Como ser uma pessoa motivada: produza dopamina

609 views
350 views

Published on

Procrastinar. Muitas pessoas fazem isso, seja em demasia ou não. No entanto, o que as pessoas que deixaram a procrastinação de lado têm de diferente? Elas mudaram a forma como agiam em determinadas situações. Vamos analisar um dos exemplos mais comuns: a dificuldade de fazer exercícios físicos.

http://www.ignicaodigital.com.br/como-ser-uma-pessoa-motivada-faca-dopamina/

Published in: Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
609
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
24
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Como ser uma pessoa motivada: produza dopamina

  1. 1. Como ser uma pessoa motivada: produza dopamina Erico Rocha
  2. 2. 1- AS DESCULPAS O QUE É UMA BOLA DE NEVE? Procrastinar. Muitas pessoas fazem isso, seja em demasia ou não. No entanto, o que as pessoas que deixaram a procrastinação de lado têm de diferente? Elas mudaram a forma como agiam em determinadas situações. Vamos analisar um dos exemplos mais comuns: a dificuldade de fazer exercícios físicos. Há quem faça, ou pelo menos tente fazer, exercícios nos mais variados períodos do dia. Isso é normal, pois a pessoa ajusta os horários de acordo com sua rotina. No entanto, é impressionante como sempre é possível arranjar uma desculpa.
  3. 3.  Quem faz de manhã tem a desculpa de que quer dormir mais, enquanto quem faz à tarde tem a desculpa que precisa relaxar depois do almoço ou do lanche. Por último, quem faz de noite diz que o dia já foi muito cansativo, e acaba voltando para casa. Há ainda algumas desculpas complementares, que servem para reforçar a primeira: “A academia é longe da minha casa”, ou “o trânsito está muito ruim agora”, são só alguns exemplos.
  4. 4. Assim, mesmo sabendo que o exercício físico é algo benéfico, muitas pessoas não praticam da forma correta por conta da preguiça. Afinal de contas, você se movimenta, se cansa durante o treino, fica suado e, algumas vezes, até sente dores grandes. É normal querer evitar tudo isso, não é?
  5. 5. 2-ENGANE O CÉREBRO  O exemplo acima mostra a esfera pessoal, onde o indivíduo deixa de realizar uma atividade que seria benéfica para sua saúde. No entanto, muitos deixam de cumprir tarefas de âmbito profissional, ou simplesmente fazem trabalhos meia boca, já que estes demandam menos esforço. Entretanto, executar uma tarefa reclamando de desgosto pode piorar as coisas. Por isso, a melhor saída é enganar o seu cérebro e transformar aquela atividade indesejada ou monótona em algo gostoso.
  6. 6. Antes de aparecer no palco do evento Fórmula de Lançamento, Erico Rocha estava inseguro, sem saber se daria conta de apresentar uma palestra para um público de 750 pessoas. Foi nessa hora que Ricardo Piovan, um grande palestrante brasileiro, disse que Erico fosse até o palco, fechasse os olhos e mentalizasse uma reação positiva da platéia, seja ela qual fosse. “ Às vezes o cérebro não consegue diferenciar aquilo que você tá imaginando e a verdade”, disse Ricardo.
  7. 7. Assim, ao simular mentalmente uma boa experiência, é possível se preparar para algo que você está prestes a fazer. Para você ver como isso funciona, imagine que, enquanto lê este texto, você chupa um limão. Imaginou? Provavelmente lembrou do gosto, não é mesmo? Talvez até tenha feito uma cara de quem está chupando limão.
  8. 8. 3-COMO TRANSFORMAR OS HÁBITOS  Após ler o livro The Willpower Instinct, Erico aprendeu a técnica de agregar prazer a uma atividade indesejada, como os exercícios físicos, com uma estimulação consciente da produção de dopamina.  Sabe quando você escuta uma música que gosta bastante e fica com vontade de pular? Erico adotou a tática de fazer seus exercícios com esse tipo de música. O resultado foi ótimo, e hoje ele fica empolgado todas as manhãs.
  9. 9.  Isso também pode ser feito com atividades profissionais, basta que você descubra o que pode ser agregado à atividade. No caso de Erico, para conseguir pensar melhor e ter ideias criativas, ele leva seu trabalho para cafeterias, pois ele adora o ambiente e o cheiro do local. O simples fato de estar naquele ambiente o ajuda raciocinar melhor, sem ter que quebrar a cabeça exaustivamente.
  10. 10. Se você acha que não dá para animar o seu ambiente de trabalho, tente deixar o momento de se arrumar para ir ao trabalho mais animado. Se fizer isso, ao invés de achar ruim ter que se arrumar para encarar um longo dia de trabalho pela frente, você ficará empolgado para experimentar novamente aquele momento divertido do dia. Não deixe para depois. Faça o teste o quanto antes e aproveite sua vida de uma forma mais equilibrada.
  11. 11. “O cérebro, às vezes, não consegue diferenciar aquilo que você imagina e a verdade.”

×