Honestidade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Honestidade

on

  • 588 views

 

Statistics

Views

Total Views
588
Views on SlideShare
587
Embed Views
1

Actions

Likes
0
Downloads
11
Comments
0

1 Embed 1

http://www.slideshare.net 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Honestidade Honestidade Presentation Transcript

  • Clique Honestidade
    • Quando alguém nos pergunta se somos honestos,
    • em princípio ficamos indignados, só em pensar
    • que alguém duvide de que o somos. - No entanto, é importante que reflitamos um
    • tanto mais a respeito da honestidade. - Grande parte de nós nos dizemos honestos,
    • mas será que verdadeiramente o somos?
    • Quando limpamos o jardim, por exemplo, nunca
    • jogamos a sujeira no quintal do vizinho? - Saindo de um emprego, damos entrada no seguro
    • desemprego, e logo, estamos empregados novamente.
    • Comunicamos ao órgão competente que não
    • necessitamos mais receber o seguro ou pedimos ao
    • novo patrão que espere alguns meses para fazer o
    • registro na carteira para que possamos
    • receber em dobro?
    • Se estamos dirigindo um veículo, e, sem querer
    • raspamos num outro que está estacionado, cujo
    • dono não está por perto. Qual é a nossa atitude?
    • Damos no pé, ou deixamos um bilhete com o
    • telefone para posterior contato? - Enfrentamos com honestidade a longa fila dos
    • bancos, teatros, repartições, etc., ou sempre ficamos
    • procurando um conhecido ou um jeito qualquer de
    • passar à frente dos que chegaram antes que nós?
    • Se vamos a um espetáculo qualquer, costumamos
    • marcar os lugares com bolsas, carteiras, ou outros
    • objetos, para que nossos amigos que cheguem em
    • cima da hora possam ocupar os melhores lugares,
    • em detrimento dos que se esforçam e chegam cedo?
    • Se em épocas de eleições necessitamos pintar a
    • casa, colocar vidros nas janelas, ou temos outra
    • necessidade qualquer, procuramos um candidato
    • para oferecer o nosso voto em troca de tais
    • benefícios ou esperamos até que as possamos
    • efetuar com nossos próprios recursos? - Tendo urgência no despacho de um processo em
    • determinado órgão, esperamos o trâmite natural ou
    • tentamos um jeitinho de ludibriar os que não tem
    • condições de dar o conhecido jeitinho?
    • Se trabalhamos no setor de compras de uma
    • empresa, procuramos realmente os melhores
    • preços e condições de pagamento, pensando
    • exclusivamente no melhor para a nossa empresa,
    • ou compramos onde nos ofereçam mais
    • vantagens pessoais?  - Ouvimos várias vezes o jargão popular afirmar
    • que “todo homem tem um preço”. No entanto
    • para a honestidade não há preço, não há
    • barganha, não há corrupção, nem corruptores.
  • A dignidade de um ser humano honesto não tem preço, pois seu valor é inestimável. Dessa forma, poderíamos alterar o jargão popular e dizer: todo homem desonesto tem um preço, porque a dignidade jamais se corrompe.
    • Se ainda não conquistamos a virtude da
    • honestidade como deve ser, lutemos por
    • conquistá-la, a fim de podermos olhar
    • no espelho e não nos envergonharmos
    • da figura ali refletida.
    • Olhar nos próprios olhos e
    • nada ter que censurar.