O Que é Tv Digital?

  • 12,958 views
Uploaded on

Slides apresentados em sala de aula pelo Prof Dr Antonio Carlos de Jesus.

Slides apresentados em sala de aula pelo Prof Dr Antonio Carlos de Jesus.

More in: Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
12,958
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
216
Comments
2
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1.  
  • 2. METODOLOGIA DA PESQUISA EM TELEVISÃO DIGITAL     TV DIGITAL   Prof. Dr. Antonio Carlos de Jesus
  • 3. MUDANÇAS COM A CHEGADA DA TV DIGITAL EM ALTA DEFINIÇÃO TV DIGITAL Terrestre TV POR ASSINATURA Digital TV POR ASSINATURA HD (Alta Definição) Qualidade de Imagem Para quem tem TV de Tubo Imagem com qualidade de DVD Imagem com qualidade de DVD Imagem com qualidade de DVD Para quem tem TV de Plasma ou LCD (HDTV Ready) Imagem dos canais abertos em alta definição (depende do modelo do conversor) Imagem com qualidade de DVD Imagem dos canais abertos e da TV por Assinatura em alta definição Som Digital Sim inicialmente só Stereo Sim Stereo e Dolby Surround 5.1. Sim Stereo e Dolby Surround 5.1. Interatividade Não inicialmente os decodificadores não possuem interatividade Sim (Guia eletrônico na tela da TV, mosaicos, canais interativos etc.) Sim (Guia eletrônico na tela da TV, mosaicos, canais interativos etc.) em breve interatividade avançada. Custo Para quem tem TV de Tubo Decodificador entre R$500 e R$ 800. Decodificador grátis, cedido em comodato. Não recomendado. Para quem tem TV de Plasma ou LCD (HDTV Read) Decodificador entre R$800 e R$ 1.200. Decodificador grátis, cedido em comodato. Custo de troca do conversor HDTV, a ser divulgado em breve.
  • 4.   O QUE É TV DIGITAL? A TV Digital é uma nova tecnologia, capaz de trazer qualidade muito superior a que estamos acostumados a assistir. É um sistema novo, que possui, além da alta qualidade de som e imagem, outros benefícios aos telespectadores, como a interatividade e a mobilidade.
  • 5. COMO FUNCIONA A TV DIGITAL?   A tecnologia da TV Digital é semelhante a do computador, transforma cada elemento da imagem e do som em um código binário (composto de 1 e 0), que é transmitido pelo ar na freqüência UHF ( Ultra High frequency ), isto é freqüência alta.   Portanto a recepção da transmissão digital deve ser feita com aparelhos de TV Digitais ou com televisores equipados com conversor digital ( set-top box ).
  • 6. O QUE SIGNIFICA A SIGLA HDTV?   HDTV significa High Definition Television ( Televisão de Alta Definição ). Esta sigla deverá estar marcada na imagem dos programas transmitidos em sinal digital.
  • 7. O QUE É ALTA DEFINIÇÃO?   Ver mais detalhes na imagem e obter som mais limpo , puro e com cada vez menos ruídos. Esta tecnologia já percebemos nos cinemas. Graças a este sistema a transmissão do som pode ser feita em sistema Surround 5.1. exclusivo para HDTV.
  • 8. O QUE SIGNIFICA FORMATO DE TELA 16:9 OU WIDESCREEN?   É o formato adequado para receber o sinal digital. Conhecido como "tela de cinema" ou "tela larga", isto é proporciona um maior campo de visão, que faz grande diferença, especialmente, para os produtores de TV, que precisarão tomar mais cuidado com as informações exibidas em cena. O telespectador enxergará um conteúdo maior, terá uma visão mais ampla, quase panorâmica. Este formato vai elevar o nível da produção dos programas e a qualidade superior na transmissão.
  • 9. O QUE É FULL HD?   É o nível máximo de qualidade definido, em uma aparelho de TV Digital, isto é as 1.080 linhas.
  • 10. PRINCIPAIS RECURSOS DA TV DIGITAL:   • INTERATIVIDADE; • EXIBIÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE A PROGRAMAÇÃO; • MOBILIDADE e PORTABILIDADE - transmissão em aparelhos móveis (celulares e notebooks) , ou seja, você poderá assistir ao seu programa favorito de qualquer lugar; • MULTIPROGRAMAÇÃO - transmissão de até seis programas simultaneamente por uma única emissora, ou exibição do mesmo programa sob diferentes ângulos.
  • 11. O QUE É INTERATIVIDADE?   É a comunicação feita por meio de software de interatividade instalado no próprio aparelho de TV que se conectará diretamente com a emissora. Através deste software, o telespectador poderá realizar compras, participar de pesquisas, comentar notícias, acessar a programação e outros serviços que deverão aparecer de acordo com o uso e as necessidades dos consumidores.
  • 12. TV DIGITAL NO MUNDO     MODELO ATSC-T   Nos Estados Unidos , a transmissão digital ocorre no início da década de 1980. O Padrão Adotado inicialmente foi o ATSC-T ( Advanced Television Systems Committe ), surgindo como evolução natural do Sistema Analógico, focado, principalmente na Alta Definição (HDTV).   Este sistema já apresenta sinais obsoletos , por não ter previsto a interação com as novas tecnologias móveis , tais como os celulares e outras. O ATSC-T é utilizado como padrão de transmissão digital nos Estados Unidos , no Canadá , no México e na Coréia do Sul .
  • 13. MODELO DVB-T   O modelo Europeu, o DVB-T (Digital Video Broadcasting) começou a ser desenvolvido em meados da década de 1990. Como já existia o padrão americano, os europeus foram além e convocaram mais cabeças pensantes para avaliar os prós e contras do modelo americano e desenvolver um padrão que atendesse as necessidades européias. É considerado um sistema mais avançado que o americano, mas com poucas inovações tecnológicas.
  • 14. MODELO ISDB-T (Japão)   O modelo japonês, criado no final da década 1990, o modelo ISDB-T (Integrated Serviçes Digital Broadcasting), escaldados pelos erros do sistema americano e ancorado na bem sucedida experiência européia, aproveitando a expertise tecnológicas japonesa desenvolveu o sistema de transmissão digital mais completo e eficiente até 2006.   O padrão japonês reúne a flexibilidade do DVB-T, somado aos requisitos antenados as necessidades de comunicação e entretenimento futuras. O sistema japonês apresentou ao mundo a possibilidade de um canal de TV Digital ser segmentado em vários subcanais e exibir simultaneamente, diferentes programas ou serviços conhecido como multiprogramação. Sem contar a preocupação com a mobilidade e a portabilidade do sistema.
  • 15. MODELO SBTVD-T (Brasil)   O interesse de desenvolver um sistema nacional de transmissão de TV Digital surgiu em 1994, quando um grupo de emissoras e empresários decidiram avaliar os sistemas existentes. Alguns anãos mais tarde a Universidade Mackenzie (SP) foi responsável pelos primeiros testes dos três sistemas de TVD existentes e pela elaboração de diretrizes para a eficaz implementação do sistema digital no Brasil.   Outros pólos universitários de renome no Brasil também participaram, ao longo dos anos, de pesquisa e desenvolvimento de ferramentas específicas para adaptar o sistema de transmissão digital a realidade brasileira, que culminou com o sistema brasileiro de TV digital, derivado do sistema japonês. 
  • 16. Em 2003 o presidente Lula assinou o decreto 4901, criando o sistema Brasileiro de TV digital Terrestre ou SBTVD. Em 2006 o presidente Lula assinou o decreto 5820, criando o fórum do Sistema brasileiro de TV Digital Terrestre, responsável por padronizar as tecnologias nacionais desenvolvidas pelas universidades e centros de pesquisa brasileiros.
  • 17. OBRIGADO! Prof. Dr. Antonio Carlos de Jesus [email_address]