PROJETO  “JERUSALÉM”    DE FACHADASETEMBRO         OUTUBRO   2003            2003
O DESAFIO!   EXECUTAR REBOCO E    PASTILHAS DE TODO    O EMPREENDIMENTO    (BRITANNY) EM 90    DIAS CORRIDOS...
DADOS DO PROJETO   REBOCO: 5527 m²;   PASTILHA NA    TORRE: 3479 m²;   PASTILHA TOTAL:    4418 m².
A EXPECTATIVA DA EQUIPE...   “IMPOSSÌVEL !!!!”    (Mestre);   “É MUITO DIFÍCIL“    (Mário);   “Só se trabalharmos    co...
A MOBILIZAÇÃO   Foi instaurado o dia    da reunião de    fachada.    Impreterivelmente    todas as quintas    feiras às 1...
A MOBILIZAÇÃO   A primeira reunião    ocorreu 6 semanas    antes do início do    projeto   Houveram 17    reuniões com: ...
A MOBILIZAÇÃO Formação do “TIME”: Félix (segurança); Paulo Maiorca (equipamentos); Zezinho (jaús); Bento (bandejas, r...
A MOBILIZAÇÃO José “índio” (reboco interno); André da ESKO esquadrias (contra  marcos); Itaval (alvenaria); Osmar (aço...
O COMPROMETIMENTO   Na primeira reunião foi montada uma    “ARA” de problemas já ocorridos em    outras obras e chegou-se...
“ARA” DE PROBLEMAS
O COMPROMETIMENTO Também concluiu-se que as equipes  não estão acostumadas a seguir o  planejamento o que torna a causa d...
O PLANEJAMENTO   Todos os planos de    ação e/ou de ataque    foram acordados    pela equipe de    fachada.   Foi montad...
O PLANEJAMENTO   Definiu-se:   Nomenclatura para    jaús;   Equipes de trabalho    para as diversas    disciplinas, inc...
O PLANEJAMENTO   Montou-se um                                                                                         27 ...
OS CONTROLES NA         PREPARAÇÃO Montou-se um estudo preliminar para  as prumadas externas. Definiu-se uma espessura m...
OS CONTROLES NA                                               PREPARAÇÃO                                                  ...
OS CONTROLES DA       PRODUÇÃO Preparou-se, com apoio da obra Life  Square uma ficha de acompanhamento  de produção para ...
OS CONTROLES DA                                                  PRODUÇÃO                                    BRITANNY     ...
OS CONTROLES DA                                               PRODUÇÃO                                    BRITANNY        ...
OS CONTROLES DA    PRODUÇÃO                                                 BRITANNY                                      ...
OS CONTROLES DA          PRODUÇÃO   Junto com as obras    Life Square e Santa    Bárbara, montou-se    um sistema de    c...
A manutenção da Produção   Todos os trabalhos e    dúvidas foram    debatidos durante    as reuniões de    fachada, isto ...
A manutenção da Produção   Foi criado um placar    de    acompanhamento    da produção.   O acompanhamento    dos result...
A manutenção da Produção   Sempre que    necessário o    trabalho foi    replanejado de    maneira a preservar    a auto ...
EQUIPE COM AUTO ESTIMA
2°        3°               4°                      5°                             6°                                    7°...
RESULTADOS DO CONTROLE     DA PRODUÇÃO       ARGAMASSA UTILIZADA PARA REBOCO EXTERNO:                     qtd sacos:     m...
RESULTADOS DO CONTROLE     DA PRODUÇÃO                                                PROGRAMA DE QUALIDADE GOLDSZTEIN    ...
RESULTADOS DO CONTROLE     DA PRODUÇÃO PRODUÇÃO DE REBOCO PARA A TORRE  (3479 m²): 14,33 m²/DIA/HOMEM 23 DIAS CORRIDOS ...
RESULTADOS DO CONTROLE     DA PRODUÇÃO PRODUÇÃO DE REBOCO PARA TODO  PRÉDIO (5527 m²): 11,35 m²/DIA/HOMEM 68 DIAS CORRI...
RESULTADOS DO CONTROLE     DA PRODUÇÃO PRODUÇÃO DE PASTILHA PARA TORRE  (3479 m²): 12,54 m²/DIA/HOMEM 27 DIAS CORRIDOS ...
RESULTADOS DO CONTROLE     DA PRODUÇÃO PRODUÇÃO DE PASTILHA PARA TODO  PRÉDIO (4419 m²): 9,70 m²/DIA/HOMEM 40 DIAS CORR...
FINAL DA HISTÓRIA“A Terra Prometida”
FINAL DA HISTÓRIA“A Terra Prometida”
FINAL DA HISTÓRIA“A Terra Prometida”
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

ApresentaçãO JerusaléM1

245 views
197 views

Published on

Método de controle e execução de fachada

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
245
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
18
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

ApresentaçãO JerusaléM1

  1. 1. PROJETO “JERUSALÉM” DE FACHADASETEMBRO OUTUBRO 2003 2003
  2. 2. O DESAFIO! EXECUTAR REBOCO E PASTILHAS DE TODO O EMPREENDIMENTO (BRITANNY) EM 90 DIAS CORRIDOS...
  3. 3. DADOS DO PROJETO REBOCO: 5527 m²; PASTILHA NA TORRE: 3479 m²; PASTILHA TOTAL: 4418 m².
  4. 4. A EXPECTATIVA DA EQUIPE... “IMPOSSÌVEL !!!!” (Mestre); “É MUITO DIFÍCIL“ (Mário); “Só se trabalharmos com uma grua!” (Batista) “Aleluia, Irmãos!” (Engº Guilherme)
  5. 5. A MOBILIZAÇÃO Foi instaurado o dia da reunião de fachada. Impreterivelmente todas as quintas feiras às 14 horas com duração média de 1 hora.
  6. 6. A MOBILIZAÇÃO A primeira reunião ocorreu 6 semanas antes do início do projeto Houveram 17 reuniões com: ata, relação dos participantes, assuntos tratados, acordos pactuados.
  7. 7. A MOBILIZAÇÃO Formação do “TIME”: Félix (segurança); Paulo Maiorca (equipamentos); Zezinho (jaús); Bento (bandejas, reservatórios); Mário e Batista (fachada); RBL (Impermeabilização das coberturas);
  8. 8. A MOBILIZAÇÃO José “índio” (reboco interno); André da ESKO esquadrias (contra marcos); Itaval (alvenaria); Osmar (aço das platibandas e terminalidade do reservatório superior e cobertura). Mestre, contramestre, engenheiros (equipe Goldsztein);
  9. 9. O COMPROMETIMENTO Na primeira reunião foi montada uma “ARA” de problemas já ocorridos em outras obras e chegou-se à conclusão que a maioria dos problemas ocorrem em função de planejamento deficiente ou inexistente.
  10. 10. “ARA” DE PROBLEMAS
  11. 11. O COMPROMETIMENTO Também concluiu-se que as equipes não estão acostumadas a seguir o planejamento o que torna a causa dos problemas uma função do comprometimento. Em função disto foram definidos horários de trabalho e punições para os não comprometidos.
  12. 12. O PLANEJAMENTO Todos os planos de ação e/ou de ataque foram acordados pela equipe de fachada. Foi montado um esquema gráfico para facilitar o debate e o entendimento
  13. 13. O PLANEJAMENTO Definiu-se: Nomenclatura para jaús; Equipes de trabalho para as diversas disciplinas, inclusive de apoio. Necessidade de equipamentos.
  14. 14. O PLANEJAMENTO Montou-se um 27 Jul 03 03 Ago 03 cronograma Id Nome da tarefa Duração Início Término Q Q S S D 1 PROJETO JERUSALÉM 72 dias Qua 30/07/03 Qui 06/11/03 2 Concreto Cobertura 1 dia Qua 30/07/03 Qua 30/07/03 3 alvenaria da platibanda 3 dias Qui 31/07/03 Seg 04/08/03 4 formas para pilaretes da platibanda 3 dias Sex 01/08/03 Ter 05/08/03 baseado nos dados 5 vigas concretadas 1 dia Qua 06/08/03 Qua 06/08/03 6 vigas desformadas 1 dia Qui 07/08/03 Qui 07/08/03 7 materiais para jaú na obra 1ª parte 1 dia Qui 14/08/03 Qui 14/08/03 8 materiais para jaú na obra 2ª parte 1 dia Qua 20/08/03 Qua 20/08/03 acordados em 9 materiais para jaú na obra 3ª parte 1 dia Qua 27/08/03 Qua 27/08/03 10 desforma da laje da cobertura 1 dia Seg 25/08/03 Seg 25/08/03 11 descida do equipamento 1 dia Seg 25/08/03 Seg 25/08/03 12 andar desocupado para alvenaria 1 dia Ter 26/08/03 Ter 26/08/03 13 limpeza (goldsztein) 1 dia Qua 27/08/03 Qua 27/08/03 reunião (project) 14 abastecimento para alvenaria 1 dia Qua 27/08/03 Qua 27/08/03 15 alvenaria 11º pavimento 3 dias Qui 28/08/03 Seg 01/09/03 16 chapisco 3 dias Ter 02/09/03 Qui 04/09/03 17 cunha 11º pav 2 dias Ter 02/09/03 Qua 03/09/03 18 INÍCIO REBOCO DE FACHADA 1 dia Sex 05/09/03 Sex 05/09/03 19 REBOCO DE FACHADA (12M2/DIA) 20 dias Sex 05/09/03 Qui 02/10/03 20 JAÚ N2; N3; S2; S3 (195 M2) 16 dias Sex 05/09/03 Sex 26/09/03 31 JAÚ N1; N4; S1; S4 (219,53 M²) 20 dias Sex 05/09/03 Qui 02/10/03 44 JAÚ L1; L4; O1; O4 (142,68 M2) 16 dias Sex 05/09/03 Sex 26/09/03 55 JAÚ L2; L3; O2; O3 (153,41 M2) 18 dias Sex 05/09/03 Ter 30/09/03 66 JAÚ U1; U1; U5; U5 (159 M2) 13 dias Sex 05/09/03 Ter 23/09/03 77 JAÚ U3 (269M2) 20 dias Sex 05/09/03 Qui 02/10/03 88 JAÚ U4; U2 (178 M2) 18 dias Sex 05/09/03 Ter 30/09/03 99 JAÚ GU4; GU2 (211,7 M2) 17 dias Sex 05/09/03 Seg 29/09/03 110 PASTILHA (9M2/DIA) 27 dias Qua 01/10/03 Qui 06/11/03 111 JAÚ N2; N3; S2; S3 (195 M2) 20 dias Qua 01/10/03 Ter 28/10/03 122 JAÚ N1; N4; S1; S4 (219,53 M²) 22 dias Qua 08/10/03 Qui 06/11/03 134 JAÚ L1; L4; O1; O4 (142,68 M2) 11 dias Seg 06/10/03 Seg 20/10/03 145 JAÚ L2; L3; O2; O3 (153,41 M2) 11 dias Seg 06/10/03 Seg 20/10/03 156 JAÚ U1; U1; U5; U5 (159 M2) 13 dias Seg 06/10/03 Qua 22/10/03
  15. 15. OS CONTROLES NA PREPARAÇÃO Montou-se um estudo preliminar para as prumadas externas. Definiu-se uma espessura média de 2,8cm
  16. 16. OS CONTROLES NA PREPARAÇÃO Prumadas da fachada RESPONSÁVEL: DÉBORA reboco externo - Britanny DATA: 05/09/2003 pontos de BRITANNY medida: 2° pav 3° pav 4° pav 5° pav 6° pav 7° pav 8° pav 9° pav 10° pav 11° pav OBSERVAÇÕES P1 1 3,0 2,0 3,0 3,0 3,5 5,0 4,0 2,5 2,0 2,5 medida junto ao peitoril janela S2 S3 P 1A 2 2,0 2,0 3,0 2,5 2,0 3,0 1,0 1,5 1,0 1,5 medida junto ao detalhe da fachada JAHÚ N4 33 P2 3 2,0 2,0 3,5 2,5 2,0 2,7 4,0 3,0 3,0 2,0 medida junto ao peitoril janela S1 34 36 37 38 S4 P 2A 4 1,8 2,0 1,5 1,0 2,5 2,5 2,0 1,0 1,5 1,5 medida junto ao detalhe da fachada 35 39 . SACADA P1 5 2,0 2,8 1,5 0,7 0,8 3,5 1,7 2,0 2,2 extremidade da sacada 30 31 32 40 42 N3 P2 6 4,5 4,5 1,5 3,5 2,5 2,7 3,5 0,8 3,0 churrasqueira L4 29 41 O4 SACADA P1 7 5,5 4,5 3,5 4,0 4,0 2,5 4,0 1,0 1,0 extremidade da sacada N2 P2 8 5,0 5,5 3,0 3,5 5,0 3,0 4,5 2,5 1,5 churrasqueira P1 9 3,0 2,5 1,0 2,5 1,5 3,0 3,7 5,0 2,5 2,5 medida junto ao peitoril janela 28 43 P 1A 10 2,0 2,0 1,5 2,0 1,5 2,0 2,5 3,0 6,0 2,0 medida junto ao detalhe da fachada JAHÚ N1 P2 11 2,5 1,7 1,0 1,5 2,5 3,5 5,0 4,7 1,2 1,5 APTO 03 APTO 04 medida junto ao peitoril janela 27 44 P 2A 12 3,5 4,0 4,0 4,0 3,5 3,5 2,5 2,0 2,0 2,0 medida junto ao detalhe da fachadaL3 O3 JAHÚ L1 P1 13 jaú em pano cego P1 14 2,0 2,5 3,5 5,0 5,5 4,5 5,0 2,0 3,0 3,5 medida junto ao detalhe da fachada 26 JAHÚ L2 P2 15 3,0 2,5 3,0 3,0 4,0 3,5 4,5 1,7 3,0 3,5 medida junto ao peitoril janela P1 16 5,0 3,0 4,5 4,5 4,0 2,5 2,5 1,0 4,0 4,5 25 45 JAHÚ U5 P2 17 5,0 2,5 4,5 4,0 3,7 2,5 2,5 1,0 4,2 4,5 P1 18 JAHÚ U4 24 U2 U3 46 P2 19 U1 GU2 U1 P1 20 JAHÚ U3 P2 21 P1 22 JAHÚ U2 P2 23 U5 GU4 U5 JAHÚ U1 ESCADA P2 24 3,5 2,0 1,5 1,5 2,5 4,0 3,0 2,5 4,0 3,5 lado direito da janela 15 16 U4 P1 25 3,0 2,5 4,0 2,5 4,0 3,0 2,0 4,5 3,0 3,0 JAHÚ L3 P2 26 3,0 3,0 3,5 2,5 4,0 3,5 2,5 3,5 3,0 2,5L2 53 O2 P1 27 2,5 2,5 2,0 2,0 1,5 1,0 2,0 3,0 2,5 3,5 junto a parede lateral do jaú 15 JAHÚ L4 P 1A 28 3,5 2,0 2,5 3,0 2,0 4,5 4,0 4,5 2,5 3,0 medida junto ao peitoril janela P2 29 3,0 3,0 3,0 3,5 4,0 4,5 4,5 3,0 3,5 3,2 medida junto ao peitoril janela 14 54 P1 30 3,0 2,0 1,0 1,5 1,0 2,5 2,2 1,5 3,0 2,2 medida junto ao peitoril janela JAHÚ S1 P2 31 3,7 2,0 1,0 2,0 1,2 2,5 1,7 1,5 1,0 1,5 medida junto ao peitoril janela P 2A 32 3,0 4,0 2,5 2,0 2,5 1,5 2,0 2,5 1,0 1,5 APTO 01 APTO 02 med junto a parede ao lado janela P1 33 3,0 2,0 2,0 1,5 4,5 5,5 2,5 5,0 2,5 L1 O1 extremidade sacada (sentido vertical) SACADA P 1A 34 4,0 4,5 4,5 2,5 2,5 3,0 3,5 3,2 4,5 extremidade sacada (sentido horizontal) S2 P 1B 35 4,0 4,0 3,0 2,5 3,2 3,0 3,2 3,5 4,5 canto interno da sacada P2 36 2,0 1,5 0,5 2,2 3,5 3,0 3,5 2,7 4,5 churrasqueira P1 37 1,5 2,7 2,2 2,0 3,2 3,0 4,0 5,0 2,0 churrasqueira SACADA 12 11 9 10 P2 38 2,0 2,0 2,5 1,5 3,0 2,0 4,0 5,2 3,0 extremidade da sacada 4 3 2 1 S3 P 2A 39 2,0 2,0 4,0 2,5 2,0 2,0 2,2 4,0 2,5 canto interno da sacada P1 40 3,5 2,5 2,5 2,0 3,5 3,5 3,0 3,0 3,0 3,5 medida junto ao peitoril janela N1 7 8 6 5 N4 JAHÚ S4 P 1A 41 5,0 5,0 3,0 4,0 4,0 4,0 4,0 4,0 3,0 2,0 parede lateral - canto esquerdo N2 N3 P2 42 4,0 2,0 3,0 1,5 3,0 3,0 3,0 2,2 2,5 3,5 medida junto ao peitoril janela P2 43 4,5 4,0 3,0 5,0 2,5 4,0 1,5 2,0 1,5 2,2 medida junto ao peitoril janela JAHÚ O4 P 2A 44 2,5 2,5 3,5 4,0 4,0 3,0 2,0 2,0 3,0 2,0 parede lateral - canto direito Rua Ferreira Viana JAHÚ O3 P2 45 2,0 2,5 2,7 2,5 2,5 3,0 2,5 1,7 2,0 2,5 medida junto ao peitoril janela JAHÚ U1 P1 46 1,0 1,0 2,0 2,0 1,5 0,5 2,0 3,5 4,5 3,0 medida junto ao peitoril janela JAHÚ P1 47 LEGENDA: GU2 P2 48 JAHÚ P1 49 GU4 P2 50 X Números referentes aos pontos medidos P1 51 JAHÚ U5 P2 52 Jaús do BATISTA este ponto está na extermidade da fachada, por isso não pode ser P1 53 JAHÚ O2 2,0 2,5 medido em todos pav. Jaús do MÁRIO P2 54 1,5 2,5 3,0 2,7 2,0 4,0 2,7 4,0 3,0 JAHÚ O1 P1 55 jaú em pano cego MÉDIA = 2,8 cm DADOS : medidas em centímetros medidas foram tiradas sempre da esquerda (P 1) para direita (P 2) do observador.
  17. 17. OS CONTROLES DA PRODUÇÃO Preparou-se, com apoio da obra Life Square uma ficha de acompanhamento de produção para pastilha e reboco; Possuíamos, também, outra de controle diário e linear da produção.
  18. 18. OS CONTROLES DA PRODUÇÃO BRITANNY BRITANNY PRODUÇÃO DIÁRIA PASTILHA PRODUÇÃO DIÁRIA REBOCO EXTERNO altura que o jaú altura que o jaú Produção comprimento Produção comprimento LOCAL PROUÇÃO / QUANTIDADES deve descer por LOCAL PROUÇÃO / QUANTIDADES deve descer por diária (m²) do jaú (m) diária (m²) do jaú (m) dia (m) dia (m) JAHÚ N1 JAHÚ N1 FACHADA NORTE = FERREIRA VIANA 1,91 mFACHADA NORTE = FERREIRA VIANA PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 10,38 1,72 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 11,53 6,05 6,05 QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. SACADA SACADA SACADA SACADA PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 9,10 1,40 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,19 1,88 m N2 N2 6,50 6,50 QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 9,10 1,40 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,19 1,88 m N3 N3 6,50 6,50 QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. JAHÚ S1 JAHÚ L4 JAHÚ L3 JAHÚ U1 JAHÚ U2 JAHÚ U3 JAHÚ U4 JAHÚ U5 JAHÚ L2 JAHÚ L1 JAHÚ N4 JAHÚ S1 JAHÚ L4 JAHÚ L3 JAHÚ U1 JAHÚ U5 JAHÚ L2 JAHÚ L1 JAHÚ N4 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 10,38 1,72 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 11,53 1,91 m 6,05 6,05 QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,26 3,13 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,97 3,31 m 3,92 3,92 QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,98 2,45 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 13,95 2,64 m 5,29 5,29 QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. 2,22 mFACHADA LESTE PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 11,38 2,07 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,23 5,51 5,51 QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 11,38 2,07 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 11,87 4,24 m 5,51 2,80 FACHADA LESTE QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,98 2,45 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 13,45 2,01 m 5,29 6,68 QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,26 3,60 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 11,87 4,24 m 3,41 2,80 QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 10,38 1,72 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,23 2,22 m 6,05 5,51FACHADA FUNDOS = SUL QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. SACADA SACADA PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 9,10 1,40 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 13,95 2,64 m S2 6,50 5,29 QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 9,10 1,40 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,97 3,80 m S3 6,50 3,41 QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. JAHÚ U1 JAHÚ O3 JAHÚ O4 JAHÚ S4 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 10,38 1,72 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 11,53 1,91 m 6,05 6,05 FACHADA FUNDOS = SUL QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. SACADA SACADA PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,26 3,60 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,19 1,88 m S2 3,41 6,50 QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,98 2,45 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 12,19 1,88 m S3 5,29 6,50FACHADA LATERAL = OESTE QUANT.EXEC.DIA. QUANT.EXEC.DIA. JAHÚ S4 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 11,38 2,07 m PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.DIA. 11,53 1,91 m 5,51 6,05
  19. 19. OS CONTROLES DA PRODUÇÃO BRITANNY BRITANNY EVOLUÇÃO FÍSICA REBOCO EXTERNO EVOLUÇÃO FÍSICA PASTILHA 08/9 à 15/09 à 22/09 à 29/09 à 06/10 à 13/10 à 29/09 à 06/10 à 13/10 à 20/10 à 27/10 à 03/11 à LOCAL PRODUÇÃO / QUANTIDADES LOCAL PRODUÇÃO / QUANTIDADES 12/9 19/09 26/09 03/10 10/10 17/10 03/10 10/10 17/10 24/10 31/10 07/11 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 32,75 58 58 58 14 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 22,5 51,9 51,9 51,9 41,5 JAHÚ N1 JAHÚ N1FACHADA NORTE = FERREIRA VIANA 12 QUANT.PREV.ACUM. 90 148 206 220 220 9 QUANT.PREV.ACUM. 0,0 22,5 74,4 126,3 178,2 219,7 FACHADA NORTE = FERREIRA VIANA QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 53,5 94 72 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 9,1 1 QUANT.EXEC.ACUM. 54 147 220 220 220 220 1 QUANT.EXEC.ACUM. 9,1 9,1 9,1 9,1 9,1 9,1 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 115 115 115 100 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 31,2 54,6 45,5 45,5 18,2 SACADA SACADA 12 QUANT.PREV.ACUM. 230 345 445 445 445 9 QUANT.PREV.ACUM. 31,2 85,8 131,3 176,8 195,0 195,0 N2 N2 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 142,1 123 111 70 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 30,3 1 QUANT.EXEC.ACUM. 142 265 376 445 445 445 1 QUANT.EXEC.ACUM. 30,3 30,3 30,3 30,3 30,3 30,3 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 115 115 115 100 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 31,2 54,6 45,5 45,5 18,2 SACADA SACADA 12 QUANT.PREV.ACUM. 230 345 445 445 445 9 QUANT.PREV.ACUM. 31,2 85,8 131,3 176,8 195,0 195,0 N3 N3 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 142 123 111 70 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 30,3 1 QUANT.EXEC.ACUM. 142 265 375 445 445 445 1 QUANT.EXEC.ACUM. 30,3 30,3 30,3 30,3 30,3 30,3 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 32,75 58 58 58 14 JAHÚ N4 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 22,5 51,9 51,9 51,9 41,5 JAHÚ N4 12 QUANT.PREV.ACUM. 90 148 206 220 220 9 QUANT.PREV.ACUM. 0,0 22,5 74,4 126,3 178,2 219,7 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 74,3 83 62 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 12,1 1 QUANT.EXEC.ACUM. 74 157 220 220 220 220 1 QUANT.EXEC.ACUM. 12,1 12,1 12,1 12,1 12,1 12,1 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 64,86 64,86 12,95 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 7,8 60,7 67,4 6,8 JAHÚ L1 JAHÚ L1 12 QUANT.PREV.ACUM. 130 143 143 143 143 9 QUANT.PREV.ACUM. 7,8 68,5 135,9 142,7 142,7 142,7 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 61,8 54 27 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 5,9 1 QUANT.EXEC.ACUM. 61,8 116 143 143 143 143 1 QUANT.EXEC.ACUM. 5,9 5,9 5,9 5,9 5,9 5,9 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 69,73 70 14 JAHÚ L2 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 10,6 64,3 71,4 7,1 JAHÚ L2 12 QUANT.PREV.ACUM. 139 153 153 153 153 9 QUANT.PREV.ACUM. 74,8 146,2 153,4 153,4 153,4 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 67,7 71 14 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 7,9 1 QUANT.EXEC.ACUM. 67,7 139 153 153 153 153 1 QUANT.EXEC.ACUM. 7,9 8 8 8 8 8 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 61,16 61 37 JAHÚ U5 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 11,0 51,8 59,2 37,0 JAHÚ U5 12 QUANT.PREV.ACUM. 122 159 159 159 159 9 QUANT.PREV.ACUM. 62,8 122,0 159,0 159,0 159,0 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 40,6 52 67 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 11 1 QUANT.EXEC.ACUM. 41 92 159 159 159 159 1 QUANT.EXEC.ACUM. 11 11 11 11 11 11 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 29 59 59 30 JAHÚ U4 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. JAHÚ U4 12 QUANT.PREV.ACUM. 29 88 148 178 178 12 QUANT.PREV.ACUM. - - - - - QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 6 52 52 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM.FACHADA LESTE 1 QUANT.EXEC.ACUM. - 6 57 109 109 109 FACHADA LESTE 1 QUANT.EXEC.ACUM. - - - - - - PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 38 77 77 77 JAHÚ U3 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. JAHÚ U3 12 QUANT.PREV.ACUM. 38 115 192 269 269 12 QUANT.PREV.ACUM. - - - - - QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 13 77 77 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 1 QUANT.EXEC.ACUM. - 13 90 167 167 167 1 QUANT.EXEC.ACUM. - - - - - - PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 29 59 59 30 JAHÚ U2 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. JAHÚ U2 12 QUANT.PREV.ACUM. 29 88 148 178 178 12 QUANT.PREV.ACUM. - - - - - QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 6 52 52 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 1 QUANT.EXEC.ACUM. - 6 57 109 109 109 1 QUANT.EXEC.ACUM. - - - - - - PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 61,16 61 37 JAHÚ U1 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 11,0 51,8 59,2 37,0 JAHÚ U1 12 QUANT.PREV.ACUM. 122 159 159 159 159 9 QUANT.PREV.ACUM. 62,8 122,0 159,0 159,0 159,0 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 48 59 52 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 8,3 1 QUANT.EXEC.ACUM. 48 107 159 159 159 159 1 QUANT.EXEC.ACUM. 8,3 8,3 8,3 8,3 8,3 8,3 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 69,73 70 14 JAHÚ L3 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 10,6 64,3 71,4 7,1 JAHÚ L3 12 QUANT.PREV.ACUM. 139 153 153 153 153 9 QUANT.PREV.ACUM. 74,8 146,2 153,4 153,4 153,4 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 67,7 71 14 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 10,6 1 QUANT.EXEC.ACUM. 68 139 153 153 153 153 1 QUANT.EXEC.ACUM. 10,6 10,6 10,6 10,6 10,6 10,6 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 64,86 64,86 12,95 JAHÚ L4 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 7,8 60,7 67,4 6,8 JAHÚ L4 12 QUANT.PREV.ACUM. 130 143 143 143 143 9 QUANT.PREV.ACUM. 68,5 135,9 142,7 142,7 142,7 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 61,8 67 14 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 7,8 1 QUANT.EXEC.ACUM. 62 129 143 143 143 143 1 QUANT.EXEC.ACUM. 7,8 7,8 7,8 7,8 7,8 7,8 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 32,75 58 58 58 14 JAHÚ S1 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 22,5 51,9 51,9 51,9 41,5 JAHÚ S1 12 QUANT.PREV.ACUM. 90 148 206 220 220 9 QUANT.PREV.ACUM. 22,5 74,4 126,3 178,2 219,7 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 74,3 104 42 QUANT.HOM. QUANT.EXEC.SEM. 9,1 1 QUANT.EXEC.ACUM. 74 178 220 220 220 220 1 QUANT.EXEC.ACUM. 9,1 9,1 9,1 9,1 9,1 9,1 FACHADA FUNDOS = SULFACHADA FUNDOS = SUL PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 115 115 115 100 PROD.(m²/dia) QUANT.PREV.SEM. 31,2 54,6 45,5 45,5 18,2 SACADA SACADA 12 QUANT.PREV.ACUM. 230 345 445 445 445 9 QUANT.PREV.ACUM. 85,8 131,3 176,8 195,0 195,0 S2 S2
  20. 20. OS CONTROLES DA PRODUÇÃO BRITANNY EVOLUÇÃO FÍSICA REBOCO FACHADA 2.000,0 6.000 5.000 1.500,0 4.000M² 1.000,0 3.000 2.000 500,0 1.000 - - 08/9 à 15/09 à 22/09 à 29/09 à 06/10 à 13/10 à 12/9 19/09 26/09 03/10 10/10 17/10 PREV.SEM. 1.398,8 1.694,1 1.265,1 951,9 217,4 - - - - - - - REAL.SEM. 1.465 1.786 1.406 592 - - - - - - - - PREV.ACUM. 1.399 3.093 4.358 5.310 5.527 5.527 5.527 5.527 5.527 5.527 5.527 5.527 REAL.ACUM. 1.465 3.250 4.656 5.248 5.248 5.248 5.248 5.248 5.248 5.248 5.248 5.248 SEMANA
  21. 21. OS CONTROLES DA PRODUÇÃO Junto com as obras Life Square e Santa Bárbara, montou-se um sistema de controle de argamassa. Depósito, Kan Bans e conta corrente.
  22. 22. A manutenção da Produção Todos os trabalhos e dúvidas foram debatidos durante as reuniões de fachada, isto deu ânimo e responsabilidade para as equipes envolvidas.
  23. 23. A manutenção da Produção Foi criado um placar de acompanhamento da produção. O acompanhamento dos resultados tornou-se público e competitivo.
  24. 24. A manutenção da Produção Sempre que necessário o trabalho foi replanejado de maneira a preservar a auto estima da equipe.
  25. 25. EQUIPE COM AUTO ESTIMA
  26. 26. 2° 3° 4° 5° 6° 7° 8° 9° ANDA 10° 11° PLATIB 09/out 06/out realizado06/nov 04/nov 31/out 29/out 27/out 23/out 21/out 17/out 15/out 13/out 09/out planejado N4 09/out 08/out 07/out 07/out 06/out 02/out realizado N328/out 24/out 22/out 20/out 16/out 14/out 10/out 08/out 06/out 02/out planejado 09/out 08/out 07/out 07/out 06/out 02/out realizado N228/out 24/out 22/out 20/out 16/out 14/out 10/out 08/out 06/out 02/out planejado 09/out 07/out 06/out realizado N106/nov 04/nov 31/out 29/out 27/out 23/out 21/out 17/out 15/out 13/out 09/out planejado 09/out 08/out 07/out 06/out realizado L120/out 17/out 16/out 15/out 14/out 13/out 10/out 09/out 08/out 07/out 06/out planejado 09/out 08/out 07/out 06/out realizado L220/out 17/out 16/out 15/out 14/out 13/out 10/out 09/out 08/out 07/out 06/out planejado 09/out 08/out 07/out 06/out realizado U522/out 21/out 20/out 17/out 15/out 14/out 13/out 09/out 08/out 07/out 06/out planejado 09/out 08/out 06/out realizado U122/out 21/out 20/out 17/out 15/out 14/out 13/out 09/out 08/out 07/out 06/out planejado 09/out 08/out 07/out 06/out realizado L320/out 17/out 16/out 15/out 14/out 13/out 10/out 09/out 08/out 07/out 06/out planejado 09/out 06/out realizado L420/out 17/out 16/out 15/out 14/out 13/out 10/out 09/out 08/out 07/out 06/out planejado 09/out 07/out realizado S106/nov 04/nov 31/out 29/out 27/out 23/out 21/out 17/out 15/out 13/out 09/out planejado 09/out 08/out 07/out 06/out 03/out realizado S228/out 24/out 22/out 20/out 16/out 14/out 10/out 08/out 06/out 02/out planejado 09/out 08/out 07/out 06/out 03/out realizado S328/out 24/out 22/out 20/out 16/out 14/out 10/out 08/out 06/out 02/out planejado 09/out 08/out 06/out realizado A manutenção da Produção S406/nov 04/nov 31/out 29/out 27/out 23/out 21/out 17/out 15/out 13/out 09/out planejado
  27. 27. RESULTADOS DO CONTROLE DA PRODUÇÃO ARGAMASSA UTILIZADA PARA REBOCO EXTERNO: qtd sacos: m² sacos/m² m²/sacoscorpo do prédio>>> 16.459,00 4.833,28 3,41 0,29cobertura>>> 1.096,00 332,30 3,30 0,30térreo>>> 1.330,00 395,57 3,36 0,30TOTAL >>>>>>> 18.885,00 5.561,15 3,40 0,29
  28. 28. RESULTADOS DO CONTROLE DA PRODUÇÃO PROGRAMA DE QUALIDADE GOLDSZTEIN REG - XXX CONCLUSÃO DO CONTROLE DO CONSUMO DE ARGAMASSA GROSSA - DATA 13/10/2003 FACHADA REVISÃO 1 RESPONSÁVEL Débora BRITANNY LIBERAÇÃO GUILHERME executado teórico (espessura 2,8cm) planejado qtd sacos qtd sacos qtd sacos espessura espessura espessura m² arg. (conf. m² arg. (conf. m² arg. (conf. média média média Kan ban) Kan ban) Kan ban) 1° semana 1° semana 1279,96 5.110 3,63 1279,96 3.942 2,80 1223,30 3.768 2,80 08/09 à 13/09 08/09 à 13/09 2° semana 2° semana 1584,31 4.186 2,40 1584,31 4.880 2,80 1481,40 4.563 2,80 15/09 à 19/09 15/09 à 19/09 3° semana 3° semana 1235,54 4.070 2,99 1235,54 3.805 2,80 1106,34 3.408 2,80 22/09 à 26/09 22/09 à 26/09 4° semana 4° semana 524,47 2.050 3,55 524,47 1.615 2,80 832,29 2.563 2,80 29/09 à 03/10 29/09 à 03/10 5° semana 5° semana 149,6 746 4,53 149,6 461 2,80 189,95 585 2,80 06/10 à 10/10 06/10 à 10/10 6° semana 6° semana 59,4 297 4,55 59,4 183 2,80 13/10 à 17/10 13/10 à 17/10 4.833,28 16.459 3,10 4.833,28 14.887 2,80 4.833,28 14.887 2,80 observações: as m² estão de acordo com as medidas reais - desconto dos vãos (jaús N2, N3, S2, S3, U2, U4) existe uma perda de 208 + 96 sacos de argamassa.
  29. 29. RESULTADOS DO CONTROLE DA PRODUÇÃO PRODUÇÃO DE REBOCO PARA A TORRE (3479 m²): 14,33 m²/DIA/HOMEM 23 DIAS CORRIDOS TRABALHADOS 1059 m²/SEMANA 212 m²/dia *dados médios
  30. 30. RESULTADOS DO CONTROLE DA PRODUÇÃO PRODUÇÃO DE REBOCO PARA TODO PRÉDIO (5527 m²): 11,35 m²/DIA/HOMEM 68 DIAS CORRIDOS TRABALHADOS 568 m²/SEMANA 113 m²/dia *dados médios
  31. 31. RESULTADOS DO CONTROLE DA PRODUÇÃO PRODUÇÃO DE PASTILHA PARA TORRE (3479 m²): 12,54 m²/DIA/HOMEM 27 DIAS CORRIDOS TRABALHADOS 902 m²/SEMANA 180 m²/dia *dados médios
  32. 32. RESULTADOS DO CONTROLE DA PRODUÇÃO PRODUÇÃO DE PASTILHA PARA TODO PRÉDIO (4419 m²): 9,70 m²/DIA/HOMEM 40 DIAS CORRIDOS TRABALHADOS 773 m²/SEMANA 154 m²/dia *dados médios
  33. 33. FINAL DA HISTÓRIA“A Terra Prometida”
  34. 34. FINAL DA HISTÓRIA“A Terra Prometida”
  35. 35. FINAL DA HISTÓRIA“A Terra Prometida”

×