Your SlideShare is downloading. ×
Sequencia Raposa e a Cegonha
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Sequencia Raposa e a Cegonha

4,803
views

Published on

Contribuição da amiga Suellen.

Contribuição da amiga Suellen.

Published in: Education

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,803
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
136
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A RAPOSA E A CEGONHA HAVIA UMA RAPOSA QUE MORRIA DE TÉDIO, SOZINHA EM SUA TOCA, E, PARASE DISTRAIR UM POUQUINHO, RESOLVEU CONVIDAR A CEGONHA PARA ALMOÇAR EDESSA FORMA APROVEITARIA A OPORTUNIDADE PARA PREGAR-LHE UMA PEÇA. NÃO FOI PRECISO GASTAR DINHEIRO NEM FAZER GRANDES PREPARATIVOS:TODO MUNDO SABIA QUE A CEGONHA ERA UMA AVE DE HÁBITOS SIMPLES E QUE SECONTENTAVA COM POUCA COISA. ENTÃO, A RAPOSA FEZ UMA SOPA GOSTOSA E BEMNUTRITIVA, E NADA MAIS. À HORA MARCADA, A CEGONHA CHEGOU, AGRADECEU O CONVITE GENTIL EFOI SENTANDO PARA ALMOÇAR. - QUE CHEIRO DELICIOSO! – DISSE TODA ALEGRE, VENDO A RAPOSA TRAZER AVASILHA CHEIA DE SOPA. MAS, A ALEGRIA DA CEGONHA DUROU POUCO QUANDO VIU QUE A RAPOSADESPEJAVA A SOPA EM DOIS PRATOS RASOS. DE FATO, SEU BICO LONGO E FINO NÃODEIXAVA QUE TOMASSE A SOPA COM FACILIDADE, ENQUANTO A RAPOSA, COM OFOCINHO ENFIADO NO PRATO, NUM RELÂMPAGO LAMBEU LOGO SUA PORÇÃO. EMSEGUIDA, A ESPERTALHONA OLHOU A CEGONHA COM UMA CARETA MALICIOSA: - SERÁ QUE MEU TEMPERO NÃO LHE AGRADA? ESTOU VENDO QUE NÃOPROVOU NADINHA. - OH, NÃO, PARECE MUITO SABOROSA – RESPONDEU A CEGONHA – MAS DEREPENTE, NEM SEI POR QUÊ, ACABEI PERDENDO O APETITE. DEVE TER SIDO PORQUEONTEM COMI DEMAIS. E FOI EMBORA DE BARRIGA VAZIA, MATUTANDO UM JEITO DE VINGAR-SE,ENQUANTO A RAPOSA MORRIA DE RIR CONSIGO MESMA PELA PEÇA TÃO BEM PREGADA. ALGUM TEMPO DEPOIS, A CEGONHA RETRIBUIU O CONVITE PARA ALMOÇAR EA RAPOSA NÃO SE FEZ DE ROGADA: - É CLARO QUE ACEITO, AFINAL, COM OS AMIGOS A GENTE NÃO FAZCERIMÔNIA À TOA. DEU UMA ESCOVADA NO PÊLO E NA CAUSA E, À HORA MARCADA, ESTAVA NACASA DA CEGONHA. ELOGIOU A ORDEM E A LIMPEZA QUE REINAVAM EM TODOS OSCANTOS, ALIAS, A CEGONHA ERA ÓTIMA DONA DE CASA E COZINHEIRA DE MÃO CHEIA. ARAPOSA, ENTÃO, FICOU TODA ALEGRE AO SENTIR O CHEIRO DELICIOSO QUE VINHA LÁAS COZINHA. NUMA PANELA FERVIA UM PICADINHO DE CARNE E PEIXE, E OS PEDACINHOSQUE DOURAVAM NO MOLHO ERAM BEM PEQUENINOS E DEVIAM ESTAR SABOROSOS. MAL SE PUSERAM À MESA, A CEGONHA DESPEJOU O PICADINHO FUMEGANTEEM DOIS VASOS LONGOS DE BOCA ESTREITA, E EM SEGUIDA DESEJOU BOM APETITE ÀRAPOSA E COMEÇOU A SABOREAR GOSTOSAMENTE A COMIDA. MAS, SE O BICO LONGO E FINO DA CEGONHA PASSAVA SEM PROBLEMAS PELAABERTURA ESTREITA DO VASO, A RAPOSA NÃO CONSEGUIA ENFIAR ALI NEM A PONTADO FOCINHO. - NÃO GOSTA DE PICADINHO? – PERGUNTOU A CEGONHA, FINGINDO-SEPREOCUPADA. - OH! NÃO, ADORO PICADINHO, MAS INFELIZMENTE ONTEM TIVE INDIGESTÃO EAINDA ESTOU COM O ESTOMAGO EM PANDARECOS. - QUE PENA! SABE QUE NUNCA FIZ UM PRATO TÃO DELICIOSO? PACIÊNCIAAMIGA, ENTÃO VAI FICAR PRA PRÓXIMA, NÉ? A RAPOSA VOLTOU PRA CASA MORRENDO DE FOME, ARRASTANDO A CAUDAPELO CAMINHO E DE ORELHA BAIXA, PENSANDO NAQUELE VELHO PROVÉRBIO: “ QUEMFAZ, RECEBE”.
  • 2. E. M. ANA CÂNDIDA EBLING DE OLIVEIRANOME: ________________________________________________DATA: ____________________ ESCREVA UMA LISTA DE COMIDAS QUE A RAPOSA PODERIA TEROFERECIDO À CEGONHA: ________________________________________ ________________________________________ ________________________________________ ________________________________________ ________________________________________ ________________________________________ ________________________________________ ________________________________________ ________________________________________ ________________________________________ ________________________________________
  • 3. E. M. ANA CÂNDIDA EBLING DE OLIVEIRANOME: _______________________________________DATA: ____________________ ATIVIDADE DE LÍNGUA PORTUGUESA CONVITEPRODUZA UM CONVITE EM QUE UM DOS PERSONAGENS CHAMA O OUTRO PARACOMER EM SUA CASA: ___________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ ___________ _________________
  • 4. E. M. PROFª MARIA CRISTINA DE MACEDO GOMESNOME: _____________________________________________________________________DATA: _______________________ ATIVIDADE DE LÍNGUA PORTUGUESA XIIII... NA HORA DE DIGITAR, A PROFESSORA SE ESQUECEU DE DAR OESPAÇO ENTRE AS PALAVRAS. AJUDE-A SEPARANDO AS PALAVRAS EESCREVENDO O JEITO CERTO NAS LINHAS ABAIXO:NÃOFOIPRECISOGASTARDINHEIRONEMFAZERPREPARATIVOS:TODOMUNDOSABIAQUEACEGONHAERAUMAAVEDEHÁBITOSSIMPLES. _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ __AALEGRIADACEGONHADUROUPOUCOQUANDOVIUQUEARAPOSADESPEJAVAASOPAEMDOISPRATOSRASOS. _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ __MAS,SEOBICOLONGOEFINODACEGONHAPASSAVASEMPROBLEMASPELAABERTURAESTREITADOVASO,ARAPOSANÃOCONSEGUIAENFIARALINEMAPONTADOFOCINHO. _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ __ARAPOSAVOLTOUPRACASAMORRENDODEFOME,ARRASTANDOACAUDAPELOCAMINHOEDEORELHABAIXA,PENSANDONAQUELEVELHOPROVÉRBIO:“QUEMFAZ,RECEBE”. _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ __
  • 5. E. M. PROFª MARIA CRISTINA DE MACEDO GOMESNOME: ________________________________________________DATA: ____________________ ATIVIDADE DE LÍNGUA PORTUGUESA COMPLETE O TRECHO DA FÁBULA: NUMA ____________________FERVIA UM PICADINHO DE ______________ EPEIXE, E OS PEDACINHOS QUE DOURAVAM NO MOLHO ERAM BEM PEQUENINOS EDEVIAM ESTAR _______________________. MAL SE PUSERAM À MESA, A ___________________ DESPEJOU O PICADINHOFUMEGANTE EM DOIS ________________ LONGOS DE BOCA ESTREITA, E EM SEGUIDADESEJOU BOM ___________________ À RAPOSA E COMEÇOU A SABOREARGOSTOSAMENTE A ___________________. MAS, SE O ______________ LONGO E ____________ DA CEGONHA PASSAVASEM PROBLEMAS PELA ABERTURA ESTREITA DO VASO, A RAPOSA NÃO CONSEGUIAENFIAR ALI NEM A PONTA DO _________________. BANCO DE PALAVRAS: CEGONHA - FINO - PANELA –– SABOROSOS – FOCINHO - – APETITE – COMIDA - CARNE – BICO – VASOS
  • 6. E. M. PROFª MARIA CRISTINA DE MACEDO GOMESNOME: ________________________________________________DATA: ____________________ ATIVIDADE DE LÍNGUA PORTUGUESA RECORTE E ORDENE OS ACONTECIMENTOS DE ACORDO COM A ORDEMEM QUE APARECEM NO TEXTO
  • 7. A CEGONHA FOI EMBORA DE BARRIGA VAZIA, MATUTANDO UM JEITO DE VINGAR-SE,ENQUANTO A RAPOSA MORRIA DE RIR CONSIGO MESMA PELA PEÇA TÃO BEMPREGADA.A ALEGRIA DA CEGONHA DUROU POUCO QUANDO VIU QUE A RAPOSA DESPEJAVA ASOPA EM DOIS PRATOS RASOS. DE FATO, SEU BICO LONGO E FINO NÃO DEIXAVAQUE TOMASSE A SOPA COM FACILIDADE.HAVIA UMA RAPOSA QUE MORRIA DE TÉDIO, SOZINHA EM SUA TOCA, E, PARA SEDISTRAIR UM POUQUINHO, RESOLVEU CONVIDAR A CEGONHA PARA ALMOÇAR.A CEGONHA DESPEJOU O PICADINHO EM DOIS VASOS LONGOS DE BOCA ESTREITAE DESEJOU BOM APETITE À RAPOSA. MAS, O BICO LONGO E FINO DA CEGONHAPASSAVA PELA ABERTURA ESTREITA DO VASO E A RAPOSA NÃO CONSEGUIAENFIAR ALI NEM A PONTA DO FOCINHO.À HORA MARCADA, A CEGONHA CHEGOU, AGRADECEU O CONVITE GENTIL E FOISENTANDO PARA ALMOÇAR.A RAPOSA VOLTOU PRA CASA MORRENDO DE FOME, ARRASTANDO A CAUDA PELOCAMINHO E DE ORELHA BAIXA.ALGUM TEMPO DEPOIS, A CEGONHA RETRIBUIU O CONVITE PARA ALMOÇAR E ARAPOSA NÃO SE FEZ DE ROGADA E ACEITOU.A CEGONHA FOI EMBORA DE BARRIGA VAZIA, MATUTANDO UM JEITO DE VINGAR-SE,ENQUANTO A RAPOSA MORRIA DE RIR CONSIGO MESMA PELA PEÇA TÃO BEMPREGADA.A ALEGRIA DA CEGONHA DUROU POUCO QUANDO VIU QUE A RAPOSA DESPEJAVA ASOPA EM DOIS PRATOS RASOS. DE FATO, SEU BICO LONGO E FINO NÃO DEIXAVAQUE TOMASSE A SOPA COM FACILIDADE.HAVIA UMA RAPOSA QUE MORRIA DE TÉDIO, SOZINHA EM SUA TOCA, E, PARA SEDISTRAIR UM POUQUINHO, RESOLVEU CONVIDAR A CEGONHA PARA ALMOÇAR.A CEGONHA DESPEJOU O PICADINHO EM DOIS VASOS LONGOS DE BOCA ESTREITAE DESEJOU BOM APETITE À RAPOSA. MAS, O BICO LONGO E FINO DA CEGONHAPASSAVA PELA ABERTURA ESTREITA DO VASO E A RAPOSA NÃO CONSEGUIAENFIAR ALI NEM A PONTA DO FOCINHO.À HORA MARCADA, A CEGONHA CHEGOU, AGRADECEU O CONVITE GENTIL E FOISENTANDO PARA ALMOÇAR.A RAPOSA VOLTOU PRA CASA MORRENDO DE FOME, ARRASTANDO A CAUDA PELOCAMINHO E DE ORELHA BAIXA.ALGUM TEMPO DEPOIS, A CEGONHA RETRIBUIU O CONVITE PARA ALMOÇAR E ARAPOSA NÃO SE FEZ DE ROGADA E ACEITOU.