Your SlideShare is downloading. ×
0
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
ApresentaçãO OperaçõEs1
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

ApresentaçãO OperaçõEs1

597

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
597
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. ENGº GUILHERME ANTUNES LOUREIRO GERENTE DE OPERAÇÕES 26/01/2010
  • 2. GRUPO DE OPERAÇÕESCONCEITO:• OPERAR DE MANEIRA AUTÔNOMA, COM AGILIDADE, ANTEVENDO E RESOLVENDO QUESTÕES “GARGALO” DE MANEIRA A MINIMIZAR SEUS EFEITOS.
  • 3. GRUPO DE OPERAÇÕESOBJETIVO:• Operar logisticamente otimizando as demandas de obras, projeto e pessoal de engenharia conforme a necessidade, possibilidade e interesses da empresa;• Adiantar os inícios de obra garantindo a execução da etapa não cíclica de obra liberando a produção para início imediato
  • 4. GRUPO DE OPERAÇÕES MISSÃO:Representar a Diretoria Técnica, cobrando eapoiando os departamentos deincorporação, produto,orçamento, planejamento, projeto, obras e coordenação de processospara que os empreendimentos alcancem osresultados esperados emqualidade, prazo, custos de execução esegurança, visando sempre a manutenção dospadrões exigidos nos procedimentos daempresa.
  • 5. Organograma interno do núcleo ENGº GUILHERME GERENTE DE OPERAÇÕES ENGº DE OPERAÇÕES ENGº DE OPERAÇÕES PR e SC MESTRE GERAL TÉC. CLEBER ASSISTENTE TÉCNICO TÉC. VINÍCIUS VICENTE ENCARREGADOS EQUIPES PRÓPRIOS TERCEIRIZADAS EQUIPES PRÓPRIAS
  • 6. Organograma interno do núcleo ENGº GUILHERME Responsável pela gestão, retroalimentaçãoGERENTE DE OPERAÇÕES e desenvolvimento de métodosENGº DE OPERAÇÕES Responsável pela operação, andamento e acompanhamento MESTRE GERAL Responsável pelos encarregados e equipes de obra com TÉC. CLEBER demandas de desenvolvimento, andamento, acompanhamentoASSISTENTE TÉCNICO Multifuncional tem demanda de administrativo e técnico daTÉC. VINÍCIUS VICENTE qualidade. É o responsável pelas fichas de verificação ENCARREGADOS PRÓPRIOS Responsável pela efetivação das metas pactuadas com as equipe EQUIPES PRÓPRIAS Operação atendem às demandas produtivas do núcleo
  • 7. GRUPO DE OPERAÇÕESDEMANDAS ENTRE DEPARTAMENTOS:PRODUTO E INCORPORAÇÃO• IDENTIFICAR OS RESPONSÁVEIS DAS ÁREAS DE PRODUTO;• IDENTIFICAR OS TIPOS DE OBRA (MCMV; LIVING; MAP);• CONHECER AS DATAS DE LANÇAMENTO ;PLANEJAMENTO• CONHECER AS DATAS DE INÍCIO DE OBRA;• IDENTIFICAR OS RESPONSÁVEIS DAS ÁREAS DE PROJETO;• ADMINISTRAR EVENTUAIS CONFLITOS DE PRAZO E TRABALHO SIMULTÂNEO;
  • 8. GRUPO DE OPERAÇÕESDEMANDAS ENTRE DEPARTAMENTOS:PROJETOS COMPLEMENTARES• IDENTIFICAR OS RESPONSÁVEIS DAS ÁREAS DE PROJETO;• ADMINISTRAR EVENTUAIS CONFLITOS DE PRAZO E TRABALHO SIMULTÂNEO;• ACOMPANHAR AS ENTREGAS E REUNIÕES COM PROJETISTAS;• INTERMEDIAR OTIMIZAÇÕES NOS TRABALHOS DE FUNDAÇÃO E LANÇAMENTO DE CARGAS;• IDENTIFICAR E RETROALIMENTAR EVENTUAIS PROBLEMAS DE PROJETO
  • 9. GRUPO DE OPERAÇÕESDEMANDAS ENTRE DEPARTAMENTOS:ORÇAMENTO• INTERAGIR COM A COORDENAÇÃO DE ORÇAMENTOS DE MANEIRA A RESPEITAR E RETROALIMENTAR O DEPARTAMENTO;• DESENVOLVER MÉTODOS DE MINIMIZAÇÃO DE ERROS PARA O ORÇAMENTOINSTALAÇÕES PROVISÓRIASACOMPANHAMENTO DOS LAY OUTS DE OBRAINSTALAÇÕES ELÉTRICAS (SUBESTAÇÕES PROVISÓRIAS)INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS
  • 10. GRUPO DE OPERAÇÕESRELAÇÃO COM A DIRETORIA:O Gerente de Operações responde diretamente à direção da empresa dividindo-se entre os interesses da Diretoria Técnica e Diretoria de Logística.Ou seja: Planejamento, projeto, obra, orçamento, recu rsos, estratégia e tudo mais que for solicitado.
  • 11. GRUPO DE OPERAÇÕESRELAÇÃO COM A DIRETORIA:DEMANDAS:• Desenvolver índices, dossiês, parâmetros, métodos e fluxos da atividade sendo que todos devem estar embasados com retroalimentação empírica dos mesmos.• Desenvolver índices financeiros e produtivos por:  FORMA E AÇO  m²  Metro linear  Kg de aço  Hh/m²  Hh/dia
  • 12. GRUPO DE OPERAÇÕESRELAÇÃO COM A DIRETORIA:DEMANDAS:• Desenvolver índices financeiros e produtivos por:  FUNDAÇÃO  Estacas/ml de viga  Estacas/m² de greide  M³ concreto fundação/ m³ concreto blocos  M³ concreto fundação / m³ concreto baldrames  Etc...
  • 13. GRUPO DE OPERAÇÕESDEMANDAS COM EMPREITEIROS:• ADMINISTRAR E ANTEVER A NECESSIDADE DE RECURSOS ENVOLVENDO OS FORNECEDORES COM TRABALHO SEQUENCIADO ATENDENDO A DEMANDA E ALGARIANDO MELHORES PREÇOS COM GARANTIA DE FORNECIMENTO
  • 14. GRUPO DE OPERAÇÕESDEMANDAS COM EMPREITEIROS DE MÁQUINAS:• FUNDAÇÃO• TERRAPLENAGEMDEMANDAS COM EMPREITEIROS DE MÃO DE OBRA:EQUIPES TERCEIRIZADAS• CARPINTEIROS• SERVENTES• FERREIROS
  • 15. GRUPO DE OPERAÇÕESDEMANDAS COM EQUIPES PRÓPRIAS:DESENVOLVER EQUIPES PRÓPRIAS E MULTIFUNCIONAIS• CARPINTEIROS• SERVENTES• FERREIROS GARANTIR A CONTINUIDADE DOS TRABALHOS E A MANUTENÇÃO DAS EQUIPES.
  • 16. DIREÇÃO ORÇAMENTO PLANEJAMENTOPROJETOS PRODUTO PROVISÓRIAS SUPRIMENTO COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA
  • 17. GRUPO DE OPERAÇÕESDemandas para viabilização e agilidade do núcleo:• Poder de decisão sobre demandas de projeto• Poder de decisão sobre demandas de provisórias de obra• Poder de decisão sobre demandas de planejamento• Poder de decisão sobre Pagamentos de empreiteiros• Poder de decisão sobre pagamentos de equipes próprias• Poder de dispensa para os funcionários próprios não aproveitáveis.Obs.: todas serão comunicadas e terão aval da direção, porém, os departamentos necessitam acatar sem morosidade, dependência da direção, aguardo de mando, deleite de poder, desconhecimento, inter- dependência, medo, etc.
  • 18. GRUPO DE OPERAÇÕESDemandas para viabilização e agilidade do núcleo:• Validação de novo organograma na empresa onde fique clara a posição do núcleo dentro da empresa e seu poder hierárquico;• Formalização e conhecimento geral da localização das pessoas dentro do organograma de maneira a evitar interpretações de cargo e posição;• Liberação de aporte para combustível ao mestre geral e assistente técnico;• Necessidade imediata de um engenheiro para apoio ao gerente e desenvolvimento do 2º ocupante do setor;• O Gerente da área não deve ser operacional de maneira à produzir gestão, resultado e eficácia (estratégico dentro do núcleo)

×