICADA pesquisa aplicada aplica os conhecimentos a uma realidade específica, considerando uma demanda externa das organizações na sociedade 27 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS EPISTEMOLÓGICO 1 pesquisa teórica atualiza e insere o problema atual do design em um contexto de fundamentos da crítica teórica e epistemológica 2 pesquisa metodológica e operacional METODOLÓGICA constrói metodologias efetivas de aplicação da teoria, embora não focadas em realidades específicas, identificando formas de sistematizar e orientar a busca de soluções para problemas teóricos e operacionais
  28. 28. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS CR í TICA ao MODELO por DISCIPLINAS 3° SEM 2° SEM 1° SEM desenho história projeto Impacto do modelo linear na formação GRADUA ÇÃO 28 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  29. 29. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS MODELO SISTÊMICO por PROGRAMAS DE APRENDIZAGEM 3° SEM 2° SEM 1° SEM 29 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  30. 30. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS alinhamento horizontal alinhamento vertical tema articulador empresa 1 alinhamento horizontal empresa 2 alinhamento horizontal empresa 3 GRADUAÇÃO 30 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  31. 31. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS CONCEPÇÃO DE DESIGN FASE INDUSTRIAL foco: sistema de produção MATERIAL PRODUTO COMUNICAÇÃO DESENHO INDUSTRIAL 31 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  32. 32. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS CONCEPÇÃO DE DESIGN FASE PÓS-INDUSTRIAL foco: sistema de consumo IMATERIAL DESIGN DESIGN PROCESS DESIGN MANAGEMENT SERVIÇO EXPERIÊNCIA DESIGN ESTRATÉGICO CULTURA DE GESTÃO CULTURA DE PROJETO 32 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  33. 33. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS CONCEPÇÃO DE DESIGN FASE PÓS-INDUSTRIAL foco: sistema de consumo IMATERIAL DESIGN DESIGN PROCESS DESIGN MANAGEMENT SERVIÇO EXPERIÊNCIA DESIGN ESTRATÉGICO CULTURA DE GESTÃO CULTURA DE PROJETO 33 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  34. 34. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS CONCEPÇÃO DE DESIGN DESIGN ESTRATÉGICO CULTURA DE PROJETO C META PROJETO PROJETO + 34 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  35. 35. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS CONCEPÇÃO DE DESIGN DESIGN ESTRATÉGICO CULTURA DE PROJETO <ul><li>PRODUTO </li></ul><ul><li>SERVIÇO </li></ul><ul><li>EXPERIÊNCIA </li></ul><ul><li>COMUNICAÇÃO </li></ul>C SISTEMA - PRODUTO 35 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  36. 36. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS C EDU transdisciplinar fundamento sistêmico design center arte+funcionalismo+simbólico foco consumo produtos imateriais 36 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS
  37. 37. DESIGN E ENSINO: O CASO DA ESCOLA DE DESIGN UNISINOS OBRIGADO [email_address] [email_address] 37 ESCOLA DE DESIGN UNISINOS

×