Your SlideShare is downloading. ×
0
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
ApresentaçãO Fluxo Dry Wall
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

ApresentaçãO Fluxo Dry Wall

1,110

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,110
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. PORQUE ESCOLHEMOS TRABALHAR COM DRYWALL ?
  • 2. • A utilização de paredes de gesso acartonado (DRYWALL) no Brasil, não está sendo feita com a simples finalidade de substituir as paredes de alvenaria por paredes de gesso acartonado ou por modismo. É a grande oportunidade da engenharia civil de evoluir em direção de uma construção RACIONALIZADA, baseada em NOVAS TECNOLOGIAS, com PLANEJAMENTO INTEGRADO, com EXECUÇÃO ORDENADA e dirigida com controle de qualidade sistemático, que resultam em prazos de execução mais rápidos, MENOR CUSTO e MELHOR PADRÃO DE QUALIDADE, num ambiente SECO e muito mais LIMPO.
  • 3. • O Sistema DRYWALL deve ser entendido como uma visão sistêmica de um processo de montagem com etapas diferenciadas, mas com a ordenação de uma orquestra.• O Maestro desta orquestra é o DONO DO PROCESSO, e o dono deste processo é: • O MESTRE DA OBRA
  • 4. • A construção civil no Brasil continua atrasada. Chegou o momento de iniciar esta grande mudança, quebrando paradigmas obsoletos e atrasados.• Precisamos ter coragem e buscar o conhecimento necessário para realizar esta grande mudança com o objetivo de desenvolver sistemas construtivos semi industrializados, que permitam-nos eliminar a grande manualização que empregamos na construção civil.• Devemos pensar em processos construtivos que nos permitam visualizar um sistema de montagem racionalizado baseado em novas tecnologias, com um planejamento integrado, onde é possível prever o que ocorrerá em cada etapa do trabalho.
  • 5. • Não podemos mais pensar em atividades isoladas que interferem entre si quando da sua execução aumentando o custo, o prazo e afetando a qualidade.• Precisamos de um sistema construtivo racional que, totalmente integrado ao planejamento, nos permita melhorar resultados na construção civil. • ELE É O SISTEMA DE EXECUÇÃO DE PAREDES DE GESSO ACARTONADO DRYWALL. • ACREDITEM, ELE DÁ CERTO.
  • 6. MACRO FLUXOGRAMA PARA ATIVIDADE DE DRYWALL
  • 7. - Nível; - Prumo; PREPARO - Esquadro; - Reboco; DO - Vedações; NÃ O LOCAL - Telhado;CONFORM E - Esquadrias; - Vidros CHECK (2) CONFORM E Revisão do Kan Ban (1) com a quantificação KAN BAN (2) exata do plaqueamento NÃ OCONFORM E CHECK (3) CONFORM E
  • 8. EQUIPE:2 COLABORADORES APLICAÇÃOCICLO(4 aptos): DE 2d CERÂMICA 14/02 até NÃ O CONFORM E CHECK 15/02 (17) CONFORM E EQUIPE: REJUNTE2 COLABORADORES PARA CICLO(4 aptos): CERÂMICA 3d NÃ O CONFORM E 18/02 até CHECK 20/02 (18) CONFORM E

×