• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Infoteca e a experiência do SEB na disseminação de informação tecnológica da embrapa para a sociedade
 

Infoteca e a experiência do SEB na disseminação de informação tecnológica da embrapa para a sociedade

on

  • 1,262 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,262
Views on SlideShare
1,262
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
6
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Infoteca e a experiência do SEB na disseminação de informação tecnológica da embrapa para a sociedade Infoteca e a experiência do SEB na disseminação de informação tecnológica da embrapa para a sociedade Presentation Transcript

    • Infoteca-e: a experiência do SEB na disseminação da informação tecnológica da Embrapa para a sociedade ESALQ/USP: Divisão de Biblioteca 30 de Maio de 20111
    • Equipe Fernando César Lima Leite (Unb) Isaque Vacari (Embrapa Informática Agropecuária) Marcos Cezar Visoli (Embrapa Informática Agropecuária) Luís Eduardo Gonzales (Embrapa Informática Agropecuária) Sabrina Déde (Embrapa Informática Agropecuária) Maria Goretti Gurgel Praxedes (Embrapa Informática Agropecuária) Massayuki Franco Okawachi (Embrapa Informática Agropecuária) Victor Paulo Marques Simão (Embrapa Meio Ambiente)2
    • Sumário Contextualização: ● Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa ● Sistema Embrapa de Bibliotecas – SEB Responsabilidade social, bibliotecas e informação digital Histórico: ● Transferência de tecnologia e publicações na Embrapa ● Ainfo ● Infoteca-e ● Consegi – Dados Abertos3
    • Embrapa Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa criada em 1973 ● Missão: viabilizar soluções de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a sustentabilidade da agricultura, em benefício da sociedade brasileira. ● Composição: atua por intermédio de Unidades Administrativas reunidas na Sede em Brasília e de 45 Unidades de Pesquisa e de Serviços, estando presente em quase todos os Estados, nos mais diferentes biomas brasileiros.4
    • Embrapa ● Possui laboratórios no exterior (Labex) nos Estados Unidos, França, Holanda, Inglaterra e Coréia do Sul. ● Ações de transferência de tecnologia por meio da Embrapa África, Embrapa Américas e Embrapa Venezuela. ● Tem estabelecidos 78 acordos de cooperação internacional. ● Quadro de pessoal: 9.248 empregados. ● Sítio Web: http://www.embrapa.br.5
    • Sistema Embrapa de Bibliotecas - SEB Inserção: ● Embrapa Informação Tecnológica, Gerência Adjunta de Organização e Difusão da Informação – GODI Coordenação: ● Rosangela Galon Arruda Atribuições: ● coordenar e executar as atividades de informação técnica e científica, orientar e assessorar as Unidades nas atividades de informação e documentação e acompanhar e compatibilizar os processos de desenvolvimento das bases de dados do acervo documental da Empresa.6
    • Sistema Embrapa de Bibliotecas - SEB Composição atual: ● 41 bibliotecas distribuídas pelas Unidades de Pesquisa e Serviços da Embrapa. Sítio Web: ● http://hotsites.sct.embrapa.br/seb7
    • Responsabilidade social e bibliotecas Biblioteca: ● papel fundamental nos processos de fluxos informacionais (culturais, científicos, profissionais, etc.): Bibliotecas especializadas: ● foco tradicional nos processos de informação científica direcionados aos pesquisadores/cientistas: “No ciclo de comunicação científica, as bibliotecas têm um papel fundamental. A elas cabem...os papéis de coleta, registro, estocagem e disseminação de informações.”(MARCONDES; SAYÃO, 2002)8
    • Responsabilidade social e bibliotecas Bibliotecas especializadas: ● Ampliação de funções – responsabilidade social: “É preciso superar a tendência da comunicação somente para e entre cientistas. Se a comunicação científica é básica àqueles que fazem ciência, a produção da C&T não se dá alheia ao contexto social em que se insere. Como sistema social, a ciência deve ultrapassar as fronteiras da comunidade de usuários mais imediatos rumo ao grande público, sob o risco de se tornar desnecessária e inútil.” (GARCIA, 2008) “Destaca-se nesta definição a função social da Ciência da Informação... que vê na socialização da informação, o princípio básico para a produção do conhecimento. os interesses da CI estão concentrados na sua responsabilidade social. Essa função social se destaca durante o processo de transferência da informação...” (ESPÍRITO SANTO, 2003)9
    • Transferência de tecnologia e publicações na Embrapa Transferência por meio de cursos, treinamentos, extensionistas, dias de campo, matérias jornalísticas e televisivas, etc. Transferência por meio de publicações: ● predomínio das publicações impressas nas décadas de 1970/80/9010
    • Transferência de tecnologia e publicações na Embrapa Transferência por meio de publicações: ● início das publicações digitais/eletrônicas na divulgação de resultados de pesquisa na Embrapa (final da década de 1990). ● publicações editadas em formato eletrônico começam a povoar as páginas de Internet das unidades de pesquisa da Embrapa.11
    • Transferência de tecnologia e publicações na Embrapa Transferência por meio de publicações: ● todas as Unidades de Pesquisa mantêm e oferecem publicações digitais em suas páginas de Internet (de meados ao final da década de 2000).12
    • Ainfo Sistema para Gestão de Bibliotecas da Embrapa: ● Criado em 1991 pela Embrapa Informática Agropecuária. ● 1991 a 1997: desde a versão 1.0 foram implementadas 4 versões: ● 2.0, 2.1 e 3.0. Ambiente DOS e UNIX (monousuário). Base de dados: Paradox. ● 1999 a 2003: 4 versões (1.0, 1.1, 1.2 e 1.3). Ambiente Windows/Desktop Cliente/Servidor Local. Base de dados: Firebird. ● 2006: retomada da numeração original e lançamento do Ainfo 5. ● Ainfo 6.0: Novo sistema disponibilizado em Fevereiro de 2009 para uso da Embrapa.13
    • Ainfo Características: ● Construído inteiramente com software livre (Java, MySQL, Tomcat etc). ● Base de dados centralizada com acesso ao sistema por meio de um navegador de Internet. ● Possui quatro módulos principais: Gestão, Digital, Consulta e Intercâmbio de dados.14
    • Ainfo Módulo Gestão:15
    • Ainfo Módulo Digital - armazenamento e suporte de objetos digitais:16
    • Ainfo Módulo de consulta - buscas sofisticadas nas bases de dados geridas pelo Ainfo gestão:17
    • Ainfo Intercâmbio de dados (exportação e importação): ● Importação de base de dados de Recursos Humanos; ● Importação E-Books; ● Exportação CCN; ● Exportação OCLC; ● Exportação para Sistema Institucional de Desempenho – SIDE; ● Planejado: exportação de dados no formato OAI (Open Archives Initiative).18
    • Infoteca-e O serviço Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca-e) reúne e permite acesso a informações sobre tecnologias produzidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as quais se relacionam às áreas de atuação de seus demais centros de pesquisa. Suas coleções são formadas por conteúdos editados na própria instituição (em forma de cartilhas, livros para transferência de tecnologia, programas de rádio e de televisão), com linguagem adaptada de modo que produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais, cooperativas e outros segmentos da produção agrícola possam assimilá-los com maior facilidade, e, assim, apropriarem-se de tecnologias geradas pela Embrapa.19
    • Infoteca-e Publicações digitais nas páginas das unidades da Embrapa: ● Armazenamento e distribuição dos recursos digitais em cada unidade da Embrapa; ● Velocidade e disponibilidade de acesso/downloads aos recursos digitais espalhados em cada unidade da Embrapa; ● Problemas de links quebrados. Alternativas: ● Investigar soluções prontas que permitam adaptação.20
    • Infoteca-e DSpace (Repositório Digital): ● Espaço para guardar, preservar e disponibilizar arquivos digitais; ● No meio científico: armazenar, preservar e divulgar a produção intelectual das diversas comunidades científicas; ● Integração entre repositórios usando o protocolo OAI (Open Archives Initiative); ● Software Livre, suporta vários formatos de arquivos: sons, imagens, vídeos, documentos (Word, OpenOffice, PDF) etc.21
    • Infoteca-e Ainfo – Módulo Digital – Primeira Carga de documentos em Outubro de 2008: ● 11.000 documentos digitais coletados automaticamente das páginas da unidades; ● 26GB de arquivos digitais; ● Links preservados; ● Maior garantia de acesso e disponibilidade de documentos – rede da Embrapa Informática Agropecuária; ● Preservação digital com o agrupamento da memória técnica da Embrapa.22
    • Infoteca-e Projeto MP5: Acesso aberto na Embrapa: maximizando o impacto da pesquisa, a visibilidade e a gestão da informação científica (Embrapa Informação Tecnológica) ● Foco: Gestão da Informação Tecnológica e Científica na Embrapa. Parceria dos projetos Ainfo e Acesso Aberto à Informação Científica na Embrapa23
    • Infoteca-e Contexto: ● Aumento exponencial do volume de informação; ● Fluxo de informação complexo; ● Informações de natureza distinta; ● Necessidade de comunicação da informação para diferentes públicos que possuem diferentes necessidades; ● Demanda crescente por acesso à informação (comunidade científica, produção rural, gestão da Embrapa); ● Aumento da visibilidade e impacto dos resultados de pesquisa; ● Organização e disseminação da informação técnico-científica na Internet.24
    • Infoteca-e Oportunidade: A informação já nasce no Avanços em TI (especialmente formato digital em tecnologias de software livre) Sistema Embrapa de Equipe de TI Bibliotecas (CNPTIA) GESTÃO DA INFORMAÇÃO Produtos e serviços de informação tecnológica e científica mais adequados para a sociedade25
    • Infoteca-e Natureza da Informação gerenciada pelas bibliotecas: Informação tecnológica ou sobre tecnologias: ● Pesquisador → Segmentos da produção agrícola; ● Apoio à transferência de tecnologia; ● Grande parte editada pela Embrapa. Informação científica: ● Pesquisador → Pesquisador; ● Desenvolvimento e/ou avanço científico e tecnológico; ● Grande parte editada fora da Embrapa.26
    • Infoteca-e Informação tecnológica – informação que resulta das atividades de P&D para apoiar a transferência de tecnologia: ● Série Embrapa; ● Programas de rádio; ● Programas de TV; ● Cartilhas e Folders; ● Livros para transferência de tecnologia; ● Outros.27
    • Infoteca-e Informação científica - informação que alimenta e resulta da atividade de P&D: ● Artigos de periódicos científicos; ● Artigos e resumos publicados em congressos; ● Teses e dissertações; ● Capítulos de livros científicos; ● Livros científicos; ● Outros.28
    • Infoteca-e Informação Tecnológica em Agricultura – Infoteca-e: ● Disponível em http://www.embrapa.br/infoteca ● 11.557 objetos digitais (28GB) ● Downloads em Maio de 2011: 25.398 downloads ● 134 livros tecnológicos disponibilizados (coleções criar, plantar, abc etc) ● Registro no OpenDoar e Roar Acesso Livre à Informação Científica da Embrapa – Repositório Alice: ● Disponível em http://www.embrapa.br/alice ● 15.219 objetos digitais (21GB) ● Downloads em Maio de 2011: 1.413 downloads ● Registro no OpenDoar e Roar29
    • Infoteca-e Políticas e normas de armazenamento e disseminação da informação técnica e científica na Embrapa, envolvendo a SGE, o SCT, Unidades da Embrapa, Sistema Embrapa de Bibliotecas e Área de Comunicação e Negócio Armazenamento e Disseminação e Preservação Divulgação Comprovação de Ainfo (Módulo Digital) Infoteca-e metas por meio da entrega Filtros do arquivo eletrônico Ainfo nas bibliotecas (Módulo Documental) Alice30 Bibliotecário Sistema automatizado
    • Consegi 2011 Dados Abertos: ● Congresso Internacional Software Livre e Governo Eletrônico ● IV Edição ● Evento anual ● Tema da IV edição: Dados Abertos ● País focal: Espanha ● Palestrantes convidados ● http://www.consegi.gov.br31
    • Consegi 2011 Palestrantes estrangeiros: Espanha, Reino Unido, Canadá, Cuba, Paraguay, Venezuela, Equador, Alemanha Participação das empresas de governo e ministérios: SERPRO, MMA, MPOG, Telebrás, Caixa Econômica, Dataprev, Banco do Brasil, CTI, MDIC, MCT, Min. Justiça Participação de estudantes e comunidades de software livre Alguns temas: Dados Abertos, PNBL, Tecnologias livres32
    • Dados abertos O que são ? ● Dados governamentais abertos é a disponibilização de informações governamentais representadas em formato aberto e acessível de tal modo que possam ser reutilizadas, misturadas com informações de outras fontes, gerando novos significados (David Eaves).33
    • Dados abertos As três leis dos dados governamentais abertos: ● 1. Se ele não pode ser encontrado na web e indexado, ele não existe. ● 2. Se não estiver aberto e disponível em formato compreensível por máquina, ele não pode ser utilizado. ● 3. Se qualquer dispositivo legal não permitir que ele seja reutilizado, ele não é útil.34
    • Dados abertos Por que abrir os dados? ● A publicação de Dados Abertos é a prestação de informações como um serviço para a sociedade e para o próprio governo. O formato de Dados Abertos é bruto e prevê o seu reuso e cruzamento, gerando novas informações e o uso mais eficiente dos recursos públicos. Abrir os dados promove a inovação e a geração de valor, beneficiando os diversos setores da sociedade. Num momento onde a integração de informações é uma grande necessidade de governo, os dados abertos atendem e vão além, fornecendo essas informações ao cidadão para aumentar a transparência e para que esse tenha mais oportunidades de exercer sua cidadania.35
    • Dados abertos Quais dados abrir ? Decisão Política ? Decisão Técnica ? ● Senado: SF PLC 41/2010 de 30/04/2010. ● Ementa: Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5º, no inciso II do § 3º do art. 37 e no § 2º do art. 216 da Constituição Federal; altera a Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei nº 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei nº 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências. ● Autor: DEPUTADO - REGINALDO LOPES36
    • Dados abertos Iniciativas de governo: ● INDE – Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais ● INDA – Infraestrutura Nacional de Dados Abertos37
    • Dados abertos Projeto Acesso Aberto na Embrapa: Repositórios Infoteca-e e Alice ● Rede mundial de repositórios abertos (OpenDoar e Roar); ● Padrão aberto OAI (Open Archives Initiative); ● Acesso ao texto completo no formato PDF; ● Mecanismo de busca e navegação para acesso aos objetos digitais; ● Em andamento: estudo e implementação da licença Creative Commons para as publicações de transferência de tecnologia editadas pela Embrapa.38
    • Dados abertos Projeto Acesso Aberto na Embrapa: Sistema Aberto e Integrado de Informação em Agricultura – Sabiia ● O Sistema Aberto e Integrado de Informação em Agricultura (Sabiia) é um mecanismo de busca automatizado que coleta e centraliza metadados de provedores de dados científicos de acesso aberto, previamente selecionados. Essa interface reúne informações sobre agricultura e áreas afins, possibilitando o acesso ao texto integral de milhares de publicações científicas disponíveis em diversas instituições nacionais e internacionais. O Sabiia permite o acesso a documentos como livros, capítulos de livros, artigos em periódicos, folhetos, teses, anais e proceedings de eventos, entre outros. ● Endereço: http://www.embrapa.br/sabiia39
    • Dados abertos Aplicações na Embrapa: ● Política de dados e licenciamento; ● Acesso: padrões abertos e software livre; ● Integração de dados e sistemas; ● Mineração de dados, descoberta de conhecimento; ● Infraestrutura para processamento de dados; ● Organização de informação (Ontologias, WebSemântica).40
    • Referências bibliográficas GARCIA, Joana Coeli Ribeiro; TARGINO, Maria das Graças. Responsabilidade ética e social na produção de periódicos científicos. Perspectivas em Ciência da Informação,  Belo Horizonte,  v. 13,  n. 1, p. 33-54, Apr.  2008. ESPIRITO SANTO, Carmelita do. Quissamã somos nós”: pesquisa participante para construção de hipertexto sobre identidade cultural. 111 fls. il. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – IBICT, Rio de Janeiro, 2003.41
    • Infoteca-e: http://www.embrapa.br/infoteca Repositório Alice: http://www.embrapa.br/alice Sabiia: http://www.embrapa.br/sabiia Obrigado!!!42