Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
3,820
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
5
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PRISE/PROSEL- 1ª ETAPA DISCIPLINA – HISTÓRIA EIXO TEMÁTICOI: MUNDOS DO TRABALHO COMPETÊNCIA HABILIDADE CONTEÚDO-Compreender as relações de trabalho no mundo - Identificar e caracterizar as diversas formas de 1. A diversidade das relações de trabalho na Antigüidade Clássica.antigo, nas sociedades pré-colombianas e no organização do trabalho na civilização grega e a) O Hilotismo espartano: condições de vida e trabalho de hilotas e periecos.mundo medieval. romana, nas sociedades pré-colombianas e no b) A escravidão e o trabalho na Grécia e em Roma – tipos de escravidão. mundo medieval. c) Trabalho e “cidadania”.-Identificar e analisar as relações de trabalhocompulsório em organizações sociais, culturais e - Identificar conflitos e resistências entre os vários 2. A Constituição do mundo do trabalho na sociedade medieval.políticas na América pré-colombiana. sujeitos sociais nos diversos tempos históricos: a) A servidão e o trabalho livre. antiguidade e medievo. b) Corporações de ofícios e mercadores.- Analisar as formas de organização do trabalhona sociedade egípcia - Compreender a instituição do trabalho 3 . A organização e a divisão do trabalho nas sociedades: Maia, Asteca, Inca, compulsório como elemento de exclusão da Tupinambá e Guarani. condição de cidadania. 4 – África: O Egito antigo. - Analisar o mundo do trabalho no Antigo Egito. EIXO TEMÁTICO II: ESTADOS, CIDADANIAS E MOVIMENTOS SOCIAIS COMPETÊNCIA HABILIDADE CONTEÚDO-Compreender a organização do Estado em - Inferir de que forma a instituição da guerra 1. A organização do Estado na Antiguidade Clássica.sociedades que vinculam relações de poder às contribui para o processo de formação e de a) As cidades-estados: Atenas, Esparta e Roma.diferentes formas de exclusão. organização do Estado em diferentes sociedades. b) A organização política nas Polis grega e romana: Da República ao Regime Imperial.- Analisar as diferentes formas de representação - Compreender os processos de mudanças sociais c) As reformas em Atenas: De Sólon a Péricles.do Estado presentes em pinturas, gravuras, nos e políticas nas cidades-estado gregas associando d) Democracia e lutas sociais na Grécia e em Roma.diversos estilos literários, arquitetônicos, musicais tais mudanças às lutas e movimentos sociais. e) Lutas sociais e cidadania em Atenas, Esparta e Roma.no período Antigo e Medieval na Europa, América f) As resistências e às diversas formas de escravidão no mundo clássico.e na África. - Identificar as diversas formas de representação do Estado presentes em pinturas, gravuras, nos 2- A sociedade medieval. diversos estilos literários, arquitetônicos, musicais a) as relações de poder: Estado e igreja medieval. no período Antigo e Medieval na Europa e na b) a cavalaria, o clero e a nobreza. América. c) as relações de senhorio, vassalagem e servidão. d) as heresias medievais na baixa Idade Média. - Identificar as relações sociais, econômicas e de e) Lutas camponesas. produção nas sociedades Antigas, povos da América, e sociedade medieval. 3. As hierarquias, os cacicados, e as relações de poder entre os povos das - Indicar os diferentes aspectos da organização Américas: política do estado egípcio. a) as guerras b) os rituais - Compreender a organização do estado egípcio como estratégia de dominação do trabalho e da 4. O Egito Antigo: a constituição do Estado e da sociedade egípcia.
  • 2. utilização dos recursos da natureza. EIXO TEMÁTICO III: MENTALIDADE, RELIGIOSIDADES E CULTURA POPULAR COMPETÊNCIA HABILIDADE CONTEÚDO- Compreender o papel dos “mitos” e das práticas - Identificar o papel dos “mitos” e das práticas 1- Religiosidade e ancestralidade africana:mágicas na composição da religiosidade e das religiosas na Antiguidade Clássica, na sociedade - Os antigos egípcios: deuses, crenças e divindades.mentalidades da civilização greco-romana, pré- medieval, na América pré- colombiana e na África - A expansão do islã no Egito.colombiana e da egípcia. meridional: Egito. 2- Religião e religiosidade na Antiguidade clássica.- Analisar as diversas religiosidades na - Compreender a ancestralidade e religiosidade da - Mitologia, Ritos e crenças na Grécia e Roma Antiga.cristandade ocidental no Medievo. civilização egípcia e sua contribuição para o 3. Igreja Cristã na sociedade medieval.- Analisar as contribuições da civilização egípcia desenvolvimento da humanidade. - Mentalidade Cristã Medieval.no desenvolvimento das ciências. - Compreender a expansão do Islã na África. 4. Religiosidade e cultura entre pré-colombianos. - Identificar e analisar as práticas de religião e de - Artes, ciência e visões de mundo nas sociedades Maias, Astecas e Incas. religiosidade no Egito Antigo. - Identificar as crenças, deuses e divindades do panteão greco-romano. - Compreender o rito e o mito como formas de narrativas do mundo, de organização e de manutenção dos vínculos de ancestralidade nas cidades-estado. - Analisar as práticas da religiosidade popular no Ocidente medieval. - Analisar as práticas de dominação da igreja no ocidente medieval.
  • 3. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PRISE/PROSEL- 2ª ETAPA DISCIPLINA – HISTÓRIA EIXO TEMÁTICO I: MUNDOS DO TRABALHO COMPETÊNCIA HABILIDADE CONTEUDO - Indicar as transformações ocorridas nas relações de 1 – As sociedades Africanas: e o processo de escravização a- Identificar e analisar as relações de trabalho compulsório em trabalho ao longo dos processos de escravização nas partir do século XV.organizações sociais, culturais e políticas nos estados sociedades africanas a partir dos séculos XV. a) Escravidão, estado e comércio na Áfricaafricanos a partir do século XV. b) A escravidão, o poder e a riqueza na África - Analisar as relações de trabalho nos diversos espaços de Subsaariana.-Compreender a organização social do trabalho nos diversos produção econômica no Brasil nos séculos XVI a XIX. c) Principais fontes e mercados de escravosespaços de produção no Brasil. 2- A diversidade das relações de trabalho no Brasil. - Relacionar os diferentes processos de trabalho com as a) O trabalho nas sociedades indígenas antes e depois da mudanças sociais e econômicas ocorridas na Amazônia. conquista portuguesa. b) O trabalho na lavoura canavieira. - Identificar as tensões e conflitos entre trabalhadores livres, c) O trabalho rural e urbano nas Minas Gerais do século XVIII. escravos e senhores como constituintes do mundo de d) O trabalho na lavoura cafeeira. trabalho. 3- Trabalho e produção da riqueza na Amazônia: - Identificar as diferentes formas de trabalho compulsório e as - As drogas do sertão diferentes formas de resistência e de negociação de liberdade. 4- A escravidão indígena e negra na Amazônia. EIXO TEMÁTICO II: ESTADOS , CIDADANIAS E MOVIMENTOS SOCIAIS COMPETÊNCIA HABILIDADE CONTEUDO- Compreender as variadas maneiras como o Estado se - Identificar de que forma a ideia de unidade nacional legitimarepresenta e se legitima na articulação com as relações de o processo de formação e organização do Estado em 1. As coroas ibéricas e a proposta de colonização do novopoder nas diferentes sociedades. diferentes sociedades. mundo:- Analisar as guerras e os diversos interesses nela envolvidos, - Discutir as guerras e os diversos interesses nela envolvidos, a) o impacto da colonização nas formas de organização socialtomando por base a política do Estado em sua expansão tomando por base a política do Estado em sua expansão dos povos pré-colombianos.Territorial. Territorial. b) as resistências ao projeto colonizador. - Relacionar os movimentos de resistências com a luta por cidadania, a partir de diferentes visões de liberdade, 2. As bases da modernidade e as democracias burguesas nacionalidade e identidade. a) As Revoluções: Inglesa, Americana e Francesa. - Interpretar as revoltas populares a partir dos diversos b) As idéias liberais e suas vinculações com os conceitos de sujeitos sociais e interesses nelas envolvidos. Estado liberal e democrático na Europa. 3. A formação da nacionalidade e do Estado no Brasil. a) Movimentos sociais e o processo de construção da nacionalidade no Brasil. b) O processo de independência e o estabelecimento do I
  • 4. Reinado. c) O Grão-Pará e o processo de construção da nacionalidade no Brasil: a adesão do Pará à Independência d) A organização do Estado e do poder durante as Regências. - a cabanagem, a balaiada, os malês, a sabinada e a farroupilha 4. Estado e poder no II Reinado. 5. A Guerra do Paraguai e sua repercussão no Brasil Imperial. - liberdade e cidadania EIXO TEMÁTICOIII: MENTALIDADES , RELIGIOSIDADES E CULTURA POPULAR COMPETÊNCIA HABILIDADE CONTEUDO- Compreender o processo de constituição da ciência e da - Relacionar as mudanças, as permanências e as rupturas 1. A produção de uma nova mentalidade na Europa Ocidental.cultura hegemônicas e suas relações de conflito com os mentais com os processos de transformações nas diferentes - Humanismo e Renascimento na Europa Moderna.saberes populares. sociedades. 2. As reformas religiosas:- Compreender as diversas manifestações de religiosidade - Identificar as expressões da religiosidade como formas a) a reforma protestantecomo espaço de tensões e conflitos sócio-culturais. diferenciadas de interpretação de mundo. b) a reforma católica - Estabelecer a relação entre a ação catequética da Igreja 3. A modernidade e as idéias em movimento: da revolução Católica no Novo Mundo com o contexto religioso da Europa. científico – técnica às bases do Iluminismo. - Identificar de que forma os variados movimentos de 4. O Imaginário cristão no Novo Mundo. reformas religiosas colaboram no processo de a) Os elementos do imaginário europeu no processo de disciplinarização ética, social e econômica. expansão ultramarina. b) práticas religiosas e de colonização na América ibérica. 5. As formas de religião e religiosidade no Brasil colonial. a) Tensões e lutas entre culturas diferentes. b) Cultura e religiosidade afro-brasileira. 6. Irmandade e práticas religiosas
  • 5. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PRISE/PROSEL- 3ª ETAPA DISCIPLINA – HISTÓRIA EIXO TEMÁTICO I: – MUNDOS DO TRABALHO COMPETÊNCIA HABILIDADE CONTEÚDO- Compreender o processo de transformação nas relações 1-A Revolução Industrial e a nova sociedade do trabalho.sociais de trabalho introduzidas a partir das mudanças no - Analisar as relações de trabalho e de produção nossistema de produção nos meados do século XVIII na diferentes espaços no Brasil a partir do século XIX. 2- A questão social e as lutas operárias.Inglaterra. 3- A Constituição de novos mundos do trabalho no Brasil. - Interpretar os significados da presença pluriétnica e a) A imigração e a ética do trabalho assalariado no Brasil.- Analisar as relações sociais de trabalho no ambiente fabril multicultural na constituição das classes trabalhadoras, a b) A vida e o cotidiano dos operários dentro e fora da fábrica.inglês e as mudanças no cotidiano do trabalhador urbano no partir da formação de diferentes mercados de trabalho. c) Os anos 30 no Brasil e a questão do trabalho: o trabalho emesmo contexto. a legislação social na chamada “Era Vargas”. - Relacionar as transformações no mundo do trabalho, d) A estruturação do parque industrial brasileiro: o novo perfil-Identificar os diferentes espaços de trabalho e as especialmente na legislação, com a diversidade sócio-cultural da classe operária na República contemporânea.transformações ocorridas nas relações de produção do Brasil das sociedades. 4- O Trabalho e a produção da riqueza na Amazôniaa partir do século XIX. - a sociedade da borracha: sistema de aviamento e relações de trabalho.- Analisar o impacto da legislação trabalhista dos anos 30 nomundo do trabalho no Brasil.Analisar as relações de trabalho os diversos níveis dedependências existentes na Amazônia EIXO TEMÁTICO II: ESTADO, CIDADANIAS E MOVIMENTOS SOCIAIS. COMPETÊNCIA HABILIDADE CONTEÚDO-Analisar as diferentes formas de representações do Compreender o impacto provocado pelas mudanças sociais e 1. Nacionalismos e imperialismos:Estado e das relaçõess sociais nas diversas formas de econômicas na organização do Estado e do a) O nacionalismo contemporâneo: a unificação alemã econstrução das relações de poder. poder. italiana do século XIX b)O neocolonialismo, a Primeira Guerra Mundial, a Revolução- Analisar o processo de abertura política que pôs fim ao -Inter-relacionar os movimentos sociais e políticos de 1917, o Nazifascismogoverno militar e o retorno à democracia. revolucionários com a construção de uma nova ordem no Brasil. 2.Da 2º Guerra à Guerra Fria: a) A revolução Cubana - Interpretar as variadas maneiras como políticos e b) A revolução Chinesa representantes dos Estados se representam e c) A Independência dos países africanos e o processo de autorepresentam sociedades, através de variados descolonização. mecanismos de legitimação do poder.
  • 6. - Explicar o processo de formação dos Estados em torno dos 3. A República no Brasildiversos conceitos de “nacionalidades”, a)Oligarquias e o coronelismno“democracias”, “autoritarismos” e práticas massificadoras. b) Canudos e Cangaço c)Anarcosindicalismo e o socialismo no movimento operário- Identificar o papel das guerras no processo de consolidação da 1º Repúblicados chamados “processos civilizatórios”. d)A burguesia brasileira e suas relações com o Estado e as oligarquias do café.- Explicar os movimentos sociais como formas de resistência e) Os anos 30 no Brasil:a AIB e a ANLaos problemas de acesso e exercício pleno da cidadania. f) O Baratismo no Pará: da 1a Interventoria ao “esforço de guerra nos anos 40”.- Identificar e analisar os movimentos de enfrentamento aosgovernos militares. 4. Populismo: O Estado, o trabalho e o sindicalismo nos anos 50 e 60 no Brasil. a) Experiência do Estado Autoritário no Brasil:- relacionar o processo de abertura política que pôs fim ao b) O golpe de 1964;governo militar ao retorno à democracia. c) Estado de Segurança Nacional e a política dos governos militares para a Amazônia. 5. Os movimentos de enfrentamentos aos governos militares no Brasil pós-64. a) O movimento estudantil. b) A Guerrilha do Araguaia. c) Os movimentos sociais e as lutas operárias. d) Da “distensão” à abertura política: anistia, terrorismo de direita, a campanha pelas “Diretas”, o fim do regime militar e o “governo Sarney 6-A redemocratização do Brasil: a) O governo Sarney. b) A constituição de 1988. c) O governo Collor e o impeachment d) Neoliberalismo e o governo Fernando Henrique Cardoso
  • 7. EIXO TEMÁTICOIII: MENTALIDADES E RELIGIOSIDADES COMPETÊNCIA HABILIDADE CONTEÚDO- Compreender o processo de constituição da ciência e da 1.As idéias contestatórias à modernidade: socialismo ecultura hegemônicas e suas relações de conflito com os Identificar os processos culturais como instrumentos de anarquismo.saberes populares. separação social, de disciplinarização, de afirmação de processos civilizatórios e de releituras de propostas 2. Cultura, “civilização” e modernidade. nacionalistas.- Compreender as vivências culturais e suas expressões nas a) As idéias de civilização no cenário europeu e no Brasilartes e na literatura como conformismo e/ou resistência - Relacionar as vivências culturais e suas expressões nas b)A Belle époque e o cenário amazônico. artes e na literatura como conformismo e/ou resistência. - Urbanização e controle social 3. As idéias e vivências culturais no Brasil Contemporâneo a) Os movimentos modernistas no Brasil entre 1920 e 1945 b) A cultura como instrumento disciplinador da Era Vargas e a releitura do nacionalismo nos anos 50 c)A cultura como campo de luta e interpretação social entre os anos 50 a 90: a bossa nova, o tropicalismo, a jovem guarda, o cinema novo, a música de protesto, o rock nacional d) música e protesto social: o HIP-HOP e o RAP.