Curso   quimica ciclo-i
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Curso quimica ciclo-i

on

  • 536 views

 

Statistics

Views

Total Views
536
Views on SlideShare
495
Embed Views
41

Actions

Likes
1
Downloads
5
Comments
0

1 Embed 41

http://cantosdeatividadesdiversificadas.webnode.com 41

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Curso   quimica ciclo-i Curso quimica ciclo-i Presentation Transcript

  • DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE CAMPINAS OESTE “Experimentar, filosofar e se-movimentar nos Cantos de Atividades Diversificadas em sala de aula.” SECRETARIA DA EDUCAÇÃO 1 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica
  • DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE CAMPINAS OESTE PAULO - PCNP QUÍMICA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO 2 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica
  • Na casa do cozinheiro Hélio Ziskind Disponível em: http://revistaescola.abril.com.br/fundamental-1/casa- cozinheiro-634314.shtml Panelinha agudinha Panelinha linha Pim pim pim piririm pim pim Panelão nelão Panelão gravão Panelinha linha Pão pão pão pararão pão pão Panelão Minha filha maior Violino lino lino Toca o instrumento maior Violoncelo celo celo Enquanto o feijão cozinha Violino lino linoPanelinha pim pim Violoncelo celo celoPanelão pão pão pão Minha filha menor Toca um instrumento menorVivo entre panelas Lá no andar de cimaPim piririm pampamFrigideiras e tigelas Pepino com carameloPão pão pim Violino com violoncelo Pepino com carameloQuem sou? Violino com violonceloQuem sou?O cozinheiro, acertou! Uôu uôu A panela de pressão assobiou!Minha casa é muito musical Pss psss Pss psss Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 3 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 4 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 5 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Vamos experimentar Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 6 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Vídeo Segundo dia cursoDesenhos da KikaKika - De onde vem o pão_.mp4 Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 7 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Experimento 1Preparo do pão Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 8 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Objetivos Oferecer oportunidades para que as crianças tenhamcontato com diferentes situações presentes no cotidiano; Estimular a mente dos alunos com deficiênciaintelectual; Oferecer um papel importante para a criança narealização do experimento; Estimular a participação dos alunos nas discussões eformular hipóteses por escrito (para os alunos jáalfabéticos); Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 9 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Objetivos Reconhecer fenômenos químicos que ocorrem no dia adia; Formular hipóteses sobre as transformações dosalimentos; Registro de todas as etapas do experimento e mostrareste material aos alunos; Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 10 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Que material vamos utilizar? Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 11 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Levantamento dos conhecimentos prévios Formulando hipóteses1)Perguntar se os alunos já acompanharam o preparo de umpão;2)Já observaram mudanças no estado inicial e final dessealimento;3)Quais são os ingredientes necessários para o preparo de umpão;4)Já utilizou uma balança e/ou um copo de medida; Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 12 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Desenvolvimento1)Organize a turma em grupos (sugestão de 4 participantes);2)Mostre aos alunos onde estão os ingredientes e peça paraque cada grupo selecione:200 gramas de farinha de trigo; 75 gramas de açúcar;Água morna (quantidade suficiente para misturar a massa)Tablete de fermento biológico;3) Após todos os grupos terem pesado todos os ingredientesdivida o experimento em 3 etapas: Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 13 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Desenvolvimento Primeira Etapa Acrescentar em um recipiente a farinha de trigo e oaçúcar.Divida a mistura em 2 partes iguais. Segunda Etapa Em uma das partes adicione um tablete de fermentobiológico e a água morna. Na segunda parte adicione apenaságua (em quantidade igual à adicionada na metade com ofermento biológico) Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 14 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Desenvolvimento Faça uma bola de massa com cada uma das partes e deixedescansar por aproximadamente 20 minutos. Observar o queacontece. Terceira Etapa Misturar 75 gramas de açúcar com um tablete de fermentobiológico. Coloquem a mistura dentro de uma garrafadescartável com a ajuda de um funil e amarre na boca dagarrafa um balão (bexiga). Observar o que acontece. Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 15 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Discussão do ExperimentoO que aconteceu com as massas preparadas com esem fermento biológico;Por que a massa cresceu;Ocorre o aparecimento de bolhas em uma dasmassas;O aparecimento das bolhas tem a ver com ocrescimento da massa;O cheiro das duas massas são iguais; Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 16 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Vídeo Segundo dia cursoPingu Goes Fishing Pescando - YouTube.mp4 Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 17 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Experimento 2Massa de Modelar Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 18 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Objetivos Oferecer oportunidades para que as crianças produzamsua própria massa de modelar com ingredientespresentes no seu cotidiano; Estimular a mente dos alunos com deficiênciaintelectual; Desenvolver habilidades motoras e noções deproporção; Estimular a participação dos alunos nas discussões eformular hipóteses por escrito (para os alunos jáalfabéticos); Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 19 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Que material vamos utilizar? Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 20 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Levantamento dos conhecimentos prévios Formulando hipóteses1)Perguntar se os alunos já brincaram com massa de modelar;2)Qual a consistência da massa de modelar utilizada;3)Quais são os ingredientes necessários para o preparo damassa de modelar;4)Já utilizou uma balança e/ou um copo de medida; Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 21 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Desenvolvimento1)Organize a turma em grupos (sugestão de 4 participantes);2)Mostre aos alunos onde estão os ingredientes e peça paraque cada grupo selecione:50 gramas de farinha de trigo; 50 gramas de sal;Água morna (quantidade suficiente para misturar a massa)Gotas de corante alimentício de diferentes cores;3) Misturar todos os ingredientes da lista anterior adicionandoágua aos poucos até a massa ficar macia Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 22 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Discussão do ExperimentoO que aconteceu com a mistura de farinha, sal,água e corante;Como você pesou 50 gramas de sal e 50 gramasde farinha na balança;Se deixarmos a massa secar ao sol o que acontece; Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 23 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Intervalo SECRETARIA DA EDUCAÇÃOCoordenadoria de Gestão da Educação Básica
  • Experimento 3Sólidos brancos elíquidos incolores Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 25 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Objetivos Oferecer oportunidades para que as crianças tenhamcontato com diferentes situações presentes no cotidiano; Estimular a mente dos alunos com deficiênciaintelectual; Oferecer um papel importante para a criança narealização do experimento; Estimular a participação dos alunos nas discussões eformular hipóteses por escrito; Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 26 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Que material vamos utilizar? Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 27 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Levantamento dos conhecimentos prévios Formulando hipóteses1)Observar os reagentes (materiais) sólidos;2)Observar os reagentes (materiais) líquidos;3)Todos os materiais (sólidos e líquidos) possuem a mesmacor?;4)Você consegue identificar o açúcar, o sal e o comprimido desonrisal apenas olhando?5)Qual seria uma maneira de identificá-los?6)Quais são os outros materiais presentes? Você já utilizouqual deles? Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 28 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Desenvolvimento1)Formar 6 grupos;2)Cada grupo deverá levar para sua bancada (mesa) 1 unidade dosólido branco de número 1; 50 gramas do sólido branco número 2 e50 gramas do sólido branco número 3;3)Colocar o sólido número 1 em saquinho de geladinho (sacolé);4)Colocar o sólido número 1 em um copo maior (200 mL);5)Colocar o sólido número 2 em um copo maior (200 mL);6)Colocar o sólido número 3 em um copo maior (200 mL);7)Acrescentar um dos líquidos incolores a todos os sólidos e repetir omesmo procedimento com o outro líquido incolor;8)Observar e anotar. Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 29 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Discussão do ExperimentoFormação de gás em um dos sólidos;Quantidade utilizada de cada sólido;Procedimento de pesagem de cada um deles;Identificação dos sólidos pelo paladar;Identificação de um dos sólidos pela observação deformação de bolhas. Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 30 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Vamos Discutir - Matemática Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 31 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Vamos Discutir - MatemáticaEXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM - QUINTO ANO NÚMEROS E OPERAÇÕES GRANDEZAS E TRATAMENTO DA QUINTO ANO MÚMEOS NATURAIS NÚMEROS RACIONAIS ESPAÇO E FORMA MEDIDAS INFORMAÇÃO Compreender e utilizar Reconhecer números Descrever, Resolver Resolver problemas as regras do racionais no interpretar e situações com dados sistema de contexto diário, representar a problema que apresentados de numeração decimal, fazendo a leitura posição ou a envolvam o maneira para leitura e dos números movimentação cálculo de organizada por escrita, racionais de uso de uma pessoa distâncias. meio de tabelas comparação, frequente, na ou objeto no Utilizar o sistema simples de ordenação de representação espaço e monetário dupla entrada. números naturais fracionária e na construir brasileiro em Resolver problemas de qualquer ordem representação itinerários. situações- com dados de grandeza. decimal. Interpretar problema. apresentados de Analisar, interpretar e Comparar e ordenar representações maneira resolver situações- números racionais no plano organizada por problema, de uso frequente, na cartesiano, meio de gráficos compreendendo representação usando Resolver de colunas. diferentes fracionária e na coordenadas. situações significados das representação problema que operações do decimal, envolvam o BLOCO 1 campo aditivo, localizando-os na uso de envolvendo reta numérica. medidas de números naturais Reconhecer que os comprimento, Utilizar a decomposição números racionais massa e das escritas admitem diferentes capacidade, numéricas para a (infinitas) representadas realização do representações na na forma cálculo mental forma fracionária. decimal. exato e aproximado em adições e Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 32 subtrações. Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Devolutiva para os AlunosExperimentação (forma de realizar um experimento);Através do experimento pode-se utilizar as relaçõesde proporção;* Apresente uma situação-problema Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 33 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • ReferênciasSÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. Expectativas de Aprendizagem.Matemática. Versão Preliminar 1.SÃO PAULO (Estado) Secretaria da Educação. Currículo do Estado de SãoPaulo: Ciências da Natureza e suas tecnologias /Secretaria da Educação;coordenação geral, Maria Inês Fini; coordenação de área, Luis Carlos deMenezes. – São Paulo : SEE, 2010.REVISTA ESCOLA - : http://revistaescola.abril.com.br/fundamental-1/casa-cozinheiro-634314.shtml Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 34 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico
  • Vídeo Segundo dia cursoA MENINA QUE ODIAVA LIVROS - YouTube.mp4 Diretoria SECRETARIA de Campinas Oeste de Ensino Região DA EDUCAÇÃO 35 Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Núcleo Pedagógico