Assédio moral
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
494
On Slideshare
494
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
11
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Assédio Moral
  • 2. Assédio moral se caracteriza pela atitudeinsistente e pela ação reiterada, por período prolongado, com ataques repetidos, que submetem a vítima a situações de humilhação, de rejeição, vexatórias, discriminatórias e constrangedoras com objetivo de desestabilizá-la emocional e psiquicamente, quase sempre com reflexos na saúde física e mental.
  • 3. Assédio Descendente – É o tipo mais comum de assédio,de cima (chefia) para baixo (subordinados) .Assédio AscendenteÉ mais difícil de acontecer, pois geralmente é praticado porum grupo ou individualmente contra a chefia, afim dedesestabilizar o superior.Assédio ParitárioÉ quando um grupo isola e assedia um membro - parceiro.
  • 4. Exemplos Práticos•Escolher a vítima e isolar do grupo;•Fragilizar, ridicularizar, inferiorizar, menosprezar emfrente aos pares;•Divulgar boatos sobre sua moral;•Ridicularizar o doente e a doença.
  • 5. Frases discriminatórias frequentemente utilizadas pelo agressor• Você é mesmo um imbecil... Não consegue aprender as coisasmais simples! Até uma criança faz isso... e só você não consegue!•Não quer trabalhar... fique em casa! Lugar de doente mental éem casa!•Teu filho vai colocar comida em sua casa? Não pode sair!Escolha: ou trabalho ou toma conta do filho!•Ela faz confusão com tudo... É muito encrenqueira! É histérica!É mal casada! Não dormiu bem...
  • 6. PROCESSO Nº: 01078-2007-341-02-00-52. ASSÉDIO MORAL.EMPREGADO QUE PERMANECE EM DEPARTAMENTO SEM EXERCER TAREFAALGUMA DURANTE LONGO PERÍODO DO CONTRATO DE TRABALHO.O empregador que não atribui tarefas ao empregado coloca-o em evidênciade forma negativa, pois a principal obrigação do trabalhador no contrato detrabalho é o efetivo emprego da sua força de trabalho.Não é razoável que um empregador pague salários sem exigir acontraprestação. Isso porque o caráter sinalagmático e comutativo docontrato de trabalho tem como principal obrigação para o empregador pagarsalários e para o empregado vender a sua força de trabalho. Ao procederdessa forma o empregador ofende o decoro profissional pois marginaliza otrabalhador da organização da sua atividade produtiva. Essa demonstraçãosilenciosa de menosprezo e discriminação - que corresponde ao assédiomoral - tem por objetivo compelir o empregado a pedir demissão. Há nessecaso ofensa à honra subjetiva do trabalhador, o que enseja reparaçãopecuniária a par de rigorosa reprimenda por parte do Poder Judiciário (incisoX do art. 5º da CF).
  • 7. PROCESSO Nº: 01078-2007-341-02-00-5RECURSO ORDINÁRIO - ASSÉDIO MORAL.A dignidade da pessoa humana é tutelada pela Carta Magna, de modoque o ordenamento jurídico e o aparelhamento judicial não podempermitir que o assediante seja premiado com a impunidade e inverta asposições de agente e vítima com sofismas, como a afirmação feita pelarecorrente, no sentido de que a recorrida "visa, com tal pedido,enriquecer-se ilicitamente". Ter humilhado a reclamante pelo fato denão haver atingido metas diárias, obrigando-a a dançar "na boquinha dagarrafa", por exemplo, é que estava levando a empresa ao faturamentoilícito, porque obtido à custa da execração da dignidade humana.Recurso desprovido.
  • 8. Impactos para Empresa •Indenizações •Imagem/Valores Corporativos Relacionamento Clientes, Fornecedores, Parceiros Comerciais, Acionistas, Setor Público, Concorrentes. •Sindicato •Ações Delegacia Regional do Trabalho •Ações do Ministério Público do Trabalho •Afastamentos médicos •Clima organizacional ruim
  • 9. Consequencias ao Agressor1. Crime:Art. 129 CP Ofender a Integridade Corporal ou a Saúde e Outrem:Pena – Detenção, de 3 meses a 1 ano;Lesão Corporal de Natureza Grave 1º Se resulta:I- Incapacidade para as ocupações habituais, por mais de 30 dias;II- Perigo de vida;III- Debilidade permanente de membro, sentido ou função;IV- Aceleração de partoPena- Reclusão de 1 a 5 anos. 2º Se resulta:I- Incapacidade permanente para o Trabalho;II- Enfermidade incurável;III- Perda ou Inutilização de membro, sentido ou função;IV – Deformidade permanente;V – AbortoPena- Reclusão de 2 a 5 anos.
  • 10. Art. 122 CP - Induzir ou Instigar alguém a suicidar-se ou prestar-lhe auxílio para que o faça:Pena – Reclusão de 2 a 6 anos, se o suicídio seconsuma; ou reclusão de 1 a 3 anos, se da tentativade suicídio resulta lesão corporal de natureza grave.Art. 147 CP – Ameaçar alguém, por palavra, eescrito, ou gesto, ou qualquer outro meiosimbólico, de causar-se mal injusto e grave:Pena – Detenção de 1 a seis meses ou multa.
  • 11. Outras Consequencias ao Agressor•Ação Regressiva•Desconto no Salário – Art. 462 CLT•Punições•Justa Causa
  • 12. Modos de Identificar/EvitarTreinamento/Orientação:•Avaliação 360°•Entrevista Demissional;•Exames Periódicos;•Canal de Comunicação;•Código de Ética e Conduta.